Éverton Ribeiro

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo) Kléber Leite artigos

O comentário no último post, do nosso amigo do blog, Diogo, foi a inspiração para este post.

Diogo afirma que Éverton Ribeiro é o jogador mais importante neste time do Flamengo. Parei para pensar, puxei pela memória e, concluí que o amigo Diogo está coberto de razão.

Quando aqui chegou, Éverton Ribeiro estava completamente fora de sintonia com o futebol competitivo. O tempo é sábio a ponto de restabelecer a verdade.

Após algum tempo, começamos a ver em campo aquele jogador que vimos no Cruzeiro e que, durante dois anos consecutivos, foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro.

Éverton Ribeiro está jogando com uma intensidade incomum, sendo o principal homem de ligação e, ao mesmo tempo, atacante.

Tite, segundo dizem, foi ontem ao Maracanã, observar Luan, Éverton Cebolinha e Paquetá. Atirou no que viu e acertou no que não viu… Acho que esta máxima define tudo. Duvido que Tite não tenha saído muito bem impressionado com o nosso camisa 7.

Éverton Ribeiro caminha para a amarelinha.

1 Comentário

  1. Tá jogando muito e por falar em convocação já sabem que os amistosos da seleção vão tirar atletas dos clubes por 3 jogos e um desses jogos é fla x Corinthians. Mas ou menos já da pra saber o que vai acontecer né.. Agora fico imaginando a CBF organiza uma copa do Brasil bacana com árbitro de vídeo, grandes premiações, mas quando chega no ápice da competição me vem com dois amistosos. Faça um favor né dona CBF isso é esdrúxulo demais.

    Reply
  2. Que caminhe para a amarelinha mas que não seja convocado pra ficar no banco contra El Salvador no dia 11 de setembro porque,no dia seguinte, enfrentaremos o Corinthians de Tite e sua extensa Comissão Técnica. Talvez fosse melhor o Encantador de Serpentes observar William José, Taison, Fred, Talisca e quem sabe até o Ismaily do Shaktar que da outra vez não teve as oportunidades necessárias para mostrar seu potencial.
    Everton Ribeiro está crescendo técnica e fisicamente e nos dará muitas alegrias até o final do ano.

    Reply
  3. ONTEM…divido os méritos do Everton Ribeiro com Diego.
    Ainda está faltando aquela enfiada de bola entre os zagueiros e menos toques. Mas a entrega do cara é invejável.
    Nosso meio tem aprender a jogar com 2 toques. Isso dificulta muito a marcação adversária.

    Reply
  4. Verdade egon, vc vê quando Paquetá solta a bola mais rápido como o jogo flui. As vezes o cara quer mostrar que é bom de bola, e enfeitar jogada a toa. Mas jogar simples também é eficiente.

    Reply
  5. Kleber,eterno presida…ainda acho que o desabrochar de Vitinho será no ano que vem(mais ou menos como aconteceu com ER7)….não sei se o Flamengo tem poder de veto ou barganha junto a Tite em relação a convocação mas acho bom se movimentar….dificilmente teremos jogadores do são paulo e inter(concorrentes no brasileirão) e jogadores do corinthians(copa do brasil)convocados….já não era hora da diretoria se movimentar pois estaremos em fases super decisivas?Kleber,mesmo com jogadores cansados eu iria de força maxima domingo pela dificuldade historica do jogo e pouparia na quarta contra o Vitoria no Maraca…o que acha?SRN

    Reply
  6. Barbieri está ganhando experiência e para ser nota 10 na escolha do time, só falta jogar sem centro-avante. No jogo contra o Grêmio, foi nítido o desconforto de Dourado em campo, talvez envergonhado por não fazer nada pela equipe. Um peso morto. Não por falta de empenho, até que ele correu atrás dos zagueiros e armadores gremistas. Mas não é a dele. O esquema tático precisa ser outro. Dourado é um bom finalizador. Só. Da maneira que o Flamengo vem jogando, é melhor não utilizá-lo (e nem Lincoln ou Uribe). O poder ofensivo rubro-negro vai crescer muito com Marlos e Vitinho. Este ainda longe de sua forma, da mesma maneira que Éverton Ribeiro quando chegou. Quanto tempo levou para vê-lo brilhando no campo…

    Reply
  7. Concordo que o ER vem jogando bem porém a equipe – mesmo com a importância e intensidade desse jogador -, não consegue quebrar a resistência que tem por dominância fazer por muitas vzs 1 gol por partida. Ao contrário dos pontos corridos, nós jogos de mata mata isso é perigoso.

    Reply
  8. E um tal de Fábio Sormani que se diz comentarista de futebol no canal Fox dizendo que ele deveria sair do time, um cara que não entende nada de futebol e fala merda o dia todo.

