André Gustavo Richer

André Richer (Reprodução da internet)

De malas prontas para voltar, recebo a triste notícia do falecimento do ex-presidente do Flamengo, André Richer.

Os rubro-negros mais jovens, acostumados com os números estratosféricos via direitos de TV, marketing e sócio torcedor nos dias de hoje, não têm ideia das dificuldades encontradas pelos que presidiram o Flamengo em outros períodos.

E, esse é o caso de Richer, pessoa de finíssimo trato, um gentlemen na acepção da palavra que, como outros tantos ex-presidentes, se virou para manter a pipa rubro-negra no alto.

O Flamengo, em respeito à tradição do clube, que nasceu através do remo, sempre abraçou os esportes olímpicos e, como já frisei aqui no blog, já houve uma olimpíada em que um terço da delegação brasileira era composta por atletas e treinadores do Flamengo. Isto sempre custou ao clube uma fortuna incalculável, pois só havia gastos. Receita, zero.

Mesmo assim, ocupando o lugar do Estado, que deveria se responsabilizar por este espaço, o Flamengo ia se virando como podia, até porque, jamais houve uma contrapartida para o sacrifício rubro-negro por parte de nenhum governo.

Posto Mengão (Reprodução da internet)

André Richer, com o seu jeito educado e persuasivo, conseguiu alugar um espaço no terreno da Gávea, onde – durante muito tempo – abrigou o posto Mengão, explorado pela ESSO. O tema na época foi controverso, porém, com apoio quase unânime do Conselho Deliberativo, que carimbou a negociação. Em síntese, naquela época, encontrou o ex-presidente a saída para o problema.

A minha homenagem a este grande rubro-negro, e por tabela, a todos os que não estão mais conosco, que entregaram parte significativa das suas vidas à nossa maior paixão.

Descanse em paz, querido amigo e companheiro, André Gustavo Richer.

1 Comentário

  1. Meus pêsames a família do ilustre André Gustavo Richer.

    Sem querer entrar no mérito da questão, o posto Mengão era um espaço fantástico!

    Me lembro de antes de minhas partidas de tennis ir ao posto Mengão para um lanchinho, ou apenas ponto de encontro com amigos antes de bater uma bolinha!

    O posto tinha de tudo, salgadinhos, cigarros, whisky, cerveja, enfim, em mim deixou saudades!

    Reply
  2. Somos dois, Nino. Por morar nas redondezas, frequentava sempre o Mengão. E era um enorme orgulho. O posto era quase que uma parada obrigatória antes de chegar em casa. Comprava refrigerante, cerveja, sanduíche e até cigarro, quando o hábito de fumar não era tão condenado e não sabíamos que fazia tanto mal.

    Quanto ao sr. André Richer, meus pêsames à família. Foi um grande presidente, mas, em minha opinião, perdeu pontos sendo vice do Nuzman no COB. Aquele comitê se assemelha à casa magnânima de nosso futebol em determinadas questões.

    Reply
    • Poxa Fernando, era um espaço bacana, frequentado por pessoas bacanas, o posto tinha até gasolina! rs

      Acabaram com o posto e já se vão mais de 10 anos de tapumes no local.

      Mas me parece que deu conflito com a finalidade com o que o clube pode usar o terreno, ou seja, não para fins comerciais. Foi o que se falou na época.

      Mas entretanto agora tem a tal da Arena Mac que terá uma lanchonete da rede no local aprovada e tudo, ai fiquei sem entender.

      Reply
      • Aliás esse terrível projeto da arena Mc vai destruir as quadras 1 e 3 de tennis, o que eu acho um perfeito absurdo!

        Por que não constroem esses ginásio no terreno do campo de futebol em desuso? A área do campo e das arquibancadas equivale a mais de 50% do espaço da Gávea.

        E vc sabe quando irão reconstruí-las em outro local na Gávea? Nunca!

        Assim como o parque aquático as quadras deveriam ser tombadas. Elas possuem um certo ar retrô (devido aos muros e a tranquilidade) que é difícil de ver hoje em dia.

        Reply
  3. Bela homenagem Kleber.
    Meu pai foi o Vice de Futebol do Richer, uma figura humana fantástica, sujeito ético e discreto, um conciliador, dirigente de uma época que não existe mais, foi mais um que deu muito de sua vida para transformar o Flamengo no gigante que é hj.
    Pecado que muita gente acredita que o Flamengo nasceu outro dia.
    Tenho certeza que já está lá em cima batendo papo com Tio Ivan Drumond, Hélio Mauricio, papai e tantos outros.

