Difícil comentar

(Foto: Staff Images / Flamengo)

. Resultado justo? Não!

. Time foi bem escalado? Juro que, embora aqui não tenha colocado, imaginei que Zé Ricardo pudesse surpreender, com Márcio Araújo ao invés de Gabriel ou Arão. Deu certo – e muito – no primeiro tempo. A estratégia foi feliz, infelizmente, com amplo domínio, faltou o gol.

. Se Zé Ricardo foi feliz na largada, ou seja, surpreendendo e conseguindo o mais difícil, o mesmo não ocorreu na etapa final. A entrada de Berrío, no lugar de Rômulo, foi perfeita, porém, a sequência de alterações, com Gabriel no lugar de Éverton e, principalmente, a de Damião no lugar de Arão, muito ruim, desestruturando o time.

. Hoje, o nosso craque foi um desastre. Diego, além de não contribuir em nada na construção das jogadas, foi o responsável direto pelo gol que tomamos. A falta que cometeu foi totalmente sem sentido.

. A zaga, que vinha muito bem, hoje, só a metade funcionou. Réver, perfeito. Rafael Vaz, titubeante. Laterais participativos, porém, sem brilho. Meio combativo, embora, pouco criativo. Ataque pecando nas finalizações, principalmente Guerrero.

. Outra coisa. Nesta competição, com arbitragens ridículas como a de hoje, a malandragem é terminar com 11. A expulsão de Berrío foi patética. Pouca inteligência… Tão importante como ser rápido, é pensar…

. Agora, é sacudir a poeira e ganhar o próximo jogo, que será contra o Atlético Paranaense, em casa.

. Sugiro segurarmos as cornetas. Continuo otimista. O duro, depois de um jogo como esse, é encontrar o sono…

1 Comentário

  1. Um retórica: o que vale é bola dentro do gol. Libertadores é assim, não perdoa.

    Fizemos um bom jogo, mas em tempos não muito distantes estariamos perdendo no primeiro tempo. Evoluímos.

    Porém faço minhas citações:

    1. Falado aqui, em post anterior, que se alguém caísse na catimba dos chilenos/argentinos seria expulso nesse jogo e acabaria com o esquema e os três pontos. GUERRERO estava pedindo no 1° tempo e BERRIO conseguiu no segundo.

    2. Parabéns pra quem aqui sempre falou do VAZ. Falhas infantis e lançamentos exagerados, acreditando ser mais do que sabe. Agora também cobrarei a sua substituição.

    3. Pergunta ao técnico: caso MANCUELLO estivesse em condições de jogo ele sacaria o argentino e entraria com três volantes alterando o sistema de jogo?
    Não sei se ele resolveria nessa partida, mas faltou infiltração.

    3.1. Substituição: acredito que o ZE RICARDO errou na primeira substituição, mal voltou para o segundo tempo sacou RÔMULO e o time começou a perder espaço. Eu preferiria que saísse ARÃO porque voltou para o segundo tempo perdido e não marcando ninguém, forçando até mesmo DIEGO que fazia boa partida e jogava livre pra criar, a vir marcar, e que inclusive em uma falta sua, sofremos o gol.

    4. GABRIEL entrou e mudou a partida.

    Reply
    • Veja Kléber que a minha leitura destoa da sua no seguinte momento: “A entrada de Berrío, no lugar de Rômulo, foi perfeita” o que não acho, conforme justifiquei acima. E achei que Diego vinha bem até essa substituição.

      Reply
  2. Perfeito Kléber, ainda assino? Achei inclusive o time melhor taticamente do que em relação ao jogo anterior, salvo as lambancas do Vaz, estávamos seguros defensivamente e criando bastante. Pra junto ao Vaz, Guerreiro estava uma parede, bola pegava e corria.. Realmente vai ser difícil aceitar e dormir. Infelizmente hoje a sorte não estava conosco, e sem falar do juiz…

    Reply
  3. Meu querido KL, apenas uma palavra para a escalação do ZR : COVARDE !!!!!
    Esse time da Católica é horroroso e nosso bravo resolve mexer em time que está ganhando e aposta em 3 volantes?

    Saudações

    Reply
  4. Gente, estou indignado, como é que vai jogar e parece que irá ganhar a qualquer momento, libertadores tem que entrar rasgando com sangue no olho, parecia que estava no carioquinha, outra coisa: nossa ZAGA falhou demais o VAZ, acho que só vai até aí nunca tive confiança nessa dupla, no momento que a coisa engrossa eles falham o VAZ por exemplo nem jogador de pelada atrasa uma bola da forma que ele atrasou, o clube contratou bem do meio pra frente e o setor defensivo? brasileiro é uma coisa libertadores é outra, hoje foi de lascar imagina pegar times mais fortes e o Zé doido, colocando 3 volantes(medo puro). o gol saiu e quem estava marcando o cara ? o Pará, pode isso! após as substituição do Zé o time mudou para pior , no lance que surgiu o gol, que fez a falta Diego, cadê o Everton para fazer a cobertura do Trauco, foi tirado, já era pra ter levado primeiro gol no primeiro tempo, mas o o mesmo atacante que fez no 2º perdeu, há VAZ!!!!!!!

    Reply
      • Analisando o lance de cabeça fria, achei que o gol foi mérito total do Santiago Silva. Tá certo que o Berrio comeu mosca, mas toda a artimanha do artilheiro foi notável:
        1o. se deslocou do centro da área, onde certamente teria uma marcação mais apropriada de um dos zagueiros, que certamente o cercariam de todos os lados com os braços e corpo.
        2o. se colocou na periferia da área onde contou com a marcação de um atacante e não um defensor, como seria recomendável. Paradoxalmente os ele sabia que os zagueiros não poderiam segui-lo, pois sabia que o posicionamento dos zagueiros seria central na área.
        3o. contando com uma marcação não especializada Santiago Silva se posicionou em um ponto futuro para cabeceio, méritos tbm para quem cruzou a bola, obviamente uma jogada ensaiada! Reconheçamos, uma belíssima artimanha do ataque chileno, ISSO É LIBERTADORES!!!!

