Mais claro, impossível!!!

Recebi do meu querido irmão Radamés Lattari este texto que apresento aqui no blog, que sepulta de vez o tema do campeonato brasileiro de 1987.


Filho de torcedor do Sport pergunta ao pai: “Pai somos os campeões brasileiros de 87?”
O pai responde: “Sim, claro que somos!”

Filho pergunta então:Pai, quanto ficou Sport x Corinthians?”
Pai: “Não jogamos contra o Corinthians.”

Filho: “Quanto ficou Sport x São Paulo?”
Pai: “Não jogamos contra o São Paulo.”

Filho: “Quanto ficou Sport x Palmeiras?”
Pai: “Não jogamos contra o Palmeiras.”

Filho: “Quanto ficou Sport x Santos?”
Pai: “Não jogamos contra o Santos.”

Filho: “Quanto ficou Sport x Cruzeiro?”
Pai: “Não jogamos contra o Cruzeiro.”

Filho: “Quanto ficou Sport x Atlético-MG?”
Pai: “Não jogamos contra o Atlético-MG.”

Filho: “Quanto ficou Sport x Grêmio?”
Pai: “Não jogamos contra o Grêmio.”

Filho: “Quanto ficou Sport x Internacional?”
Pai: “Não jogamos contra o Internacional.”

Filho: “Quanto ficou Sport x Vasco?”
Pai: “Não jogamos contra o Vasco.”

Filho: “Quanto ficou Sport x Fluminense?”
Pai: “Não jogamos contra o Fluminense.”

Filho: “Quanto ficou Sport x Botafogo?”
Pai: “Não jogamos contra o Botafogo.”

Depois um silêncio profundo, o filho pergunta já com medo da resposta…

Filho: “Pai, ganhamos jogando contra quem?”

E o pai todo orgulhoso responde: “Fomos campeões brasileiros da 1a divisão em 1987 vencendo os poderosos Criciúma, Joinville, Portuguesa, Inter de Limeira, Bangu, Ceará, CSA de Alagoas, Treze da Paraíba e super Guarani de Campinas…”

O filho abaixa a cabeça e diz que não vai comentar esse assunto na escola…

Simples assim.


E, alguns sábios ministros do nosso STF não conseguiram entender algo tão simples.

1 Comentário

  1. Flamenguista de verdade não discute esse campeonato de 1987!!! Todos nós já sabemos quem é o campeão!!! E PONTO!!! Não vamos ficar dando ibope para esse time de Recife que só é conhecido às nossas custas quando essa discussão vem à tona!!!

    Reply
  2. “O título de 87 é igual ao sítio de Atibaia, no papel pertence a um mas todo mundo sabe que o dono é outro”

    Juca Kfouri:
    “O STF que deu razão ao Sport é o mesmo q manteve Renan Calheiros na Presidência do Senado. Fla é o verdadeiro Campeão”.

    Reply
  3. Não acho difícil entender o motivo da birra do Sport em querer manter exclusivamente o título de campeão brasileiro de 1987. Qual a probabilidade desse “clubeco”, como citado pelo Excelentíssimo Sr. Doutor Carlos Egon Prates, ganhar outro título brasileiro? Chance quase zero. Mas e qual é a probabilidade de ganharmos novamente outro(s) título(s) brasileiro(s)? Várias, enormes. Clube pequeno, pensa pequeno.

    Quando a CBF decretou os dois como campeões brasileiros, achei que ali seria uma ótima oportunidade de encerrar a birra do Sport e manter a paz com os grandes clubes. Pensou pequeno, quis partir para a briga. Ainda vai pagar caro por isso. O Flamengo vem numa crescente e tudo caminha para se tornar uma grande força daqui para frente em todos os campeonatos que disputar. Já o pobre primo coitado, vai ficar eternamente na lembrança desse único título expressivo. Já temos vários, não precisamos mendigar tanto para que se haja reconhecimento de uma fato esportivo ocorrido dentro de campo. Ganhar em tribunais nunca assegurará a legitimidade do ganho, será sempre “forçado”.

    Uma vez Flamengo, sempre Flamengo. SRN

    Reply
  4. kkkkkkkkkk…. AAAAAhhhh Grande Helder! Essa foi SODA….
    “Excelentíssimo Sr. Doutor Carlos Egon Prates”.
    Você está absolutamente certo! Mais fácil o Tom fritar o Jerry…
    Clubeco de categoria C, com 5 rebaixamentos no lombo e, também por omissão dos nosso dirigentes, está fazendo essa marola toda…
    Eles estavam tão por baixo em 1987 (além de ter caído em 1986), que o convidado para integrar o Clube dos 13, foi o Santa Cruz…
    O que não entendo, e seria uma decisão salomônica do STF, não entregar aos dois o título de Campeão Brasileiro de 87.
    Entendo menos ainda, com 3 ministros na corte sendo rubro-negros, perder esse título no tapetão…
    Barroso optou por dividir o título, Luiz Fux se declarou impedido e, Marco Aurélio, mesmo com a carteirinha de sócio no bolso, fez papel de anticristo e nos apunhalou pelas costas…
    Como disse Roberto Carlos: SE CHOREI OU SE SORRI, O IMPORTANTE É QUE EMOÇÕES QUE VIVI…

    Reply

Comente.