Maldade e alegria. 3 a 0 no Fla-Flu

1 – Maldade

Ia fazer um vídeo, pois estaria pronto para responder algumas perguntas, cujo tema central seria a iniciativa do presidente do Conselho Deliberativo do Flamengo em abrir inquérito sobre a venda de Paquetá para o Milan e, a repercussão que teve este fato.

Ontem, externei meu ponto de vista, pelo WhatsApp em um grupo de rubro-negros, onde incluído estava o presidente do Conselho que leu e, claro, não gostou. Neste depoimento, apenas registrei o óbvio. Como pode o presidente do Conselho Deliberativo, candidato de oposição a vice-presidente do clube, se utilizar do cargo que ocupa para bombardear o adversário?

Evidente que, no mínimo, ético não é. Indo além, classifico como covardia, isto sem falar em injustiça. Por que? Pelo que já coloquei no post anterior. Quando se fala em abrir inquérito, o que qualquer pessoa normal imagina? Claro que, a possibilidade de patifaria. E, injusto é, pelo fato de que o presidente e quem responde pelo futebol serem pessoas de bem, honradas, que não merecem este ataque regado a irresponsabilidade e politicagem rasteira.

O presidente do Conselho, que preferiu sair do grupo a debater, afirmou que descarreguei nele a mágoa de ter sido punido pelo seu Conselho. Omitiu que, em primeira instância, a justiça comum já corrigiu aquela barbaridade, tornando sem efeito a decisão do Conselho e, omitiu ainda que, no voto e no Conselho competente para me julgar, fui absolvido por expressiva maioria. O que veio depois, todos sabem. Uma manobra odiosa, encabeçada pelos presidentes dos dois conselhos, com a finalidade única de me eliminar do quadro social.

O presidente do Conselho Deliberativo, fosse qualquer outra pessoa, deveria sim, era estar colocando no banco dos réus o responsável pela defesa do Flamengo neste caso do Consórcio Plaza, pois, ao invés de acionar quem deu causa ao rompimento do contrato, estranhamente optou por defender a tese de que o presidente do clube havia contraído um empréstimo sem a autorização do Conselho Deliberativo, fato mais do que provado que jamais ocorreu e, por isso, o Flamengo sofreu vários revezes no judiciário, até entender que o acordo era a melhor saída.

As perguntas a serem respondidas pelo presidente do Conselho Deliberativo são as seguintes:

A – Quem era, à época, o advogado responsável pela defesa do Flamengo?
D – Por que motivo o Flamengo não acionou o Consórcio Plaza?

Hoje, o ex- presidente Luiz Augusto  Veloso, também indignado com a baixaria política, se mostrava revoltado pelo fato de no dia de um jogo tão importante, com o torcedor do Flamengo sonhando com o título de Campeão Brasileiro, o noticiário todo era em cima do tal do inquérito a ser aberto pelo presidente do Conselho de Administração, levantando suspeita sobre a conduta de quem dirige o clube e de quem dirige o futebol ou, para simplificar, seus opositores.

A indignação do ex-presidente Luiz Augusto é perfeita e compreensível. Para estas pessoas o que importa são os seus objetivos políticos, mesmo que na contramão do que seja bom para Flamengo.

Já disse o que precisava e entalado estava. O vídeo fica para uma próxima oportunidade. Questão de tempo…


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

2 – Alegria. Fla 3 x 0 Flu

Como não estou por aqui, rolo a bola do mais charmoso clássico do futebol brasileiro para meu amigo/irmão, Carlos Egon Prates.

Diga aí querido Egon…

Meeeeengooooooo!!!

Chove canivete em Angra dos Reis!

Apesar do papo ser bem menos relevante que o texto do Guru, no andar de cima, essa chuva absurda diz respeito ao milagre que vimos hoje no Maraca. Vencemos com dois gols de centroavante… e, um de Léo Duarte.

Isso só perde para o Furacão Michael que destruiu a Flórida…

Temos um pequeno problema que precisamos resolver urgentemente. Após a saída do VJr, não temos saída de bola rápida. O famosos contra-ataque…

Éverton carrega muito a bola, Vitinho está sem pique e, Uribe prendendo os zagueiros, não pode ajudar. Aquele esticão que Vinicius fazia tão bem, não vai rolar tão cedo.

Nossa saída da defesa – quando recupera a bola – é muito lenta e cadenciada. Nem Arão nem Cuellar são rápidos.


