Gerson Biscotto

Gerson Biscotto (Reprodução Facebook)

Gerson Biscotto (Reprodução Facebook)

Ontem, estava jantando no Flashback com meus irmãos uruguaios, Atílio Garrido e Sandra Alcoba, quando toca o telefone. Do outro lado da linha estava o ex-presidente Hélio Ferraz e, de cara, perguntou: “Você está sentado?” Imaginei logo: lá vem bomba!!! E, veio…. Hélio, espantado, me comunicava que Gerson Biscotto havia sido convidado para assumir a vice-presidência de futebol do Flamengo.

Vamos dividir o tema. Primeiro, o ser humano e o rubro-negro. Gerson Biscotto é uma das mais adoráveis pessoas que conheci. Nota: 1000!!! Como rubro-negro, idem. Nota 1000!!!

Agora, vamos para a outra metade do tema, até porque, como afirma sempre o filósofo rubro-negro Paulo César Ferreira, “uma coisa, é uma coisa. Outra coisa, é outra coisa”.

A experiência de Gerson Biscotto no futebol não foi boa. Quando Hélio Ferraz e eu chegamos, em 2005, aceitando a missão determinada pelo então presidente Marcio Braga de tentar livrar o Flamengo do rebaixamento, que os matemáticos indicavam quase que certo (93%), estávamos substituindo exatamente quem hoje foi nomeado para assumir a vice-presidência de futebol.

Adoraria afirmar que também no tema futebol, Gerson Biscotto é nota 1000. Infelizmente, a história recente rubro-negra me impede. Há mais um ponto. Com este conselho gestor, se houver um vice-presidente de futebol, tem que ter o temperamento de quem lá chega sabendo ser apenas uma figura decorativa e, este é o caso. Jamais, Flavio Godinho ou, Plínio Serpa Pinto, se adequariam à função, tendo acima deles este conselho gestor. Gerson, até pelo dócil temperamento e espírito conciliador, topa. No fundo, em momento eleitoral, uma manobra política. Como todos clamam que alguém sente na cadeira do futebol, colocaram alguém e, ao mesmo tempo, não colocaram ninguém…

E, o conselho gestor, segue…

Em síntese, como os mais antigos dizem, “tudo como antes, no quartel de Abrantes”.

1 Comentário

  1. Essa teimosia do EBM está ficando irritante. Ele que gozava da simpatia de muitos de nós aqui, já começa a perde-la sistematicamente. Começo a acreditar que as coisas caminham fortemente para a parte mais clara dos azuis. EBM dá cada vez mais sinais de que pouco entende de futebol e não se esforça muito em querer aprender. Tiro pela culatra. Espero que mude tudo na gávea em 2016. Esse ano já foi.

    Reply
  2. Caro Kleber,

    seu post só veio confirmar o que eu imaginava, mais uma manobra politica. Infelizmente, tem muita gente querendo tudo do flamengo, ao invés de ser tudo pelo flamengo.

    SDS RN

    Reply
  3. Mau Grande Kleber.
    Ontem escrevi sobre esta doce figura…. mas muito amarga para o futebol do Flamengo.
    O interessante nisto tudo, é que estamos afinados ao redor do personagem.
    Penso rigorosamente igual ao amigo…
    “No fundo, em momento eleitoral, uma manobra política.”
    A “capacidade” dos Azuis, bate todos os recordes do Guinness Book em matéria de incompetência e desconhecimento.
    Escolhas simples, que até mesmo qualquer leigo entenderia…
    Da pior qualidade, sem nenhum sentindo… e, pra piorar, ainda vai acumular o REMO com o FUTEBOL.
    Ou seja, não se espante se o voga do Oito Com, entrar na vaga do Marcio Araújo. O que seria uma ótima…

    Reply
    • Viu o discurso de posse dele, caro Egon? Vamos brigar na parte de cima e até pelo título com Oswaldo de Oliveira. Demagogo. Caras assim não duram muito. Ainda bem.

