A esperança está nos adversários

(Foto: Marcos Ribolli)

Tive dúvidas sobre que jogo ver no domingo. O Gre-Nal, em tese, poderia ser o de mais fortes emoções, porém, como vamos jogar contra o Corinthians no meio de semana, em uma das semifinais da Copa do Brasil – e curioso para ver também o Palmeiras, que pode ser o nosso adversário na final – optei pelo clássico paulista.

Aí começa a explicação para o título deste post. Embora o time do Flamengo esteja jogando muito aquém do que dele se espera, e isto nos preocupa, ver o jogo entre Palmeiras e Corinthians não deixa de ser, de certa forma, animador.

De positivo, nos dois times, a intensidade. Neste aspecto, estamos devendo e, faz tempo.

Com relação aos valores individuais, o Corinthians de hoje está longe do time que foi Campeão Brasileiro no ano passado, principalmente no ataque.

Já o Palmeiras tem uns três jogadores diferentes que podem, pelo talento, resolver um jogo.

O placar de 1 a 0 para o Palmeiras foi justo. Poderia ter sido de mais… O time, bem arrumado. Aliás, se não estou equivocado, são dez jogos sem tomar gol. Felipão arrumou a casa.

Se Paquetá e Cuellar chegarem – e bem – para o jogo, com todo respeito ao Corinthians, dá para ter uma enorme esperança. O nosso time é melhor. O que me preocupa é a intensidade que sobra em Corinthians e São Paulo e, que tem faltado ao nosso time.

Em síntese, sem nenhum otimismo exagerado, apesar das contratações profundamente infelizes, olhando para os vizinhos, dá para acreditar em título, pois não há nenhum bicho-papão.

Ia esquecendo. Vi o sofrimento do Vasco. Além do time ser fraco, a onda de azar é impressionante. Gols inacreditáveis perdidos. E, o melhor jogador, Pikachu, expulso.
O Vasco está namorando a série B. O próximo jogo será contra o Flamengo. Se perder, fica oficialmente noivo, com casamento marcado…

Em tempo: Aquela tinta, inventada por um brasileiro que foi a solução para que a distância entre a bola e a barreira fosse respeitada nas cobranças de falta, está fazendo muita falta… Apurei que os árbitros pararam de usar, pois não houve acordo comercial entre a CBF e a empresa detentora dos direitos.

Sem este simples instrumento, os gols de falta serão mais difíceis de se ver. A tal tinta no gramado obrigava a barreira a não andar. Era uma arma para a arbitragem. Sua ausência está sendo sentida…

1 Comentário

  1. Acho que o São Paulo não se sustenta, pois tem ganhado só na individualidade. Esteve perto de perder em casa para Bahia e Ceará, mas venceu no sufoco.

    Internacional me surpreende, mas só se o Palmeiras largar o osso para não ser campeão. É o melhor elenco disparado, pois tem vencido os jogos do Brasileiro com o time reserva.

    Já o Flamengo vai pressionar o Corinthians desde o primeiro minuto. E como tem acontecido, vai sofrer se não fizer um gol no começo, pois os adversários no Maracanã têm vindo com 10 atrás, na linha da área. Sem um matador e com Vitinho ainda abaixo, vai ser complicado.

    1 a 0 na Copa do Brasil é goleada.

    Mas vou além disso. O Flamengo tem o Vasco sem o Pikachu no sábado, em Brasília, e o Atlético-MG no outro domingo, após 1 semana de folga. Tem que fazer três vitórias.

    Reply
    • Henrique meu caro!

      Isso é uma falácia inconsequente!

      O fato concreto é que o SPFC vence, e vende.

      O Inter é uma piada!

      E o Grêmio esta com a cabeça na Libertadores!

      O Palmeiras não vai chegar!

      E o nosso Flamengo esta em franco e irremediável declínio.

      Não gostou? Eu tbm não!

      Saudações!!!

