Complexo de vira-lata

(Reprodução da internet)

Mais do que nunca, estou curioso para saber a opinião dos amigos do blog, brasileiros e, consequentemente, sul-americanos, sobre a decisão da CONMEBOL, sob o pretexto de “latinidade”, marcando a decisão da Copa Libertadores da América, entre Boca e River, para a cidade de Madrid.

O que quero aqui colocar é muito mais um sentimento do que propriamente uma opinião. Como sul-americano o meu sentimento é de vergonha!!! É isto mesmo. Vergonha!!! Como é que o mais importante título entre clubes, restrito ao continente sul-americano, terá a sua principal partida, a decisiva, realizada em solo europeu?

Como é que uma Confederação Sul-Americana de Futebol, mais conhecida como Conmebol (nome horroroso) não tem a capacidade de organizar uma partida na Argentina, alegando problema de segurança?

O meu sentimento é de impotência, de vergonha, ao ver o quanto somos pequenos, submissos e, de forma grosseira, assumindo a condição de vira-latas, também no futebol.

E, imaginar que o futebol era até então uma raridade, pois através dele, falávamos de igual para igual com quem quer que fosse, inclusive com os europeus.

Esta Conmebol avacalhou de vez o futebol sul-americano, passando um atestado de incompetência jamais visto, apequenando nossos clubes e toda e qualquer pessoa envolvida neste processo, inclusive os torcedores.

Como já aqui afirmei, o futebol está sendo conduzido por quem não o ama e não o respeita.

Urge uma revolução, uma “Lava Jato” sul-americana no mundo da bola. E, o mais rápido possível, antes que seja tarde demais.

1 Comentário

  1. simplesmente bizarro presida,mas eh o atestado da incompetente e imoral conmebol….e Kleber,sei que pra vc eh dificil falar mas depois desse baile que tomamos do Portaluppi que chapas formadas por bunda moles nós temos heim….simplesmente BIZARRO!!!!

    Reply
      • Amigo Marco!
        Todo ano Renato recebe aumento do Grêmio, em nome do sonho de dirigir o Flamengo um dia. Ano passado foi idêntico…
        O nome foi badalado pela mídia, mas na verdade, nunca foi bancado realmente por Landim.
        No Benja, ele deixou claro, que seria Renato ou Abel. A meu ver, falou mais do que deveria. Renato embarcou nessa “deixa” pra cima do Grêmio…

        Reply
        • Querido Egon,
          Sem dúvida que ele se aproveitou, de acordo, e não é a primeira vez. Por isso mesmo muito cuidado nessa hora. Especialmente pela boa relação que ele tem no Grêmio. O que eu gostaria enfatizar é o ponto de vista do Diogo de que candidatos e pessoas do Flamengo, que vazaram conversas, pisaram na bola porque o quem não ficou bem nessa hora foi o Flamengo. A impressão que dá é que esse pessoal joga para a arquibancada em demasia. Como outros amigos aqui já se manifestaram, gostaria de escutar as palavras do Presidente Kleber, a luz de sua experiência, sobre o caso.
          Abraços e SRN

          Reply
  2. Urge uma revolução, uma “Lava Jato” sul-americana no mundo da bola. E, o mais rápido possível, antes que seja tarde demais.

    Quem vai propor ” amoreco”???…….. plagiando o guru dos barris

    Os que já se encontram presos……….ou os que na fila esperam por isso ?

    Reply
  3. Caro Kléber e amigos!
    Depois daquela atrocidade eu faria até pior. Simplesmente declarava o Boca CAMPEÃO.
    O jogo poderia ser até na lua que não apagaria a brutalidade do que foi feito no último encontro. Um crime, uma irresponsabilidade. Se o jogo fosse aqui na América do Sul as duas torcidas iriam se enfrentar da mesma forma. Que seja realmente onde tudo é organizado. Estamos longe da organização da Europa.
    O futebol da América do Sul é pobre moralmente e de corrupção ele é imbatível.
    SRN

    Reply
    • Tempestade em copo d’agua, ninguém morreu, isso sempre aconteceu e vai continuar acontecendo, o Boca ta tremendo de medo de pisar no monumental. Foi pura pressão da torcida do River e os rivais se cagaram de medo. Salve o futebol raiz, aquele esporte exclusivo de Homem com H.
      Mulheres e crianças apenas pra acompanhar.