        Reply
  5. Confesso que não entendi a estratégia do técnico. Acho até que faltou coerência. Eu teria começado o jogo com o Berrío. Ele optou pelo MA, deixando claro que estava satisfeito com o empate. E, na realidade, deu certo, o jogo estava controlado e podíamos ter virado o 1º tempo em vantagem. Chance nós tivemos. Aí, vem a pergunta: se deu certo a escalação inicial, para que mudar? Para que arriscar, trocando um meio campo por um atacante? Por que tirar o Everton, que não estava mal, e colocar o Gabriel, que, na minha opinião não é jogador para jogo pegado, típico da Libertadores? Pois é, veio o castigo e de um jogo controlado acabamos perdendo. E mais, contra o Atlético em casa é vencer ou vencer, caso contrário estaremos com mínimas possibilidades de classificação. E justo aí, o segundo atacante em melhores condições estará fora, pela infantil expulsão. Mais uma vez, teremos que correr atrás em uma Libertadores. De um jogo que se tornou tranquilo a uma noite mal dormida. Bastaram duas mexidas, ou três, inconsistentes.

    Reply
  6. Como escrevi em outro post, não descartava a escalação do Marcio Araújo. Aconteceu e jogou muito bem.
    Como não considero Rômulo um volante de marcaçâo, nada mais óbvio que escalar um especialista da posição. MA…
    Provamos em campo o que sempre tive coconvicção. 3 volantes, não significa ser defensivo ou acovardado. Depende da qualidade dos jogadores e, como chegam na frente. Tanto Arão como Rômulo, podem cumprir muito bem este papel. Como fizeram…
    Dominamos o jogo do começo ao fim. Uma pixotada do Vaz, hoje o pior em campo, e um descuido do Berrío na marcação. Fora isso, a Católica foi completamente dominada. Como quem não faz leva, e isso nos custou o título do Brasileiro, voltamos a perder gols absurdos e, mais uma vez capotamos.
    Mesmo derrotado hoje, pelo que estamos jogando, tenho absoluta certeza na classificação.
    Culpar o Zé, ou substituições, me parece absolutamente irrelevante e até injustiça, frente a total incompetência de colocar pra dentro bolas facílimas. Um fundamento que nos atormenta faz tempo.
    A tal bola vadia, não falha contra nós…

    Reply
  7. Esse Berrio e uma mala! Caro, ruim e feio. O que me assusta e a capacidade desta diretoria de gastar dinheiro com rebotalho. 15 milhoes no Mancuello, 8 milhoes no Cuellar e mais 15 milhoes no Berrio. Sera que era dificil gastar esse dinheiro melhor? Eu sugiro uns 9 nomes melhores e que custariam menos.
    Voltando ao jogo, Libertadores e bola na rede, e matar o jogo. Nossos atacantes nao sao matadores. Precisam de 10 chances para fazer 3. O Flamengo dominou mas de forma esteril, pouco convincente e pouco incisiva.O treineiro deveria pensar em barrar o Vaz. Acho que ele esta se comportando de forma cada vez mais perigosa, esta louco para entregar um jogo importante. Ele tem qualidade, sabe jogar mas falta-lhe sobriedade. Um banquinho poderia lhe fazer bem. Ele e um bom zagueiro, mas acredita que e o Baresi e ai se complica.
    Concordo com o ptesifente: Diego ontem foi muito mal.
    Agora e vencer ou vencer o Atletico PR em casa, caso contrario vai complicar muito.
    Alo diretoria incompetente: e Maracana, esquece a brilhante arena da Ilha no proximo jogo! Precisamos da atmosfera criada contra o San Lorenzo.

    Reply
  8. A metade do salário do Guerrero paga todo esse timinho. Jogar melhor seria o mínimo, perder foi absurdo. Um primeiro tempo razoável, pois sem fazer gol, nada é bom, pois é isso que decide. No segundo semestre perdeu, levando um gol ridículo e com as péssimas substituições feitas pelo sub estagiário. Seguimos no mesmo caminho de 2016. FUTEBOL É BOLA NA REDE, QUEM PERDE GOL NÃO JOGA BEM !

    Reply
  9. Eu discordo, achei uma escalação covarde e não vi dar certo em nenhum momento do jogo. Os jogadores não sabiam o que fazer, ficaram perdidos… Não jogaram nesse esquema, invenção patética. Volto a repetir, não temos treinador e já vi 2017 será um ano de alegria para Botafogo, Vasco e Fluminense, pois irão nos sacanear o ano inteiro.
    #ForaZeRicardo

    Reply
    • Fellipe, futebol é bola na rede, e estes times do ZR tem uma grande dificuldade em fazer isso! O duro vai ser passar um mês até o próximo jogo no 3o. ou 4o. colocado em um grupo onde só tem 4 times. Desagradável! SRN.

      Reply
  10. Vi agora o que nosso eterno Zico disse:

    “O Flamengo jogou legal, principalmente no primeiro tempo, mas não deu para entender a mudança de filosofia e de estratégia do Zé Ricardo com a entrada do Márcio Araújo [substituiu Mancuello, vetado pelo departamento médico]. Não pelo jogador, mas o Zé sempre colocou aquela situação de dois caras pelos cantos, três no meio e o Guerrero na frente.

