Novidades ao luar

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

FLAMENGO x VASCO: A notícia de última hora é que o juiz que determinou uma só torcida nos clássicos no Rio de Janeiro, estaria disposto a rever sua decisão. Se isto acontecer, o jogo será no Rio, caso contrário, duas opções: Juiz de Fora ou Cariacica, em Vitória. Pelo desgaste da viagem, Manaus, descartada.

ACABOU A FARRA – A partir deste Campeonato Brasileiro, qualquer mudança de local de jogo, só poderá ser feito, desde que, seja para o mesmo estado. No aspecto de equilíbrio do campeonato, perfeito, pois um clube com maior poder financeiro poderia perfeitamente “comprar” seus jogos fora de casa, passando para campo neutro. Exemplo: Sport x Palmeiras, jogo marcado para Recife. O Palmeiras, por iniciativa própria, ou utilizando empresa “laranja”, compra o jogo ao Sport e o leva para Brasília. Convenhamos que a vantagem do Palmeiras seria enorme, deixando de jogar em Recife para disputar os três pontos em um campo neutro. Ruim será para as praças com estádios de Copa do Mundo e sem tradição de futebol local, como por exemplo, Brasília e Manaus. Prejuízo à vista…

ERRO NA TABELA – Há uma regra que vem sendo observada ao longo dos Campeonatos Brasileiros. Clube que começa jogando em casa, termina jogando fora e, isto é intercalado ano a ano. Desta feita, passaram o Flamengo pra trás e, sem a menor cerimônia. No último Campeonato Brasileiro, o Flamengo fez seu último jogo fora de casa, contra o Atlético Paranaense. Este ano, consequentemente, deveria fazer o último jogo em casa. Ao contrário, o Flamengo fará, de novo, o último jogo fora de casa, contra o Vitória, em Salvador. Não entendi o fato de ninguém do Flamengo ter colocado a boca no trombone…

Particularmente, sempre preferiria jogar o último jogo do campeonato em casa. Começamos perdendo e, com um gol de mão…

1 Comentário

  1. Bandeira será eternamente banana, se não fizer valer o mando de campo do Flamengo, mesmo com torcida única, que se oda-se Vascú, Euvice Miranda e Roubinho.

    Reply
  2. O MESMO FALO DESSE JOGO, SEJA ELE A ONDE FOR, O CAMPEONATO E DA FEDERAÇÃO A MESMA QUE ESTA E CONFLITO COM O FLAMENGO, E MESMA QUE TEM EURICO MIRANDA O SEU MAIOR ALIADO, O CAMPEONATO CARIOCA TA FADADO AO FRACASSO A FERJ E EURICO OS DOIS SÃO UM SÓ, NÃO TENHO DUVIDA, QUE PARA O MENGÃO GANHAR ESSE JOGO VAI TER QUE JOGAR MUITO, POIS TERÁ QUE GANHA DO TIME DE SERIE B MAIS TAMBÉM DA FERJ, ARBITRAGEM E TUDO QUE ENVOLVE ESSE FALIDO CAMPEONATO CARIOCA, DIGO E REPITO, NO CARIOCA TIME SUB23, RESERVA, MIXTÃO. TIME TITULAR NA PRIMEIRA LIGA, POIS NA PRIMEIRA LIGA FLA E PROTAGONISTA.

    Reply
  3. Kleber, não sei se você notou, mas, o nosso amado Flamengo jogará somente 8 jogos em casa. Se fizer direito o dever de casa será ótimo. Já, se não fizer, vai ter que ralar no 2º turno.
    Qual a sua opinião?

    Um abraço,

    Reply
  4. a grande mídia esta boicotando o Flamengo, inclusive o globo.com e a rede globo, que percebendo o crescimento da marca Flamengo ignoram as matérias do Flamengo em detrimento da mulambada corintiana os blogueiros do uol, nem se fala,destaque zeo pro Fla. gostaria que tivesse programas esportivo genuinamente carioca.

    Reply
  5. “ACABOU A FARRA”
    Em “Acabou a Farra” do nosso guru KL nos apresentam inúmeras novas preocupações.
    1o. bloqueou a principal válvula de escape da diretoria para manter a receitas dos jogos, atuar fora do Rio.
    2o. colocou mais pressão no assunto estádio, deixando o clube com opções incômodas.
    – Alguém sabe como anda o caso Maracanã?
    – Qual valor que o Botafogo deseja com ressarcimento pelo Willlian Arão?
    – O estádio Luso Brasileiro pode ser ampliado?
    O caso Maracanã se arrasta, serão necessários 60mi de pagamento a Odebrecht mais inúmeras despesas de reparo do estádio de danos deixados pelo OOB (em diligência técnica).
    O Botafogo esta com um déficit operacional projetado para 2017 de 8mi, então é questão mesmo de conversar, sem beligerância com eles sobre o Engenhão.
    SRN

    Reply
    • “Para refletir”
      O estádio do Maracanã foi construído em 2 anos e custou o equivalente a R$ 232mi de hoje.
      Acredito que o nosso novo estádio custe três vezes mais do que custou o Maracanã, visto que não temos terreno e um estádio moderno será mais complexo do que foi o Maraca de 1950. Com custo financeiro o estádio deva serir no máximo por 1bi, pagos em 30 ou 40 anos…
      Já o nosso querido Maraca nos custará de cara 60mi + 200mi em obras obrigatórias de melhorias + 150mi de taxas de arrendamento ao estado, ou seja, cerca de 410mi por 30 anos de contrato. Expondo o assunto de forma simplista como fiz, logo de cara nos parece absurdo investir 40% do que custaria um estádio próprio em um estádio que nunca será nosso!