      Reply
      • o time do Inter completou um turno inteiro com 1 derrota. É um time muito consistente. o Palmeiras vem em franca recuperação e nem tem usado o seu time titular, nem gol toma. o SP até caiu de produção , mas mantém a vantagem de 5 pontos sobre o Flamengo já tem várias rodadas. Os 3 times são potencias do futebol, esquadrões que vão marcar época? evidentemente que não. Mas vendo o ultimo mês do Flamengo, a probabilidade de ultrapassa-los na tabela é mínima. Até pq eliminar o Corinthias é o minimo do aceitável, e numa eventual final de CB, o time titular será poupado e perderemos pontos no Brasileiro.

        Reply
        • São agora 12 partidas em declínio técnico Marcelo.

          Nossa campanha no 2o. turno é campanha de Z4.

          Estava tudo previsto, já sabíamos que seria assim!

          Esperanças? Poucas em minha opinião!

          Afinal futebol é futebol e tudo pode mudar!

          Saudações!!!

          Reply
          • Nino, segue a classificação do returno. A campanha do Flamengo não é Z-4. Se tivesse vencido América-MG e Ceará hoje seria líder.

            1° Palmeiras – 13 pontos
            2° Santos – 11 pontos
            3° Internacional – 11 pontos
            4° Vitória – 11 pontos
            5° América-MG – 8 pontos
            6° Ceará – 8 pontos
            7° Fluminense – 8 pontos
            8° São Paulo – 8 pontos
            9° Flamengo – 7 pontos
            10° Cruzeiro – 7 pontos
            11° Atlético-PR – 6 pontos
            12° Grêmio – 5 pontos
            13° Atlético-MG – 5 pontos
            14° Corinthians – 4 pontos
            15° Vasco – 4 pontos
            16° Botafogo – 4 pontos
            17° Sport – 4 pontos
            18° Bahia – 3 pontos
            19° Paraná – 2 pontos
            20° Chapecoense – 1 ponto

      • Diego amigo!
        No caso do Vasco nem é ressuscitar!
        O Almirante foi o protagonista do filme A MÚMIA…
        Vasco tá mais morto que Pedro Álvares Cabral.

        Reply
    • Antes da vitória de sábado era Z4, ou próximo Henrique.

      Esta uma merda! Desculpe o linguajar!

      Isso não é campanha que se apresente para a expectativa da torcida! Três anos da administração comendo o pão que o Diabo amassou e outros três anos pagando vexame, como perder para o Ceará em pleno Maracanã, pode isso?

      Isso aqui é Flamengo!

      Reply
      • Henrique,
        Interessante observar que no segundo turno a campanha do aclamado São Paulo é bem parecida com a do Flamengo “8° São Paulo – 8 pontos / 9° Flamengo – 7 pontos”. De diferente estão Internacional e Palmeiras, que subiram no pós-copa…

        Reply
  2. Kleber meu amado queridão!

    Depois de tantos anos, cabe-me, com sua licença a crítica, não ao Flamengo, mas com o teor de seus posts.

    Sinceramente detectei uma falta de rumo em seus dois últimos comentários.

    Foram palavras, mas sem rumo, sem idealismo, sem direção.

    Acho que isso resume muito bem o sentimento da nossa torcida.

    Ainda que pese 22 mil ingressos vendidos antecipadamente, estes se referem antes dos últimos resultados. Apos as catástrofes recentes se vendeu 2 ou 3 mil ingressos.

    O nosso último jogo esteve longe, muito longe de espantar as desconfianças e os temores que temos desse time. Muito ao contrário né?

    O clima é esse, de fim de festa da administração EBM, sem nau e seu rumo.

    Saudações!!!!