    Uma mudança de posição de uma hora para a outra. O Zé Ricardo se preocupou mais com o time adversário do que com o Flamengo, afirmou.

    Nós, que somos técnicos, sabemos disso. Eu, por exemplo, me preocupo mais com o meu time. Se estamos bem, jogamos e colocamos em campo o que temos convicção de que possa render. Isso foi fundamental na desorganização da equipe. Vimos um Flamengo completamente diferente do que nos acostumamos desde o ano passado, completou.”

    – Pra mim, se querem MA quem tem que sair é o ARÃO. Esta atuando muito mal desde o fim do brasileiro do ano passado, e nem a seleção conseguiu melhorar o seu rendimento.

    Reply
    • Robson, que bobagem que vc escreveu! Se é justamente o MA que carrega o piano do Arão! Alguém tem que marcar nesse time!
      – Cuellar é o mais técnico deles, mas não tem a velocidade e o senso de marcação do MA (jogando com um volante, só o MA tem o senso de que lado deve cair a marcação).
      – Com Rômulo é time de “índio”, ou seja, todo mundo no ataque.
      SRN

      Reply
      • Nino não falamos bobagens quando damos opiniões com argumentos. Veja até mesmo o que o Egon disse.

        Agora no GE sairam algumas publicações, destaco: uma questionando até quando as expulsões e, outra referente a opinião do LÉDIO CARMONA que fez a leitura, quanto ao erro na primeira substituição, idem a minha.

        Não entendo a crítica pesada contra o Rômulo. Sim, ainda não esta na melhor forma, mas pedir a sua saída para dar espaço ao MA, uma coisa não implica na outra, pois Arão pode ser sacado.

        Revejam o jogo, caso não me engane eu marquei que aos 20min do primeiro tempo o Rômulo teve que desfazer duas jogadas do adversário no mesmo lance por conta de um erro de um jogador nosso.

        Suadações RN´s pra você.

        Reply
        • Robson, o que vc propõe é jogar com dois volantes cães de guarda, se for isso, eu prefiro o Cuellar como 2o. volante, muito mais veloz e habilidoso que o Rômulo.
          Aliás o Rômulo é o jogador mais ausente, lento, pesado, fora de ritmo de jogo e limitado com a bola nos pés…me arrisco a dizer que ele perdeu a vaga de titular ontem.

          Reply
          • A perspectiva de cão de guarda é sua. Nas entrelinhas, Eu e Egon então falamos bobagens quando dissemos que: “Arão como Rômulo, podem cumprir muito bem este papel”.

          • Nino,
            O que o Rômulo já fez na carreira para ganhar tanta fama e a titularidade pelo nome???

            Dizem que ele sabe marcar, passar e fazer avanços ofensivos, porém, até agora os vi fazendo mal as três características. Notoriamente estamos diante da primeira “SÍNDROME DO PATO”* no futebol, (*O pato sabe nadar, mas existem aves que nadam muito melhor que ele; que sabe andar, mas não com muita desenvoltura; e sabe voar, mas não para muito longe)

            Em assim sendo, passarei a chama-lo de Pato Romulold, em homenagem ao Pato Donald.

      • CONCORDO MUITÍSSIMO, NINO! DE A a Z…
        MA é o único volante que temos no elenco, que sabe marcar e sair jogando. Mesmo com passes de 2 metros…
        Convivemos com essa metástase eternamente! Ninguém naquela porra sabe colocar a bola pra dentro…
        Isso é mais velho que andar pra frente. Mesmo com “3 volantes”, acuamos os caras no campo deles, perdemos várias oportunidades claríssimas, dominamos o jogo… e, perdemos na única oportunidade que tiveram, fora a idiotice do Vaz.
        Jogamos muito no 1º tempo. Como 1 ponto parecia pouco pelo que demostramos, Zé tirou um volante (Rômulo) e colocou mais um atacante (Berrío). O que significa que queria os 3 pontos.
        Pouco depois, sacou o cansado Éverton e colocou Gabriel. Absolutamente normal! Já no sufoco após o gol, colocou Damião e tirou mais um volante (Arão).
        Não vejo em princípio, nenhum erro (dessa vez) do Zé Ricardo…
        Mesmo mudando o esquema e incluindo um volante de marcação e, soltando Arão e Rômulo, só deu Flamengo…
        Mitos como Guardiola e Sampaoli acabaram de ser eliminados. Autuori vencia por 2×0, trocou o volante (Otávio) por mais um zagueiro e cedeu o empate num jogo pra lá de ganho. Ontem, contra o San Lorenzo, levou um baile 90 minutos, inclusive com os caras perdendo penalti e, na tal bola perdida venceram por 1×0.
        O nome disso é FUTEBOL!!!
        VEJO SIM, a velha e surrada frase: “valeu a máxima de que a bola não costuma perdoar muitas chances perdidas.”
        A BOLA PUNE, MEU CAMARADA…

        Reply
        • Nosso caríssimo e amado loiro nórdico garboso de olhos azuis, praticamente o nosso Heeman rubro-negro, saudações!!! Ave Egon! Como sempre seus comentários pertinentes vem jogar luz a escuridão de nossas idéias futebolísticas, mas atenção, eu disse luz, e não muletas como alguns estão supondo! SRN meu velho!