      Reply
      • André!
        O Boca tentou pisar no Monumental, mas no caminho, destruíram as janelas do ônibus com pedras, e feriram alguns jogadores.
        Fato que não ocorreu quando o River jogou na Bombonera.
        Me perdoe! Mas isso não tem nada a ver com futebol raiz, exclusivo de homens com H…
        Na minha humilde opinião, isso é vandalismo covarde…

        https://youtu.be/yARPOg_4nN4

        Reply
        • Caros KL e Amigos, bom dia!

          Gostaria de expor dois pontos:

          1. Libertadores: Na minha opinião a libertadores deste ano nos provou em diversas oportunidades o quanto a competição é “maculada” por fatores externos e desconhecidos de nós, o grande público. Inicialmente tivemos a punição absurda imposta ao Flamengo de jogar dois jogos sem público (veja, mesma punição que foi imposta ao River agora), punição ao Santos e absolvição do River pelo mesmo problema (escalação de jogador irregular), assalto à mão armada contra o Cruzeiro no jogo contra o Boca (expulsão do Dede), irregularidade do técnico do River contra o Grêmio (estava suspenso e mesmo assim trabalhou normalmente), mudança das datas originais de jogos da libertadores (quartas) para o final de semana e para coroar, toda a confusão que ocorreu no ultimo final de semana.

          Eu, se poder tivesse, iniciaria um movimento junto aos grandes clubes do Brasil e abandonaria de vez as competições da Conmebol, até esta ser extinta e substituída por um conselho de dirigentes de todos os países participantes.

          Diretoria e futuro do Flamengo: O clube para mim, faz parte da minha vida, quando o Flamengo joga meu coração vai à mil, eu passo mal mesmo, fico triste quando perde e me iludo quando ganha.

          Hoje tenho 30 anos, me formei em direito aos 23 anos, em 03/01/2014, usei o primeiro dinheiro que ganhei na minha vida para comprar um título de sócio proprietário do clube. Desde então, alimento o sonho de um dia dar um pouquinho do meu tempo para fazer o Flamengo melhor, e são pessoas como você, Kleber, o Lomba, Eduardo B de Mello, que me fazem pensar assim.

          Você a seu tempo, trouxe simplesmente o maior jogador brasileiro que eu vi jogar (Romário) para o Flamengo (lembro, que naquela época (tinha 8 anos, ainda influenciado pelo meu pai, era tricolor), fui ao maracanã no fla x flu do gol de barriga e mesmo com a derrota decidi virar Flamengo, pois a minha pele arrepiava por aquela torcida…Ou seja, quantos rubro negros foram criados depois de Romário?

          Eduardo B de Mello, não teve sucesso no Futebol em si, mas, vocês viram o que esse cara fez com a nossa estrutura? Minhas filhas, os seus filhos, os filhos deles, poderão desfrutar de um Flamengo enorme e certamente vencedor nos próximos anos.

          Enfim, acredito no nosso futuro e acho que qualquer uma das chapas que ganhar vai nos fazer crescer ainda mais.

          SRN, Sergio Amoedo.

          Reply
  4. Olá, Kleber e amigos rubro-negros.

    Saudades do blog.

    Primeiramente, compartilho da indignação do Kleber com os rumos do futebol sul-americano. O que aconteceu na final da Libertadores foi o retrato final do desastre de gestão que é, desde sempre, a famigerada Conmebol. Foi diferente em algum momento? Não que eu lembre.

