Marinho

(Foto: Betto Jr./CORREIO)

(Foto: Betto Jr./CORREIO)

Na pesquisa que aqui realizamos, cujo título foi “Sonho de consumo” (ler aqui), os rubro-negros de plantão apontaram Marinho, jogador do Vitória da Bahia, como o terceiro colocado entre os reforços para o ano que vem.

No que me diz respeito, Marinho é o número 1, na medida em que votei apenas em jogadores viáveis, ou seja, que efetivamente tenham chance de sair de onde estão, para o Flamengo.

No Vitória, Marinho foi destaque absoluto, tendo marcado 11 gols, até agora, no Campeonato Brasileiro.

Recentemente, e registrei o fato aqui no blog, encontrei casualmente com o ex-treinador do Vitória, Vagner Mancini, que afirmou ser Marinho um dos raros jogadores em atividade no futebol brasileiro com capacidade individual para resolver um jogo. Que, com a bola dominada, parte para dentro do adversário, sempre! A bem da verdade, também disse que “a cabecinha“ às vezes desandava, mas que na média, era um jogador precioso.

Tenho brincado muito com o nosso vice de futebol, Flavio Godinho, pois toda vez que nos comunicamos por WhatsApp, deixo a seguinte mensagem: “GODINHO, CADÊ O MARINHO?”

Houve em uma oportunidade uma resposta dele, que me deu a certeza de que o tema realmente estava sendo encaminhado. E, a resposta, veio por meio de uma única palavra: “obrigado!”. Ali, concluí – e feliz da vida – que a diretoria estava agindo.

Tomara que dê certo, pois com um atacante mais agudo, Guerrero também vai funcionar melhor. Ouso afirmar que se o Flamengo tivesse neste time, Marinho na direita, e Keno pelo lado esquerdo, seria campeão brasileiro.

Keno, já foi para o Palmeiras. Se Marinho vier, será um baita reforço.

1 Comentário

  1. Presidente, por qual motivo a diretoria não quer investir em FELIPE MELO?? não entendo, noticiário de hoje fala que o Flamengo está atras de ROMULO ex vasco da gama. Nada contra o Romulo, que é novo e tinha qualidade quando aqui jogou, mas o F MELO é identificado, flamenguista, tem raça, mete a cara e viria pra ser o capitão. O que aconteceu?? a pedida foi alta, me parece que a Inter vai dispensa lo e só o SP fez proposta

    Reply
    • Felipe Melo é jogador para o antigo flamengo, butinudo, arrumador de confusão. Para o atual flamengo esse estilo de atleta não tem espaço. É oatrocibador, marca do clube, TV, marketing, muita coisa envolvida para se contratar um jogador conturbado, e que não trará nenhum lucro.

      Reply
      • Enfim, um amiguinho que pensa rigorosamente igual a mim…
        Nunca achei Felipe Mello essa mariola toda. Pra Inter querer dispensá-lo já não é bom sinal.
        De mais a mais, não pagaria um salário astronômico por um jogador que NÃO decide.
        No Brasil existem volantes de marcação bem mais em conta, bem mais jovens e, bem mais promissores.
        Gabriel do Palmeiras (contrato termina no final deste ano) é um excelente volante. Assim como Otávio do Atlético PR e, Rafael Carioca (Galo).
        Como a posição exige passe simétrico e certo, pois é o responsável pela saída de bola, qualquer um desses seria de muito bom grado.
        Quanto a Marinho, sou meio cúmplice desta campanha pró contratação.
        Aliás, meus cinco nomes para 2017 são: Martin Silva, Marinho, Vitinho, Éverton Ribeiro e Michel Bastos.
        O grande problema que envolve as contratações de Marinho e Vitinho, é justamente a necessidade de mudar o esquema. Ambos não voltam e não marcam…
        Obrigatoriamente teríamos que fixar um 1º volante e, segurar Arão também na marcação.
        Numa escolha pura e simples, na lata, entre Marinho e Vitinho ficaria com o primeiro. Colocaria mais um na armação.
        Ou seja! 4-4-2…

        Reply
    • Caro Pedro

      A questão acredito eu e o custo beneficio, pois o Felipe Mello, coloca a camisa, faz homenagem na rede social (ou seja joga para galera) mas o salario ele não quer baixar, quer manter o Nível. Pagar mais de 400K a m volante ja perto do fim de carreira não e nada viável.

