Alô, Vitinho!!!

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo) Blog Kléber Leite

Palavra que quase não acredito no que leio.

Madrugada de quarta-feira, dou uma checada no noticiário, e leio que Vitinho, o mais caro jogador de todos os tempos contratado pelo Flamengo, anuncia, em alto e bom som que, se fizer um gol contra o Internacional, não irá comemorar.

Sabe Vitinho, que não seja pelo Flamengo, que não seja pela mais apaixonada torcida do Brasil, mas não é possível que você não comemore por você mesmo, afinal, você custou uma fortuna e, até agora, não marcou e não disse ao que veio.

Será que o seu amor, ou reconhecimento ao Internacional, é maior do que a vergonha que imagino você esteja sentindo em não estar retribuindo em campo a confiança depositada pela diretoria do Flamengo em você?

Ou será que você ainda não se deu conta do tamanho da sua responsabilidade?

Será que não há ninguém por aí, companheiro, treinador ou dirigente, para dizer o que você precisa ouvir?

Simplesmente decepcionante o seu depoimento. Melhor seria não falar nada, até porque, pelo que vimos até agora, a chance de você fazer gol é bem reduzida. Prove que você não é um blefe. E, se conseguir, comemore muito.

Afinal, imagino que você se ame…

1 Comentário

  1. Quando li tbm não acreditei, era madrugada, na situação do time e principalmente dele, perfeito o texto e a colocação!
    Time frouxo, diretoria omissa!!!!!!
    Isso aqui não é Vasco!!!!!!

    Reply
  2. Onde assino? O cara se diz torcedor de arquibancada do Fla e diz que não vai comemorar um gol pelo Fla neste momento? Pelo amor de Deus!
    Eu poderia passar em qualquer time sendo profissional, mas jogando no Flamengo e fazendo gol eu ia chorar de felicidade e comemorar efusivamente.
    Alô, Vitinho, se liga!
    SRN!

    Reply
  3. Nobre Presidente, concordo em parte! Amor, reconhecimento, vergonha, tudo isso é muito bom! Mas eu quero é que ele faça gols… que diga ao que veio. Se vai comemorar ou não… é indiferente! Deixa que a nação comemora! Mas faça os gols!!

    Reply
  4. Esse lance de não comemorar gol é uma grande hipocrisia do futebol moderno. Um bando de mercenários querendo posar de profissionais dedicados.
    Também não creio em gol do Vitinho, primeiro pelo pouco futebol que vem jogando, segundo porque o Inter quase não leva gols em casa e tem o melhor zagueiro do futebol brasileiro: Victor Cuesta, zagueiraço! Muito melhor que Rever e Rodolfo juntos. Ressaltando que esse foi mais um estrangeiro não enxergado pelo nosso inútil CI…
    Se o estagiário tiver um pouco de lucidez, o ideal pra hoje : D.Alves; Rodinei; Leo Duarte; Rodolfo; Thuler; René; Piris; Arão ; E.Ribeiro; M.Moreno e Vitinho…isto é, fechado e correria na frente, qualquer coisa diferente disso , voltaremos fora do G4.

    Reply
  5. Kleber meu querido,

    Essa calvário, essa via crucis vai até o fim do ano.

    Forças meu caro! E a torcida tbm terá que ser forte e suportar!

    Saudações!!!!

    Reply
  6. E Vitinho quando veio se disse rubro-negro desde criança hein?

    Acho que ele virou a casaca lá no sul.

    De qualquer forma, meus parabéns ao Vitinho! Se a torcida estava até agora de boa vontade com ele, com essa declaração, acabou a boa vontade.

    Saudações!!!!

    Reply
  7. Prezados,
    Concordo com vocês. Sempre achei uma palhaçada esse negócio de não comemorar gol contra ex-clube, como se isso fosse algum desrespeito com a torcida… Qual o problema de comemorar??? O Romário jogou por três grandes clubes do Rio de Janeiro, arrebentou TODOS que eram adversários e COMEMOROU, mesmo assim é respeitado pelas torcidas do Fla, Flu e Vasco.

    Embora ache bobeira, o ato de “não comemorar” pode até ser relevado quando a história do atleta é longa e vitoriosa no ex-clube, como por exemplo o recente Everton-22, que jogou no Flamengo por 6 ou 7 anos e foi Campeão Brasileiro…

    Mas lhes pergunto: quem é/foi Vitinho na vitoriosa história do Internacional??? A torcida deles pouco se importa se ele fizer gol o não, será apenas mais um adversário…

    Reply
  8. Bom dia a todos! Tá faltando fazer o que o SP fez fora das quatro linhas.Trazer ex jogadores para mostrar aos jogadores o que é o Flamengo. Infelizmente hoje se ganha dinheiro muito cedo, não por maldade o cara fica alienado. Falta gente pra corrigir e apontar o caminho certo.
    E falta também humildade pra saber ouvir os mais experientes, logo mais capacitados.
    Ricardo Rocha e Raí arrumaram o São Paulo!
    SRN.

