Sorte de Campeão

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Sinceramente, não sei por onde começar. Tentando ordenar as ideias, ainda sob forte emoção, acho mais fácil ir pingando o que me ficou na cabeça.

. Um primeiro tempo com o Flamengo tendo amplo domínio do jogo, embora não tenha sido contundente. Isto explica o 0 a 0.

. Um segundo tempo atípico, onde perdemos no aspecto físico, mas acabamos ganhando o jogo.

. Márcio Araújo, sempre questionado, fazia uma ótima partida e, era o “anjo da guarda” dos zagueiros. Arão, em contrapartida, fazia um jogo pouco criativo na armação e, hoje, pouco combativo. Acho que deveria ter saído o Arão. A defesa ficou muito exposta e, não perdemos o jogo graças a três santos: São Judas, São Muralha e São Ábila…

. Pará recebeu o cartão amarelo e, em dois lances seguintes poderia ter recebido o segundo cartão que, consequentemente, resultaria no vermelho. Já no primeiro lance pedi a Deus para que ele fosse substituído. Não foi e, em função de já ter o cartão amarelo, evitou o choque, tirando nitidamente o corpo para evitar a trombada. e daí pintou o gol do Cruzeiro.

. O nosso primeiro gol foi um prêmio a um Guerrero combativo e querendo jogo. Tudo bem que o fator sorte ajudou no lance, quando após o chute a bola desviou no jogador do Cruzeiro, mas não há nenhuma dúvida de que Guerrero tenha feito por merecer. Cavou a jogada do gol e, fez um belo jogo.

. E o Muralha, hein? Virou paredão!!!

. Rafael Vaz continua jogando muito. De todos os jogadores contratados, com certeza, se pesquisa fosse feita antes dele começar a jogar, seria o campeão da desconfiança. A grande vantagem é que ele sabe jogar, é técnico. E, quando um zagueiro que é técnico, tem personalidade e suporta o peso do Manto, aí meu amigo, daqui a pouco é amarelinha…

. Com que disposição entrou o Fernandinho. Impressionante!!!

. E o toque do Mancuello no gol da virada… Mancuello, quase havia marcado no lance anterior. Jogador agudo, decisivo…

Desculpem a desordem, mas a emoção acaba tomando conta. Caramba, que loucura…

E a perseguição continua implacável.

Com raça, com talento, com o sopro da mais incrível torcida do planeta e, com sorte. Sorte de campeão!!!

Fico por aqui. Agora, vou tomar a minha “papinha” que, acalmará a alma.

Deixo vocês com a bem-humorada mensagem do nosso competente e vibrante vice de futebol, Flávio Godinho.

1 Comentário

  1. Caro Kléber e amigos! Se fosse para falar, não conseguiria. Para escrever, ainda consigo. Nós estamos em estado de euforia e de Graça. Quando tomamos o gol e empatamos, lembrei do jogo da Ponte. Sorte de campeão e uma ducha de água fria na concorrência. Foi épico. Foi Divino. Foi Flamengo. Foi a luz de Cariacica e as Graças do Espírito Santa e a sorte do Estado do Espírito Santo e seu povo de energia extremamente positiva e com sangue misturado de preto no vermelho das veias. Foi Deus que consertou o erro do ZR. Foi Deus que colocou uma muralha no gol e um vento qualquer para a bola não entrar quando a muralha estava caída. Foi Deus no chute prensado do Guerrero e foi Deus que não deixou o Mancuello ficar em impedimento. Foi Deus que certamente sopra as brisas com cheiro de hepta. Foi Deus que nos causou hoje a emoção de um título. Caro Kléber e queridos amigos: alguma dúvida do quanto é bom ser rubro negro?! Nação….gritemos de alegria. Todas as saudações possíveis para nós e excelente semana.
    Em tempo: o Jorge está vingado e o Vaz será muito em breve convocado. Como defendo sempre o AP, fico feliz por ele hoje. Do MA não precisa dizer nada. Esse ZR é uma luz.

    Reply
  2. Valeu, MUITO, pela vitoria. Arriscamos tudo e demos sorte. Quem sabe, sorte de CAMPEÃO, como vc escreveu.
    Incrivel como o Flamengo tem a capacidade de mudar nosso ânimo. Até a derrota, estava para baixo. Com a virada, o domingo se encerra “tranquilo e favorável”. Não vou comentar o jogo, quero é comemorar essa vitória. ..
    Para encerrar a noite, olhem a frase que está rolando aqui no Maranhão: “O Flamengo está grudado no Porco igual carrapato no c.. de peba “. Kkkkk
    SRN!!!

    Reply
  3. Bom amigos, eu assisti o jogo em um bar em Bangú, terra de Jorge Bem, imaginem os Sr.s como é fácil encontrar uma nega chamada Tereza? Muito…O jogo, estou de boca aberta! Como o time jogou pessimamente mal, aos 30m eu já tinha contabilizado um empate, aos 35 já tinha contabilizado uma derrota. Estava tudo bem, ao contrário de outras derrotas. Mas o que quero dizer? Nada, absolutamente nada Srs. Essa vitória foi absolutamente inimaginável. Não sei o que sentir, medo, apreensão, alegria, alívio, não sei! Perguntei-em, em que o time foi melhor que o Cruzeiro? Não sei, talvez, na sorte, na predestinação, na estrela do time, do técnico.