    Reply
  3. Niño, amigo,
    Quando você é um náufrago, o amor pela vida
    alimenta a esperança pela sobrevivência e a procura por uma boia ou qualquer objeto que ajude nesta missão, que é permanecer vivo.
    No nosso caso, no futebol, a vida é a conquista, o título, a glória. O barco que pode nos levar, meio à deriva, ainda não foi a pique. Comandante e imediato, não inspiram confiança, pois a falta de experiência é flagrante. Nossos marinheiros, se vikings não são, estão na média da competência dos profissionais do mercado. Há inclusive quem tenha a opinião de que com comandante e imediato mais cascudos, poderiam render muito mais.
    Se a maré não está para peixe no nosso barco, o consolo é saber que todos os outros barcos têm, também, problemas. E, olhando o
    desempenho deles – a grande maioria bem pior do que o nosso – da sim para imaginar não afundar, tapando certos buracos e chegsndo ao destino na frente de todos. Otimismo? Pode até ser. Mas, pergunto: que pessimista chega ao destino?
    Este é, para mim, o retrato fiel do Flamengo. A falta de rumo é do barco e não minha. Em síntese, embora sabedor dos problemas que temos, constato que quem conosco compete, longe está de ser superior.
    Tudo pode acontecer, principalmente na Copa do Brasil. Inclusive o nosso barco chegar na frente.
    Se pensar assim é estar sem rumo, entrego os pontos e vou atrás de uma boia.
    Forte abraço.

    Reply
    • Kkkk presida,o senhor eh simplesmente a síntese da magnética :da depressão ao otimismo incondicional em uma rodada.ate me contagiou:Vamos Flamengo,Vamos ser campeão!!!!!SRN

      Reply
    • Kleber meu querido, ser otimista é próprio da sua personalidade!

      Porém, eu infelizmente sou fatalista!

      Nos últimos post havia chegado a uma precária e grosseira conclusão, mas creio ser realista:

      “Diretoria sem conhecimento de futebol não pode ter técnico inexperiente”

      Os jogadores entram em campo com o técnico no bolso, foram eles que elegeram o técnico. Que moral esse técnico tem para tirar essa apatia do time? E a diretoria sabe falar algo aos jogadores? Sabemos que não! A apatia, o descontrole, a falta de rumo do Flamengo tem explicação meu caro.

      Essa foi a máxima em que minha opinião limita, resume as nossas expectativas.

      O Lomba não entende nada de futebol, até ontem estava sentado nas arquibancadas, mas ele enxerga o óbvio!

      Minhas melhores expectativas estão para o ano que vem. Esse ano minha expectativa é uma vaga na Libertadores das Américas, e só!

      Saudações rubro-negras!

      Reply
    • Perfeito meu Guru!
      Em se tratando de Flamengo, mesmo sem ninguém dentro do Manto, acredito até o final da prorrogação. Até porque, o exemplo de 2009 – que era muito pior – ainda continua latente na minha memória.
      É pra cima… e pra dentro deles…
      Estava no Maracanã em 2001 quando Pet, aos 43, definiu para nós.
      Assim como estava em 1978, quando Rondinelli fechou o caixão do Vasco aos 42 minutos, deixando Leão sentado.
      Como não acreditar com tanta estrada pela frente…

      https://youtu.be/X6caF5u10JU

      https://youtu.be/FxRSg14FUcs

      Reply
      • Carlitos!

        A Hiena Hard acabou de sair daqui!

        Ela me disse que futebol existe uma certa lógica, uma certa aritmética.

        Senão vejamos:

        O Vasco poderia ter ganho ontem, mas infelizmente eles perderam mais uma. E qual é a lógica disso meu caro? Que virão para cima de nós para fazerem o RESULTADO DO ANO, afinal, “Clássico é clássico”.

        O mesmo ocorre em relação ao resultado do Corinthians no Clássico paulista.

        É bom que o Sr. Barbieri encontre um jeito de desatar os nós do nosso ataque e encontrar alguma maneira de que os jogadores entendam, assimilem o que ele tem a propor. O que não é pouco, mas tbm não é muito!

        Saudações!!!!