          Reply
      • Também concordo plenamente contigo, amigo Robson. Mesmo “usando” as palavras do Galo. Numa situação diferente como a de ontem e, como Rômulo AINDA não está correspondendo (como 1º volante), manteria MA e Arão.
        Não culpo a mudança súbita de esquema. Provamos que isso não alterou nada, pois jogamos bem.
        O que me deixa p**o, é a quantidade de gols facílimos que perdemos. EM QUALQUER JOGO, seja contra quem for.
        Quanto a se preocupar com o adversário, discordo do Zico! É um princípio básico conhecer o adversário e usar o antídoto. Aconteceu!
        Numa falha individual (Berrío), dançamos…
        Como Diego é nosso grande jogador, não quer dizer que não faça besteiras. Uma falta daquelas, contra um time que comprovadamente adora bolas no abafa, não poderia ter feito uma falta infantil daquelas, no bico da nossa área.
        Justificar derrotas é sempre complicado, meu amigo.
        O que não me faz bem, é a implicância, a ladainha contra um cara que substitui o Top Muricy, encarou um Flamengo, passou o campeonato inteiro dentro de um avião e, com tudo isso, chegou em 2º no Brasileiro com o mesmo número de pontos do Santos. Além, de estar INVICTO há 19 jogos…
        Chegar nesta posição, com “atacantes” nível Cirino, Sheik, Gabriel, Fernandinho e Tuta Peruano… foi um verdadeiro milagre…
        Fazemos muitas críticas, mas, jamais acompanhadas de soluções.
        Tite na seleção, Cuca pescando! Zé está no mesmo nível dos bons técnico atuando no Brasil.
        Grande abraço meu amigo.

        Reply
      • Meu amigo! MA carrega o piano do time inteiro. A posição requer…
        Existem 3 posições importantíssimas entre os 11 jogadores.
        Goleiro que não pode falhar. 1º volante que tem que proteger os zagueiros e, de preferência, NÃO PASSAR DO MEIO DE CAMPO. E, centroavante pra meter pra dentro, mesmo que de bunda, canela ou dedão…

        Reply
    • Robson meu amigo!
      Vou incorrer numa palavrinha detestável. Uma conjunção aguardada, mas que naufragou.
      SE… estivéssemos vencendo por 1×0 e tomando calor do Universidad Católica, mesmo derrotando o time do Chile por placar mínimo, as críticas ao Zé e suas substituições seriam idênticas…
      Pra quem não gosta, pingo é letra e estatísticas são irrelevantes.

      Reply
  11. Caro Kleber , falta de fato uma preparação psicológica e motivacional pra ganharmos esse título . Ontem vi a insegurança do Zé Ricardo e deficiências na nossa zaga( lê-se a imaturidade e falta de concentração do Vaz) como algo que nos prejudicará muito. Não dá pra achar que ganharemos sem ” jogar o jogo” dessa competição !!!! Estou preocupado !!!

    Reply
  12. Bom… realmente muito dificil comentar, esse é o nosso Flamengo de anos, que não consegue ser letal, não consegue matar o jogo, minha visão do jogo foi a seguinte de acordo as notas abaixo.

    6,0
    Alex Muralha
    O goleiro foi pouco exigido, não teve culpa no gol mas não me passa confiança alguma nas saídas de bola.

    6,5
    Pará
    Muito bem na parte defensiva e no ataque se apresentou bem.Joga simples feijão com arroz como sempre e raramente compromete.

    6,5
    Réver
    Praticamente ganhou todas pelo alto e muita tranquilidade durante a partida.

    4,0
    Rafael Vaz
    Longe de jogar o que ele acha que joga, sempre com seus lançamentos mirabolantes. quase complicou no inicio da partida.

    6,0
    Trauco
    Ajudou muito pouco no ataque, acho que ele está aprendendo a marcar melhor, foi muito criticado nisso.

    8.0 (Vão me xingar, mas esse é um leão em campo desde ano passado)
    Márcio Araújo
    Marcou muito, protegeu bem a zaga e desarmou praticamente tudo, não deu chances alguma pro U.C

    4.0
    Rômulo
    Erra muito passe bobo, não sabe ir ao ataque, apesar de se movimentado bem precisa mostrar muito ainda.

    6,0
    Willian Arão
    Esse sempre mantém uma regularidade, ajuda muiiito no setor ofensivo, porem é libertadores e não pode jamais perder um gol com 13 metros na cara do gol.

    6,0
    Diego
    Jogou um abaixo do esperado, nota baixa devido a falta idiota que fez e resultou no gol deles.

    5,0
    Everton
    Fraco na marcação não fez um bom jogo ontem. Não conseguiu criar muita coisa.

    5,5
    Guerrero
    Deu muito trabalho pra defesa deles, mas em contra partida vai levar uma nota baixa devido a função dele que ele não está sabendo fazer … GOLLL´sssss

    4,0
    Berrío
    Entrou bem sempre na correria. Foi expulso e daí ficou complicado pra gente .

    4,0
    Gabriel
    Entrou no fim e com um a menos ajudou na marcação, não tinha nada o que fazer.

    3,5
    Leandro Damião
    Entrou pra fazer dupla com Guerrero e nada fez

    6,0
    Zé Ricardo
    Pra nossa surpresa entrou com 3 volantes, me assustei na hora, mas logo depois vi que o M.A é muiiito importante pro time. Na minha humilde opinião só errou quando colocou o Damião, era pra ter entrado com Viseu

    Reply
    • “6,0
      Zé Ricardo
      Pra nossa surpresa entrou com 3 volantes, me assustei na hora, mas logo depois vi que o M.A é muiiito importante pro time. Na minha humilde opinião só errou quando colocou o Damião, era pra ter entrado com Viseu”…

      EU… EUZINHO… aumentaria esta nota pra 8. Meu parceiro Allex…
      Até porque, Vizeu não estava no avião de ida… kkkkk

      Reply
  13. Algumas conclusões:
    – Rômulo entra na lista de dedo podre da diretoria definitivamente. O cara mal consegue jogar como 1o. volante e o ZR o coloca como 2o. volante? Não deu para entender o Dr. Pardal.
    – Aliás o ZR é campeão em contrariar previsões, eu nunca vi igual.
    – Outra, MA não pode sair desse time, gostem ou não.
    Guerrero reeditando suas piores participações, perdendo gols, reclamando da arbitragem e fazendo faltas nos zagueiros.
    Penso que o time confirmou sua deficiência ofensiva quando se trata de jogo de nível.
    Libertadores não é lugar para time covarde, e o ZR abdicou de ganhar imitando o Jair Rodrigues no jogo de volta do Botafogo na fase de grupos.
    SRN.