      Reply
      • É senhores, agora ficou complicado. O tempo do Eduardo já foi. Vou seguir o que o nosso grande ídolo Zico falou a um tempo atrás:
        “- O Bandeira é um cara que eu gosto muito. Eu o adoro, é confiável e está fazendo um bom trabalho, mas esse bom trabalho está tendo ajuda também dessas pessoas que vão estar no grupo do Wallim e do Landim (vice-geral da chapa). Ficou definido (que a Chapa Azul não teria com base de sua campanha em um nome, mas na coletividade) desde o início, nas primeiras reuniões que o Bandeira não participou. Era Wallim, Godinho, Bap, Gustavo, Ruben Osta. São as pessoas com quem a gente tratou desde o início. O Wallim não pôde se candidatar, veio o Bandeira. De início, ele seguiu a filosofia, mas houve uma divergência, um problema pessoal dele com o Bap. É algo que deixa a gente triste, mas eu não vou abandonar a filosofia. Voto na filosofia que acho que é boa para o Flamengo e não em pessoas.”
        SRN

        Reply
      • Ahhhhh, Grande irmão!!!
        Temos um “Leonel de Moura Brizola” no nosso Departamento de Futebol…
        Como nascemos com o nome de CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO, só mesmo um cara do Remo poderia assumir o futebol. Tudo a ver!!!
        O que realmente não entendo, é, como filhos ou filhas que normalmente são jovens e mais inteirados com a mídia e sites sociais, não dão um pitaco na orelha dele…
        – Pô pai! O cara já é um fracasso no Remo, vai ser Vice de Futebol? E… pra piorar acumulando as duas pastas?
        Custo acreditar, que Plínio Serpa Pinto se sujeite a aceitar e entender isso.
        Afinal, foi empossado “ontem”…
        Com ele e Oswaldo, vamos brigar pra não cair.

        Reply
  4. Toda essa lambança do EBM no futebol traz um lado positivo: Permite ao Wallim enxergar aquilo que não deverá fazer. O fato é que EBM está cego, seduzido pelo poder. Transformou-se naquilo que combatia. Que a eleição chegue logo. Wallim é solução, dando continuidade à gestão financeira e com KL no futebol. Este ano tá perdido. A pré-temporada pra 2016 começa no domingo contra o Sport. SRN

    Reply
    • Adoraria isso, amigo Paulodex. Mas infelizmente não vai rolar…
      “Wallim é solução, dando continuidade à gestão financeira e com KL no futebol”.
      Isso não duraria 24 horas.
      Imagina um cara de vanguarda, criativo, assumindo decisões rápidas… ao lado de outro, que pensa pequeno, que acha que somos miseráveis, sempre com “pés no chão”, arrogante, prepotente, mentiroso!!!!
      Kleber Leite, segundo palavras do Deus, não entra no nosso futebol enquanto ele estiver lá.
      Portanto, caro Paulo, Wallim com certeza será uma pedra no nosso caminho, caso vença as eleições.
      Continuo esperando, tanto do Bandeira quanto dos sertanejos Landim & Wallim, os projetos, metas, e principalmente, quem serão os vices da gestão.
      Confesso, que vamos nos derreter de tanto dar risadas. Melhor até, comprar aqueles sacos de gargalhadas…

      Reply
  5. Muito triste ver a situação do nosso futebol….e o pior que hoje fica claro que estamos reféns de interesses pessoais de uma minoria , nosso Flamengo virou um brinquedo na mão dos nossos “gestores” .Essa última escolha é de uma arrogância , prepotência e obscuridade que confesso aos amigos …desanimei ,incrível como esses caras com uma das melhores, senão a melhor condição financeira do futebol brasileiro fizeram um trabalho tão pífio com nosso carro chefe , lamentável

    Reply
  6. Concordo com você Pedro.Essa escolha só tem finalidade política.Vejo Bandeira de Melo colocar seus interesses pessoais acima do nosso flamengo!Está muito claro sua disputa pessoal com o BAP.Agora você tem o apoio do Marcio Braga né presidente Bandeira?Kleber acompanhei sua luta em torno da união de um candidato de consenso que fosse o melhor para o Flamengo como o Bandeira não aceitou espero seu apoio para chapa Walin/Landin.Saudacões rubronegras!

