Embarque tumultuado

(Reprodução da TV)

No mundo agressivo e meio maluco em que vivemos, qualquer assunto ou episódio que envolva paixão, requer cuidados especiais.

Hoje, no embarque da delegação rubro-negra, alguns torcedores foram ao aeroporto com a finalidade de demonstrar ao presidente Eduardo Bandeira de Mello algum tipo de insatisfação pelo desempenho do time.

Fez bem a segurança do clube em proteger o presidente, e fez mal o presidente em tentar bater boca com os torcedores. Nestes momentos, o bom senso recomenda o não enfrentamento.

Pior ainda foi a atitude do nosso treinador (?) que se sentiu insultado e ameaçou encarar quem lhe dirigia a palavra. Mais uma vez, a turma do notável Pinheiro, chefe da segurança do clube, evitou o pior.

Não sei que tipo de influência este episódio pode ter com relação ao comportamento do time no jogo de quarta-feira. Tomara que os jogadores entendam que, com o futebol nivelado, mais do que nunca determinação e vontade de vencer fazem a diferença. Um bom exemplo foi o jogo do Fluminense que, mesmo na adversidade de jogar com 10 quase que o jogo inteiro, reuniu forças e, pela luta, foi premiado com a vitória.

Vamos encontrar um ambiente provavelmente desfavorável, sem ser hostil. Isto faz parte e, é do jogo. Pior encontrou o Corinthinas contra o Independiente. Ambiente, este sim, hostil e, um bom time pela frente.

Com tudo isso, foi lá em Buenos Aires e voltou com a vitória. Nesta quarta, jogaremos em “clima” bem mais ameno e, contra um time, tecnicamente, fraco. Com tudo isso, se não houver gana de vencer, e se não tivermos a capacidade de impor o nosso jogo, aí ficará complicado…

O que não consigo entender é a demora em se definir a nova estrutura do futebol. Este vácuo promove, subliminarmente, insegurança, principal inimiga da autoconfiança, tão necessária no mundo do futebol quando o objetivo é vencer.

Sou um otimista de carteirinha, mas não seria honesto se dissesse que sinto estarmos voando em céu de brigadeiro…

E antes que esqueça: CADÊ O NOSSO TREINADOR?

 

 

1 Comentário

  1. Meu caro Presidente, A muito tempo nosso time não vêm demonstrando que possa vestir o manto, isso é fato. Esse time, por mais caro que seja, não representa a Nação. Não temos treinador, Não temos esquema táctico, não temos time. Porém, não podemos considerar embarque tumultuado quando 6 pessoas vão ao embarque. Somos 40 milhões de torcedores, 6 não representam nada. Não devíamos perder tempo com essa meia dúzia.

    Reply
  2. Meu eterno presidente. Assim foi dezenas de torcedores que foram mostrar a insatisfação de milhares de torcedores. O nosso banana de mello. Fez questão de desmerecer o protesto comentários infeliz foram poucos. Eu sou contra violência. Mas o protesto é válido eu não resido no Rio de janeiro. Se morasse iria protestar concertada. Time com DNA de perdedor. Arrogante debochado e teimoso. Eu também sou otimista mas está difícil nada muda socorro. Chega logo 2019. Eles estão querendo ver o pior para depois tomarem providências a mas simples contratar o treinador. Se perder quarta feira vai dar merda a torcida já não guenta mas. Estamos cansados desse time sem sangue alma e com DNA de perdedor.

    Reply
  3. Bandeira de Melo sempre enfrenta a torcida com toda a arrogância que lhe é peculiar! É só lembrar dos episódios quando enfrentou a torcida defendendo a permanência de jogadores de futebol de quinta categoria como Wallace, César Martins, Márcio Araújo e Gabriel. Para lembrar, estes ditos jogadores tão defendidos por muitos, jogam em quais times de ponta do futebol brasileiro depois que saíram do Flamengo? O nível desses jogadores explica a seca de títulos. O maior problema do Flamengo continua sendo não saberem formar um time, pois os zagueiros, os laterais e volantes são fracos; já o restante do time, do meio pra frente, não deve a ninguém no futebol brasileiro. Falta, claro, o técnico!