Enfim, estamos coladinhos no Palmeiras e o nosso 3º gol demonstra que o vento está sobrando a nosso favor. Se aquilo fosse mês passado, com certeza Uribe sairia com bola e tudo ou, daria com a cabeça no poste…

Notinhas das crianças

César – Está sendo o excelente goleiro que ganhou a Copinha. Se não estamos sentindo falta do Diego Alves, é porque o cara está bem – 8

Pará – Aquela coisinha que Tite jamais irá convocar, mas que quebra o galho pela entrega e correria pelo corredor – 5

Léo Duarte – E agora José??? Hoje não posso cair de cacete no carinha. Apesar do Flor não fazer nenhuma cosquinha, foi responsável por um belo gol de cabeça. Hoje merece uma notinha esperta – 7

Réver – Se jogar, raramente tomamos gols de cabeça! Sobe por toda nossa defesa e mais os reservas. Jogador importantíssimo no nosso setor defensivo – 8

Renê – Marcador ferrenho! Pelo seu lado só ciscaram e nada aconteceu. Posso estar enganado! Mas está muito melhor que quando chegou do Sport – 7

Cuellar – Sem dúvida alguma é o melhor volante do país! Além de não perder a viagem, raramente faz faltas. Fundamental! – 9

Arão – Três oportunidades da entrada da área, sem nenhuma marcação, e não aproveitou nenhuma. Perdemos 2 pontos para o Bahia por ele ter perdido a bola do jogo no último minuto – 5

Paquetá – Parece que o anúncio da venda não afetou sua atuação. Continua fazendo gracinhas desnecessárias, mas é o diferenciado do time – 7

Éverton Ribeiro – Se soltasse mais a bola ao invés de correr com ela, seria mais objetivo. Sabe tudo, mas abusa do individualismo. Dificulta o fácil – 7

Vitinho – Está provando que tem o pé calibrado. Dois passes, dois gols… Parece que está acordando do sono profundo e entrando mais no jogo. Mas falta aquela arrancada – 7

Uribe Da Massa – Será que enfim temos centroavante??? Depois dos gols hoje, vamos aliviar a barra do colombiano. Se movimentou bem e não deu descanso ao poderoso Digão – 9

Dorival – Faz tempo que não vemos seis gols em dois jogos. Acho que a rapaziada entendeu o verbo “matar”, embora ainda esteja perdendo gols feitos. Uribe e Arão não me deixa mentir. O placar foi camarada para o Flor. 6 a 0 não seria nenhum absurdo…”

Carlos Egon Prates

E para terminar, um vídeo da torcida rubro-negra torcendo a favor, gravado pelo Deputado Federal – e grande rubro-negro – Vinícius Farah.

1 Comentário

  1. Presidente Kleber, esse Rodrigo tem muito o que explicar. Acho inaceitável essa história do pai dele, tanto no que toca à venda do Zico, quanto no que tange ao caso do Consórcio Plaza. Agora vem o filho e repete as c*agadas denegrindo a imagem do EBM, acusando-o injustamente. Deve haver no estatuto uma defesa a esse tipo de acontecimento, não é possível que nunca tenha se pensado nisso.
    Quanto ao jogo, nosso amigo Egon já disse tudo que tinha que ter dito, e como sempre, com muita maestria. Só acrescento uma coisa, o filho do AD deve tá torcendo muito contra, se levarmos o brasileirão o Lomba ganhará muitos pontinhos percentuais…
    Meeeengooooo!!! Rumo a mais um brasileirão!!! Eu acredito!!!

    Reply
  2. Era óbvio que qualquer técnico que substituísse Barbieri seria melhor, afinal, na grostesca gestão da bola no Fla, dar continuidade a estagiários é normal.

    Agora, será fogo de palha comum a qualquer início de trabalho, ou será realmente uma mudança estrutural? Pelo histórico de Dorival aposto no fogo de palha.

    Será tão difícil admitir que após a errada escolha de Carpegiani, que não sabia se era coordenador ou técnico, se fazia necessário um técnico, no mínimo, experiente? Não precisa nem ser um espetáculo, mas, ao menos, ser um técnico formado e não um estagiário. Resultado, ficamos sem técnico, sem título e sem um estagiário promissor.

    Cuca, que faz excelente trabalho no Santos, tirando do Z4, ressuscitando Gabigol, montando um time de mínimo repertório, estava disponível, mas o Fla o desprezou. Santo amadorismo.