    Reply
    • Queridos Kleber e Radamés. Lembranças da educação da figura humana do Dr. Richer , como eu costumava chamá-lo.
      Do tempo em que o Flamengo dependia de abnegados como tio Radamés, meu pai, Hélio Maurício, Fadel Fadel, Gilberto Cardoso e muitos outros que sacrificavam a vida particular em prol de um amor maior.
      Certamente a resenha no céu ganhou mais um participante e de peso. Aliás como a corneta deve estar tocando lá em cima com as trapalhadas da turma aqui em baixo.

      Reply
  4. Fernando, amigo,
    Nao misture as estações. Richer, foi uma das figuras mais íntegras que conheci. Às vezes, mesmo sem a menor intenção, determinado tipo de colocação pode se transformar, dependendo de quem interpreta, em colossal injustiça.
    Richer, foi um ser humano do bem.
    Forte abraço.

    Reply
  5. Honestamente conheci pouco o ex presidente, acompanhando mais pelos jornais na época e lembro-me bem que num periodo dificil do clube no futebol, o jornalista Altair Baffa, falecido em 2007,então no JORNAL DOS SPORTS, disse em matérias com a manchete: “REMADOR VASCAINO AFUNDA O FLAMENGO”, fazendo referencia ao fato de André Richer ter sido atleta do Vasco, não posso afirmar se verdadeiro. Não me lembro da administração dele, sei que o clube ia mal no futebol, mas nesse instante é o que menos importa. Meus pesames à familia enlutada e que Deus os conforte nesse momento dificil.

    Reply
    • Ao que tudo indica Marcos. É só pagar a multa de 4mi de Euros e não tem choro! Principalmente pelo fato do jogador desejar ir, afinal ele deverá receber algum tipo de luvas e aumento salarial, mas vamos aguardar!

      Reply
      • Acho o Everton22, embora esforçado, é extremamente limitado. Enquanto ele permanece no clube acabamos fechando portas para o surgimento de algum outro jogador mais inteligente.

        Reply
      • Mais uma, dentre tantas, incompetência dessa diretoria em assuntos do futebol. Renovou o contrato de um dos principais jogadores do elenco, no fim do ano passado e fixou a multa em apenas 4 milhões de euros. É muita burrice.

        Reply
  6. Foi na gestão do André Richer, que o Flamengo contratou P.César Caju, na época a maior transação do futebol brasileiro, dois milhões de dólares, contratou o treinador Zagalo, então no auge de sua carreira, Rogério, o goleiro Renato, Doval. O Flamengo foi campeão carioca do sesquicentenário da independência em 1972, quando o Carioca valia muito, campeão do Torneio do Povo e por aí vai. Valeu Richer, que tb foi um grande remador do Flamengo…

    Reply
  7. Se a memória não me falha, elegeu-se pela 1ª vez para o biênio 1969/70 após uma renhida disputa com o saudoso Tio Antônio, como carinhosamente eu chamava o Seu Moreira (Antonio Moreira Leite), outro grandíssimo rubro-negro, que, a princípio, era o favorito para se tornar Presidente. Verdadeiros expoentes na história do Flamengo. Que descanse em paz o nosso André Richer e meus sentimentos à família.

    Reply
  8. Confesso envergonhado que pouco conheço da história do ex-presidente André Richer. Mesmo com meu desconhecimento, não tenho porque não poder admirá-lo agora pelos feitos dele que já foram aqui relatados, como o posto Mengão, entre outras façanhas. Se fez o bem ao Flamengo, fez um bem à vida de milhões de pessoas! Meus sentimentos à família e amigos mais próximos e que São Judas Tadeu o receba para conduzí-lo pelos céus até nosso Deus-Pai que, como todos sabem, é brasileiro e, se Ele mesmo quiser, Flamenguista!
    Meu respeito e condolências.
    SRNs!