    Reply
  14. Libertadores não perdoa!
    Dominamos o jogo na maior parte do tempo. Criamos 4 chances claras de gol, 3 a favor e 1 contra (Vaz não é zagueiro pro Flamengo), o jogador que todos queriam ver jogando Berrio teve participação direta na derrota (estava marcando o tanque no lance do gol e foi expulso infantilmente) cheguei a conclusão que Márcio Araujo mesmo não sendo o ideal, tem que barrar o Rômulo.
    ZR não teve grande culpa no resultado, seu maior erro foi a entrada do Damião, um poste, no mais é aprender com mais essa derrota e ganhar o próximo jogo pra buscar a classificação.

    Reply
  15. Kleber,segundo o velho Apolo,”o futebol se decide nos detalhes”,e quais influiram no resultado final do jogo…?
    -a falta desnecessaria do Diego.Ja chegou vendido no lance.Ate porque esta jogando sobrecarregado no meio campo,(marca,cria,bate corner,etc..)
    -a perda de varias chances de fazer gol.Jogando no campo adversario,nesta competição,não pode deixar de marcar.Não faz,leva…!
    -juiz domestico.Por que deu cartão amarelo para o jogador da Catolica no lance do Berrio…Que foi agarrado quando corria em direção ao gol esperando o cruzamento da linha de fundo.E claro que Berrio não deveria ter empurrado o defensor da Catolica,poderia se desvencilhar do zagueiro e ficar em posição de chute.Mas…
    Os mais antigos conhecem o lema,”Flamengo tua gloria é lutar”,é que o FLA tem que fazer doravante,sempre
    SRN…

    Reply
  16. Faltou pontaria, faltou marcar a bola aérea, faltou ousadia na escalação, faltou raça, enfim faltou quase tudo !
    A entrada de MAraujo deveria ser no lugar desse Romulo , que não corre , não marca e não joga nada. Para a vaga de Mancuello, deveria ter entrado o Gabriel.
    Zé Ricardo escalou errado, demorou a mexer e tambem ainda não percebeu que esse esquema de Everton e Diego revezando como segundo atacante não esta dando certo, pois Diego joga mais quando vem com a bola dominada , e não colado no Guerreiro.
    Já Rafael Vazco é um capitulo a parte. Zagueiro lento, fraco tecnicamente, , ruim no jogo aéreo e adora inventar, me pergunto como Juan pode ficar no banco pra ele? Ontem foi um show de horrores sua atuação.
    No segundo tempo , também vi o time muito passivo, sem raça, tentando administrar o 0x0….Libertadores precisa de algo mais , de muita vontade, vide o Botafogo , que apesar de fraco tecnicamente , tem jogado a competição com extrema dedicação.
    E o marajá do RCaetano? quando será demitido ?

    Reply
  17. Kleber,
    O time pode até ter sido bem escalado, mas não podemos relevar o fato de que o time, desde o início da era Bandeira,com raríssimas exceções, sempre que é exigido, vamos dizer, ao extremo, não corresponde. Foi assim nas competições que disputou no ano passado e se mantém no nível este ano.
    Fica evidenciado, também, que o treinador precisa preparar alguém para jogar ao lado de Réver. O Vaz é um que, na hora decisiva, faz lembranças. Será que o Donatti não vale nada? Por que, então, foi contratado? e o Juan, não se adapta ao lado de Réver?
    O Guerrero, este ano, bem melhor, escorrega nos erros quando temos pela frente um jogo cercado por nervosismo ou maior responsabilidade. Faltam quatro jogos. É muita coisa, mas um mau resultado contra o Atlético PR em casa será um desastre. Temos de vencer de qualquer maneira!

    Reply
  18. Kleber,
    Infelizmente, mais um fracasso…

    Ontem, assisti a coletiva do “grande Zé” após o jogo, quando perguntado sobre o motivo da escalação do Massaraujo, o mesmo respondeu que ele era mais rápido na recomposição defensiva do que o Rômulo e o Arão e isso seria importante pois o time chileno tinha um jogador espetacular no meio de campo ( Buananotte), que era o principal articulador do time…

    Kleber, me desculpe, mas entrar em campo preocupado com BUANANOTTE é demais mais para mim…
    Com esse espírito não passaremos da fase de grupos, quem é BUANANOTTE??? Ou melhor, quem é Universidad Católica, para gerar tanto RESPEITO no “grande Zé”???

    É injustificável se entrar com TRÊS VOLANTES E SE ALTERAR O ESQUEMA QUE VEM JOGANDO SEMPRE, para enfrentar um time limitadíssimo como esse, que tem como seu atacante principal o horroroso Santiago Silva, já com 36 anos…

    Vale uma máxima do futebol: O MEDO DE PERDER, TIRA A VONTADE DE GANHAR !!!

    Entramos em campo para empatar, que na avaliação do “grande Zé” já seria excelente, talvez até fosse se estivássemos enfrentando um bom time, mas não era o caso, acho inclusive, que o fato de o jogo ter sido após a vitória do Atlético PR, isso indiziu essa avaliação incorreta do nosso inexperiente técnico.