    Quantos jogadores brasileiros já cobraram escanteios tendo que ser protegidos por policiais em escudos nos lamentáveis estádios do continente? Centenas? Milhares? E quantas vezes isso rendundou em punição? Aí a torcida do Flamengo, APÓS ser agredida covardemente em Buenos Aires, revida no RJ e o clube é punido.

    Quantas vezes times brasileiros foram roubados descaradamente?

    Isso pra não falar na questão financeira. A bem da verdade, pagamos pra jogar Libertadores e Sul-Americana. E acabamos desvalorizando produtos muito melhores, como o Brasileirão e a Copa do Brasil.

    Sou um sonhador. Por isso, sonho há anos com o dia em que os clubes entendam que são eles que fazem futebol, não Federações ou Confederações. Que partam para Ligas. E que mandem uma banana para CBF e Conmebol.

    Dito isso, concluo me permitindo discordar da conclusão do Kleber. Não precisamos de uma Lava-Jato. Não precisamos de nada externo ao mundo do futebol.

    Precisamos lembrar do que o gênio de Márcio Braga semeou em 1987, na Copa União.

    Uma solução sustentável deve partir de dentro do futebol, vinda dos clubes, os donos da verdadeira alma do esporte.

    Fora disso, corremos o risco de destruir tudo. Terra arrasada dificilmente coloca algo de bom no lugar. O que já está ruim, pode piorar ainda mais.

    Saudações coloradas!

    Reply
  5. Anderson, querido,
    Pera lá! Há sim, dirigentes sérios e competentes que podem ajudar em uma reconstrução. Que pessimismo é esse?

    Bisotto, amigo,
    Usei o termo “lava jato”, com a intenção apenas de enfatizar a necessidade de mudanças no futebol. Claro que, como você, sou radicalmente contra qualquer tipo de intromissão externa. Fui claro?
    Forte abraço.

    Reply
  6. Bisotto concordo plenamente com sua opinião de valorizamos cada vez mais nossos campeonatos como o Brasileiro e a Copa do Brasil. Lembro que os campeonatos Sul americanos sempre foram uma bagunça onde impera a violência, desorganização e onde os clubes brasileiros sempre foram prejudicados. Lembra do nosso jogo contra o Cobreloa?
    Infelizmente não temos mais dirigentes que busquem a melhora das competições, hoje só se observa o lado financeiro.

    Reply
    • Copa do Brasil tem a maiot premiação financeira entre todos os campeonatos da América do Sul.

      Brasileirão vem em seguida.

      Isso pra não dizer que os juízes são igualmente incapazes, mas é pra todo mundo. Não falam um idioma que só prejudica clubes brasileiros.

      E jogamos em estádios de Copa do Mundo com um mínimo de segurança. Não com jogador cobrando escanteio protegido por escudos.

      Abraço, Toninho.

      Reply
  7. Caro Kleber,

    Entra ano sai ano e o Renato usa o Flamengo para inflar sua negociação de renovação, a estrategia é sempre a mesma: um mês antes da negociação com o Grêmio ele diz em alguma coletiva que tem o maior sonho de um dia treinar o Flamengo, aí começa uma conversa que não terá futuro, claro… com isso, o Grêmio se sente inseguro, pressionado e como sempre diz, “não fugiremos da nossa política de valores, austeridade”, enfim ele apresenta ao Grêmio o que os OTÁRIOS do Flamengo ofereceram, e esse ano foi em dose dupla, com DUAS DIRETORIAS COMPOSTAS POR OTÁRIOS, entrando na mesma pegadinha do Renato, o Grêmio aumenta sua proposta e ele claro, aceita , igualzinho aconteceu no ano passado.