        Reply
        • Caro Nino!
          Futebol não existe lógica, principalmente em se tratando de clássicos.
          Até mesmo o “favoritismo” é questionável.
          Como sou Sócio Benemérito do Otimismo, descarto uma série de derrapagens, muito comum nesse esporte bretão.
          Nossos problemas ainda estão por vir na CB. Ou contra o Palmeiras ou contra o Cruzeiro.
          Quanto ao Vasco, apesar de grande clássico, não existe nada que faça melhorar aquele bando com cinto de segurança.
          Não acredito nem mesmo em empate…

          Reply
  4. Kléber, concordo plenamente com sua observação do Corinthians, time fraco tecnicamente mas que vai colocar o coração na ponta da chuteira na quarta-feira. Jogará “por uma bola”, como time pequeno, no melhor estilo “Ventura” de ser, especialista no assunto. Como temos tido dificuldade em furar retrancas nos últimos jogos, melhor entrar rasgando, não dar chance ao azar, fazer um bom resultado aqui porque lá todos sabemos como funciona. Eliminar o Flamengo e ir à final da Copa do Brasil salvaria o ano deles e não podemos dar mole.
    Pena que Tite e Fagner não estarão no Maraca na quarta para as “devidas homenagens”.
    Sejamos otimistas!

    Reply
  5. Kleber em uma análise fria faltam 14 jogos…..estamos a 5 pontos de 2 líderes e com o Palmeiras na frente…..para termos chance no brasileiro o Palmeiras tem que avançar de fase para continuar escalando seu time reserva(que é do mesmo nível do titular de Fla,Inter e SP);começar a sorte a bater para o seu lado;jogar com gana e intensidade(pra mim a missão mais difícil nesse time com DNA de derrota)e uma queda da regularidade do Inter e SP(esses 2 não perdem pontos em jogos que não se pode perder pontos)……o problema do Flamengo eh o Flamengo e não os concorrentes….na CB até acho que passaremos pelo Corinthians sem sustos(que eles não entrem acomodados)mas sem sombra de dúvida somos favoritos a vice de Cruzeiro ou Palmeiras…..Kleber,pensei aqui…..Paquetá jogou com rueda no ataque….pq não colocar ele lá na frente junto com o Vitinho e colocar alguém com o Cuellar como o Arao na CB ou o Piris no Brasileiro dando ainda mais liberdade ao Diego,ER7 e o próprio Paquetá????

    Reply
  6. Aguardando chegar os portadores da verdade que disseram, Marcelo Oliveira e Felipão não servem porque, não ganharam nada ano passado. Só Tite salva!

    Reply
  7. Assisti aos jogos de ontem e cheguei a conclusao: temos os piores dirigentes no quesito futebol em relação a todos os clubes considerados de ponta.
    Felipão poderia estar treinando o Flamengo, cuca poderia estar treinando o Flamengo, Marcos Rocha poderia ser o lateral do Flamengo, Patrick poderia ser o atacante veloz de lado do Flamengo, do wilian bigode poderia estar jogando no Flamengo, Zeca poderia estar jogando no flamengo. Enfim ficaria o dia inteiro enumerando as soluções que nossos dirigentes , capitaneados outrora por Rodrigo Caetano, não conseguiram resolver. Vi um futebol totalmente diferente que o Flamengo prática, forte, com muita velocidade e saídas muito rápidas, como citado; muito intenso. Palmeiras arrumou sua defesa, com dois zagueiros fortes e ótimo sistema de marcação. Mas de todos os times taticamente o SP merece destaque, pois individualmente não tem os melhores jogadores e vem desfalcado do seu melhor atleta; Everton, mas joga muito intenso tbem com um ótimo sistema defensivo.
    E pensar que tirando o Palmeiras, nenhum tem o orçamento que o Flamengo tem. Mas tambem, nenhum jogou tanto dinheiro fora como o Flamengo, que aposta Em iniciantes para comandar seu futebol, em jogadores de custo zero em direitos federativos , mas que tecnicamente são zero também em retorno e em amigos do outrora homem forte do futebol Rodrigo Caetano…
    Não vamos vencer esse ano.