    Reply
    • Nesti,

      Acho que já podemos traçar um perfil do EBM para sua biografia.

      Neste campo de stress, lidar com pressão antagônica em situações críticas, nosso presidente carece visivelmente de inteligencia emocional nestas ocasiões, a despeito de ser um homem inteligentíssimo em outras áreas, sabidamente a patrimonial, pq na esportiva é outra nulidade.

      A biografia do EBM o retratá como o maior presidente da história do Flamengo no campo administrativo, e talvez o um dos piores no campo esportivo.

      Reply
  4. Eu assisti a cena pela mesa de comentaristas da FOX.

    Todos são inânimes em afirmar que não eram torcedores e sim ativistas políticos.

    Meia dúzia de gatos pingados, nenhum com a camisa do clube.

    Além de infundados depois de uma vitória, as cobranças foram extremamente fora de hora e é bom que se diga, muito, mas muito mal educadas.

    E cadê a segurança federal do aeroporto?

    Vamos combinar que esta difícil o ambiente do clube, ano de eleição vale tudo, de matar a mãe a atirar na galinha dos ovos de ouro.

    Reply
    • Amigo Nino esperei tanto esse dia : concordo 100% com vc. Era a turma assalariada que resolveu tumultuar.
      Um comentário : assisti vários jogos neste finde, quer saber ? ninguém convenceu.
      Palmeiras com armação, Cruzeiro, e até aqueles gambás ganharam com um resultado altamente mentiroso. É só ver as estatísticas.
      Enfim tudo japonês, o que nos leva a ter um pouco de esperança. Se o nosso time encaixar um pouquinho…..
      saudações

      Reply
        • Otacílio e Nino,
          Mas o Corinthians se especializou nesse tipo de jogo de RESULTADO. Pouco importa para eles se foi feio ou bonito, o importante é garantir os 3 pontos no final dos 90 minutos. Quem dera o Flamengo tivesse esse jogo mesquinho, mas campeão…

          Reply
    • Nino,
      Também achei um manifesto de opositores em um momento inoportuno. Quais os objetivos de quem faz isso após uma vitória e antes de um jogo importante??? O bem do Flamengo que não é!

      Reply
      • Achei a situação muito mal gerenciada ali!

        A segurança federal do aeroporto deveria ter enquadrado aquela gente, afinal aquilo é uma área de segurança máxima federal.

        Reply
  5. Time vencedor é aquele que NUNCA aceita perder.

    Os títulos nascem do CAOS no Brasil.

    Contraditoriamente ambientes muito tranquilos nos TIMES costumam gerar COMODISMO e uma união perdedora. Bom seria se assim não fosse mas ….. Todos ficam conformados em ganhar os salários e somente.
    O grande problema desse time é acharem que somente o trabalho os levará aos títulos.
    OS JOGADORES è que devem dar o resultado o EBM tem feito AS PARTES dele (no plural mesmo).

    Reply
  6. O problema meus caros é que desde que Reinaldo Rueda saiu que não temos treinador. Haja vista que o Nobre Carpegiani não foi contratado pra ser treinador. O cara chegou, ocupou o cargo, meio sem querer, foi ganhando alguns jogos… Ai já viu, colou!!!! Devem ter dido ” esqueçam já temos treinador”, “Tá dando certo”. E o cara foi ficando. No momento porra louca – Manda todo mundo embora, ninguém aqui presta mais!!!1 Monta tudo de novo!!!1 Isso aqui é flamengo!

    Reply
    • Carlos,

      De certo é que a julgar pelos atos da diretoria após a perda do Carioção, a julgar por estes atos, a saída do Carpegiani foi um grande erro!

      Para ficarmos como estamos, com um diretor de futebol vindo da base, da garotada, um técnico tbm da base, eu preferia mil vezes a permanência do Carpegiani.

      O time do Flamengo esta uma verdadeira bagunça tática com o nosso treinador terminando o ultimo jogo com 4, eu disse, 4 volantes! E isso tudo ganhando de 2×0, no Maracanã e com mais de 45mil torcedores rubro negros!

      “CADÊ O TÉCNICO?”

      Reply
      • Concordo com você. Deveriam ter mantido Carpegiani e Caetano até que nomes viáveis se apresentassem no mercado.
        Uma decisão intempestiva como essa nos colocou à deriva.

