Definir o que fazer e, comunicar

Treino do Flamengo – 21/08/2018 (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo) Kléber Leite artigos

O título do post já diz tudo. Na realidade, estamos cometendo dois graves equívocos que estão deixando o torcedor do Flamengo desesperado e sem rumo.

É isso mesmo. Infelizmente, não foi traçada uma estratégia para a convivência com três competições paralelas.

Claro que o torcedor imagina ganhar tudo. E, este é o papel do torcedor. Ao dirigente, em sintonia fina com a comissão técnica, compete definir as prioridades e, comunicar esta decisão, mesmo abrindo brecha para eventual mudança de curso, dependendo de um resultado ou outro.

O que não pode é não se ter na cabeça os objetivos definidos. Aí, acontece o que vimos contra o Atlético Paranaense, quando na hora do jogo, a escalação aparece com jogadores importantes, inclusive o goleiro, sendo poupados.

Indago: Qual o jogo mais difícil, contra o Atlético Paranaense, em Curitiba ou, contra o Vitória, no Maracanã? Entre poupar em um jogo ou em outro, em qual jogo você pouparia?

Duvido que todos não respondam que o jogo mais complicado, por todos os motivos do mundo, seria contra o Atlético Paranaense. Apesar disso, poupamos exatamente neste jogo. Será que as pessoas não conversam?

Como sempre acredito que haja solução, fica a sugestão para que se defina o que se quer e, que isto seja comunicado.

Tão simples…

1 Comentário

    • Wanderson,
      Por mais que a Libertadores seja a competição mais importante, considerando o resultado do primeiro jogo eu também entraria com time “B” no Mineirão.
      O time está tendo uma dificuldade tremenda de separar mais de um campeonato, pois não é só o cansaço físico, também têm o enorme peso mental que partidas decisivas provocam nos atletas.

      Reply
  1. Kleber, a resposta para essa questão passa pelo entendimento de Futebol que, infelizmente, o comando rubro-negro, o “Centro de Inteligência”, sei lá como se chama, não possui. Vamos lidar com a sorte, quem sabe esse time Robin Hood deixa de tirar dos grandes e dar de graça pros pequenos daqui pra frente.

    Reply
  2. Acho que faltou poupar mais jogadores contra o Atlético-PR. Certamente, Rodinei, Everton Ribeiro, Paquetá sentiram o ritmo. Se tem elenco, use-o.

    Esses três jogadores citados, por mim, seriam poupados diante do Vitória.

    Cesar, Pará, Thuller, Rever e Rene, Cuellar, Piris, Diego, Marlos, Henrique Dourado e Vitinho. Essa seria minha escalação.

    Reply
    • Querido Henrique!
      Pará é sacanagem de mau gosto…
      Até Klebinho, do tamanho de um quero-quero, joga 100 vezes mais…
      Não existe super-atleta que jogue sozinho marcando naquele campo imenso. Deu pena do Cuellar…
      Com Rhodolfo no banco, Thuler deveria ter ficado em casa.

      Reply
      • concordo Egon….inadmissivel a entrada do erratico Thuler com RODOLPHO assistindo a peleja…..quanto a Para amigo com sinceridade desde que eu nao veja mais o Ruimdnei aceito qq coisa….e pelo amor de Deus,poupar goleiro nãooooooo!!!!

        Reply
  3. Tá doido,chega de poupar goleiro ainda mais com um frangueiro como César no lugar….para tem que entrar pra ver se tira essa carniça do Rodnei de vez do time…Éverton Ribeiro sim eu pouparia pra entrar no jogo de domingo em Minas que será bem mais encardido.

    Reply
  4. Acabo de ler matéria no Globoesporte.com sobre a “esperteza” do comando do Futebol Rubro-Negro em escalar o Arão na sétima partida depois de se negar a negociá-lo com o Santos.
    Que maravilha! Como são sagazes! Jogamos três pontos no lixo pelo meio tempo pífio do Arão só de birra porque ele não quis ir para a Grécia?
    Por que não foram tão duros com o Guerrero? Deixaram ele sentir a coxa na semana do jogo contra o Grêmio, que seria o sétimo, entregando de graça pro Inter, concorrente ao título e que vamos enfrentar em Setembro.
    Compadre Washington diria: “Sabem de nada inocentes…”

    https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/fla-recusa-proposta-do-santos-e-fecha-portas-de-arao-para-o-mercado-da-serie-a.ghtml

    Reply
  5. Fernando os caras estavam com medo de perder o Arão. E pelo visto tinham medo de perder o Rodnei por isso deram 4 anos de renovação. É rir pra não chorar.

    Reply
  6. Boa noite, amigos,
    Eu escalaria time reserva contra o Cruzeiro pela libertadores. A vaca já foi para o brejo mesmo. Se acontecer o improvável da classificação, provavelmente fica na próxima fase, pois apesar de nossa paixão pelo Flamengo, temos que admitir que somos nanicos comparados a outros times em relação à libertadores. Ganhamos apenas uma, e nas outras participações,geralmente vexame.
    Vamos tentar o brasileiro. Copa do Brasil decidindo contra Palmeiras ou Cruzeiro, será muito difícil. Isso logicamente passando pelo Corinthians, do qual ultimamente temos muita dificuldade em vencer.
    No Flamengo é muita gente mandando e ninguém decidindo nada. Na verdade, acho que não tem ninguém com conhecimento suficiente para decidir nada. É o samba do crioulo doido.
    SRN.