    Reply
    • Amigo Claudio! Vi e ouvi essa asneira!!!
      Aliás, só vejo este programa, porque às 13:00 não passa os melhores momentos dos Trapalhões…
      O tal de Osvaldo Pascoal é uma das piores coisas que já vi como comentarista.
      Imagina aquilo com Neto ao lado????

      Reply
      • Boa noite, amigos,
        Grande etílico Egon!!! O Pascoal sempre dá um jeito de criticar o Flamengo. Hoje o Benja e Sormani estavam elogiando a torcida do Fla ( ao contrário do jogo contra o Cruzeiro),e Pascoal veio logo dizendo que a torcida do Corinthians é que apoia mesmo quando o time está perdendo. Realmente a torcida deles apoia muito mesmo, mas ele não precisava dizer isso.
        PVC hoje também disse que o maior público entre Fla e Corinthians foi no Morumbi, e ainda deu uma sacaneada no Fla. Tá difícil ver programa esportivo.
        SRN.

        Reply
        • Grande Paulo!
          Existem duas “sumidades” na mídia, que se der uma notícia, vai acontecer justamente o contrário: Pascoal Animal e Fábio Azevedo…
          Vão ter que melhorar muito pra ser péssimo…

          Reply
  9. Egon, o gol contra o Cruzeiro foi bem assim: bola enfiada entre a defesa adversária. Diego, quando o jogo é de nível maior, passa a andar pouco com a bola e dar passes rápidos. Aí o seu jogo cresce.

    Reply
    • Amigo Henrique!
      Quando me referi as bolas enfiadas entre os zagueiros, estava falando de Diego.
      Contra o Cruzeiro (1X0) o passe foi de Everton Ribeiro.
      Ontem naquele “penalti” contra Paquetá, ele tentou por cima. Mas tentou…
      Atrasamos muito nossos contra-ataques, dando dribles desnecessários.
      Barbieri deveria mostrar pra galera todos os dias, o Tiki-taka do Barcelona…
      Valeu, irmão

      Reply
  10. Kleber,
    Meu medo é o Tite convocar Paquetá ou E.Ribeiro, desfalcando o Flamengo no primeiro jogo da semifinal da Copa Br. Espero que aquele encantador de jornalistas não queira ajudar o time do Corinthians…

    Por falar em seleção, sempre um absurdo que os clubes, que compram e bancam os atletas, tenham que perdê-los para jogos amistosos de Seleção, que só deveriam existir em Copa América e do Mundo, pois ninguém mais tem saco para acompanhar essas porcarias.

    Reply
  11. Amigos,
    Tenho a quase certeza de que os clubes que estiverem nesta semi final, não terão jogadores convocados ou, haverá apenas um convocado por clube.
    Questão de bom senso.
    Forte abraço.

    Reply
    • Kleber, bom senso da CBF e desse Encantador de Jornalistas? É querer demais. Dançamos como era de se esperar. Paquetá é essencial hoje no Flamengo mais pela parte tática do que pela técnica. Não vem jogando rigorosamente nada tecnicamente nos últimos jogos e essa convocação só vai elevar o seu salto alto que o faz perder várias bolas e armar contra-ataques adversários. Ele podia esperar mais um pouco.

      Reply
  12. Ouvi aqui alguns comentários criticando Diego. Discordo totalmente deles. Diego joga com raça. Realmente falta chegar mais, porém é mto importante no meio.
    Acredito que poderíamos entrar com dois volantes e assim poderíamos escalar Trauco, pois esse poderia ficar mais protegido, além de não sobrecarregarmos tanto Diego e Cuellar.
    Não temos mesmo centroavante, e assim ficaŕiamos com Pires, Cuellar, Diego, Everton, Paquetá e Vitinho.
    Aí, até o Paquetá, talvez pudesse continuar com suas firulas que não sofreríamos tantos calafrios
    SRN

    Reply
    • Grande Maurão!
      Ontem essa criança tentou dar um balão ao lado da área e perdeu a bola. Deu um Migué e o juiz marcou falta pra nós…
      Já tava madurinho pra quebrar a TV com o copo…

      Reply
    • Amigo Tivilim!
      Aquele marrento precisa de um Telê, Muricy, Luxemburgo, Leão etc…
      Um cascudo, que no primeiro balão perto da área, o coloque no banquinho.
      É um protótipo de craque que sabe que é. Justamente aí que está o problema.
      Esperar que o Barbieri puxe as orelhas dele, é utopia…
      Hoje é sexta sem lei. Lá vou eu pro meu cantinho da cirrose…
      Meu parceiro. “Nunca fiz amigos tomando leite”…
      Bj no coração
      Kkkkkkkkkkkkkk

      Reply
  13. Exageros a parte, o E.RIBEIRO é realmente um bom jogador, não acho que tenha essa intensidade toda, as vezes ele oscila e até some do jogo. Tem uma tendencia a ser ‘vagalume’, mas é um jogador cerebral, ele pensa o jogo, ao contrário do seu companheiro de armação do time Diego, que tem muita transpiração e pouca inspiração.