    Já li em outros posts aqui, e concordo plenamente, que Libertadores não se joga para empatar, não se joga para “controlar o jogo”, não se pode dar chance para o adversário mais fraco levar o jogo, que supostamente está “controlado” pelo mais forte, para a possibilidade de jogar por uma bola, e foi isso que aconteceu ontem, o Flamengo ao invés de se impor, de partir para a vitória é sufocar o time mais fraco, deu a esse time a chance de jogar por uma bola e convenhamos, jogar por uma bola contra uma defesa que tem Rafael Vaz, não é lá muito difícil, ele até tentou dar um gol no 1o tempo, mas o horroroso Santiago Silva não soube aproveitar…

    Enfim, agora estamos numa encruzilha, temos a obrigação de fazer, pelo menos, 4 pontos nos próximos 2 jogos contra o Atlético PR, mais especificamente, entraremos no 1o jogo, que é em casa, com a pressão de ter que ganhar, espero que o “grande Zé” avalie melhor e aprenda, como a dura lição de ontem, como se deve jogar na Libertadores.

    Para finalizar, algumas cutucadas:

    > ATE QUANDO VAMOS TER QUE ATURAR O RAFAEL VAZ ??? (ontem na coletiva após o jogo, o “grande Zé” minimizou a péssima atuação dele dizendo que o erro no lance do 1o tempo foi apenas UM DETALHE);

    > ESCUTEI ONTEM E LI HOJE ALGUNS COMENTARISTAS DIZENDO QUE O MELHOR DO FLAMENGO FOI O MASSARAUJO !!! (resultado do jogo, DERROTA do Flamengo)

    SRN

    Reply
  19. Prezados,
    Não vou repetir o que acho do “treinador”, já escrevi muito sobre o que acho do Zé Ricardo (desde o ano passado)…

    O jogo só foi bom por três motivos:

    1) Evidenciar o quanto o Rafael Vaz é FRACO. O Zé Ricardo está esperando ele complicar, de vez, em um grande jogo decisivo? Este jogador beira o nível Wallace de qualidade futebolística..

    2) Evidenciar que o Rômulo é a versão volante do P.H.Ganso, no que se refere a ser lento e insosso! O cara é tão lento na recomposição/marcação que nos faz ter mais segurança com o Marcio Araújo em campo (O MÁRCIO ARAÚJO!!!). “Mas ele é bom nos avanços”, dizem alguns… Que “avanço” eficiente este jogador já fez??? Vou mais longe, o que este indivíduo já fez na carreira para ganhar tanta fama e a titularidade pelo nome???

    3) Evidenciar o quanto o Guerrero não serve para o que o Flamengo precisa. Temos um atacante caro, frágil emocionalmente e improdutivo para o ofício que DEVE realizar, que é o de fazer GOLS (não me venham falar de gols em carioquinha, por favor!). Qualquer zagueiro com um pouco mais de malandragem consegue tirar o foco do Tuta Peruano. Chutar bolas “raspando na trave” é ser ineficiente, é o mesmo que um zagueiro que quase consegue tirar a bola no gol do adversário. (Por tudo que já fez NO FLAMENGO, GUERRERO vale 900 mil por mês???)

    Reply
    • Diego S. Oliveira, ia escrever algumas coisas, mas assino embaixo aos seus três tópicos. Só queria ressaltar o quanto o Guerrero é sempre a mesma coisa: Erra inumeros gols, sobretudo em jogos decisivos. Ta SEMPRE mais preocupado em sair na porrada com os zagueiros que fazer gol. Só nao foi expulso ontem porque o juiz era tambem peruano e aliviou legal pra ele. Guerrero péssimo custo beneficio, tanto financeiramente mas sobretudo esportivamente !!

      Reply
      • Marcelo,
        O pior é que nem na porrada ele sai, fica com cara de adolescente mimado criado em prédio, só reclamando…

        Ele é ruim e lento na finalização, é de dar uma agonia tremenda para quem já viu um Romário, um Adriano e até mesmo jogadores medianos como Hernane Brocador, Sousa Cadeirão e Obina em boa fase. Todos esses tiveram números melhores que o supervalorizado Paolo Guerrero.

        Reply
        • Meu amigo Diego! Inventaram uma lenda do Boitatá, que PIVÔ é tudo de bom…
          É o cara que joga na frente dos zagueiros, para a chegada dos atacantes e meias. Tipo Souza Caveirão e Aloísio…
          Essa besteira institucionalizada, só combina, se na área tiver um centroavante de referência. O cara que num toque só coloca a bola dentro da casinha. Romário, Dario, Hernane, Fred etc…
          Até a draga das dragas chamado Damião, conseguiu fazer 3 gols num jogo…
          Quando, no Flamengo ou Corinthians, esse pseudo centroavante chamado Tuta Peruano, fez 3 gols num jogo???
          Num time em que TODOS perdem gols incríveis, usuários de botinhas ortopédicas e, clientes assíduos do Dr. Scholl’s… o que NÃO precisamos é de um pivô, mas sim, de um matador matador…

          Reply
  20. Time apesar de dominar não abriu bem as jogadas, o time da católica é horroroso, não podíamos perder esses três pontos, precisamos de seriedade, o Vaz acha que esta jogando a serie B com o antigo time dele, não é por ai, muito displicente.

    MA provando o seu valor, ZR acertou na escalação inicial, apenas como cornetada leiga, acredito que o Everton consiga desenvolver essa função que o Romulo tentou executar em campo ontem, alias, foi jogando nesta posição pelo CAP, que ele se destacou e chamou a atenção do Fla para contrata-lo novamente, ou trazer o Mancu para sua posição de origem, acredito que daria mais opção de saída de bola pelo meio, abrindo uma vaga no ataque que poderia ser do própio Berrio, Gabriel…

    Outro fato notório é que se o Guerrero não se acostumar as provocações ficaremos sem ele no time por muitos jogos, disseram, não sei se é verdade, que o Berrio pode pegar de 3 a 6 jogos, pense no prejuízo….