      Reply
  2. Gostei de ver o interesse do Flamengo no atacante Willian do Cruzeiro. Nas minhas indicações neste blog sempre o incluí.

    Uma coisa que me assusta é o alto valor pedido. Agora que o Flamengo tem grana, credibilidade e planejamento, os times pedem absurdos por cada jogador meia boca. R$ 20 milhões por Marinho, R$ 15 milhões por Willian? Felipe Melo pedindo R$ 600 mil de salário. Aí é complicado.

    Reply
    • Também acho que os valores estão fora da realidade. Pagar 600 mil de salário ao Felipe Melo é brincadeira de mau gosto.
      Não me lembro do Rômulo, mas o Rodrigo Caetano deve conhecer bem o jogador. Pode ser uma boa opção, uma vez que o seu contrato está acabando.
      Em relação ao Marinho, nunca vi algum jogo completo dele. Tenho um pé atrás porque ele não foi bem no Cruzeiro.
      Não conheço o futebol do Willian.
      Precisamos tentar algumas trocas. Há vários jogadores do Flamengo que têm mercado e já estão desgastados no clube. Por exemplo: Mugni, Canteros, Cirino, Léo e Adryan.
      SRN!

      Reply
    • Meu caro André! Quando vi Klebinho jogando no sub-17, disse aqui, que em muito breve teríamos um baita lateral-direito. Reitero!!!
      Pra melhorar, vi jogando deslocado para o meio, e TAMBÉM foi muito bem.
      Lamento te desapontar no placar final do jogo. O Cruzeiro empatou aos 47 do segundo tempo…

      Reply
      • Caro Egon, Precisei sair de casa e não pude ver o jogo até o fim. Foi uma pena que tenha acontecido o empate. O Klebinho jogou bem. O Michael foi uma grata surpresa. Teremos uma boa opção ao Jorge em pouco tempo. SRN

        Reply
  3. Meus irmãos rubro negros, quem entre vós pode me explicar, porque o nosso amantissímo Flamengo joga tempo,dinheiro, suor e lágrimas, investidos na base literalmente no lixo??? Ficamos reféns de “coisas” como Carlos Eduardo, Mugni, Alambique, Ederson, Cirino, Gabriel Peteleco,etc… Serå que os meninos oriundos da nossa base, contemporaneos destas malas, eram piores? Qual de vocês podem me informar quantos minutos o Adryan teve oportunidade de jogar nesta temporada? E o Gabriel Peteleco quantos minutos jogou??? SRN

    Reply
    • A manutenção do Zé Ricardo é uma indicação de que a base passará a ser mais prestigiada.
      Em relação ao Adryan, ele é muito técnico. No entanto, ele precisa querer jogar e vencer no Flamengo. O Adryan precipitou algumas coisas na carreira dele. Antes de tentar uma transferência para a Europa ele deveria ter se esforçado para se firmar e vencer no Flamengo.
      SRN!

      Reply
      • André, acho sinceramente que será difícil ver o ZR jogando nesse 4 1 4 1 assim que houverem algumas contratações! Ai de fato será uma prova de fogo para o ZR, mudar o sistema tático…A julgar pelo histórico que vimos, ZR tem muitas dificuldades em variações, seja nas substituições, seja em variações do sistema de jogo, um fato…Se essa mudança de fato vier, creio que ZR não será o perfil ideal para técnico do Flamengo. Outra, com Guerrero o ataque definitivamente não em solução, ao menos que os dois pontas se ocupem de fazer gols. É o que eu penso…SRN.

        Reply
    • No Flamengo existe esse medo de lançar os jovens, criam um MONSTRO terrível na hora de fazer a transição, uma proteção excessiva… Se Gabriel Jesus fosse da nossa base, certamente seria reserva de Guerrero e do horroroso Damião.

      Reply
    • Caro Joaquim, Concordo que os meninos da base não tiveram muitas chances até bem pouco tempo atrás. Também concordo que muitos dos contratados não corresponderam e impediram que a base tivesse oportunidades. A coisa está mudando. O Godinho falou em entrevista que tem jogadores jovens pedindo passagem nos treinos. Vamos aguardar… O Adryan surgiu muito bem, mas acho que ele se precipitou indo para a Europa emprestado. Era muito jovem. Precisava primeiro de firmar no Flamengo. SRN

