Fla x Flu

Time do Flamengo campeão do Rio x São Paulo de 1961

Time do Flamengo campeão do Rio x São Paulo de 1961.

Leio que houve um movimento, por iniciativa das diretorias de Flamengo e Fluminense, de se organizar uma decisão Fla Flu, em Brasília, em dois jogos, exatamente nos dois domingos e, nos mesmos horários, em que jogarão Botafogo e Vasco, na decisão do Campeonato Carioca.

Imagino que a ideia tenha nascido para cutucar o presidente da FERJ, Rubens Lopes. Ao que tudo indica e, ainda bem, o tema não evoluiu. Tenho a certeza de que a Federação não se oporia à realização dos jogos, desde que não houvesse conflito com os horários definidos para a decisão do campeonato. O problema é que, muito provavelmente, Flamengo e Fluminense pagariam para jogar. Deslocar as duas delegações até Brasília, mais despesas de estadia, alimentação, estádio, quadro móvel, etc…ficaria muito aquém do que poderia ser arrecadado, pois o torcedor é apaixonado, mas não é bobo. Partidas amistosas caem bem no início do ano, e não agora, em meio a tantas decisões.

Por outro lado, em atitude louvável, certamente tentando caminhar para um melhor entendimento com as diretorias de Flamengo e Fluminense, o presidente da FERJ, Rubens Lopes, mexeu os pauzinhos tentando montar um quadrangular com os quatro grandes eliminados das finais de Rio e São Paulo. Corinthians, São Paulo, Flamengo e Fluminense fariam um Rio-São Paulo relâmpago. Além do que já argumentei anteriormente, até porque, o torneio não seria oficial, já que não consta dos calendários da CBF, FERJ e FPF e, consequentemente, a conquista deste título seria de valor relativo para o torcedor, é bom lembrar que, de certa forma, Corinthians e São Paulo estão dando graças a Deus de terem ficado fora das finais em São Paulo. A explicação é simples: Eles só pensam naquilo… Na Libertadores!!!

De positivo, a faísca lançada pelo presidente da Federação do Rio, Rubens Lopes, para que tenhamos o Rio-São Paulo de volta, de forma oficial, como o torcedor gosta.

1 Comentário

  1. Caro kleber q bom q essa ideia do amistoso nao saiu do plano das ideias, seria realmente um fiasco e assinariamos o recibo pro “Gerson”.Seria constrangedor.
    Ontem tivemos 2 entrevistas bacanas ,uma do Tostes e outra do Bap….pelo jeito essa eleiçao promete…… so fiquei em duvida em relaçao a questao das dividas , o Tostes falou q foi abatido 225 milhoes em dividas,porem foram contraidas outros emprestimos com juros menores para abater a divida inicial.Estes 225 milhoes amortizados estao livres destas novas dividas?Ou o numero e 225 menos estes novos emprestimos?
    De qualquer forma foram conversas animadoras, OBVIO q nada se falou de futebol, apenas da possivel venda do Samir.

    Reply
  2. Presidente, gostaria de pedir/implorar/suplicar para não abandonar o apaixonado e idealista Bap. O Bap sabe o que é melhor para o futuro do Fla desde o projeto da FLA21. Concluindo gostaria de agradecer pelos serviços prestados (principalmente por trazer o maior ídolo da minha vida, além de ter nos livrado do rebaixamento em 2005). Aqui quem fala é o maior mais apaixonado rubro-negro desse país… grato

    Reply

Comente.