Redação SporTV

Carlos Cereto e André Rizek em ação (reprodução da TV).

Carlos Cereto e André Rizek em ação (reprodução da TV).

O formato, o conteúdo e os comunicadores, não necessariamente nesta ordem, em termos de importância, fazem do Redação SporTV, muito antes de ser programa esportivo, um prazer diferenciado para quem adora futebol.

No início, com a saída do genial Marcelo Barreto, tive minhas dúvidas com respeito ao sucesso de André Rizek na condução do programa. Talvez, uma dúvida alimentada por um sentimento antigo de que, jornal é jornal e, rádio ou TV, são coisas completamente diferentes. Neste conceito, do qual já não faço parte, pois se render a uma evidência me parece lógico, há as exceções, e André Rizek é uma delas.

Em 1970, na Rádio Tupi, o então diretor comercial, Paulo Max, contratou uma fonoaudióloga, hoje celebridade, Glorinha Beuttenmüller, para “passar um verniz” em todos os comunicadores. Com a turma do esporte, as reuniões, ou melhor, as aulas, eram sempre a cada segunda-feira, pois debatíamos muito as jornadas de final de semana. Lembro que, em um destes encontros, fiz à nossa professora a seguinte pergunta: “Glorinha, como repórter, o meu produto é a notícia. O público é o consumidor. Vamos falar de técnica para a venda deste produto? Como devo fazer e de que forma devo abordar, para que o meu produto seja consumido, seja aceito, tenha força e credibilidade?” A resposta, objetiva ao máximo, foi um tiro: “SEJA SINCERO!” E é isto que sinto em André Rizek, mesmo quando com ele não concordo. E, independentemente de talento, também obrigatório, este é o item número 1 para quem se propõe a dirigir qualquer programa. Como falei em talento, também a ele não falta. Aliás, o talento que é natural, evoluiu ao longo do tempo e, hoje, diria que está próximo da perfeição.

Quando um apresentador consegue conduzir e se comportar de forma descontraída, porém, mantendo o nível e o padrão de qualidade, é sinal de que craque é. Claro que, há ali, como diria Lulu Santos, um “auxílio luxuoso”. Hoje, vou falar apenas de um deles. Carlos Cereto. Que figurinha doce, inteligente, criativa, competente, comunicativa, sincera, delicada e bem-humorada…. Que comunicador!

Pois bem, hoje, Carlos Cereto, após Rizek colocar no ar duas “correntes” tricolores, (obs: no mundo da bola, corrente é a reunião do grupo, antes e após os jogos, em que, antes, tem caráter motivacional e, após os jogos, dependendo do resultado, comemorar ou confortar…) em que um jovem jogador, e não lembro exatamente quem, e também Fred, aparecem colocando “lenha na fogueira”, isto é, mexendo nos brios da rapaziada, e de forma veemente, contundente.

Os dois pontos principais foram mencionados pelo apresentador. Primeiro, um jovem já assumindo uma postura de liderança e, no caso de Fred, uma parte em que ele pede total entrega, dizendo que após o jogo, isto feito, todos irão concluir que terá valido a pena…. Duas belas sacudidelas. Duas belas mensagens pré-jogo. Aí, entra o Cereto, com seu jeitinho doce, mas a fisionomia já demonstrando que não concordava e, numa sacada espetacular, solicita a algum companheiro, telespectador ou, a quem quer que seja que, apresente a ele a gravação da corrente da Seleção Brasileira nos 7 a 1 da Alemanha, principalmente a mensagem do Felipão. Cereto, mesmo eu discordando, e depois explico o motivo, se advogado fosse, e se num julgamento estivesse, ante tão talentoso argumento, teria ganho a causa. Em síntese, para ele, este momento do futebol é puro folclore. Mais ou menos como dizia Neném Prancha que, se macumba ganhasse jogo, o campeonato baiano terminaria empatado…

Com respeito aos argumentos, aí, fico mais com o Neném Prancha, e discordo, pedindo mil desculpas ao Cereto. Em grandes jogos, e com grandes times, o que acontece antes dos jogos em cada vestiário é parecido. O aspecto motivacional é muito importante. Pode não ser para quem tenha outro tipo de cultura, como por exemplo, para quem joga no futebol europeu. Aqui, a banda toca de maneira diferente. Imaginemos um Fla-Flu. Haverá a corrente, com certeza, momentos antes do jogo, nos dois vestiários. Claro que, só uma das equipes poderá sair com a vitória. Só que a vitória será definida dentro de campo. Se um dos times não sair do vestiário psicologicamente pronto, já entrará derrotado. A derrota terá sido decretada antes do jogo, no vestiário.