      Reply
      • O grande problema, amigo André, é que os meninos da base quando sobem não são as promessas anunciadas. Fora a marra absurda.
        Podemos enumerar uma quantidade incalculável de “promessas” que foram emprestados a clubes mais humildes e devolvidos após o contrato.
        O que significa dizer que não aconteceram…
        No começo do ano, estão voltando 9 promessas que não acertaram.
        Após Renato Augusto (nunca jogou bem no Flamengo), nossa base só aconteceu por intermédio de Jorge e um pouco Samir.
        Quanto a Adryan, além de não ter perfil de jogador do Flamengo, não sei se interessa muito pela profissão.
        Foi emprestado para o Cagliari, Leeds United e Nantes.
        Já está de volta, sem nenhum clube interessado… e, fazendo 3.000 embaixadas no vestiário…
        Quando a promessa acontece, NÓS percebemos!
        Ai está Jorge para comprovar…

        Reply
  4. Caro Kléber e amigos!
    Acredito que o Marinho vindo terá melhor proveito que o Cirino, este, uma grandiosa decepção. Quem melhor fez ele jogar foi o Luxa. De toda sorte, acredito ser o Marinho um jogador regional e somente ele vindo para me provar o contrário. Estamos na expectativa. O Flamengo fala em contrataçoes pontuais, mas, tomara que sejam pontuais para titularidade. Esse atual time não está preparado para encarar uma libertadores. A hora é de se especular e que daí saiam grandes nomes. SRN

    Reply
  5. Vamos por parte.

    “Tomara que dê certo, pois com um atacante mais agudo, Guerrero também vai funcionar melhor. Ouso afirmar que se o Flamengo tivesse neste time, Marinho na direita, e Keno pelo lado esquerdo, seria campeão brasileiro.”

    1 – Éverton e Gabriel juntos marcaram 9 gols no Brasileirão.
    2 – Mas como ajudam e muito nossa defesa na recomposição, tomamos “apenas” 35 gols contra.
    3 – Vitória tomou 51 gols contra.
    4 – Somos até hj, vice-campeões e na pior das hipóteses chegaremos em terceiro.
    5 – Vitória é hj o décimo quinto.
    6 – Temos hj 70 pontos
    7 – Vitória “míseros” 45. Santa 31 pontos.
    8 – Évertom fez 29 jogos e o Gabriel 21
    9 – Marinho fez 26 jogos e tem o mesmo número de assistências que o Éverton.
    10 – Keno fez 10 gols, 7 assistencias e 34 jogos.
    11 – Santa Cruz, levou 64 gols contra. SESSENTA E QUATRO !!!!!
    12 – Flamengo marcou 52 gols, Vitória 50, e o Santa 45.

    E AÍ !?!?!?!?!?!?!?!?!?

    Portanto, comparar Marinho e Keno a Éverton e ou Gabriel, pode não significar nada. Nossos pontas têm funções defensivas muito mais apuradas. Isso explica o número menor de gols a favor, mas também explica o menor número de gols contra e que, muito a grosso modo, explica nosso segundo lugar e o Vitória em décimo quinto no brasileirão e o Santa vai ser rebaixado na décima nona colocação com 31 pontos.

    Até porque, vamos combinar que a defesa do Flamengo, é razoavelmente boa, mas está longe da excelência.

    Reply
    • Anderson,
      Data vênia, mas a conclusão da a entender que o desempenho ruim das defesas de Vitória e Santa Cruz devem-se ao fato de não terem “pontas” que voltam para marcar igual ao Everton e Gabriel…
      A análise, ao meu ver, é superficial pois ignora todos os outros membros do plantel de Flamengo, Vitória e Santa Cruz, bem como suas táticas e formação de jogo…

      Reply
        • Entendo.
          De fato, estrategicamente há enorme diferença entre os “pontas ofensivos e defensivos auxiliares de lateral” Gabriel e Everton, e os atacantes Vitinho e Marinho.
          Mas quem sabe o equilíbrio, nem tão defensivos e improdutivos no ataque quanto Gabriel e Everton, nem tão ofensivos quanto os “inhos”…

          Reply
  6. Anderson, querido,
    E aí, pergunto eu. Onde você quer chegar?
    Os dirigentes do Palmeiras erraram contratando Keno?
    Os dirigentes do Flamengo estão equivocados, tentando Marinho?
    Sinceramente, apesar de toda boa vontade, confesso ser difícil entender o seu raciocínio. A menos que, discordar seja o mais importante. Aí, tudo bem…

    Reply
    • Quero dizer que:

      Zé Ricardo implantou um único sistema tático dentro do time. Sendo assim, até que ele prove e nos mostre que é capaz de desenvolver outro e com certa eficácia, contratar pontas que não tenham a característica dos que hoje lá estejam, é um GRANDE risco a não dar certo.