    Reply
  4. Pois é, caríssimo Kleber, hoje, a sorte que tanto nos faltou, foi o fator decisivo para a vitória. Ábila “perdeu” dois gols inacreditáveis futebol clube, como diz o Luiz Roberto.
    Deu para perceber que o time, notoriamente, cansou no segundo tempo. Estranhamente o Zé demorou a substituir e na entrevista ele mesmo reconheceu esse cansaço. Caramba, se percebeu isso por que demorou a fazer as substituições?
    William Arão joga muito contra os chamados pequenos mas some contra os grandes. Estranho isso. Concordo contigo, era para ter saído e já no inicio do segundo tempo. Como é bom ver o Guerrero sendo guerreiro. Lutou, correu, cansou, fez gol. Sua mobilidade é muito superior a do Damião e do Vizeu.
    A tabela à frente nos é rude e o Palmeiras, como nós, tem ganhado consistentemente. Vai ser pau a pau até o final. Mas como é bom vir aqui falar das vitórias, o papo flui muito mais agradável e ameno.
    Acho que o Zé deveria treinar mais coletividade no ataque. Procurar o jogador mais bem posicionado. O nosso segundo gol é uma prova clara de como isso funciona muito bem. Ainda acho que falta esse fundamento no Flamengo de forma mais consistente.
    Valeu, ganhamos, vamos dormir felizes e amanhã vamos as notas.
    Boa noite a todos os companheiros.
    Rumo ao Hepta.

    Reply
  5. Kleber,como vc disse apesar do domínio no 1ª tempo,não foi incisivo.Sabe pq? Pois como já disse aqui,com esses pontas como gabriel,fernandinho etc.. prejudicam a qualidade do ataque,servem como zagueiros laterais,que por sinal hoje nem isso fizeram,pois Diego fica sobrecarregado, e a bola não chega com qualidade para o Guerrero. Ele no Corinthians tinha a dupla R.Augusto e Jadson para servi-lo com passes,já,aqui, ele só recebe infinitos cruzamentos na área de Pará,Gabriel,Fernandinho,MEU DEUS,esse jogo teve tantas vezes que alguem ficava na intermediária livre pra receber a bola.

    Futebol, é bola no chão, e os gols foram por meio da bola no chão! É preciso repertório maior p um time dessa qualidade,ficar tão dependente de bolas alçadas, foram inúmeras,e, nenhum gol. O time ficou nervoso,afobado,jogou mal,até…..

    …Até jogadores CRIATIVOS,Patrick e Mancu, ajudarem Diego,sobrecarregado,resultado?
    Melhora na criação de jogadas com tabelas,triangulações, bons passes um deles de Patrick para Mancuello.

    Já debati com vários amigos aqui,que endeusam Zé Ricardo,disse,e repito, ele tem méritos porém tem de ter um repertório maior,dar chance a companhias pro Diego e não ficar tão refém de pontas zagueiros, o time ULTRAPASSOU O PALMEIRAS EM BOLAS ALÇADAS NA ÁREA ! Nossos pontas,apesar dos lampejos recentes que iludem e fazem o torcedor esquecer do retrospecto deles,não são da qualidade de um Dudu e Roger Guedes,são perseguidores de laterais e prejudicam a eficiencia ofensiva,de um dos piores ataques do Brasileirão.

    Hoje o time foi mal,mais desorganizado,inclusive defensivamente,a sorte e o talento do, mais uma vez isolado, Guerrero,sofrendo com as companhias de Gabriel,fernandinho,que deu a vitória.Mais uma vez digo,espero que a cota de sorte não tenha acabado.

    Pode jogar com pontas,mas não pode depender só disso, é preciso mais!Mais companhia a Diego,mais Mancuello,mais Patrick,mais bola no chão,mais PASSES para Guerrero.

    Hoje foi aberta a sequencia difícil, agora é o SP no Morumbi,local que o Fla ñ ganha desde 2011,e vai jogar sabe com quem? CHIQUINHO.Como diz o jornalista Osvaldo Paschoal: QUERO VER GANHAR COM ESSE! Ricardo Gomes vai usar seu lado com ctz!

    Reply
    • Olhando pelo lado positivo,valeram os 3 pontos,e, principalmente o Zé ter acabado de reconhecer na entrevista algumas das deficiências que citei acima,aliás não é a primeira vez que ele admite isso,porém é preciso mostrar capacidade para resolver isso,se jogar assim todo jogo, não ganha.A sorte não vai estar sempre a disposição.

      Reply
    • Olhando pelo lado positivo,valeram os 3 pontos,e, principalmente o Zé ter acabado de reconhecer na entrevista algumas das deficiências que citei acima,aliás não é a primeira vez que ele admite isso,porém é preciso mostrar capacidade para resolver isso,se jogar assim todo jogo, não ganha.A sorte não vai estar sempre a disposição.

      Reply
    • Daniel idai que o time ultrapassou o Palmeiras em bolas alçadas na área?, uma coisa é sair que nem um desesperado e alça-las outra é trabalhar bem a jogada e fazer a mesma coisa. E a propósito esse ESQUEMA que você não acha o melhor nos mantem na 2 posição a um ponto do Líder e é o mesmo que nos fez ter agora 7 jogos sem perder. Concordo que se deva buscar espaços no esquema para por os melhores do time, mas não concordo em desmantelar o esquema só por achar que o time jogaria melhor em outro ou por você não gostar desse pelos pontas. Se está dando os frutos de termos um TIME que brigue para que a insistência em não quere-lo?

      Reply
  6. Hoje tivemos um claro sinal que o título está escrito nas estrelas! Afinal tem que ganhar o time com maior repertório e garra, e não o time que você de cruzamentos na área. Rafael Vaz realmente está bem demais, me chama atenção também o poder de condução de bola que AP tem, parece que cola em seus pés.. E mancuello embora oscila muito, gosto que cm ele não tem tempo ruim,abriu espaço ele chuta, e sempre cm mto perigo..