    Sinceramente, por essas e outras, creio num caminho bem difícil até o fim do campeonato para sonhar em ser campeão, a tabela até o fim não será fácil, vale frisar que esse campeonato tem um favoritaço, Palmeiras, tem a tabela mais fácil, elenco excepcional e técnico que conhece os caminhos, será muito difícil perder o título, analisem a tabela e irão perceber.

    Algo me diz que, pelo histórico dessa gestão que o título não virá no suspiro final do governo EBM, seria até injusto com os mandamentos do futebol ser campeão após tanta trapalhada, amadorismo e soberba na gestão da bola. Isso é o que a racionalidade me diz, já o coração diz que é possível por se tratar de Flamengo e não de uma gestão específica.

    Agora que fique claro, o favorito é verde, inclusive contra nós no Maracanã, os caras não levam gol e jogam mais a vontade na casa de um rival, além de nosso horroroso retrospecto contra os verdes paulistas, se vencer aí é outra história.

    Reply
  3. Outro detalhe, fiquem atentos, apesar de termos tido a proeza de sermos eliminados por um remendo de time como o Corinthians, nossos dois últimos jogos com boas vitórias não servem de muito parâmetro.

    Quem é o Fluminense na fila do pão atualmente no Brasil? Os caras não nem receberam o salário de setembro! No jogo de hoje os tricolores foram um horror, defesa arreganhada, da mesma forma o Corinthians em SP, um show de horrores e erros de marcação em bolas paradas.

    O parâmetro virá sim, contra o Palmeiras no Maracanã e contra o SP no Morumbi. Isso sim é parâmetro.

    Cuidado! Já vejo gente se iludindo novamente, cheirinho não é título, liderança que não seja na última rodada não é título , vide nossa frase grotesca de “segue o líder”. O título só vem quando sacramentado, isso é óbvio, mas tem gente que não vê.

    Reply
  4. Mt bem feito as explanações do presida KL e do mestre Egon….concordo com o colega acima,com
    O time e tabela que tem,o time sem mundial de SP só perde o campeonato se entrar no modo cavalo paraguaio….será que Arao barrou Diego?

    Reply
  5. Meu grannnnnnde irmão Diogo!
    Lembra de 2009? O Palmeiras estava nadando de braçada, com Muricy tirando mais onda que o Renato quando vence. Faltando 6 rodadas atropelamos e levantamos o caneco. E olha que estávamos a 9 pontos dos porquinhos…
    Vamos resolver esse parada na nossa casa, dia 27/10.
    O que acontece, é que eles jogam a Libertadores contra o Boquinha nos dias 24/10 e 31/10. Como o 1º jogo é lá, se tiver que tirar o prejuízo dia 31, vão entrar contra nós com os reservas.
    A única coisa impossível é o Paraná ser campeão… kkkkkkkk
    Leva fé, meu irmão.

    Reply
    • Irmão Egon,to contigo nessa,so morre de véspera o Peru de Natal e com a Magnética empurrando normalmente esses pulhas da ponta feia da Dutra tendem a tremer….fim de ano maravilhoso seria as Marias ganhando a copa do Brasil;o Palmeiras indo a uma final de liberta com o Grêmio com as eliminações argentinas e o Portaluppi sendo bicampeão e o mengao conseguindo o hepta…o abjeto Scolari ganha nada;portaluppi se consagra e vem pro Flamengo em janeiro,Dorival vira coordenador por causa do título e a midia de Sp arranca às calcinhas pela cabeça.

      Reply
  6. Amigos,temos 27 pontos em disputa em 9 jogos: Jogos em casa:Palmeiras(entre jogos Boca na Liberta);Gremio(com possibilidade de entrar time reserva,devemos torcer pra eles contra o River;Santos jogo duro;e Atlético PR última rodada);Temos o Botafogo no Engenhão e fora de casa:Parana(obrigação vitória);Bambis;Cruzeiro já de férias e Sport………nos 9 jogos só não entramos como favoritos talvez contra os bambis mas pode ser que qd enfrentemos eles,já estejam de pneus arriados….vamo com tudo!!!!

    Reply
  7. O Uribe, que muitos deram como inútil, hoje mostrou que pode ser bastante útil. Diferente do Ceifador, ele sabe dominar e controlar a bola. Assim o time joga com 11, ganha profundidade e tem até um cara em que se pode tocar sem medo.

    O Dorival tem um grande mérito que foi recuperar o Vitinho e aproveitar uma de suas melhores características que é bater bem na bola. Dois últimos 6 gols, 4 sairam dos pés dele com belas assistências.