      Pois algo recorrente nas reclamações de todos neste blog é justamente a variação tática que Zé Ricardo não nos mostrou.

      É tão somente essa a linha de raciocínio.

      Todos aqui lembram bem do trabalho tático que fez o Cuca junto ao Jorge Henrique no Botafogo, e que anos depois fez Tite levá-lo ao Corinthians.

      É mais ou menos por aí ……

      Reply
      • Meu querido!
        Cuca fez um trabalho significante com Jorge Henrique e, o máximo que conseguiu (com aquele timaço) foi ser bi-vice para o Flamengo no Carioca…
        Jorge fazia na época, o mesmo “trabalho” que Éverton faz hoje no Flamengo.
        Na minha opinião, o planejamento (contratações) deste ano deixou a desejar em termos de atacantes. Zé não pode transformar Cirino, Sheik, Gabriel, Fernandinho, Damião e Tuta Peruano em opções de ataque.
        Não pode ligar uma tomada de 220 volts no rabo do Patrick para ele se ligar.
        Diria, que com as “opções” que teve ao longo deste Brasileiro, Zé tirou leite de pedra para chegar em 2º lugar.
        Substituir Guerrero por Damião ou, Cirino por Fernandinho ou Sheik… é o mesmo que dormir com a Nicole Bhals e acordar com a Dercy Gonçalves

        Reply
        • Mas a Dercy já marcou gols decisivos…………huahuahauahuahuahaahahua

          Chutar cachorro morto é pecado……. Deus tá vendo, Corneta……huahuahuahuahuaaaaa

          Reply
    • Pra onde correr, meu amigo Anderson????
      Os três artilheiros do Brasileiro jogam no Sport (quase rebaixado), Santa Cruz (rebaixado) e, Ponte Preta (10º lugar)…
      Fred com 14 gols, reveza com Pratto entre Brasileiro e Copa do Brasil.
      Como sempre, entendo seu raciocínio. Mas o que torna o futebol um esporte diferenciado, é justamente entender, que a lógica é não ter lógica…

      1 – Éverton e Gabriel juntos marcaram 9 gols no Brasileirão.
      Na verdade marcaram 6 gols. 3 cada! Arão e Patrick (reserva) fizeram mais que nossos 2 “atacantes”…
      Fácil entender! São alas que marcam. Que ajudam os laterais. Lico!!!

      2 – Mas como ajudam e muito nossa defesa na recomposição, tomamos “apenas” 35 gols contra.
      Atribuo esse fenômeno ao tripé encaixado pelo Zé: Muralha, Réver e Vaz. Fora o belíssimo ano do Marcio Araújo na proteção.

      3 – Vitória tomou 51 gols contra.
      Em compensação, fizeram 50. Dois a mais que nós, que estamos em 2º lugar…
      O que significa dizer, que o ataque deles funcionou e, Marinho é o artilheiro do time com 11 gols.

      4 – Somos até hj, vice-campeões e na pior das hipóteses chegaremos em terceiro.
      Na melhor campanha do Flamengo na era dos pontos corridos…
      Em 2009 fomos campeões com 67 pontos. Hoje, já temos 70.

      5 – Vitória é hj o décimo quinto.
      kkkkkk… Gostaria de entender a ligação entre a posição do Vitória e, o que Marinho fez neste Brasileiro!!!
      Estamos cansados de ouvir que Romário não ganhou nada no Flamengo.
      Pô! A culpa foi dos dez que jogaram com ele…
      O cara nada mais é que (proporcionalmente jogos/gols) o maior artilheiro da história do Flamengo…

      6 – Temos hj 70 pontos
      SE… tivéssemos pés mais aprumados, atacantes pelas pontas (ao invés de marcadores), centroavantes menos zarolhos… com certeza seríamos campeões.

      7 – Vitória “míseros” 45. Santa 31 pontos.
      Como a lógica é não ter lógica, este é mais um motivo para o Flamengo contratar Marinho. Dos 50 gols, o cara fez 1/4.
      Quanto ao Santa, Grafite, embora ex em atividade, fez quase 1/3 dos gols.