    Reply
  7. Carloto, amigo,
    Genial!!!
    Viva os nossos criativos rubro-negros do Maranhão…
    E, você tem razão. Comentar, o que?
    Vamos comemorar este domingo espetacular!!!!
    Forte abraço!

    Reply
  8. Kleber,como vc disse apesar do domínio no 1ª tempo,não foi incisivo.Sabe pq? Pois como já disse aqui,com esses pontas como gabriel,fernandinho etc.. prejudicam a qualidade do ataque,servem como zagueiros laterais,que por sinal hoje nem isso fizeram,pois Diego fica sobrecarregado, e a bola não chega com qualidade para o Guerrero. Ele no Corinthians tinha a dupla R.Augusto e Jadson para servi-lo com passes,já,aqui, ele só recebe infinitos cruzamentos na área de Pará,Gabriel,Fernandinho,MEU DEUS,esse jogo teve tantas vezes que alguem ficava na intermediária livre pra receber a bola.

    Futebol, é bola no chão, e os gols foram por meio da bola no chão! É preciso repertório maior p um time dessa qualidade,ficar tão dependente de bolas alçadas, foram inúmeras,e, nenhum gol. O time ficou nervoso,afobado,jogou mal,até…..

    …Até jogadores CRIATIVOS,Patrick e Mancu, ajudarem Diego,sobrecarregado,resultado?
    Melhora na criação de jogadas com tabelas,triangulações, bons passes um deles de Patrick para Mancuello.

    Já debati com vários amigos aqui,que endeusam Zé Ricardo,disse,e repito, ele tem méritos porém tem de ter um repertório maior,dar chance a companhias pro Diego e não ficar tão refém de pontas zagueiros, o time ULTRAPASSOU O PALMEIRAS EM BOLAS ALÇADAS NA ÁREA ! Nossos pontas,apesar dos lampejos recentes que iludem e fazem o torcedor esquecer do retrospecto deles,não são da qualidade de um Dudu e Roger Guedes,são perseguidores de laterais e prejudicam a eficiencia ofensiva,de um dos piores ataques do Brasileirão.

    Hoje o time foi mal,mais desorganizado,inclusive defensivamente,a sorte e o talento do, mais uma vez isolado, Guerrero,sofrendo com as companhias de Gabriel,fernandinho,que deu a vitória.Mais uma vez digo,espero que a cota de sorte não tenha acabado.

    Pode jogar com pontas,mas não pode depender só disso, é preciso mais!Mais companhia a Diego,mais Mancuello,mais Patrick,mais bola no chão,mais PASSES para Guerrero.

    Hoje foi aberta a sequencia difícil, agora é o SP no Morumbi,local que o Fla ñ ganha desde 2011,e vai jogar sabe com quem? CHIQUINHO.Como diz o jornalista Osvaldo Paschoal: QUERO VER GANHAR COM ESSE! Ricardo Gomes vai usar seu lado com ctz!

    Reply
  9. Valeu pelos 3 pontos mas o time ja esta sentido os jogos e muitas viagens ver por hj o resultado veio por te elenco e a falta de pontaria do cruzeiro mas vanos seguindo em frente e um bom resultado contra o sao paulo

    Reply
  10. Sorte nada.será que o Flamengo merecia perder…? O cruzeiro jogava por uma bola e a achou, o ZR foi ousado, tirou o M.Araújo, abriu a defesa, tinha que procurar o gol da vitória. Mesmo depois do empate , o time continuou a procurar a vitória, aí poderia ter levado o segundo gol, não fosse a monumental defesa do péssimo goleiro Muralha, ( segundo o grande entendido Nino). Depois veio a magnífica jogada do Alan Patrick, que mastigou, escondeu a bola e deu um passe açucarado para o Mancu decidir o jogo….Foi uma autentica vitória Rubro-negra….

    Reply
  11. Gente, oq está havendo?! Jogamos mal somente uma pequena parcela do jogo , no primeiro tempo dominamos amplamente o Cruzeiro, nos abalamos mto com o gol sofrido ,realmente demos uma caída no segundo tempo…Mas dizer q jogamos mal hj eh forçar a barra demais.

    Reply
    • Caro, se o Flamengo fizer 35 a 0 todos os jogos vai ter gente dizendo que jogou mal, Zé errou, que precisamos de treinador experiente, etc.

      A corneta é bem grande. Flamengo no 1 tempo foi muito superior.

      Reply
  12. Nobre Presidente, não sei como comentar o jogo de hoje! Uma mistura de sorte, com o time jogando mal, uma luz divina que, sem dúvida alguma, ilumina o sub auxiliar,e um goleiro que mostrou pq foi convocado! Me assustou as poucas chances de gol que o time criou, o meio campo inoperante, e prever um mal resultado não era difícil. Até que veio a mão de Deus (claro, além da do muralha) e abençoou o nosso sub. Saiu o inoperante Gabriel e o burocrático MA. Entrou quem sabe jogar, Alan Patrick participou dos dois gols, e o Mancu em dois chutes, um faltou pouco, o outro fez 40 milhões de explodirem de emoção. HOJE NÃO FOI SÓ A SORTE. FOI MURALHA! FOI O DISCRIMINADO MANCU ! FOI O SONOLENTO, MAS EFICIENTE ALAN PATRICK! O CHEIRO DE HEPTA CONTINUA FORTE! Mas, será que a sorte estará ao nosso lado ? Hoje foi demais!