    Raramente me posiciono sobre algo fora dos gramados, mas acho que o Flamengo deveria remar só pra um lado. Tenho a impressão que muitos torcem para o fracasso a fim de subir o tom contra a atual diretoria. Das entrevistas que vi da oposição, principalmente Walim e Márcio Braga, sobraram bravatas e promessas vazias. Gosto do Landim, mas não votaria nele por causa desse grupo que hoje torce pelo mal do Flamengo apenas por causa do período eleitoral.

    Reply
  8. Meu amigo Henrique!
    Política é uma “profissão” tal qual arquiteto, advogado, médico, engenheiro, empresário etc…
    Márcio, que apoio Bandeira lá atrás, hoje é ferrenho adversário. A dança das cadeiras está atrelada ao termômetro do poder.
    Quem é Landim ou Rodolfo na fila do pão?
    Não podemos negar que Landim é um nome diferente no MAIS DO MESMO que tomou posse em 2013. Acontece que os componentes desta chapa, estavam na situação em 2013, e nada aconteceu ao nosso futebol até hoje.
    Bap, Wallim, Cláudio Pracownik, Antonio Tabet, Walter D’Agostino… tudo farinha do mesmo saco, que ontem estavam babando o Bandeira.
    Seja quem for o vencedor das eleições, vai pegar o Flamengo saneado e respeitado. E isso, tem tudo a ver com a administração imposta pelo Bandeira, que mesmo em carreira solo a partir de 2015, deu segmento ao projeto elaborado pelo grupo em 2013.
    Definitivamente não tem como levar a sério, grupo político namorando o poder, torcendo para o Flamengo perder.
    E o pior… que isso é pura verdade…

    Reply
  9. Meus caros, O presidente do Conselho Deliberativo do nosso Flamengo está , assim como fez com o Kleber, fazendo poiliticagem. Por isso passei a torcer pela chapa apoiada pelo EBM.
    Quanto ao jogo, ganhamos de pouco. Só o Arão teve 3 oportunidades de ouro e desperdiçou. No geral , todo o time jogou bem e o Renê vem justificando sua liderança no Bola de Prata. É curioso observar
    mas parece que tem comentarista aqui no Blog que fica contrariado quando o nosso Flamengo vence. Eu estou muito confiante. na possibilidade de fazermos 9 pontos nos jogos contra Paraná, Palmeiras e São Paulo. Enfim, mais um fim de semana alegre! Abraços.

    Reply
  10. Presidente, concordo plenamente! Como torcedor, não gosto da gestão de futebol do EBM, indiscutivelmente foi um ato de covardia.
    Na política, o adversário de ontem pode ser o aliado de amanhã, e vice versa.
    Boa atuação do Flamengo, acredito que vai crescer mais. Rumo título.

    Reply
  11. Henrique,como diz o Egon, política é assim mesmo, só acho sacanagem é os caras que se dizem eternos rubro-negros torcerem p o futebol não ganhar nada para que o Eduardo fique marcado por isso poxa q torcedores de merda são esses, com eleição ou sem eleição o Flamengo está acima de tudo e de todos !!

    Reply
  12. Caros Kleber e Carlos Egon!
    Não assisti o jogo em função de estar em viagem. De toda forma, logo que pude, conseguir ver os melhores momentos. Foi importante vencer a segunda partida em sequencia e ainda mais dois grandes clássicos.
    O time me parece bem mais confiante e os dois gols de Uribe já demonstram um pouco disso. Agora é tratar cada jogo como uma decisão e não existe outra receita. Os quatro pontos que nos separam do Palmeiras parecem que se esticam a cada rodada. Lá eles não estão para brincadeira e agiram no momento certo em relação a troca de técnico.
    Vamos tentando, tentando e fazendo de tudo para nos superarmos.
    Parabéns ao Egon pela brilhante análise. Na sua escrita em relação ao desempenho dos jogadores a gente se sente na beira do gramado.
    SRN

    Reply
  13. Parei no Réver nota 8 ????? será que analista viu mesmo o jogo ? No início do primeiro tempo o Rever quase entrega o ouro, numa saída de bola errada proporcionou um contra ataque que culminou com a defesa do César em dois tempos, depois andou errado outra saídas que tb comprometeram a sua atuação, logo em seguida o Flamengo tomou conta do jogo e o débil ataque tricolor não mais incomodou a extrema defesa rubro-negra.

    Reply

Comente.