História do boi tatá

No Flamengo é engraçado e repetitivo como ante qualquer insucesso no futebol ou crise financeira, quem está no poder tem o péssimo hábito de responsabilizar gestões anteriores pela situação do momento. Quero que alguém me diga quando no Flamengo alguma diretoria assumiu sem ter encargos de administrações passadas. Nós mesmos, quando assumimos em 95, de cara, tivemos que injetar do próprio bolso, o equivalente a um milhão e oitocentos mil dólares, para que pudéssemos começar sem ter vergonha de encarar funcionários e atletas que estavam há quatro meses sem receber seus salários. Além disso, inúmeras ações que nasceram no passado, estouraram durante a nossa gestão, inclusive uma em que se não “inventássemos” dinheiro, o clube perderia o passe de Sávio que estava como garantia de uma dívida não paga. Portanto, sugiro que não se perca tempo buscando desculpas para o momento que não é bom. Ninguém é bobo e esta historinha já está cansando. Por favor, ocupem o tempo buscando soluções. De historinha do boi Tatá já está todo mundo de saco cheio.

Comente.