    Reply
  13. Kleber,
    Me desculpe mas vou ser repetitivo, mais uma vitória no SOFRIMENTO e será que precisava de tanto SOFRIMENTO????
    Acho que não, até porque jogávamos contra um time que está na zona de rebaixamento, que perdeu os últimos 4 jogos, porque tanto SOFRIMENTO???

    Kleber, como você bem disse, fizemos um bom 1o tempo, controlamos o jogo pelo menos até os 30 minutos, mas sem nenhuma contundência, simplesmente pelo fato de MAIS UMA VEZ, deixarmos o Diego sozinho na armação, sobrecarregado, tendo que voltar para marcar e ainda ser o único a criar, simplesmente não consegue, para reforçar isso é fácil perceber que o Diego já não joga bem a uns dois ou três jogos, mas o Zé continua insistindo em termos só um armador e dois jogadores de lado, até quando, será que até perdermos???
    Quando jogamos contra times com bons técnicos, exemplo de hoje e também no caso da Ponte, encontramos dificuldades, pelo simples fato de que esses técnicos inibem nossos jogadores de lado, deixam o Diego sem opções e aí começamos a somente tentar bolas aéreas…

    Enfim, como todos os companheiros do blog já sabem, não sou dos que acham o Zé toda essa maravilha, muito pelo contrário, mas gostaria de deixar aqui escrito o que gostaria de falar para ele se possível fosse:
    Zé, não podemos passar um campeonato inteiro atuando com jogadores melhores no banco e piores jogando, isso tem um preço, até agora estamos conseguindo pagar esse preço, será que conseguiremos pagar até o final???

    > Não podemos ter Gabriel jogando e Mancuello e Alan no banco;
    > Não podemos ter Pará jogando e Rodinei no banco;
    > Não podemos pensar em Damião, sabendo que o Guerrero é infinitamente melhor;
    > Não podemos ter Márcio Araújo jogando e o Cuéllar no banco.

    Enfim, apenas para melhor exemplificar, O Mancuello entrou hoje, até não jogou tanto, mas em dois lances, um quase foi gol e o outro foi um golaço. O Alan entrou depois, e dele saíram os passes para os gols. Quanto tempo perdemos com o Paulo Vitor, e acho que até hoje ainda tem gente que prefere ele, mas como diz uma máxima do futebol, “um bom time começa por um bom goleiro”, Muralha não é melhor que o PV, ele é muito melhor. E o Márcio Araújo, hoje errou 4 passes em saídas de bola e não fosse as limitações do Cruzeiro, teríamos tomado algum gol de contra ataque em função disso. Sobre o Pará, não podemos esquecer que o Mano, no jogo de hoje, centrou todo o ataque do Cruzeiro pelo nosso lado direito, por que será?

    Enfim, Zé quem é melhor tempo-quente jogar, não brigue contra a lógica!!!

    SRN

    Reply
  14. Thiago Freitas, nada demais, é só falta de saber entender desse jogo chamado futebol, até parece que jogamos sozinhos, o Cruzeira faz uma má campanha, mas o seu time está longe de ser ruim, além disso tem camisa pesada (tradição) perdoe, ele não sabem o que dizem…

    Reply
  15. Parabéns ao ZR !!! mais uma vez fez a leitura ideal do jogo, mexeu certo e ganhou o jogo.
    Meus caros rubro-negros, na minha humilde opinião não existe sorte ou azar, existe é competência e trabalho !! parabéns ao grupo de jogadores, ao ZR e também a diretoria, no qual muito foi questionado o RC como diretor executivo.
    SRN.

    Reply
  16. Gosto muito do Zé e o vejo como o grande mentor dessa campanha rubro-negra, mas hoje ele errou. A saída do Márcio Araújo deixou um buraco na frente da área.

    Mas a sorte ajuda quem trabalha duro. Poucos entenderam, mas a entrada do Alan Patrick foi fundamental para a virada e assim foi. Felizão da vida!

    Ontem, eu vi parte do 2º tempo entre Palmeiras e Coritiba. Vergonhoso! O Coritiba parecia estar vindo duma feijoada e mesmo perdendo por 2 a 1 não demonstrava a mínima disposição para tentar o empate.

    Reply
    • Sem falar, caro Henrique, que a tabela está mais favorável ao Palmeiras daqui para frente. Se vai ganhar todos os jogos, só o tempo dirá. Mas não será fácil manter essa pequena diferença, e hoje só escapamos de um empate por pura incompetência dos atacantes do Cruzeiro.

      Reply
  17. Prezados,
    Só vi o segundo tempo, assim excluo, por óbvio, o primeiro tempo.
    Pelo que vi, uma partida ruim do Jorge.
    R.Vaz, mais uma vez, jogando muita bola. Consegue tirar todas. Como era reserva do Vasco??? Kkk
    Arão apagado.
    Diego muito participativo, com duas boas movimentações nos 2 gols, no primeiro puxando marcação, no segundo com passe para A.Patrick, que rolou pro Mancuello.
    Como tem entrado bem o Alan Patrick, sabe proteger bem a bola.
    Como faz gol bonito o argentino carioca Mancuello…
    Time reserva quarta-feira???

    Reply
    • Curiosamente, cado Diego, é que toda vez que que Alan Patrick e Mancuello entram de inicio não jogam tão bem, mas quando entram com o jogo em andamento, normalmente jogam bem. Impressão minha ou não, isso tem se mostrado real. Acho que esse time ainda precisa de duas peças boas para se tornar bem competitivo, pois Gabriel e Marcio Araújo não convencem mesmo, embora encaixaram no esquema do Zé Ricardo.