    Reply
    • Lemos,

      O Éverton Ribeiro é forte candidato ao novo “Everton Cardoso”, para o bem ou para o mal.

      Vc pega o Vini ponta esquerda destro, cortava para o meio….Vc pega o Éverton, corta para o meio…

      Vc pega o Renê, não sobe, não vai no fundo…

      Vc pega o Rodnei, que é igual a cachorro castrado, não sabe cruzar…

      Vc pega centro a vantes como Guerrero que não fazia gols, nem penetrações, Ceifador que é nulo, Uribe que ainda não se achou…

      E sobra o que? Sobra Paquetá, Diego e Eventualmente o Éverton no meio (pp na ponta esquece). Sobram obviamente os zagueiros em bolas paradas…

      Sinceramente essa é uma fórmula muito complicada ou meu ver, do ponto de vista da ofensividade do time.

      Reply
  14. “É futebol de resultados ou simplesmente mediocridade?”

    Após a espetacular exibição no jogo de ida em Porto Alegre pela Copa do Brasil, o que não esperávamos é que o Grêmio nos pagasse na mesma moeda no Maracanã, sem no entanto nos igualar o resultado.

    Eu sinceramente escutei muitas resenhas, críticas e todas elas unânimes em exaltar a vitória em detrimento a análise do pobre futebol que foi apresentado nesta última 4a feira! Eu sinceramente não me lembro de ver o Flamengo jogando tão acuado no Maracanã, não lembro!

    Foi dito em “que um time campeão passa por jogos com esse”, foi a explicação mais razoável que aceitei em minha lógica, porém obviamente que não estou convencido dela, afinal para quem viu Zico, Bebeto, Renato, Adílio, Andrade, Jr, Leandro, Pet, Adriano, como rubro-negro, realmente não podê ficar feliz com o futebol apresentado.

    Seja como for, estamos classificados, e isto em última análise é o que importa para o momento, eu disse para o momento! Pois no futuro próximo esse time terá que jogar futebol de verdade nas próximas rodadas do Brasileirão e principalmente no confronto de volta pela Libertadores contra o Cruzeiro, o que eu sinceramente não estou certo que ocorra.

    Uma big super pulga atrás da orelha.

    Contrariando o senso comum e as tendências,
    Saudações!!!

    Reply
  15. Paquetá convocado, pensando nele e na seleção merecido. Mas em termos de jogos decisivos fica fora contra o Inter pelo Brasileiro lá em PoA. e tb do jogo contra o Corinthians na 1a perna da Copa do Brasil..a maioria vai focar as reclamações nesse jogo, mas não tê-lo contra o Inter mina ainda mais nossas chances no Brasileiro.

    Reply
  16. Um absurdo essa convocação!
    A CBF cria um calendário insano, agora pouco se importa em prejudicar os clubes em jogos decisivos (em especial o Flamengo) por causa de amistosos inúteis.
    Para “equilibrar”, o Tite convocou o comum Fagner (estranhamente não convocou o goleiro do Corinthians, o principal jogador deles). É muita cara de pau, tomara que essa seleção se f… na próxima copa!

    Reply
  17. Concordo com sua opinião e do Diogo, mas é bom nunca esquecermos que aqui mesmo na página, foram muitos, muitos e muitos os comentários criticando sua contratação, achando que ele não jogava mais nada e que 26 milhões gastos por ele havia sido muito. Hoje em dia tenho lido algumas daquelas mesmas pessoas que criticaram sua contratação, fazendo elogios ao jogador. Bom que cairam na realidade e viram que para o clube foi um bom negocio. Ainda bem que fomos felizes na sua contratação. Escrevo sobre o assunto para alertar aos colegas que devemos ter paciencia com quem vem para o clube do exterior. A adaptação é muito dificil. Quando fui para Londres a serviço de um grande Banco brasileiro, tive dificuldades enormes, mesmo dominando o idioma, mesmo tendo feito 7 anos de cultura inglesa na época. Imagine então, chegar em um lugar sem conhecer idioma, costumes, hábitos e etc? E ainda ser atração da maior torcida de clubes no país? A pressão é diária, a pressão incomoda e muitos não resistem, perdendo-se no tempo.

    Reply

Comente.