    SRN

    Reply
  21. Foi muito duro perder o jogo ontem. O time não foi tão mal como estou vendo nos comentários aqui. Dou o braço a torcer em relação ao Massaraújo, realmente não temos um cabeça de área que marque como ele no elenco. Ainda quero crer que o Rômulo esteja fora de rítmo de jogo, porem para dar ritmo, temos o carioquinha….se jogar só isso mesmo….ah Rodrigo Caetano!
    Pessoal, tenho insistido aqui que o Vaz não é zagueiro para ser títular do time. Estou vendo mais concordâncias quanto a isso. Não é possível que , mesmo com 37 anos, Juan não jogue mais que ele. E o Donatti? Será que é tão ruim? Não é possível!
    Muralha continua a não passar “aquela confiança”.
    Gente, para sermos campeões, temos que ter OS MELHORES. Chega de jogadores meia boca…
    Tudo isso, aliado a alguma falta de sorte nas finalizações, pouca garra, a falta bizarra de Diego (fruto da substituição errada de Everton) e, acho, a nossa soberba, achando que ganharíamos o jogo a qualquer hora, nos causou a derrota!
    SRN

    Reply
    • Mauro, vc esta enganado com relação a zaga, mais especificamente com o Vaz. Em que pese as trapalhadas dele, o fato é estatístico, essa é a melhor zaga dos últimos anos no clube, são os nrs. que provam isso! Eu pessoalmente gosto do Vaz e não vejo motivo para desarmar uma zaga entrosada e com nrs. tão bons. SRN.

      Reply
  22. Prezados Rubro-Negros, como já postei aqui por diversas vezes, não temos opção para o ataque. Quem temos:

    Guerrero, Leandro Damião, Felipe Vizeu, todos com a mesma característica, Cirino e o seu sósia Berrio (não consigo definir quem é o pior), também com a mesma característica.
    Temos uma infinidade de jogadores de meio-campo:
    Conca, Diego (não acho que seja um atacante. É um meia que chega no ataque), Éverton (outro meia que chega no ataque), Mancuello, Gabriel (outro meia que chega no ataque), Márcio Araújo, Rômulo, Cuellar, Ronaldo, Arão e ainda posso citar Paquetá, Adryan e Matheus Sávio.
    Ou seja, 5 atacantes e 13 meias.
    Volto a dizer, o Zé olha para o banco e não encontra opção para o ataque. Fazer o quê?
    Caro Kleber, gostaria que você com ex-Presidente e sabedor de tudo que se passa dentro do nosso amado Clube, dissesse quem são os olheiros para contratação de jogadores.
    Contrataram esse rapaz chamado Rômulo para quê? Temos no elenco jogadores muito melhores que ele. Não marca, não passa bem e fica perdido em campo.
    Que planejamento é esse para contratações?
    Quiseram se livrar do Cirino, não conseguiram e depois contratam um sósia pior do que ele. O cara só sabe correr. Não estou dizendo isso pela expulsão de ontem, que até achei injusta, mas, pelo que já vi até agora.
    Pedem a cabeça do Vaz todos os dias. Vivem pedindo Donatti. Esse é outro que até agora, nas partidas que jogou não mostrou segurança.
    Pedem, também, a cabeça do Márcio Araújo. Não temos no elenco outro jogador que seja melhor nessa função. Cuellar? Jogador comum.
    É um elenco grande, de bons jogadores, porém, muito mal planejado.
    Finalizando, sobre o jogo de ontem, só acho que a entrada do Gabriel no lugar do Rômulo seria a melhor opção, e não o Berrio.

    Reply
    • Meu amigo Luiz!
      “Volto a dizer, o Zé olha para o banco e não encontra opção para o ataque. Fazer o quê?”
      Este ano ainda melhorou sensivelmente com a contratação do Berrío!
      Imagina no ano passado, quando conseguiu o milagre de chegar em 2º com o mesmo número de pontos do Santos, com um “ataque 6 por meia dúzia” composto por Sheik, Gabriel, Cirino, Damião, Tuta Peruano e Gabriel…
      Isso é a visão do inferno, meu amigo.

      Reply
      • Caro Carlos,

        Pensamos igual, porém, só discordo em relação ao Berrio. Sinceramente, acho que foi mais uma contratação equivocada. Espero estar errado.
        Um abraço.

        Reply
        • “Espero estar errado.” kkkkkkkkkkkk
          Vamos rezar por isso, amigo Luiz.
          Embora tenha feito parte do trio Parada Dura do campeão da Libertadores (Berrío, Guerra e Borja), é evidente que seu melhor fundamento é a velocidade.
          Nossa ansiedade fica por conta, se o carinha vai para o trono ou para o Jokey Club Brasileiro…
          Enorme abraço irmão

          Reply
  23. Kleber discordo de voce, em relação ao Diego, jogou muito, ontem de ate a hora do gol, ele tinha dado 29 passes e acertou 28!!!! Ou seja errou 1 só. E o Fla jogou muito bem ontem, a minha preocupação é com o nervosismo do time, ele cai na pilha dos adversarios muito rapido!!!!

    Reply
  24. Zé escalou bem e o Márcio Araújo foi o melhor em campo. Time estava bem e criou várias chances com Guerrero, Everton, Arão, faltas, etc. Perdeu no mínimo 5, 6 chances muito claras

    Aí o Berrío saiu da marcação do Santiago Silva no escanteio e depois foi expulso. Aí é f#4%

    Kleber, se não me engano o Arão saiu quando o Flamengo estava perdendo e para a entrada do Damião. Foi aquele último ato de desespero.

