Mistério, mas não muito…

Treino do Flamengo - 27/10/2016 (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Treino do Flamengo – 27/10/2016 (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Como todos os técnicos fazem, os treinamentos do time do Flamengo foram realizados sem que a imprensa tivesse acesso, o que acho absolutamente normal. Por que dar a mínima arma para o adversário?

Este por si só é um tema polêmico, pois muita gente é de opinião que, quando o time é bom, não há nenhuma importância no adversário saber quem entra em campo. E, claro, há quem entenda que qualquer vantagem pode ser perigosa, inclusive escancarar com antecedência o time que vai jogar.

Como o nível dos times é muito parecido, fico com quem acha que não se deve dar qualquer tipo de vantagem, porém, a partir daí, a especulação é inevitável.

Pelo que ocorreu no último jogo, somando-se o fato de Éverton estar contundido, tenho a impressão de que Zé Ricardo vai começar com Gabriel e Fernandinho. Com respeito a Fernandinho, até pelo fato de outra opção não haver para o lado esquerdo, não há o que discutir. Gabriel, ao contrário, é muito contestado.

As outras duas opções seriam Cirino e Alan Patrick. Com Cirino, acredito que o meio ficaria vulnerável. Com Alan Patrick, em tese, o meio ficaria composto, porém, a fase vaga-lume do jogador realmente desanima…

Seja com Gabriel, o mais provável, ou com Patrick, creio que dê perfeitamente para fazer um jogo duro e, até ganhar.

Do time que vai começar, Diego e Rafael Vaz estão pendurados. Vaz, é zagueiro e, como tal, corre risco. Diego, como meia, basta usar a cabeça e não fazer bobagem.

O horário, estranho. Nem cinco, nem quatro. Quatro e meia! Por que será?

Na Vila, acho que a maré de sorte do Palmeiras vai acabar…

Aqui no Rio, no domingo, se ficar o Freixo pega, se correr o Bispo come…

E viva São Judas Tadeu!!!

1 Comentário

  1. Eu tenho sido radicalmente contra o Sheik, acho que já deu, mas com a ausência do Éverton, não vejo ninguém no grupo que se assemelhe tanto as características do Éverton quanto o Sheik. É óbvio que são jogadores com estilos diferentes, mas no quesito recomposição perde-se mas é semelhante, no quesito ataque ganha-se um pouco, talvez o ponto desmotivador para o Sheik seja seu toque de bola, até onde vimos na sua volta, ruim.

    Reply
    • O Réver acabou de dar uma entrevista a Rádio Globo falando do jogo do último domingo…Disse que o time achou que iria ganhar o jogo a qualquer hora, devido ao fator Maracanã…
      Bom, quanto a isto duas coias:
      – Se verdade, seria o segundo salto alto consecutivo, visto que no jogo contra o Inter vimos algo parecido…
      – Mas a possibilidade mais factível é que nosso Réver tenha cometido uma “falácia”, sim, pq eu ví outro jogo…Vi um time mal escalado, mal armado taticamente, com vários jogadores jogando mal ou sentindo claramente o peso, a pressão!

      Reply
      • Acontece Nino. Criou-se uma expectativa do Flamengo no Maracanã. Todos os ingressos vendidos bem antes, volta a casa, torcida lotando. Acabou passando para o time. No 2º tempo, também achei que a vitória viria até porque foi igual contra o Cruzeiro, Ponte Preta, Fluminense e ainda tinha o Maracanã. Só que o estádio não joga.

        Falando em Maracanã, o Fluminense está jogando agora lá. Estádio quase vazio. Vergonhoso.

        Reply
        • Enquanto a Odebretch tiver pagando para o Fluminense jogar, td bem! Quero ver é depois da nova licitação? Sabe quando eles irão jogar lá? Só em clássicos regionais do RJ ou se chegarem a alguma final. Flamengo é Flamengo caro Henrique.

          Reply
  2. Concordo com o Nino. Eu iria de Sheik. E acho que o Fernandinho rende melhor entrando no 2º tempo.

    Não sou fã de treino fechado, mas virou comum em todos os times até porque aquele discurso de time bom está na ponta da língua do torcedor já não mais existe. Agora usa-se o elenco, trabalha-se de acordo com o adversário, etc.

    Contra o Atlético, é preciso usar o 4-3-3, pois eles atacam muito, mas deixam muitos espaços. O Figueirense perdeu 4 gols feitos no domingo passado e deveria ter vencido o Atlético. É um jogo que requer 150% de atenção e bom pra nós que será no Mineirão onde ganhamos o primeiro jogo do ano, ainda pela 1ª Liga.

    O horário é por causa da Globo, que vai passar o Caldeirão antes e a novela depois.

    Reply
    • Interessante meu caro Henrique, pq será que eles abriram mão de jogar no Independência? Será apostando na renda? Será que o América negou (só joga no estádio na próxima 2a)? Só pode ser pela renda acredito, é jogo para botar pelo menos 1.2mi líquidos nos cofres.

      Reply
  3. “Como o nível dos times é muito parecido”…
    Este, é realmente o único motivo que pode dar razão a tal “estratégia”…
    Não me lembro do Santos de Pelé, Botafogo de Garrincha, Cruzeiro de Tostão, Palmeiras de Ademir da Ghia, Flamengo de Zico… adotando tal atitude.
    Quanto ao time, perdemos MUITO com a ausência de Everton. Jorge sem proteção, é o caminho mais curto pra tomar fumo.
    O Galo, com tantas estrelas habilidosas e rápidas, não é jogo pro Patrick.
    Com menos 2 marcando (Diego e Alan), pode azedar a maionese.
    Iria de Cuellar, Marcio Araújo, Arão e Diego. Tuta Peruano e Fernandinho.

    Reply
  4. Quero ver o Peter Pan dar entrevista depois do jogo dos Flores!
    O primeiro gol, de penalti, foi no mínimo 2 metros fora da área.
    Coisa absurda!!!!

    Reply
  5. Amigos do blog : Gabriel, Márcio Araújo, Cirino, Muralha, Fernandinho, Vaz são jogadores esforçados, podem compor um elenco….. volto a afirmar não dá para competir na Libertadores.
    Enquanto isso vejo o rival contratando o Keno, de olho no Guerra.

    Nem tudo está errado, muito pelo contrário, maiores são os acertos, mas é preciso ambição e inteligência.

    Saudações

    Reply
    • Octavio,
      Concordo plenamente, apenas gostaria de acrescentar a sua relação Pará, Chiquinho e Damião, forma um time de de esforçamos… É muito pouco para quem diz pretender ter um elenco / time proporcional às suas tradições / seu poderio financeiro…

      SRN

      Reply
  6. Lá pela Arábia enquanto se fala de Nilmar e T. Neves se esquecem do Farfan! Excelente jogador, habilidoso, rápido e com muita experiência na Europa.

    Reply
  7. Sheik não pode jogar, suspenso por cartão, e Everton no time atual faz muita falta pois junto com Márcio Araújo são os mais importantes taticamente.
    É unanimidade entre os analistas o favoritismo do Galo então hoje é dia de entrega total do nosso time, tomara que todos tenham esse espírito, e jogo onde o Arão tem que voltar a render bem e o Diego jogar o seu melhor e ser decisivo o que ainda não aconteceu.
    De resto entraria com Gabriel na esquerda para proteger o Jorge e prender a bola e Cirino na direita pois temos que marcar o LE deles.

    Reply

Comente.