    Reply
  7. Confesso que a cada dia me decepciono mais com o Bandeira. Ainda que fosse pra escolher alguém pensando em alianças políticas e ano eleitoral, deveria-se escolher alguém com um mínimo de preparo. O Fla, mesmo antes da Chapa Azul ser eleita, já tinha 2 Copas do Brasil, 6 brasileiros, já era o maior campeão carioca de todos os tempos, Sempre teve grandes jogadores, como Romário, Edmundo, Adriano, Petkovic, Renato Gaúcho, Ronaldinho Gaúcho, etc… Ou seja, eles não descobriram a pólvora. Era necessário sim, uma melhor administração das finanças. Mas se tem algum clube neste Brasil que tenha dirigentes vitoriosos aos montes somos nós. E simplesmente todos os que comandaram nosso futebol nos últimos 3 anos não tinham, em seus currículos, nenhum título de taça guanabara sequer. Agora, Gérson Biscotto. Quantos grandes jogadores ele trouxe ao Fla no passado? Quantos títulos ele ganhou como dirigente? Como foram as equipes que ele montou? Quantas vezes nos classificamos à Libertadores com ele? Ou seja, currículo zero. Se o objetivo maior fosse mesmo o Flamengo, teriam convidado nosso dirigente com melhor currículo. Mas não é. O Objetivo é tentar dar um cala boca na crítica e de quebra conseguir mais votos. Mesmo que pra isso sacrifique-se o nosso carro-chefe, a razão de existir do CR Flamengo. Bandeira, se tornou igual à Patrícias e Edmundos.

    Reply
    • Menos Daniel, menos. Patricias e Edmundos aí exagerou. Patricia e Edmundo afundaram o Flamengo em tudo. O atual presidente não. Pode não ter sido feliz no futebol mas sejamos justos, ele fez um grande trabalho na reestruturação financeira do clube. Claro que o crédito não cabe só a ele. Temos muita gente boa envolvida nesse grupo atual. O EBM se perdeu no meio do caminho. Dirigir o Flamengo já foi comparado a dirigir mais que um clube. 40 milhões de torcedores representam mais que muitas nações existentes atualmente. Não é mole não, amigo, agradar tanta gente. Eu mesmo sou um critico dele atualmente porque se deixou mordes pela mosca do poder. Gostou e agora quer ir de encontro aos seus ideais. Isso sim merece toda nossa critica.

      Reply
  8. Será que somos tão inocentes?
    Pelo que entendo, estamos falando de POLÍTICA…
    Após o racha, ficou claro que cada um chutaria para lados opostos.
    O que Bandeira está fazendo, nada mais é que uma composição com quem não vota em Landim & Wallim.
    Alguém duvida da força política de um Marcio Braga?
    Já fui MAIS Bandeira, e estou entendendo perfeitamente o amor pela mosca azul do presidente. Difícil mesmo largar o osso…
    Na minha concepção (quase uma esperança), é que vencendo as eleições, Bandeira vá governar com plenos poderes, sem nenhum comprometimento com a Chapa Azul, e, bem distante do tal Conselho Gestor.
    Mais ou menos o que está acontecendo agora, mas com escolhas certas.
    Quanto ao Wallim, gostaria que alguém me apontasse um único membro da chapa, que conviva ou entenda de futebol.
    Será que nossa memória é tão fraca, a ponto de esquecer os R$18 milhões entre rescisões e contratações das 35 apostas e 8 técnicos?
    TODOS estavam no comando, afinadíssimos com a causa. INCLUSIVE BANDEIRA!
    Será que esquecemos, que Wallim era o Vice de Futebol desta suruba toda?
    Sabemos que nosso Grande Kleber conhece Landim.
    Mas… quem de nós sabe quem é?
    Assim como sabemos, que por compromissos profissionais, Landim já vai assumir de licença.
    Uma bala Juquinha pra quem adivinhar quem será o “presidente”…
    Política é o nome disso! Vaidades + coligações + cargos = PODER…
    Em nome disso, entendo perfeitamente atitudes e composições de Wallim e Bandeira.
    Quanto ao prometeu e não cumpriu, justamente a “acusação” dos Azuis quanto a demissão do Bandeira em prol de um único nome, isso lembra muito o horário político.
    Landim jura, e Bandeira nega.
    Como vamos julgar a veracidade desta informação?
    Todos sabem que DETESTO Wallim. Mas abriria mão do meu DETESTO, se o Deus estivesse concorrendo com Cacau Cotta ou Patrícia Amorim…