    O Flamengo novamente se complica sozinho e agora terá quase 1 mês de pressão até o próximo jogo da Libertadores. Mas assim é o Flamengo. Nunca dá para ficar tranquilo.

    É do cara ficar puto e terminar a semana indignado.

    Reply
    • Henrique, vc reparou como o Berrio já se tornou figura central dos dois maiores insucessos do time na temporada?
      1o. o imperdível gol que ele perdeu contra o Fluminense na decisão.
      2o. o inaceitável drible de corpo que ele tomou do Santiango Silva no lance do gol.
      É um jogador empolgante, que tem identidade natural com a torcida, mas precisa tomar um banho de sal grosso!
      SRN.

      Reply
  25. Um time que tem mais da metade de seus jogadores questionados, inclusive seu técnico, é um bom time ? Quantos questionam Muralha, Pará, Vaz, Márcio Araújo, Rômulo, Everton, Arão, Guerrero, o recém contratado Berrio, entre outros? E o questionamento vem da própria torcida, sem falar no Zé! E as contratações inconsequentes desses gringos que vivem no banco? Será que o futebol está no caminho certo ? Ano passado não ganhamos NADA! esse ano, já perdemos a taça Guanabara. O que mais nos aguarda ?

    Reply
  26. Caro Kleber e amigos!
    Mesmo atrasado nos meus comentários, achei por bem ver a manifestação de boa parte dos amigos que fazem parte do blog, para assim me expressar.
    A primeira impressão que me dá é que esse jogo é daqueles que vamos lamentar por muito tempo, face o adversário muito fraco, sem inspiração e literalmente dominado. A maior parte do jogo fomos dominantes, dono do jogo, dono da casa e dono das melhores chances. Tudo isso foi claro.
    Infelizmente e põe infelizmente nisso, futebol de libertadores requer a ousadia do chamado “matar o jogo”. O Católica pediu para perder e nós pedimos para não ganhar. Nessa indecisão, os deuses ajudaram os donos da casa.
    Nós podemos falar de vários erros, de substituições, da falta muito infantil do Diego, da expulsão, do passe errado e de outros. O tempo passou e jogamos fora uma grande oportunidade contra um time com pouco futebol.
    Nisso tudo, ficam algumas lições para serem repensadas:
    1) O Márcio Araújo é titular com sobra – indiscutivelmente, até mesmo se o Tite fosse o nosso técnico
    2) O Rômulo está completamente fora de forma e talvez até o banco não seja seu lugar no momento
    3) O Vaz precisa ser bem melhor orientado. Muitas vezes o mesmo baixa a cabeça numa atitude totalmente peladeira
    4) O que pode ser feito para não abalar o time
    5) Em hipótese alguma podemos deixar de ganhar do Atlético – PR no próximo jogo ou do contrario, esse jogo de ontem jamais será esquecido de fato
    No mais, acho que o ZR pode errar e vez por outra o fará, porém, precisa entender melhor o sentimento de uso de banco, ou seja, inovar vez por outra faz bem ao jogo.
    Ontem depois do Rômulo, eu ficaria até o fim com aquele time.
    Pois é! Não deu! ontem não foi o dia. É muito difícil uma partida de libertadores em que não exista punição pelos gols perdidos. Ontem não foi culpa do ZR ou da marcação. Perdemos pelo que não fizemos de mais importante no ataque. Eles precisaram apenas de um e nos atacaram cruelmente. Vamos em frente e que o atlético pague pelos nossos erros de ontem. Se assim não for, vamos sofrer o que não desejamos ou esperar que a sorte de ontem nos alcance em outra curva. E como ontem foi esquisito, faltou o DIEGO chamar para si a responsabilidade e dizer: eu estou aqui. Ontem o Flamengo falou muito com o adversário e esqueceu de falar com ele mesmo. Ontem foi o dia que o destino escolheu quem deveria perder antes da bola rolar.
    SRN

    Reply
  27. Amigo Chico!
    Concordo plenamente com os seus 3 primeiros parágrafos. O que na verdade, responde em parte o 4º…
    Quanto ao 5º, o jogo contra o Atlético Paranaense se transformou no último biscoitinho do saco. Temos que comer rápido antes que alguém coma.
    Porémmmmmmm… passeando pelo seu texto, continuo surrando a mesma tecla.
    NADA, mas nada mesmo, é mais importante que aproveitar as milhares de oportunidades perdidas. Isso é mais velho que o Homem de Neandertal.
    Como ganhar em média R$300 mil, só fazer isso 24 horas por dia, e errar um retângulo abissal com 7,32 metros de comprimento, por 2,44 metros de altura?????
    Zé mudou o esquema (acertadamente, pois precisamos de um protetor dos zagueiros), liberou Rômulo e Arão pra ir e vir, mas a frase pontual do Muricy foi mais sábia que a do Luxemburgo. “A BOLA PUNE”…
    Abraço no amigo

    Reply
    • Amigo Egon!
      Obrigado pelo retorno!
      No próximo jogo realmente poderá apontar um principio de crise – que no Flamengo, é da noite para o dia e tanto faz, caso não conquistemos a vitória. Meu sentimento é que venceremos.
      No próximo jogo uma vitória salva e em seguida, ganhamos fora e do Católica no Rio.
      No mais amigo Egon, tem gols que até uma trave do tamanho de futsal se faz com facilidade. Para fazer gol o Flamengo às vezes faz a bola quadrada e a trave certamente redonda.
      Vamos confiando. Precisamos ganhar essa libertadores.
      SRN querido amigo!

      Reply

Comente.