      8 – Évertom fez 29 jogos e o Gabriel 21
      Vamos combinar! Ambos fizeram 50 jogos e marcaram 6 gols.
      O que é absolutamente inaceitável para um time que fez 52 gols e está em 2º lugar na tabela. Mais uma prova que NÃO temos atacantes pelas pontas.

      9 – Marinho fez 26 jogos e tem o mesmo número de assistências que o Éverton.
      Neste caso vejo jogadores com funções diferentes.
      Éverton é ala marcador, em que seu maior compromisso é ajudar Jorge na marcação. Como é muito rápido chega na frente com facilidade. Por isso, 37 rodadas, 3 gols…
      Já Marinho, é ponta ponta! Segundo atacante nato. Não marca nem cerca ninguém. É o Wellington Nem do Vitória…
      Por isso, tem 11 gols no Brasileiro.

      10 – Keno fez 10 gols, 7 assistencias e 34 jogos.
      Como sempre o Palmeira$$$ foi mais rápido (leia-se Alexandre Mattos).
      Acredito mais no Marinho no Flamengo, que Keno no Palmeiras. O ensaboado do Vitória é bem mais vertical.

      11 – Santa Cruz, levou 64 gols contra. SESSENTA E QUATRO !!!!!
      Por isso está rebaixado desde o começo do returno…
      A defesa é uma verdadeira peneira.
      O mesmo pode acontecer com o Vasco! Subir com um time cheio de bolor e jogadores mofados, tem tudo para encarar seu 4º rebaixamento.

      12 – Flamengo marcou 52 gols, Vitória 50, e o Santa 45.
      Já deu pra notar, que quando nosso ARTILHEIRO faz apenas 9 gols em 37 rodadas, ou não temos centroavante ou, não temos segundo atacante… ou, somos um time homogêneo em tudo…
      Isso, sem falar mas já falando, que ninguém no universo perde mais gols que o Flamengo.

      Meu caro Kleber! Fique tranquilo que nosso possante Anderson não vai renovar o contrato com a corneta de 2016…

      Bj no coração, meu corneta favorito… kkkkkkk

      Reply
      • Esse blog fica super animado com os comentários do nosso caríssimo comentarista Egon. Olha a Fox (com todo respeito) tem algumas vagas lá. Candidate-se.
        Perfeita sua dissertação sobre os pontos abordados pelo nosso amigo Anderson. Entendo que todos estamos frustrados pela posição final no campeonato e que todos desejamos que 2017 seja bem diferente.

        Reply
      • Vou renovar sim ! Já comprei a corneta em Maio desse ano. kkkkkkkkk

        Egon e Kleber…. talvez o ponto a ser discutido aqui seja o seguinte:

        São 4 jogadores com caracteristicas muito diferentes. Até aí é obvio e claro.

        O “x” da questão é Zé Ricardo mostrar que é capaz de montar um sistema tático que naturalmente será diferente do que ele montou por toda a temporada e que na minha visão nao teve suas variações.

        Nesse caso específico, me refiro por exemplo, o estrago que nos fez a saída do Éverton do time.

        Mas é claro que o Éverton não é a décima maravilha do mundo, mas no quesito tático fez sim a “diferença”. E isso mal ou bem se aplica ao nosso “bravo” Gabriel.

        CONCLUSÃO :

        Pra contratar jogadores que sejam ou tenham características tão diferentes dos que lá já estejam, passa muiiiiiiiito da capacidade de Zé Ricardo terá para montar um time no qual as supostas peças ( por exemplo Vitinho e Marinho) contribuam muito como fizeram Éverton e Gabriel.

        Caso contrário, e é o que eu espero, Zé Ricardo terá que montar um sistema tático capaz de ter suas variações.

        Eu não estou julgando os jogadores. estou questionando a capacidade de Zé Ricardo montar uma variação tática com os jogadores tão diferentes dos atuais.

        É esse o ponto !

        Agora……..eu sou o cornete…….. mas vc é o CORNETE DO CORNETA

        NOSSA SENHORA DA BICICLETA SEM FREIO !!!!!