    SRN

    Reply
    • Paulo, meu camarada!
      Conclusão brilhante. Só faltou dizer o quanto somos bobinhos, acompanhando um filme que já sabemos o final…
      Peruano, com cara de jagunço mexicano, bem menos preparado que os gravatinhas, mandou na lata o que EU já sabia faz tempo.
      “São todos farinha do mesmo saco”…

      Reply
      • Egon,
        Isso é uma grande verdade, farinha do mesmo saco e incompetentes!

        Agora, no meu entender, até gostei desse “faz de conta”, pois prefiro o Abel Braga ao Renato, entendo que para o nosso Flamengo será muito melhor…
        Principalmente se considerarmos que, pelo que li, ofereceram algo em torno de R$ 1 milhão para o Gaúcho, sinceramente seria um grande desperdício.

        SRN

        Reply
  8. GILMAR FERREIRA / EXTRA / 29/11/2018
    “A notícia de que Renato Gaúcho teria optado por renovar seu contrato com o Grêmio assusta os membros das duas principais correntes políticas do Flamengo.
    Contatos estão sendo mantidos para tentar evitar a mudança de posição.
    Não havia contrato assinado entre as partes, mas o “sim” foi forte o suficiente que Abel Braga fosse notificado e informado sobre o motivo na mudança dos planos.
    O técnico campeão estadual pelo clube em 2004, até então, era o preferido do grupo de oposição (chapa roxa), encabeçado por Rodolfo Landim.
    Mais, até: seu retornou já havia sido alinhado em conversas com Luís Eduardo Baptista, o BAP, em São Paulo.
    E justamente por isso foi um dos primeiros a ser avisado do acerto verbal com Renato Gaúcho, na semana passada.
    Abel Braga disse a Landim que entendia a escolha, mas mostrou a pessoas próximas o seu descontentamento.
    Ainda rolam os dados”…

    Antes de assumir, os caras já estão batendo cabeça…

    Reply
    • Egon….. Eu gosto muito do Gilmar, mas nessa ele deu talvez, a maior barrigada da sua carreira.

      GILMAR FERREIRA – 27/11/18

      “O que antes era apenas um namoro já tem casamento marcado.

      Flamengo e Renato Gaúcho já se acertaram e o técnico de 56 anos, dirigirá o time rubro-negro nos próximos dois anos.

      Renato foi campeão gaúcho e da Recopa Sul-Americana deste ano, da Libertadores de 2017 e da Copa do Brasil de 2016, todas no comando do Grêmio,

      O aval que faltava foi dado pelo executivo Rodolfo Landim, candidato de oposição à presidência do clube, após reunião na noite da quinta-feira passada.

      Renato, que pediu sigilo sobre o acordo, não assinou contrato, mas alinhou números e a montagem da nova comissão técnica.

      Ele receberá R$ 700 mil mensais, com bônus por metas atingidas, mais R$ 200 mil distribuídos nos salários de outros quatro profissionais que chegarão com ele.

      Virão o auxiliar Alexandre Mendes, que o acompanha desde os tempos do Fluminense, em 1995.

      O preparador-físico Rogério Dias, o Rogerinho, com recente passagem pela seleção brasileira de Tite;

      O preparador de goleiros Rogério Godoy, o Rogerião, e um analista de desempenho.

      Embora a decisão não esteja oficializada, Romildo Bolzan, o presidente do Grêmio, já sabe, extra-oficialmente, que Renato não permanecerá.

      E não é uma questão financeira.

      O clube até propôs renovação de contrato com 10% de aumento no salário de R$ 750 mil mensais, valor pouco maior do que o trato com o Flamengo.

      Mas a possibilidade de voltar ao Rio para assumir o desafio de dirigir o time do clube mais popular do país renova a autoestima de Renato.

      E isso é compreendido pela cúpula do clube gaúcho.

      Há quem creia ter mesmo chegado o momento de o Grêmio iniciar um novo ciclo.

      O time recebe o Corinthians domingo e a expectativa é de que Renato encerre a terceira passagem no Grêmio na fase de grupos da Libertadores.