    Reply
  8. Kleber o problema é :com esse time jogando como se estivesse fazendo um favor a torcida do Flamengo assisti-lo ,alguém em sã consciência pode cravar uma vitória certa sobre o Vasco em Brasília sem Pikachu???sabemos que não!o time não é confiável vide as últimas vergonhas!em relação ao Inter só resta secar já que não temos mais o confronto direto e estamos com 2 rodadas de defasagem…em relação ao SP,essa rodada está ideal pra ficarmos a 2 pontos deles:eles enfrentam Santos na Vila e nos o Vasco….se mantivermos no mínimo uma possível diferença de 2 pontos até o jogo no Morumbi ae a coisa começa a clarear….SRN

    Reply
    • Falta de comando Diogo,

      É pura falta de comando!

      Após o jogo de ida contra o Grêmio pela Copa Brasil (1×1), Renato Gaúcho soltou o verbo no vestiário.

      Nosso Barbieri tem moral para isso? Jogadores que ganham 400, 500, 900 mil mensais, com carreiras na Europa e renome internacional? Um técnico eleito pelos próprio jogadores?

      Quem na diretoria tem conhecimento para tirar a apatia do time?

      É isso que ocorre, falta de pulso, de comando!

      Saudações!!!

      Reply
    • Vou ensinar o Henrique a te chamar de Hiena Hardy…. kkkkk
      O Henrique diz, que SE… tivesse vencido Ceará e América, estaria entre os líderes do returno.
      Por outro lado, você diz, que SE… tivesse perdido pra Chape, estaria no Z4.
      Onde pode levar essa besteira! A porra nenhuma…
      Como o SE não joga, nossa posição no returno é o 9º lugar, colado no São Paulo que é o líder…
      Isso apenas demonstra que perdemos pontos bobos no returno. Mas a verdade, é que estamos em 4º lugar a 5 pontos do líder.
      Para quem em 2009 estava 9 pontos do Palmeiras, faltando 5 rodadas, o céu AINDA é o limite…

      Reply
  9. Caro Kléber e amigos!
    Todas as palavras colocadas por você aqui estão de acordo. Os outros times não são tão grandes a nível de bom futebol como pensamos, porém, o tal da intensidade é o X da questão. Eu preferi assisti o clássico gaúcho e me impressiona como dois times relativamente baratos conseguem ser melhor que o Flamengo em resultados. É muito simples essa conta. Sempre defendi o Barbieri e na minha atual defesa, deixaria o mesmo apenas na comissão. Nós já tivemos bem mais fôlego. Precisamos de MOTIVAÇÃO EXTRA. Hoje falta fôlego, tranquilidade e lucidez para vencer retrancas. O Corinthians vai da a vida e o Jair Ventura é especialista em jogar para não perder.
    Sou otimista sempre. Que tenhamos força na quarta e não mais uma decepção.
    SRN

    Reply
    • Wanderson,
      Mas neste caso o EBM não tem qualquer culpa, pois nada poderia fazer por ser obrigado a liberar o atleta em “data FIFA”.
      Notória a pilantragem armada pelo Corinthians, mancomunado com o falastrão antiético do Tite.

      Reply
    • Enquanto isso, o Paquetá vai ficar no banco de novo contra o forte time de El Salvador. Tudo isso porque o Flamengo não votou a favor da chapa de continuidade na CBF. Resumindo, tem que fazer parte da “máfia” para não ser prejudicado. Vergonha!

      Reply
    • Nesse caso não dá pra culpar ninguém, amigo Trivilim. A não ser o caráter do Fagner, Andrés etc………
      Além é claro, da vontade de Paquetá jogar com a amarelinha, e o Fagner ter voltado de uma Copa.
      Acontece que existe um item no regulamento da CBF, que proíbe – nesse caso – o jogador de participar.
      Isso foi explicado pelo PVC na Fox. Basta o Flamengo argumentar.

      Reply

Comente.