    Reply
  9. COMO DAR CERTO!

    “Com a chegada de Biscotto para a vice-presidência de futebol, o Comitê Gestor não deixará de existir, segundo o presidente Eduardo Bandeira de Mello. Agora, porém, a responsabilidade será dividida com o novo vice. Integram este conselho, além de Biscotto, Bandeira e Rodrigo Caetano, o vice de planejamento, Flávio Godinho, o vice de finanças, Cláudio Pracownik, e o diretor geral, Fred Luz”…

    Muito cacique, e os índios que entram em campo, estão mortinhos…
    O espião detectado, é Fred Luz.

    Reply
  10. Bem! Pelo menos um candidato já traçou seus planos. Cacau Cotta.
    Algumas coisas muito interessantes.
    Mas o que me chamou mais atenção, foi o tamanho da matéria, e em nenhum momento falou em contratações.
    Como é oriundo da gestão Patrícia Amorim, onde foi Vice Presidente do Fla-Gávea, disse que melhorou muito o patrimônio do Flamengo.
    Entre Parquinhos, Balanços e piscinas vazando, teve a cara de pau de fazer tal afirmação.

    “Em 2010, o Flamengo não tinha os direitos econômicos dos jogadores, e aí veio a eliminação na Libertadores, o caso Bruno. Casos que você não tem domínio. E foi difícil administrar 2010. Em 2011, contratou pontualmente, e o Fla foi bem. 2012 já era ano eleitoral e o Fla planejou mal e perdeu identidade. E aí TIVEMOS FALTA DE SORTE NA LIBERTADORES. Foi uma GESTÃO QUE GANHOU MITO NO PATRIMONIAL. Toda gestão erra e acerta. MAS PARTICIPEI DO MELHOR, e quero extrair o melhor da experiência que eu tive. QUERO LEVAR ESTA EXPERIÊNCIA PARA O FLAMENGO.

    Fica querendo, Cara-pálida!!!

    http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2015/08/fla-do-povo-uniao-politica-e-estadio-no-porto-cacau-cotta-exibe-projetos.html

    Reply
  11. Boa noite, meu caro amigo Klebe Leite, venho por meio desta mensagem, a minha inteira indignação pela derrota do flamengo na quarta-feira no dia 26/08 pela copa do Brasil.
    O flamengo a muito tempo atras, na minha opinião era um dos melhores clubes de futebol, brasileiro. No entanto algum tempo vem a desejar a nos torcedores.
    Pra ser bem sincero, eu comparo o flamengo, como; ” Um produto falsificado, que muitas vezes, vem com uma boa aparência, aparentemente uma ” BOA ESTRUTURA”, mas que no final é um desastre”.
    Querem uma boa ideia?
    -VAMOS TROCAR TODOS OS JOGADORES, INCLUSIVE ESSA MERDA DO MARCIO ARAUJO.
    – ESSE CONSELHO GESTOR NÃO EXISTE, VAMOS ACABAR COM ISSO.
    Nos torcedores e fãs, temos que parar de ser burro ao ponto de ficar chorando e reclamando na frente de uma televisão.

    Reply
  12. Pessoal, está claro que a escolha foi infeliz! Mas de Márcio Braga, não há que se esperar ingenuidade. Bandeira tem que ser um pouquinho mais sagaz, se quiser de fato vencer as eleições. Tenho, quase sempre aqui, acompanhado o pensamento do Carlos Egon. Como apoiarmos o Wallim? Queremos a volta das cenas deprimentes que assistimos enquanto comandou nosso futebol? e o Kleber? onde estaria com essa peça comandando nosso clube? Bandeira tem cometido pecados, mas a verdade é: ruim com ele, pior sem ele! Se é inexperiente, politicamente, e tudo indica que sim, que se unam em torno deles, nossos grandes dirigentes, e não em torno da grosseria earrogância. Seria o caos!!!!!!!!!!!!