      Reply
    • “ACABOU A FARRA”. Talvez seja a pressão e impulso que o Flamengo precisa para poder agir e, finalmente, buscar um estádio próprio, enterrando a péssima ideia de assumir e investir em algo CARO e que nunca será seu.

      Há notícias de interesse em fazer permuta por terrenos na Barra x Morro da Viúva. Assim, vejo muito mais vantagem em construir algo nos moldes da parceria do PalmeirasxWTorre, que após os 35 anos de operação pela WTorre, será um equipamento e patrimônio inteiramente do clube paulista… Já o “NewMaracanã”, após 35 anos continuará sendo um patrimônio do Estado, e veremos em 2052 o Flamengo novamente desesperado atrás de praças para jogar, tendo que aguardar a movimentação da burocrática máquina Estado.

      Ademais, destaque-se a destruição do velho e prático MARACA, transformado-O na FRIA “Arena FIFA NewMaracanã”, um aparelho de difícil – ou até mesmo impossível – manutenção. Resumindo, um elefante branco!

      Mude! Vá ser feliz, Flamengo!!!

      Reply
      • Diego tem uns detalhes nisso:
        – Investimento inicial de 60mi no Maraca é dinheiro dos parceiros comerciais.
        – Os 200mi e os 150mi em taxas de arrendamento serão diluídos em 30 anos.
        Mas é claro que em última análise quem vai pagar a conta é o Flamengo, salve exceções como shows feitos no estádio e etc…
        Então como eu disse, a grosso modo um estádio nos sairia por 600mi, destes pelo menos 60mi teriam que ser aportados pelo clube para inicio das obras…
        O terreno do Morro da Viúva é uma das áreas mais nobilíssimas do mundo, endereço de grandes empresários, artistas, diretores de multinacionais, herdeiros de grandes fortunas etc, uma área com talvez a vista mais linda do mundo certamente, ou seja, o terreno é uma verdadeira pérola! SRN.

        Reply
        • Pois é, Nino.
          E o pior é que o Flamengo tem um patrimônio excepcional, mas totalmente mal aproveitado. Sempre considerei a melhor solução a venda ou permuta da imóvel do Morro da Viúva para a construção do estádio, já que não é natureza do Flamengo investir em hotelaria ou qualquer outro tipo de negócio imobiliário.

          Não faço a mínima ideia do valor do Morro da Viúva, mas tem uma matéria antiga no globo que falava em R$ 160 milhões… Em um estádio de R$ 600 milhões (similar ao do Palmeiras, por exemplo), estaríamos falando em restantes R$ 440 milhões a ser posto por meio de parceria. Talvez, seria algo similar com o que fez o Grêmio, que colocou no negócio o antigo estádio Olímpico.

          De tudo isso, o que atrapalha é o MARACANÃ, por dois motivos: 1) Pelo desnecessário interesse do Flamengo em assumir o elefante branco; 2) A má vontade do Estado e Prefeitura em autorizar a construção de um estádio para o Flamengo, pois seria a decretação da total falência do “NewMaracanã”.

          Reply
  6. Interessante que na hora que poderíamos deixar a batata quente no colo do Rubinho e Eurico, simplesmente ficando quieto, resolvemos fazer política!!!

    Reply
  7. Achei ridículo esse novo regulamento, feito claramente para prejudicar quem quer mudar o status quo do futebol brasileiro como Atlético-PR e Flamengo.

    Aliás, sem poder jogar fora do estado, pode demolir os estádios de Brasília e Manaus. Quanto a grama sintética, o Atlético-PR vai a Fifa e o louco do Petraglia não está nem aí para CBF, Federação, etc. Ele encara mesmo.

    Não duvido que o jogo Flamengo x Vasco seja adiado para depois do carnaval.

    Reply
  8. O Flamengo tem que pensar em resolver, antes de tudo, sua própria vida. E isso significa, em primeiro lugar, cumprir a determinação da justiça, seja ela qual for. Caso se mantenha a ” torcida única “, que o Flamengo compareça ao campo e, não estando presente o Vasco, seja o Rubro-Negro declarado vencedor. Simples assim.
    Outra coisa: marcar o jogo sem consultar o clube mandante, como exige o regulamento, soa muito estranho, para dizer o mínimo. ABRE O OLHO, BANDEIRA!!!

    Reply
  9. Caro Kleber e amigos!
    Tomara Deus que o jogo aconteça, mesmo que numa disputa par ou impar. Muita conversa e especulação em torno de uma jogo decisivo. Acredito que teremos duas torcidas e deverá ser realmente no Rio de Janeiro.
    Gostei da ideia de não se transferir jogos no campeonato brasileiro para outros estados. Realmente passa uma ideia de descompromisso com os demais, salvo o caso do Flamengo, que motivos já conhecidos, virou cigano no campeonato de 2016. As idas e vindas por estados diversos, sem dúvidas que ajuda a criar um ambiente incerto e de desgaste físico maior, mas, entendo que o maior deles é o psicológico.
    Quanto ao último jogo do ano de 2017 ser fora de casa, infelizmente deve ter passado despercebido pela diretoria. Imagino que pela divulgação da tabela feita pela CBF, nada mais possa ser feito. De toda forma, foi lá que o Palmeiras ano passado jogou como campeão. Que conosco aconteça a mesma coisa. Que seja uma perda para nos proporcionar uma grande vitória.

    SRN!

    Reply

Comente.