      Reply
      • Concordo, Helder.
        Essas são as peças pro ano que vem, um bom volante marcador que saiba jogar bola, um lateral esquerdo (Jorge deve ser vendido) e dois jogadores de lado de campo, considerando o esquema do Zé Ricardo.

        E torcer, e muito, para que o Botafogo não reverta o caso Arão.

        Reply
        • Muralha: 9,5
          Pará: 5,0 (Achei ele bem cansado no segundo tempo)
          Rever: 6,5
          Rafael Vaz: 8,5 (Está muito seguro)
          Jorge: 5,5
          Márcio Araújo: 6,0
          Arão: 5,0
          Diego: 7,5
          Gabriel: 5,0
          Guerrero: 7,0
          Everton: 5,0 (Têm que treinar cruzamento, consegue chegar na linha de fundo, mas só cruza para o repórter que fica atrás do gol)
          Mancuello: 7,5
          Alan Patrick: 7,5
          Fernandinho: 6,0
          Zé Ricardo: 8,0 (Tenho gostado muito das entrevistas dele, sempre realista. Ontem reconheceu que o time não jogou bem e contou com a sorte… Muito medalhão por aí sairia mascarando falando que o time jogou bem. Esse é o espírito vencedor, mesmo na vitória apontar os erros – Bernardinho do vôlei que sempre faz isso, já o vi dando esporro no time depois de vitória por 3 sets a 0)

          Reply
  18. Não tem o que falar, é só comemorar, e mengao e vamos pra cima, nada a declarar mais, vou tomar uma e curtir, abs e saudações rubro negras a todos.

    Reply
  19. Ainda bem que temos A Patrick, Mancuello, Damião, Cuellar e etc no banco.
    Ruin deve ser o técnico olhar para o banco e não ter ninguém com capacidade técnica para mudar o jogo.
    Conheci um técnico q dizia ser importante sempre ter jogadores no banco com capacidade de mudar o jogo qdo fosse preciso. Ruim é qdo olhamos para o banco e não enxergamos ninguém assim. O Zé tem essa sorte.
    Em tempo: Quem está fora do jogo com o S Paulo é o Pará (Rodinei será o substituto) e não o Jorge (entraria o CHIQUINHO) como o Daniel G. postou.
    Vamos comemorar galera..
    SRN!!!

    Reply
  20. Kleber
    Saí do rio pra ver o Mengão em cariacica hoje, que estadio!!!
    Lugar maravilhoso e um jogão.
    Fazia tempo que não me emocionava tanto!! Vendo seus comentários agora lembrei exatamente do jogo,passou todo na minha cabeça,
    São Ábila kkkkkkkkk
    Só descordei de um ponto: Guerrero, achei apático, não brigou pela bola e perdeu o gol que seria o da tranquilidade no primeiro tempo! Também senti falta de comentários sobre Réver e Diego…
    Diego estava em todos os lugares do campo, correndo muito!!! Dando carrinho e opção de jogo, motorzinho!!!
    E o rever é impressionante pq parece que a bola está sempre procurando ele!!!
    Saudações rubro negras

    Reply
  21. Prezados, o primeiro tempo do Flamengo, foi muito bom, consistente, ótima trocas de passes, boa saida de bola e boa marcação. Lembrando que o treinador do Cruzeiro, colocou todo time bem atrás da linha da bola e fechou as laterais do campo. Os dois laterais do cruzeiro não passaram do meio campo em todo primeiro tempo. No segundo tempo o time sentiu a parte fisica que vinha sendo tão elogiada aqui. Pará e Wilian Arão foram os que mais sentiram e não conseguiram render o suficiente para fazer o time atacar pela direita, ponto que vinha fazendo diferença. Gabriel e Everton ofensivamente são de pouca utilidade concreta, devido a grande deficiencia de ambos em qualidade de chute e cruzamento. As jogadas ofensivas ficaram restritas a Jorge (muito Bem) e Diego, com isso, Guerrero (que fez boa partida)ficou isolado. Nas mexidas saiu Márcio Araújo que nmarcava bem, mas errava muitos passes (errou 07). Com isso o Flamengo abriu, Fernandinho com a marcação fechada nas laterais nao rendeu, porém Alan Patrick teve espaço para jogar. Em tudo; parabéns ao excelente treinador que o Flamengo tem hoje: Zé Ricardo. Mostrou que conhece o plantel que tem e teve uma leitura muito bem feita do jogo. Enfrentou uma boa equipa apesar da má colocação e contou com um goleiro em que a convocação o fez muito bem. Como cresceu pós convocação. E uma excelente dupla de zaga em especial Rafael VAz, que está me lembrando muito Thiago Silva quando jogou pelo Fluminense. SE mantiver o nivel também será seleção.
    Contamos com sorte? Talvez no gol do Guerrero, mas não vi o Flamengo merecedor de derrota não. Vi um time que devido a dinâmica de movimentação intensa para sair de uma marcação muito bem feita, sentir cansaço e não conseguir manter o mesmo padrão. Mas que procurou e não desistiu em momento algum.
    Abaixo segue as notas:
    Muralha:9,00
    Pará:4,50
    Rever: 7,00
    Rafael VAz: 7,50
    Jorge: 7,00
    Márcio Araújo: 5,50
    Arão: 5,00
    Diego: 6,50
    Gabriel: 4,50
    Guerrero: 6,50
    Everton: 4,50
    Mancuelo: 7,00
    Alan Patric: 7,00
    Fernandinho: 4,50
    Zé Ricardo: 9,00
    Torcida: 10,00