        Reply
        • Amoreco!
          Conta a lenda, que quando Horta foi presidente do Fluminense, pegou um avião no Rio, desembarcou em São Paulo e trouxe Rivelino na mala para jogar na Máquina.
          Como o técnico “reclamou” por não ter pedido a contratação do Riva, Horta simplesmente mandou o cara pra casa…
          O mesmo acontece com Super Zé!
          O time funcionou no esquema 4-5-1/2 (Guerrero). Fato!
          Éverton e Gabriel faziam o papel de alas e atacantes. Ficou claro que deu certo por um lado e errado por outro. Tomamos menos… fizemos menos…
          Com a expectativa das contratações de Vitinho e Marinho, esse esquema vai pro saco. Ambos são ATACANTES sem “obrigação” de marcar.
          Como não acredito na contratação dos dois, e sim, do Marinho apenas, nada mais óbvio que mudar para o bom e velho 4-4-2.
          O que é inaceitável, é jogar SEM pontas ofensivos.
          Caso Zé mantenha o que “quase” deu certo e, permaneça com jogadores que após 37 rodadas fizeram 6 gols, nada mais justo e lógico que transferir o cara para gerente da Lanchonete da Gávea.
          O que NÃO pode, é contratar Marinho ou Vitinho, e deixar no banco…
          Posso até, em modo 0800 kkkkk, te dar uma dica boa.
          Gabriel (Palmeiras), Arão, Diego e Éverton Ribeiro. Marinho (Vitinho) e Guerrero.
          Lembro ao amigo, que o contrato de Gabriel se encerra este ano e, até se machucar, era o melhor volante do Brasileiro.

          FOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOON…. KKKKK

          Reply
        • Anderson,
          Agora entendo a sua preocupação, no fator MONOTÁTICO do Zé Ricardo. Engraçado que a monotática foi reconhecida pelo próprio Zé, na entrevista que deu ao Globo.com, como uma deficiência do grupo.

          Eis a pergunta: É monotático por não ter peças diferentes, ou não têm peças diferentes por ser monotático??? (não saber observar as características de cada um no elenco) kkkkk

          Será que Vitinho e Marinho se encaixam na forma monotática do nosso treinador?

          Reply
  7. Continuemos preocupados com marketing e afins e continuaremos mais um ano na fila. Em 2009 ultimo titulo de verdade, tinhamos Adriano e Bruno capitaneando o time, e os dois nao eram exemplos de politicamente correto. Temos que pensar em titulos, nao so em vender camisa etc. Felipe melo e muito mais muito melhor que qualquer um que hoje temos no meio campo, inclusive melhor que o cobicado Romulo. Quanto ao Marinho, a carencia e realmente grande para pagarmos uma fortuna por ele. Mais uma vez vejo equivocos seguidos de contrratacoes dessa incrivel gestao de futebol, que numa so tacada contratou mancuello, donatti e cuellar, todos esquentando banquinho. Genial, afinal o dinheiro deve estar sobrando. Temos que ser agudos nas contratacoes, e esquecer e3sses gringos ruins de bola e adaptacao. SRN

    Reply
  8. Kleber e amigos,gostaria de ver esse bom rendimento todo do Marinho em outro clube,rodou por Cruzeiro,Ceará,Náutico,Goiás e não deu certo,protagonizando até cenas bisonhas. Isso me dá base para afirmar que não é um jogador constante e fogo de palha,que vive boa fase. Me lembra muito Cirino voando no Atlético,não contrataria nem se fosse barato,pior ainda nesse preço que dizem.Isso está com cheiro de Cirino2.

    Já Vitinho,esse sim, foi constante em todo o campeonato, já apresentou seu ótimo futebol no Botafogo,infelizmente,jovem demais foi pra Rússia,mas,ainda bem,voltou ao Brasil,para novamente mostrar seu futebol,que vai evoluir pois acabou de fazer 23 anos,ao contrário de Marinho com 27,que já rodou o Brasil e vive sua boa fase agora,usufruindo de seus lampejos.

    Desculpem aos que gostam de Marinho,mas esse não me engana,depois não digam que não avisei,pois é um caso muito parecido com Cirino.

    Reply
  9. Sem falar que Marinho,segundo a imprensa nordestina,adora uma festa e farras.Esse individuo aqui no Rio, com as grandes casas de festas daqui, na Barra,Lapa,tem Copacabana,festas de até dois dias,pool party e eventos recheados de estrangeiros,seriam um atrativo para ele aqui na Las Vegas carioca.

    Seria cômico se não fosse trágico essa,até certo ponto,cara contratação.

