Complexo de vira-lata

(Reprodução da internet)

Mais do que nunca, estou curioso para saber a opinião dos amigos do blog, brasileiros e, consequentemente, sul-americanos, sobre a decisão da CONMEBOL, sob o pretexto de “latinidade”, marcando a decisão da Copa Libertadores da América, entre Boca e River, para a cidade de Madrid.

O que quero aqui colocar é muito mais um sentimento do que propriamente uma opinião. Como sul-americano o meu sentimento é de vergonha!!! É isto mesmo. Vergonha!!! Como é que o mais importante título entre clubes, restrito ao continente sul-americano, terá a sua principal partida, a decisiva, realizada em solo europeu?

Como é que uma Confederação Sul-Americana de Futebol, mais conhecida como Conmebol (nome horroroso) não tem a capacidade de organizar uma partida na Argentina, alegando problema de segurança?

O meu sentimento é de impotência, de vergonha, ao ver o quanto somos pequenos, submissos e, de forma grosseira, assumindo a condição de vira-latas, também no futebol.

E, imaginar que o futebol era até então uma raridade, pois através dele, falávamos de igual para igual com quem quer que fosse, inclusive com os europeus.

Esta Conmebol avacalhou de vez o futebol sul-americano, passando um atestado de incompetência jamais visto, apequenando nossos clubes e toda e qualquer pessoa envolvida neste processo, inclusive os torcedores.

Como já aqui afirmei, o futebol está sendo conduzido por quem não o ama e não o respeita.

Urge uma revolução, uma “Lava Jato” sul-americana no mundo da bola. E, o mais rápido possível, antes que seja tarde demais.