    Reply
  22. Muralha:9,0
    Pará:6,0
    Rever: 7,0
    Rafael VAz: 7,5
    Jorge: 6,5
    Márcio Araújo: 6,0
    Arão: 5,0
    Diego: 6,5
    Gabriel: 4,0
    Guerrero: 7,0
    Everton: 6,0
    Mancuelo: 7,0
    Alan Patric: 7,0
    Fernandinho: 6,0
    Zé Ricardo: 8,0 perdeu o 10 por ter escalado o Gabriel e não ter tirado o W. Arão

    Reply
  23. Muralha – 10, responsável direto pela Vitória;
    Pará – 5, recaîda do nível do ano passado, especialmente no 2º tempo, ainda serviu de “batedor” para o atacante do Cruzeiro, no gol;
    Réver – 5; acompanhou Pará de perto, falhou no gol;
    Vaz – 8, firme e técnico, apenas chutôes ao final do jogo;
    Jorge – 7, apoiou bem o ataque e não deixou espaços;
    MA – 4, seu nível habitual, errou vários passes;
    Arão – 5, não esteve em tarde inspirada;
    Diego – 6, ainda está devendo muito, não justifica a fama com jogadas diferenciadas;
    Éverton- 4, lembra a velocidade burra do Nelson Rodrigues;
    Gabriel – 4, inútil, não preocupa o adversário, entra apenas para marcar;
    Guerrero – 8, sempre presente no ataque, incomodando a defesa contrária, ainda contribuiu com um gol;
    AP – 8, infernizou a defesa do Cruzeiro, enquanto esteve em campo, participou dos dois gols;
    Mancuello -8, jogador agudo de boa finalização, premiado com um belo gol, reserva de luxo, desperdício para quem usa e abusa de Gabriel e Éverton.
    ZR – 4, como conclusão da escalação, proposta de jogo e substituiçôes atrasadas.

    Reply
  24. Bom dia Robert e amigos. Robert, abra um novo post para que possamos colocar as notas.

    Qto ao jogo, acho que já foi dito tudo pelos amigos. Primeiro tempo forte, porém pouco eficiente. Segundo tempo morno para os 2 clubes, porém com maior controle de jogo pelo Cruzeiro.

    O fato a ser consolidado é o seguinte: TEMOS BANCO DE RESERVAS.

    Alan Patrick entrou no jogo aos 30 minutos do segundo tempo no lugar de Ewerton. Aos 38 dá o passe para Guerrero finalizar e empatar o jogo.

    Aos 44, Fernandinho arranca pela esquerda, toca para Diego, que encontra Alan Patrick, que novamente faz ótima assistência para Mancu. Gol da virada.

    Pois bem senhores, Alan Patrick foi o nome do jogo. Jogou exatos 19 minutos. Foram 15 minutos de jogo mais 4 de acréscimo. Mais efetivo que isso, impassível.

    Por outro lado, Mancu teve duas chances reais de gol. Fez um.

    CONCLUSÃO.

    Temos um excelente banco de reservas, isso é claro, óbvio e transparente.

    Porém o que de fato tem me deixado cada dia mais confiante é a postura efetiva de Zé Ricardo.

    Zé vem nos mostrando que tem o time nas mãos e que conhece muito bem a característica de casa jogador do elenco, e com isso vem aproveitando e tirando o máximo de cada um.

    E nesse particular específico volto a citar o próprio Alan Patrick como exemplo. Não sei os motivos, mas a mim, parece que Alan Patrick não aguenta 90 minutos. Seria ótimo se mudássemos o esquema de jogo e pidéssemos contar com o Alan Patrick os 90 minutos. Mas não funciona.

    Funciona sim, quando Diego já está desgastado no jogo, a defesa adversária também , e Alan Patrick entra voando e ileso.

    Funciona quando precisamos correr mais riscos para ganhar o jogo.

    Zé Ricardo na minha opinião vem optando certo e ontem tivemos mais uma prova disso.

    Forte abraço a todos. #SRN

    Reply
  25. Muralha:10,0 perfeito mais uma vez
    Pará:6,0 – Jogou muito preso.
    Rever: 8,0
    Rafael VAz: 8,5
    Jorge: 5,5
    Márcio Araújo: 6,5
    Arão: 5,5
    Diego: 7,5
    Gabriel: 3,0
    Guerrero: 8,5
    Everton: 5,0
    Mancuelo: 9,0
    Alan Patric: 10,0
    Fernandinho: 7,0
    Zé Ricardo: 10,0

    Reply
  26. Muralha:9,5
    Pará:5,0
    Rever: 7,5
    Rafael VAz: 8,5
    Jorge: 6,5
    Márcio Araújo: 6,0
    Arão: 5,0
    Diego: 7,0
    Gabriel: 4,0
    Guerrero: 7,5
    Everton: 5,0
    Mancuelo: 7,5
    Alan Patric: 7,5
    Fernandinho: 6,0
    Zé Ricardo: 7,0

    Reply
  27. Mais uma vez méritos para o ZR que foi ousado nas substituições que fez. Poderia ter perdido facilmente o jogo pela direita, pois inexplicavelmente o Pará estava ausente na marcação. O miolo da zaga tbm ficou bastante desguarnecido com a saída o MA. Mas o ZR deu sorte, como diria o saudoso Nelson Rodrigues: “Até para atravessar a rua vc tem que ter sorte”. Obs.: Mais uma vitória do 4 4 2…SRN.