    Reply
  10. 1o. em minha opinião Guerrero não é o atacante que se espera, um goleador, me arrisco a dizer, se tivéssemos um camisa 9 goleador, teríamos sido campeões com Éverton e Gabriel mesmo.
    2o. é importante que se diga, sem a participação de marcação e apoio do Éverton e do Gabriel, ZR vai ter que mexer e muito no sistema tático, ou seja: Só Diego na criação não dá, só MA na marcação não dá, ainda por cima com as deficiências táticaS do Jorge na marcação, ai é que complica a defesa mesmo. Como o adversário chegaria com facilidade ao nosso gol, fatalmente geraria uma crise no sistema defensivo, que muito exposto, Apareceriam as falhas. SR.

    Reply
  11. Caro Kleber, no seu texto você diz: “votei apenas em jogadores viáveis, ou seja, que efetivamente tenham chance de sair de onde estão, para o Flamengo” e cita o Marinho como sendo uma realidade viável. Ok. Nesse sentido pergunto: Diego e Guerrero seriam realidades viáveis? Dificilmente, respondo. Mas vieram. A política do Godinho é trazer os melhores, desde que os melhores custem “zero”. Gastou-se uma fortuna para trazer Cuellar, Mancuello e Donatti, para quê? Para serem banco, ou seja, os craques querem trazer a custo zero, mas as compras vêm para ser banco. Política estranho essa, não acha?

    Já falamos aqui que há uma certa lentidão na ação do comando do futebol do Flamengo ao agir no mercado. As opções citadas para o ataque, Marinho, Vitinho e Keno seriam perfeitamente possíveis se fossem mais ágeis e rápidos. Com esses treis jogadores tenho certeza que nossa situação no ataque estaria bem melhor para o ano que vem. Mas até agora sabe-se lá quem virá. Já estamos vendo outros grandes anunciarem boas contratações e nós, como sempre, esperando. Há um ditado popular que diz que ‘quem espera chega atrasado’. Já estamos atrasados novamente, para variar.

    Muitos nomes citados pelos amigos aqui do Blog são excelentes, mas dificilmente virão, pois custam caro e são craques e naturalmente viriam para serem titulares. Pela política atual, craque tem que custar “zero” e jogador para compor elenco tem que custar “caro”.
    Vai entender esses caras.

    Reply
  12. Contratações e suas polemicas, hoje tirando alguns POUCOS jogadores impossível financeiramente, os demais, todos são apostas. Marinho, Vitinho, Rômulo, F.Melo aos 34 anos e por aí a fora. É o Adryan, continua ainda tendo os seus defensores, no Brasil, nada como ser lourinho e bonitinho….

    Reply
  13. Classifico da seguinte forma deixar de ganhar um campeonato nacional onde todos os grandes estão participando juntamente:

    – Até 5 anos – Normal
    – De 5 a 10 anos – Frustrante
    – acima de 10 anos – Incompetência

    Clubes do porte do Flamengo não se admite ficar mais de 5 anos sem ganhar títulos de expressão nacional. Numa entrevista do Muricy ele elogia a postura da atual diretoria do Flamengo e afirma que nosso Mengão caminha a passos largos para se tornar referência nacional em tudo no futebol. Melhor time e melhor administração. Tomara.

    Muricy, obrigado pela força.

    Não podemos deixar de reconhecer que o Flamengo mudou muito com a chegada dos blues. Acredito que teremos um bom time em 2017 e ganharemos um dos dois títulos de expressão nacional, ou brasileirão ou copa do Brasil. Espero.

    Tudo vai depender das boas contratações que virão. E certamente virão. A meu ver um pouco demoradas, mas com certeza chegarão. Aqui nesse Blog tem ótimas sugestões.

    Reply
    • Na sua “classificação”, aliás muito boa, estamos justamente atravessando um ciclo. Do Normal pro Frustante já se foram 2 anos de espera.
      Batemos na trave este ano. Pelo menos jogamos a calculadora no lixo…
      O que me amedronta, é chegar a INCOMPETÊNCIA (Internacional desde 1979), e depender de Vitória e Sport pra não morar no submundo em 2017, sabendo que Figueirense e Palmeiras jogarão com o Sub Chupeta…
      Você está absolutamente correto! 2017 será nosso ano…

      Reply
  14. Caro Kleber, a verdade é que estamos numa sinuca de bico… nosso promissor Zé Ricardo toca samba de uma nota só, a não ser que no curso de verão ele desenvolva novas habilidades. Ousadia, trazer jogadores agudos pra servir o peruano mais caro do mundo não cabem no sistema de jogo atual do Flamengo, para darmos um salto de qualidade precisamos de um todo , de um conjunto e com o Zé Ricardo fica difícil, tomara Deus que eu esteja errado e ele me prove o contrário, mas como virou pecado criticar o estagiário vou parar por aqui. SRN

