Aquecimento bem feito

Flamengo 3 x 0 Madureira

Assim tem sido ao longo deste Campeonato Carioca, onde a diferença na qualidade técnica do Flamengo para seus concorrentes é flagrante. Tão clara, tão óbvia, que a tábua de classificação materializa o argumento, que tricolores, vascaínos e botafoguenses, até aqui, não podem contestar.
O Flamengo, após novo massacre, desta feita contra o Madureira, assume de forma definitiva a primeira colocação. Isto quer dizer que o rubro-negro jogará contra o quarto colocado tendo a vantagem do empate.
Este campeonato é tão maluco que, pode ser melhor chegar em segundo lugar do que em primeiro. Tudo vai depender do Nova Iguaçu…

Arrascaeta, mais uma vez, foi destaque. De la Cruz, também muito bem. Aliás, como é que o nosso camisa 14 (deveria ser o camisa 10) não é titular na seleção uruguaia? Arrascaeta é, hoje em dia, um dos raros jogadores no futebol mundial com capacidade de decidir um jogo.

Pedro continua com cheiro de gol. Para quem joga com a camisa 9, o segundo gol do Flamengo é demonstração clara de que estamos muito bem servidos. Paciência é a palavra de ordem para Gabigol…
Ayrton Lucas convocado, meio que carimba a condição de titular no time do Flamengo. Posição meio incômoda para Tite que, pelo que tenho ouvido, estaria inclinado a mergulhar de cabeça em Viña que, neste jogo contra o Madureira, teve atuação discreta.

Que não nos iludamos com Taça Guanabara. Um dia, já teve relativa importância. Hoje, o que vale – e assim mesmo bem menos do que foi no passado – é o título de Campeão Carioca.
Não podemos esquecer que, após um longo período, fizemos um gol de falta. Aleluia!!!
Salve Léo Pereira!!!