Sou testemunha auditiva e ocular, e também participante, de que muitos jogos foram ganhos no vestiário. Aliás, há momentos em que o vestiário é como se um templo fosse e, como tal, o pastor é decisivo. Fabio Luciano, para mim, foi o Pelé dos pastores. Como ganhou jogo…

1 Comentário

  1. Kléber, se eu fosse escalonar os meus programas de Esporte favoritos na TV, hoje, eu ficaria em primeiro com o Globo Esporte, depois o Bate-Bola (ESPN), em seguida o Redação Sportv, depois o Expediente Futebol (FoxSports) depois o Linha de Passe mesa Redonda (ESPN), A última Palavra (FoxSports) e por último o Bem Amigos (SporTV). Não consigo assistir ao Sportcenter por algum trauma oculto. O FoxSports Rádio e os programas da Band são puro besteirol, na minha humilde opinião.
    Sobre o Redação, eu acho um excelente programa, ideal para todos os públicos. E exatamente por ser para todos os públicos que de vez em quando eu acho ele meio forçado quando convida pessoas de fora do Esporte para falar de Esporte. Xico Sá, Arthur Dapieve, jornalistas Internacionais, isso sim acho um ponto maravilhoso do programa, mas às vezes chega a ser constrangedor quando o Redação (assim como o Seleção SporTV) trazem convidados que não são mais ligados ao futebol do que eu ou outro leitor. Recentemente vi um Poeta que faria uma exposição de seus poemas aqui no Rio dando opiniões mas sem saber nem o mínimo, como nome dos jogadores do seu próprio time de coração. Tirando essa falha (a meu ver) realmente é um programa muito bom. E pra finalizar, o Rizek é um bom apresentador. Bom.

    Reply
  2. Este Rizak é o maior secador que o Flamengo tem e além de tudo é um abestalhado. Só porque está com a boca de ferro nas mãos se acha.
    Não entende nada de futebol e sim de oportunismo.
    Abraços e SRN
    Alberto.

    Reply
  3. Grande Presidente!
    Desta vez vou discordar do amigo.
    Acho o programa Redação SporTV muito mal editado pelo Cereto.
    Assuntos chatos e normalmente com convidados chatos.
    Quando Cléber Machado apresentava o Redação, era muito melhor.
    Gosto muito do João Carlos de Albuquerque e Mauro Cezar (ESPN).
    Hoje, vejo quase todos os programas da Fox Sport.
    Fox Rádio às 13:00 com Benja… e a paulistada inteira falando do Corinthians.
    Expediente futebol, bem apresentado pelo tricolor João Guilherme, com participação do ótimo PVC.
    Aos domingos, o AUP com Renato Maurício Prado.
    Por fim, O Globo Esporte muito bem editado pelo genial Sidney Garambone.

    Reply
    • Caro Egon, permita-me discordar da sua discordância! Cléber Machado eu passo querido amigo! O vejo mais como um asno com vestes de sábio…Mas como vc, meu amigo, Carlos Egon Prates foi elevado a categoria de “Mestre” (Seria Gato Metre? kkk) por um de nossos companheiros de blog, eu devo estar errado!

      Reply
  4. Caríssimo presidente Kleber…Em relação ao ancora do Sport TV, a pergunta que se faz é: “Onde esta André Rizek?”, sim aquele!
    Enquanto participante da bancada de comentarista, o então polêmico e controverso e improvável Risek deu lugar a um pautado e equilibrado âncora do programa! Risek segue a fórmula do Marcelo Barreto, o Didi, e ao que parece…funciona! Mas eu ainda quero saber: Onde esta André Rizek?

    Reply
  5. Kleber menos, esse Rizek é um curintcha enrrustido, esse programa 90% só fala do futebol paulista, acho que os dois são casados, pois quando o Rizek chama o Cereto, ele chega a ter orgasmo, não tenho nada contra, mas presta mais atenção, programinha muito chato, era melhor e muito melhor com o Barreto, o Didi quando era mais novo, tambem presta atenção. Saudações Rubro Negras.

    Reply
  6. Acho o Rizek um grande apresentador, muito educado e o Redação sempre tem bons temas, números e pesquisas … Na grande maioria das vezes vejo os programas da Fox …Nota zero mesmo somente para os programas a Band, principalmente quando se tem o idiota e asno do Neto arrotando seus comentários esdrúxulos e pessoais …

    Abraços a todos

    Reply

Comente.