    Reply
  9. Saindo um pouco do triste tema deste post, li algumas notícias, uma que está nos principais portais (saída do Éverton Cardoso para o São Paulo) e outras que 2 que foram informadas pelo Guilherme Momensohn, empresário e agente de jogadores.
    Quanto à saída do Éverton Cardoso, pode até ser que sinta falta, mas não sou contra. Acho que é um jogador esforçado, que até faz gols importantes, mas que não é um nome inquestionável para o flanco esquerdo do nosso ataque. O fato de termos Vinícius Jr no elenco e reclamarmos que ele não joga, eventualmente porque o Éverton ocupa aquele espaço, é praticamente assinar uma vaga, enfim, ao nosso menino de ouro, que só fará desenvolver seu futebol conforme participar de mais e mais partidas desde o princípio.
    Sobre as notícias do Guilherme Momensohn, a 1a delas trata de que o Santos quer o Willian Arão e mais R$ 16 milhões pelo Zeca. Como uma saída do Éverton geraria praticamente esse capital e eu também não tenho oposição à saída do Arão, ainda que não ache o Zeca uma unanimidade como a maioria da torcida parece achar, eu fecharia negócio antes que o Inter o faça. Penso que o Arão e o Éverton são 2 medalhões dos quais o Flamengo precisa se desfazer. Outro deles é o Pará que, leio, voltará ao time titular junto com o Arão, no que penso ser um imenso retrocesso.
    A 2a delas trata-se, a meu ver, de uma “cavada”: uma eventual troca do Éverton Ribeiro pelo Diego Souza. Nesse caso, tenho imensas dúvidas sobre o que seria “menos pior”. Ainda não podemos confiar no futebol do ER, porém, o DS é muito instável, já desrespeitou muito o Mengão e, além de tudo, é mais velho e já vai ser o 2o clube que ele praticamente abandona em 2 anos (Flu e SP), sem falar na forçada pra sair do Sport nessas 2 oportunidades. Penso que, apesar de tudo, talvez seja melhor mantermos o ER, que foi um grande investimento. Se fosse uma troca com o Cruzeiro pelo Thiago Neves, eu assinaria no exato minuto em que a proposta chegasse, pois o TN é muito mais decisivo.
    SRNs!

    Reply
    • Marcus, o Santos quer 16 milhões e ponto. Nada a mais.

      Vai que o Santos aceite trocar o Everton pelo Zeca….eu acho jogo.

      Mas perder a chance de mandar embora o Arão ???

      Pois e !!

      Reply
      • Anderson, eu acho que chega uma hora que o jogador tem prazo de validade no clube. Esse é o caso do Pará, Arão e do Éverton, que parece que vai mesmo. Nessa hora, os caras já não rendem ou já se acomodaram, enfim, fica chato de ver. Para o ano que vem, a meu ver, “vencem” o Rever, o Juan e até o Diego, se não voltar a jogar em melhor nível. Eu só não boto o Guerrero nesse barco porque precisamos “descobrir” um atacante de área antes de nos desfazermos dele. O Dourado ainda não se achou e a molecada ainda é crua para a sequência da Libertadores e para um Brasileirão e Copa do Brasil. Mas, claro, as chances devem ser dadas.
        Sobre os 16 MM mais o Arão, foi o que o Guilherme Momensohn escreveu, mas não sei o quão a par ele, de fato, está.
        SRNs!

        Reply
  10. Meus sentimentos à família. Interessante é que o posto fechou pois o Flamengo não podia alugar aquele espaço (uma pena pois a localização e a infraestrutura do posto era excelente). E agora o Flamengo pode fazer no local a arena Mc Donald? Não entendi nada, quer dizer que aquele espaço ficou ocioso a toa?!?

    Reply
    • Marcio,
      Não pode alugar para fins comerciais – no caso o posto de gasolina, pode somente ser utilizado para fins esportivos. A saída foi construir a Arena, nela tendo a rede de Fastfood (McFla).

      Reply
    • Exato. E a derrota começou a acontecer em programa esportivo de domingo, comandado pelo Luis Mendes, em função de apartes infelizes de um dos mais diretos colaboradores do “Tio” Antônio. Ele sentiu muito esta derrota. Mas o Richer, que não era do futebol, acabou honrando o posto que conseguiu. Bons tempos!

      Reply
  11. Caríssimo presidente,
    Meus sentimentos à família e amigos do ilustre presidente André Richer.
    Aproveitando, gostaria de sugerir que você, Kleber, trouxesse à discussão, um importante tema que, tenho certeza, interessaria muito ao querido presidente Richer:
    Flamengo, a maior torcida do Brasil (por quanto tempo ainda?)
    Pesquisa recente da Dafolha (link abaixo) reflete a aproximação perigosa daquele time de São Paulo (segundo a própria pesquisa, já nos superam na região Sudeste).
    E então, o que podemos, TODOS nós, Flamenguistas, fazer para evitar a tragédia de perdermos esse que é o nosso maior título: a de sermos a MAIOR TORCIDA!?
    Antes que seja tarde…..

    http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4190681/flamengo-bate-corinthians-de-novo-em-pesquisa-de-torcidas-mas-e-superado-no-sudeste

    SRN

    Reply

Comente.