    Reply
  7. O Mansur escreveu alguns pontos interessantes ontem em O Globo: Barbieri tentou remar contra a maré do atual futebol medíocre para fazer o Flamengo jogar com boas ideias, marcação alta, posse de bola e ofensividade. Problema? É humanamente impossível manter essa pegada.

    Reply
  8. E teve a chegada de Vitinho somente após a Copa do Mundo, que mudou toda a forma do Flamengo atacar. Contra o Grêmio no Maracanã, Barbieri comemorou uma equipe que se adaptou às circunstâncias para jogar de outra forma.

    Reply
  9. Porque não adaptar a equipe a uma nova forma de jogar, mais segura, mais protegida, principalmente quando não tem um dos três meias à disposição? Blog => https://t.co/S3ltTjKpKb

    O Grêmio do Renato joga assim também, mas precisa de tempo e precisa folgar uma vez na semana pra manter a intensidade.

    Por enquanto ninguém sabe o que pretende o Flamengo. Mas os jogadores já sabem, tanto que estão se poupando por conta própria.

    Ano passado os reservas gremistas só levaram pancada. Mas como já era um planejamento do Renato, correram e montaram um time reserva forte e com padrão para esse ano.

    Flamengo não tem time reserva, tem time misto. E olhe lá, pois esse critério – antigo – de contratação a baixo custo tá pesando na conta.

    Reply
  10. Kleber, com todo respeito, permita-me descordar de você.

    Acho injusto alguns apontamentos que estão sendo feitos à preparação do Flamengo.

    Os três jogadores que foram poupados estava completamente desgastados, inclusive o Diego Alves, que joga todos os jogos e participa intensamente deles, é só observamos quantas vezes a bola é recuada para este.

    O Diego Ribas, tecnicamente não é um primor, mas, é de uma entrega absurda e isso tem um preço!

    O Rever, pelo histórico de lesões, precisa sem dúvida de um cuidado especial.

    Na minha humilde concepção, o Flamengo deveria sim poupar no jogo contra o Atlético, mas deveria poupar o time inteiro!

    Seria uma excelente oportunidade para observamos novos laterais, o Piris da Mota e Etc.

    A gente só conseguiu colocar o Grêmio no bolso em Porto Alegre e no Rio de Janeiro por causa da condição física.

    Se eu pudesse fazer um escolha, sem dúvida algumas, priorizaria a libertadores no final do mês, pois não vamos enfrentar nenhum Barcelona/Real Madrid/PSG, ou seja, o resultado em MG é completamente possível!!

    Abraços e SRN,

    Sergio Amoedo

    Reply
  11. infelizmente hj já é dia 22/08.. O planejamento deveria ter sido feito antes do inicio da maratona de jogos em Agosto..agora os resultados já definiram que a prioridade é a Copa do Brasil, a menos importante das 03 competições e que mesmo que sejamos os campeões, vai servir apenas como consolação depois de 6 anos esperando “arrumar a casa”. Tb penso que contra o Cruzeiro é time reserva..e tentar ainda recuperar alguma coisa no Brasileiro.

    Reply
  12. O problema da falta de conhecimento sobre futebol desta diretoria é antigo e já constatado em diversas decisões, e não acho que terá resolvido no final da gestão.
    A nível de futebol brasileiro considero o nosso um dos três melhores na atualidade.
    Logo, cabe a nós torcedores buscar direcionar o caminho do elenco, sendo assim.
    COPA DO BRASIL e BRASILEIRO são OBRIGAÇÕES.
    Pois:
    Na Copa do Brasil:
    – Eliminamos talvez o grande favorito,
    – Nosso time é muito melhor que o Corinthians,
    – Faltam apenas 4 jogos.

    No Brasileiro:
    – Nosso elenco e time é superior aos dois times que hoje estão na nossa frente.

    E ainda como argumento para às duas conquistas temos:
    – A maior e melhor torcida,
    – Temos o Maracanã,
    – Temos, muito provavelmente, a melhor infraestrutura para os atletas no Brasil.

    Logo:
    COPA DO BRASIL e BRASILEIRO são OBRIGAÇÕES!!!!

    Reply
  13. Kleber,
    O Diego Alves está com um problema no joelho, inclusive é duvida para o jogo de amanhã.
    O Diego Ribas, pelo que falaram, os exames médicos da fisiologia apontaram grande desgaste físico e chances de lesão.
    Os outros eu não sei…

    Entraria com força máxima no Campeonato Brasileiro, a primeira parte da tabela é mais tranquila e se jogar sério dá para retomar a liderança. Dependendo do desgaste, faria um misto na Copa BR. Abriria mão da Libertadores, essa já era.

    Reply
  14. Quem diria, abrir mão da libertadores, 2X0 é um placar totalmente possível de reverter, o que é o cruzeiro perto do Flamengo ? ganhou seu primeiro brasileiro em 2003 quando já eramos PentaCampeões, tem um desempenho recente melhor que o nosso sim mas somos muito maiores que eles. Eu acredito que vamos ganhar lá no Mineirão e voltar com a vaga.

    Reply
  15. Ilustre KL, perfeito seu comentário , apenas substituiria a palavra insensibilidade por incompetência ou soberba.
    Quem , no meio profissional, não consegue se planejar é por falta de competência.
    No caso do Flamengo , talvez alguns alucinados, pensem ser o Real Madrid e acreditam que num elenco com Rene , Uribe,Romulo,Berrio,Rodolfo, Para, Rodnei, Trauco…possam ganhar tudo…Pelo rumo do semestre, não ganharemos nada, de novo !
    Se precisarmos de força máxima para ganhar do “poderoso” Vitoria , no Maracanã, é porque não merecemos nem o G6…

    Reply

Comente.