    Reply
    • O lance do jogo para mim foi a infiltração no gol do Mancuello. Assim como AP no gol do Palmeiras, a infiltração do gringo pela direita não foi percebida pela defesa cruzeirense. A infiltração foi sem dúvida uma quebra no condicionamento da marcação do Cruzeiro, dedo do técnico, um 2o. volante a aquela altura, naquela posição? bravooo!

      Reply
  28. Ontem o time teve mais sorte que juízo, pois correu riscos de perder o campeonato nos contra ataques.
    Os pontas do time não são mais novidade e já são bem marcados pelos adversários.
    O Zé Ricardo tem de encontrar alternativa rápido no modo de jogar e no esquema . Fernandinho não pode ser reserva do Gabriel ou do Éverton , pois possui mais recursos que ambos. O time cansou no segundo tempo, cansou fisicamente principalmente Arão ,Jorge, Pará . Time todo reserva contra o Palestino no meio de semana pra poupar os titulares. Contra o São Paulo outra pedreira, mas não creio que o Palmeiras terá vida fácil contra o Santa cruz no arruda

    Reply
    • Leandro meu caro, concordo com suas palavras, a marcação do Cruzeiro foi perfeita, afinal não temos tantas variações de ataque assim:
      – Guerrero joga “internado” entre os dois zagueiros, pouca mobilidade, ontem era um jogo para o Vizeu, que tem mais movimentação e sabe driblar, mas Guerrro fez o gol, então esta td certo!
      – Os atacantes de ponta são poucos ofensivos, apoiam muito, marcam muito, mas o ataque perde em ofensividade.
      – No meio de campo, Diego esta claro que sozinho não vai fazer chover, claramente era um jogo para o AP ao lado do Diego, pela sua movimentação, confiança e dribles.
      Terminamos com um 4 4 2, com o time esgotado fisicamente. ZR fez como dizia o Apolinho: “Ou calça de veludo ou bunda de fora”. Foi sorte de campeão, mas acima de tudo, em um jogo terrível, foi postura de campeão.

      Reply
  29. NOTAS:
    Muralha – 9.0
    Pará – 5.5
    Réver – 6.5
    Vaz – 7.5
    Jorge – 7.5
    Márcio Araújo – 5.5
    Arão – 6.0
    Diego – 7.5
    Gabriel – 6.5
    Guerrero – 8.0
    Éverton – 6.0
    Mancuello – 7.5
    Alan – 7.5
    Fernandinho – 6.5

    SRN

    Reply
  30. Prezados Colegas Blogueiros,
    Faz tempo que não posto nada. Não gosto de ser repetitivo, estou postando que “SEREMOS HEPTA” desde MAIO/2016. Então prefiri apenas ler os comentários com atenção.
    Mas lembro que desde o dia 30 de maio, lá pela 4ª rodada, eu postei que confiava no trabalho desta Diretoria, que confiava neste time e acreditava num título este ano.
    Naquela ocasião meu comentário foi até motivo de chacota por alguns colegas deste blog, dentre eles o Helder e Egon, que duvidavam da racionalidade dos meus comentários (Para eles o Hepta era impossível). Vamos aos fatos envolvidos no jogo:
    1 – Muitos, inclusive o nosso jovem treinador, estão atribuindo a sorte, o resultado de ontem. Eu atribuo o resultado a competência e ao planejamento, coisas que faltaram ao Cruzeiro este ano. Faltou ao Cruzeiro contratar um centroavante qualificado
    2- Sobrou a Diretoria do Flamengo competência nas contratações ( Mancuello, Cuellar, Diego, Vaz, Arão, Rondinei, Réver, Vaz) e na efetivação do então chamado “estagiário” ZÉ Ricardo;
    3 – Sobrou competência ao treinador do Flamengo, pois foi muito ousado, após o gol do Cruzeiro, foi para o tudo ou nada. Parabéns Zé Ricardo!
    Ao longo da vida aprendi que a humildade e o Companherismo não virtudes inseparáveis e dignas de aplauso. POr outro lado a vaidade e a Ego enfraquecem os homens. Vejo a humildade nos semblantes do nosso Presidente Bandeira e no Treinador Zé Ricardo, por isto o merecido sucesso que está sendo alcançado.
    Mas lembro, que é mais fácil aplaudir as vitórias, do que apoiar o time e o trabalho da Diretoria nas derrotas.
    Sei que amanhãa é o dia da polêmica, então gostaria de fazer algumas perguntas:
    1- Será que a Diretoria que não entendia nada de futebol 5 meses atrás, aprendeu tudo de uma hora para outra?
    2 – Será que um estágio de 5 meses no Flamengo permite criar um trinador de ponta?
    3- Será que o elenco fraco e que não prestava há 5 meses atrás transformou-se em um elenco maravihoso, somente pela contratação do Diego e do Réver?

    Saudações Rubro Negras, Seremos Hepta!!!!

    Reply
      • Acho que a minha bola de cristal só começou a melhorar bem depois da eliminação do Copa do Brasil. Parece que o EBM começou a colocar mais conteúdo no provedor que alimenta a bola de cristal e situação melhorou.