      O anúncio oficial de sua saída ainda não foi decidido.

      E seu acerto com o Flamengo, muito provavelmente, só será formalizado após a eleição do novo presidente do clube no dia 8.”

      Amigo Egon…….me traga a luz…………PLEASE!

      “Flamengo e Renato Gaúcho já se acertaram e o técnico de 56 anos, dirigirá o time rubro-negro nos próximos dois anos.”

      Ou o Gilmar barrigou ou eu tenho que voltar para escola e aprender INTERPRETAÇÃO DE TEXTO.

      Reply
      • Anderson, meu camarada!
        O que eu colei é mais atual. DE HOJE…
        A que o irmão colou, é do dia 27/04.
        Evidente que deu uma belíssima barrigada e, tentou consertar hoje.
        Se bem, que “casamento marcado”… ainda não é casamento sacramentado…
        Não esqueça das palavras do bravo radialista Doalcey Bueno de Camargo: “já vi muita noiva voltar do altar”.
        Landim tomou uma galhada bonita para Romildo Bolzan…
        Beijos, amoreco.

        Reply
  9. Egon , eu que sempre critiquei o Bandeira vou queimar minha língua, pode ligar a churrasqueira . A carruagem virou abóbora antes das eleições , sinal de alerta ligado !!!!! ALOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    Reply
  10. Prezado Egon,

    Falta de advertência não foi, não é mesmo? Afinal, refletimos sobre essa possibilidade no post anterior.
    Inclusive, para nos mantermos sempre atentos, cumpre nos inteirarmos do nome do estagiário de plantão, no Ninho do Urubu. Afinal, sabemos bem como tem terminado essa história, ultimamente, no Flamengo.
    Abs

    Reply
    • “cumpre nos inteirarmos do nome do estagiário de plantão, no Ninho do Urubu.”
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Tá feia a coisa, Xará! Arrisco até dizer, que além da natural peneira para jogadores, criaram a peneira para estagiários…
      Temos que ficar de olho para a bola da vez… kkkkkkkkk

      Reply
  11. Landim e Lomba, 2 porcarias derrotadas por natureza. Não conseguir fechar com um treinador do Grêmio foi uma vergonha. Flamengo virou piada nas mãos desses lixos. Agora vamos de Dorival, pra mais um ano de vergonha e vexames.

    Reply
  12. Eu manteria o Dorival. É experiente, fez uma bom trabalho na primeira e segunda passagens e sabe usar a base. Se o Flamengo tiver orgulho próprio Luxemburgo, Leo Moura e Renato nunca mais.

    Reply
  13. Boa noite, amigos,
    Boca x River, tinha que ser na Argetina. Apesar da minha preferência pelo Boca, que me lembra do Flamengo das antigas, acho que deveria ser no Monumental com os portões fechados. Acessos ao estádio bloqueados, e que deixe o bicho pegar entre os dois lá dentro.
    Quanto ao Flamengo, tudo normal. Dorival perde o estadual e é mandado embora. Entra um estagiário no lugar, e ficaremos no cheirinho novamente. Alguém já viu esse filme?
    Enquanto isso o Palmeiras está cada vez mais forte.
    SRN.

    Reply
  14. Caro kleber,
    A turma do Landim se intitulam de altos executivos brilhantes, será que nenhum desses ” brilhantes execurivos”” não percebeu que o Renato estava apenas usando subtefúgios para conseguir um bom aumento salarial?
    Como pode expor o clube nessa negociação sem nenhuma garantia e o flamengo virá motivo de chacota?
    Será que não tem uma alma viva nesse grupo que exigisse um documento assinado por parte do Renato?
    Será que os responsáveis pelo futebol desse grupo são os mesmos do extinto Tabajara esporte clube?
    Se o futuro é esse, pesadelos a rodo…..
    Flamengo é gigante demais para tanta humilação.
    SRN

    Reply
  15. Respeitado Kleber,sôbre a desistência do Renato Gaucho em vir para o FLA,depois de apalavrado com os candidatos `a presidência com certeza maior de eleição,peço a sua opinião e considerações,levando em conta o reporter.comentarista e a pessoa com expertise dos bastidores da vida interna do clube.È apenas curiosidade…!
    Agradeço.
    SRNs.