    Reply
  15. Então, diante de tantas polêmicas aqui neste blog ,entendo que :
    -Marinho seria um ótimo reforco para o time.Mas para não acabarmos com o mesmo problema com o que aconteceu com o Botafogo no caso Jobson,convém colocar no contrato, termos sobre o seu comportamento fora do campo.
    -Felipe Mello,tem uns 10 dias que o vi jogar entrando no 2° tempo.
    Por favor esqueçam,o cara é uma verdadeira bomba relógio além de estar lento, distribuiu pontapés, intimidou o juiz que deu o cartão amarelo e errou passes que deram contra ataques perigosos ao adversário o cara fica possuido rs parece ter T.E.I.(Transistor Explosivo Intermitente).
    -Adryan e outros:O que acontece dentro das divisões de base do nosso time.
    Porque a qualidade dos nossos jogadores são tão ruins.
    Porque ainda continua a instituição de “gatos dentro dos clubes”
    Porquê a maturação de jogadores em formação, que ficam tão fortes para idade.
    A questão não é ser loirinho e bonito a questão é superlativizar os nossos jogadores os endeusando.
    Será que o Fla tem como meta ganhar títulos neste tipo de modelo ou formar grande jogadores para o time profissional?
    Obs.:O Micalle convocou ontem três para sub 20,realmente são bons tomara que estes dêem certo.

    va

    Reply
    • “A questão não é ser loirinho e bonito a questão é superlativizar os nossos jogadores os endeusando.”
      Amigo Mario! Esse é o enorme X da questão! Mencionei isso no meu post acima (O grande problema, amigo André, é que os meninos da base quando sobem não são as promessas anunciadas. Fora a marra absurda).
      Quanto a SUA opinião sobre Felipe TNT Mello, concordo em gênero, número e grau…
      Mais novo era um volante mediano com disposição de lutador de MMA.
      Agora mais velho, não passa de um Airton (Botafogo) com vidros elétricos…
      Sou a favor de criar no Brasil uma Champions League Master.
      TODOS os nossos ex poderiam exercer o canto do cisne com dignidade…

      Reply
  16. Farfán, Marinho, Vitinho, Rômulo, Miguel Trauco.. Vamos ver até aonde vão as especulações e até aonde vão as reais contratações.
    Obs: até agora, todos citados são bons reforços

    Reply
  17. Marinho jogou muito no Ceará; no Cruzeiro mostrou ser jogador de time pequeno; no Vitória, novamente joga muito e com forte poder de decisão, pra mim é uma excelente aposta! Não acredito numa diretoria que renova com Mércio Araújo, o “queridinho” do presidente! Se tivéssemos jogadores um pouco melhor do que Pará, Rafael Vaz, Márcio Araujo e Gabriel com um técnico um pouco mais experiente seríamos campeões! A diretoria é amadora, vai na amizade! É absurdo não revelarem ninguém este ano com um time campeão da taça São Paulo! Fui crítico ferrenho da renovação de Wallace e da Márcio Araujo. Alguém com saudades de Wallace?

    Reply
  18. Meu caro Nesti!
    Assisti por algumas vezes sua afirmação. “Marinho jogou muito no Ceará”.
    Fato!!!
    Acontece, para quem não gosta, não só pingo é letra, como fecham os olhos para a realidade.
    Merinho é uma excelente opção…

    Reply
    • Esqueci um detalhe muito importante sobre Marinho.
      O Vitória disputou a Copa do Brasil e, saiu na 3ª fase.
      Marinho foi o artilheiro da competição com 6 gols…
      No Brasileiro, mesmo com risco de rebaixamento, o jogador já fez 11 gols.
      Lá pelas bandas da Gávea, ao juntar nosso ataque de nervos: Fernandinho (3), Gabriel (3), Cirino (2), Sheik (0) e Éverton (3)… teremos a soma absurda de 11 gols…

      Reply
  19. Amigo Egon, Enquanto o Guerrero estiver no Flamengo vai ser difícil o técnico saca-lo do time. Assim, para que o Vizeu tenha oportunidades ele vai ter que jogar aberto em uma das pontas. Sou a favor de se testar o Vizeu no lugar do Gabriel. SRN

    Reply

Comente.