    Reply
  13. Perfeito, Grande Mauro.
    Wallim, quando teve o comando do futebol, com a faca e o queijo nas mãos, só fez idiotices, contratando tudo que Pelaipe pedia, e o empresário Carlo Leite “indicava”.
    Nenhuma competência nem pra ser nem síndico de prédio.
    Na vida, meu amigo, podemos não saber o que queremos. Mas temos que ter certeza do que NÃO queremos…

    Reply
  14. Querido,estou chateaderrimo com essa postura do Flamengo,a cada jogo que passa a vergonha só aumenta! Nossos jogadores parecem deslocados no campo,o técnico sem uma tática eficaz. To tão inconformado com tamanha vergonha vivida pelo meu time,que escuto bar das coleguinhas,para poder ver se esqueço esses jogos. Só espero que tomem as devidas previdências! Volte Flamengo de antes!

    Reply
  15. Grande Carlos Egon, custava o Bandeira colocar o Plinio como vice de futebol e substituí-lo por mais esse aliado , o tal do Biscollo nascia pasta atual?Nao cairia melhor depois do vexame de quarta? Grande abc amigo

    Reply
    • Mesmo Bandeira não conhecendo absolutamente nada de bola, aos trancos, barrancos, empurrões da Nação… suas conquistas foram mais expressivas.
      Copa do Brasil 2013, Carioca 2014 e Taça Guanabara 2014.
      Em 2011 a moça fez bonito no Carioca. Foi campeã invicta.
      NA MINHA OPINIÃO, no que se refere a cuidados com nosso CARRO-CHEFE, Edmundo foi muito melhor que Patrícia e Bandeira, que se igualam em ruindade e omissão.
      Em compensação, quanto ao RESTO, um saiu preso e a outra… nadando…
      Como presidentes, lideram o Top dos 2 piores presidentes da história do Flamengo. Difícil saber quem é líder…
      Caríssimo Helder! 40 milhões de torcedores, é pouco menos que a população de São Paulo.
      O que alguns não sabem, é que somos a 5ª torcida do estado.
      Bandeira conseguiu arrumar um Biscotto de polvilho, que só faz barulho quando é mordido…

      Reply
    • Amigo Pedro, tenho a mais absoluta certeza, que Bandeira ainda está “respeitando” o que chamamos de pedra fundamental. Os Azuis…
      Plinio Serpa Pinto é amigo pessoal do nosso Presidente Kleber.
      ACHO isso, por tudo que leio e pela aproximação dos dois no Flamengo.
      Posso estar enganado, mais tenho este feeling.
      Dito isso, está mais que claro, que Plínio está fazendo parte da chapa do Bandeira, para alavancar alguns eleitores, já que é politicamente muito conceituado no clube.
      O que acontece, é que Bandeira futucou a onça, AINDA com vara longa.
      Quanto a escolha do Biscotto, segue mais ou menos a mesma situação do Plínio, mas com uma sutil diferença! É uma tacada de mestre, já que é muito ligado a Marcio Braga. Assim como Kleber, uma legenda no clube, em todos os sentidos.
      Li hoje, que o Biscotto vai se juntar a Godinho e Caetano no Departamento de futebol.
      SE (conjunção)… isso acontecer, temos quase um time de futsal, que entende de futebol.
      Só falta o Kleber atender nossas preces, e topar a convocação.
      Afinal, Biscotto com Leite, sempre foi preferência nacional…
      Put’s… saudades das “Engenharias Financeiras” que só davam alegrias.
      Caso isso role, aí sim! Bandeira vai dar um bico no balde e pendurar a onça na vara…
      Grande abraço, amigo Pedro.

      Reply

Comente.