    Reply
  16. Carlos Alberto, amigo,
    Em primeiro lugar e, já disse isto aqui, urge uma modificação no estatuto, modificando o período eleitoral. Eleição em dezembro é uma agressão ao planejamento.
    E, lamentar que as chapas, Roxa e Rosa, não tenham se unido, ao menos, para ir em busca do que era comum á elas, como por exemplo, ter Renato Gaúcho, como treinador.
    Erraram feio. Faltou humildade e, arrisco em afirmar que também faltou espírito rubro-negro.
    Forte abraço.

    Reply
  17. Caro Kleber !

    Sobre a Libertadores, foi tudo que a Conmebol queria, vendeu a final, vai faturar uma bela fatia do bolo e os clubes continuaram a viver de suas migalhas, por aqui, os grandes clubes continuarão batendo continência a sua majestade a CBF, e o nosso querido Flamengo, me parece que só vai mudar o nome do Presidente, me parece que a mentalidade continuará a mesma, infelizmente .

    SRN.

    Reply
  18. Queridíssimo e ilustre Kleber Leite.

    Bom, a Comebol faz o que o clubes querem! 1o. ponto…

    O segundo ponto é que são clubes argentinos, certo? 2o. ponto…

    Bem meu querido e amado guru, precisamos entender a natureza do espírito argentino de ser, não é mesmo?

    Início do século XX este pais tinha qualidade de vida e nível intelectual europeu, inclusive a renda média do argentino era superior ao do alemão por exemplo.

    Isto posto é evidente e claro o sentimento argentino de não se equiparar aos seus pares na América do Sul permaneceu.

    Então meu caro, é menos “complexo de vira latas” e bem mais “colonização cultural deliberada” que os argentinos absolvem, em 1o. lugar da América do Norte, e em 2o. lugar da sua referencia na Europa, a Espanha.

    Para finalizar e resumir, uma pequena máxima:

    “Ego é o pequeno argentino que todos temos dentro de nós”

    Saudações rubro negras!!!!

    Reply
  19. Prezados,

    Com Renato Gaúcho fora, pensando em um projeto de longo prazo, meu treinador seria o ROGÉRIO CENI. Cara com enorme vivência no futebol em time grande, com trabalho vencedor no Fortaleza e o principal: fissurado em trabalho, disciplinado e espírito de campeão. Embora seja jovem na carreira, o fato de conhecer o mundo da bola pela longa carreira e a experiência no Fortaleza o fazem bastante diferentes dos estagiários Barbieri e Zé Ricardo…
    Com o devido respeito ao Abel, mas é um cara em curva decadente da carreira…

    Reply
  20. Inacreditável Futebol Clube!
    Brincadeira essa do Renato Gaucho.
    Mas alguém já disse que se não está escrito no papel, assinado, carimbado, rotulado, firma reconhecida, etc, nada aconteceu.
    E se o Abel foi mesmo informado, como ficam esses caras agora? Com que cara vão voltar a procurá-lo?
    Já estou até antevendo o final desse filme. Vai acabar ficando o Dorival. Nada contra, vem fazendo um bom trabalho. Mas que vai pegar muito mal para essa nova diretoria, isso vai.
    Meu amigo Egon é um profeta. Estamos trocando seis por meia dúzia.

    Reply
  21. Caro Kleber, inauguração do módulo profissional do nosso CT: um espetáculo! Vale voto, sim ,valerá muitos votos no dia 08/12. Estamos de parabéns! Abraços.

    Reply

Comente.