        Reply
    • Como nosso querido presidente KL sempre coloca, futebol é momento. Nossos comentários são efetivamente feitos com base no momento. Naquele momento quase todos aqui entendiam que não navegariamos pelo Z-4, mas não estavamos a altura do G-4. Felizmente a coisa fluiu e o time melhorou, novas contratações vieram e o “aprendiz” ajeitou o time. Maravilha. Estou contente como todos aqui. Dúvida e Certeza caminham de mãos dadas.
      O amigo está enganado quando diz que fiz chacota de seus comentários. Não é do meu feitio fazer tal tipo de comentários. Posso discordar, o que é natural numa democracia, mas nunca menosprezar.
      Sempre coloquei que não sou contra o Zé Ricardo, mas não sou simpático a ideia de colocar treinadores sem experiência para dirigir nosso time, o que é muito diferente de dizer que ele não presta ou coisa do tipo. Sempre coloquei que torço pelo sucesso dele, mas se Presidente fosse não entregaria nosso clube a um iniciante na carreira. Até admitiria ele como auxiliar para ganhar bagagem. Essa é minha opinião, e ela não expressa de forma alguma a verdade absoluta. Só Deus tem a verdade absoluta. Tenho humildade para reconhecer isso.
      Disse anteriormente que como todos aqui desejamos o Hepta, o Octa e tudo mais que puder ganharmos.
      Vamos com calma amigo. Aqui estamos todos no mesmo barco.
      Abraços.

      Reply
  31. Muralha:9,0
    Pará:6,0
    Rever: 7,0
    Rafael VAz: 7,5
    Jorge: 6,5
    Márcio Araújo: 4,5
    Arão: 4,0
    Diego: 6,5
    Gabriel: 1,0
    Guerrero: 7,5
    Everton: 5,5
    Mancuelo: 7,5
    Alan Patric: 7,5
    Fernandinho: 6,0
    Zé Ricardo: 8,0

    Reply
  32. Prezados,
    Acabeid e rever os gols. Por acaso vocês repararam no GOLAÇO que foi o 2º gol do Flamengo? Desde o início da jogada até a finalização do Mancuello?

    Dinâmica do 2º gol:
    A jogada começa com o próprio Mancuello, que recebe a bola na linha de defesa e toca para Guerrero – que estava no circulo central.
    Guerrero, como pivô, passa para Diego que estava mais atrás um pouco fora do circulo central.
    Diego carrega a bola para a esquerda e toca para Fernandinho, na ala esquerda;
    Fernandinho corre uns 10 metros, devolve para Diego – que estava no centro do campo.
    Diego carrega a bola pro lado direito, passa para Alan Patrick.
    Alan Patrick domina com a direita, toca com a esquerda para Mancuello (que correu igual a um louco para chegar como fator surpresa dentro da área).
    Finalização e Gol.
    Isso é um golaço, coletivo!

    Reply
  33. Apesar da grande vitoria não podemos deixar de analisar alguns pontos que considero importantes para um time que quer ser campeão. O Rever está falhando muito, não da combate , fica esperando e isso não é bom pra zagueiro. O Fernandinho não marca nada, parece sem vontade e garra na marcação, o Arao é bom jogador, mas não passa disso.Acho que o Zé Ricardo precisa abrir o olho com o Revér.

    Reply
  34. Fazia tempo que não via o Flamengo ganhar assim e principalmente pela categoria dos nossos jogadores. Ter no elenco jogadores de alto nível faz a diferença. O Zé Ricardo expôs o time se forma arriscada, porém foi corajoso em buscar a vitória, pois somente nos interessa a VITÓRIA. Apesar dos riscos, parabéns Zé Ricardo!
    Muralha 8
    Pará 6
    Rever 6
    Vaz 7
    Jorge 5
    Márcio Araújo 4
    Arão 4
    Diego 8
    Gabriel 3
    Éverton 5
    Guerreiro 7
    Alan Patrick 7
    Fernandinho 6
    Mancuello 7

    Reply
  35. Seguinte! Se Super Zé colocar Rodinei aos 40 do segundo, aos 46 ele faz o gol da vitória…
    O mais interessante de tudo, é que estamos muito melhores que todos os times do Brasileiro em relação ao esquema e posse de bola.
    Raramente damos bicos pro alto, estamos rodamos a bola com cuidado de mãos jardineiras. Sem desespero!!!
    Muralha – A da China, é uma das 7 maravilhas do mundo. A do Ninho, umas das 7 maravilhas do Brasileiro – 9
    Pará – Um cartão amarelo de graça, mas muito bem ofensivamente. No lance do gol ficou com medo de cometer a falta – 6
    Réver – Rafinha passou por ele andando. Não foi bem no jogo – 5
    Vaz – Tranquilamente o melhor zagueiro do Brasileiro. Por cima e por baixo – 9
    Jorge – Critiquei tanto… mas hoje aplaudo! Poderia piorar pra não ser vendido… – 8
    Araujinho – li hoje na globo.com, que é o segundo jogador do Flamengo que mais acerta passes. Além de ser um carrapato SEM cometer faltas (3 cartões no Brasileiro inteiro), está absolutamente adaptado ao esquema do Zé – 8
    Arão – Meu amigo Robert tem inteira razão! O carinha é um baita jogador – 8
    Diego – Ainda entrando em forma e tirando a Europa do corpo. SE… voltar a ser um pouco mais vertical, é jogador pro Tite olhar com muita atenção – 8
    Gabriel – Desta vez foi o Gabriel do Bahia… – 5
    Guerrero – Muito importante como pivô! Está sabendo segurar os zagueiros e, um gol espírita – 9
    Éverton – A formiguinha de sempre, com os mesmos pezinhos tortinhos de sempre. É importantíssimo no esquema do Zé. Além de ser rápido atacando, é rápido na volta ajudando Jorge – 7
    Patrick – 2 assistências, 2 gols. A estrela do Zé tá brilhando mais que bicicleta de paraíba – 9
    Mancuello – Com ajuda do goleirinho, meteu uma bola no ângulo e, levantou a Nação. Nada além, mas 3 pontos na conta – 8
    Super Zé – Iluminado! Algumas vezes troca errado. Dá certo! – 9

    Reply

Comente.