    Reply
  9. Kleber me permita discordar em alguns aspectos…..mesmo nao te conhecendo tb e eh compreensivel voce entrou em uma maré de misto de decepção e tristeza que afligiu a grande massa da magnetica rubronegra….em 2009 no Morumbi,Adriano que eh de fato o maior ídolo que a torcida teve na ultima decada não comemorou gol lá pq tinha passado no ano anterior 6 meses no clube paulista…assim como eles,MUITOS fazem isso e convenhamos,por demagogia e talvez a grande maioria ali não tenha uma capacidade cognitiva de poder usar a força da palavra com sensibilidade no momento….o importante é que ele faça os gols…o mais importante Kleber eh que esse time que ja fazem 3 anos parece que não se ajudam como disse ER7 e corram para evitar esses micos,ver que time entrará hoje…pq se eles não se doarem a volta desse aeroporto fatalmente será tensa.

    Reply
    • A contratação do Guerrero foi mais um gol de placa do Rodrigo Caetano!

      O jogador só joga no 2o. semestre do ano que vêm.

      Agora eles têm o Damião e o Guerrero sob contrato longo e sem jogar!

      Perfeito!!!

      Reply
  10. Guru! O mundo está mesmo de cabeça pra baixo…
    Segundo o noticiário, a palavra dele, a vontade, foram fundamentais para estar hoje no Flamengo. Como rubro-negro declarado, não dá pra entender declaração tão imbecil.
    Caso faça um gol, o que acho improvável, serão 40 milhões comemorando… menos um…
    Contratado pelo preço que foi e, com essa cabecinha de merda, vai ter que jogar muita bola para se tornar ídolo da Nação…

    Reply
    • Meu Carlíssimo Egon Prates da Casa!

      Eu sinceramente acho que a torcida deveria se ocupar de outras coisas até o final do ano.

      Ballet por exemplo. A temporada russa do Bolshoi 2018 nos Cinemas UCI esta fantástica!

      Só uma sugestão para passar o tempo sem aborrecimentos, pq títulos no futebol rubro-negro, há esses só ano que vêm.

      Até lá em cartaz na Gávea o ballet, o desfile, a apoteose das bananas do EBM & Cia. Infelizmente!!!

      Saudações!!!

      Reply
  11. Boa tarde, com todo o respeito, acho esse assunto de comemorar ou não tão sem importância…
    Cobrar e mostrar a pressão que representa defender o Fla, por mais que ele seja torcedor do clube, acho fundamental, e nisso , concordo, abraços…

    Reply
  12. Caros,
    Juro que se ele fizer gol… não ficarei nenhum pouco preocupado se ele vai comemorar ou não,mas isso não me impede de considerar um absurdo tal gesto, acho isso de um ridículo tão grande, acho que todo profissional tem que ter amor ao que faz, e comemorar gols, vitórias e títulos são a consagração de qualquer profissional. é uma forma de demonstrar que aquela torcida que o acolheu, que aquele clube que investiu nele estão sendo recompensados.
    Mas,isso virou moda, que nem esta bobagem de tirar a camisa após fazer um gol, o que precisa é punir quem faz tal besteira, um faz e os outros copiam, pura demagogia.
    P.S. Com todo respeito, comparar o Adriano…sei que a comparação foi sobre o gesto, mas no fim do ano ele deu a volta olímpica

    Reply
  13. Mas esse tipo de gesto de não comemorar após o gol contra um ex-time é o mais comum no futebol mundial. Na segunda-feira, no Linha de Passe da ESPN, os comentaristas riram de um italiano que jogou nuns 30 clubes lá e não comemorou após um golaço. Não acho legal, mas é a coisa mais comum hoje em dia.

    Se o Vitinho fizer um gol, por mim pode até chorar. O importante é a bola na rede.

    Reply
  14. Presidente!
    Uma declaração dessa nem vale a pena ser comentada, quando lemos que o Tribunal de Justiça suspendeu a punição que o senhor tinha recebido pelo CODE. Finalmente, a justiça foi feita. Meus parabéns!!

    Reply
  15. Incrível mesmo ler essa declaração. Acho que ele está pensando que o RJ é só para curtir festas e ficar perto da família. Complicado viu…

    Reply
  16. Depois desses comentários todos, podemos concluir que Vitinho só declarou seu amor ao Fla por ser a única maneira dele voltar ao futebol brasileiro.
    Afinal, o Inter não tem hoje condições financeiras de contratá-lo, daí uma possível encenação para ludibriar a boa vontade rubro-negra.
    Se seu amor ao Inter é maior do que ao Fla, não me incomodo, desde que faça os gols que a Nação espera. É a menor de suas obrigações pelo que custou ao clube.

    Reply
  17. Retrato da falta de preparo e de comando no futebol do Flamengo. Se não está a fim de comemorar, que não jogue. Isso aqui é Flamengo é a torcida precisa aparecer de novo no aeroporto para lembrar esse sem vergonha.

    Reply

Comente.