        Reply
  7. No jogo contra o America, a torcida cantou contra EBM. Hj problemas no aeroporto. Acho q e ingenuidade acreditar q sao ativistas politicos infiltrados. E so olhar as redes sociais para perceber que a mare mudou e que a torcida julga ser EBM o culpado-mor pela situação atual.
    E nao poderia ser diferente. Quem pagou 12 milhoes na Ilha para ve-la abandonada por 5 meses, sem a menor perspectiva de voltar a ser utiliAda? Quem deixa de contratar um tecnico, insistindo com uma pessoa despreparada visivelmente? Quem protege funcionarios e jogadores,sabe-se la com que objetivo,enquanto o time definha?
    Colocar a culpa em ativistas comprados nao parece ser o melhor caminho.
    Comecar a fazer o certo e a melhor forma de evitar tais atos. Agir contra o bom senso nunca foi uma boa opcao, mas parece ser claramente a do EBM.
    Ele esta desde a prisao do Godinho, no inicio de 2017, como vice de futebol. O resultado foram derrotas e desclassificações. Se eu fosse ele, entregava o cargo para alguem do ramo e focaria em outras coisas. O Flamengo precisa de muito trabalho, o clube esta estagnado em varias areas, por ex,a marca e pouco valorizada se comparada com o que poderia ser. Da forma q esta, EBM corre o risco de destruir sua popularidade e o q e pior, atrair esse tipo de manifestacao.

    Reply
    • Alexandre,

      Aeroporto é uma área de segurança federal! Portanto não é lugar de manifestações antagônicas agressivas!

      A cena do EBM sendo escoltado por seguranças do Flamengo e do aeroporto é ridícula, descabida, injustificável!

      Se vc acha que 5 ou 6 indivíduos descaracterizados representam a torcida do Flamengo, chego a ficar preocupado!

      Reply
  8. Abomino esse tipo de gente que torce contra o próprio time!

    Outro fato lamentável é jornalista formador de opinião se travestir de personagem para ganhar audiência ofendendo o outro.

    Por fim, o que o Bandeira fez nenhum presidente de clube no Brasil teve coragem. O Flamengo era motivo de chacota, vivia em páginas policiais, vivia do passado e o esse presidente que muitos chamam de banana fez o Flamengo voltar a ser grande, pois tinha virado um clube pequeno.

    É lamentável e vergonhoso que pessoas provavelmente contratadas estejam num aeroporto em horário de trabalho para ofender alguém antes mesmo do jogo do líder da Libertadores.

    Kleber, as vezes dá vontade de largar o futebol por causa desses idiotas de todos os setores. Viver só a vida sem perder tempo com isso tudo.

    Reply
    • Henrique, meu caro, palavras fortes, porém, muito corretas. O mundo está rodeado de gente chata e reclamona. Vou me ater à tal FlaTT. Pediram a cabeça do Zé Ricardo, conseguiram. Pediram as saídas de Muralha, Vaz, Gabriel e Márcio Araujo, conseguiram. Pediram o Diego Alves, conseguiram. Pediram a saída do Rodrigo Caetano, conseguiram. Agora, quando percebem que nada disso realmente funcionou, resolvem que o Diego (cuja contratação também foi, por anos, pedida) e o EBM (cuja administração sempre foi enaltecida) são os culpados pelo que está acontecendo no Flamengo hoje em dia. Na verdade, faz algum sentido que o EBM tenha uma parcela de culpa, mas longe de tê-la toda. Por tudo o que o EBM fez, o Flamengo se tornou uma potência, jogadores passaram a preferir jogar no Flamengo, nos tornamos referência em termos de estrutura e estabilidade financeira. O ST foi bem elaborado, até que alguém percebeu que quem não podia pagar, estava deslocado, ou seja, grande parte da massa. Passou a ser maioria a galera que vai pro Maraca pra fazer selfie e instastories do jogo ao invés de cantar, vibrar, incentivar o time e comemorar as vitórias. Perdemos a força do 12o jogador, que sempre nos foi importantíssimo em momentos difíceis.
      Eu poderia dizer que há muitos culpados aqui, mas o que me parece é que há, atualmente, um momento um tanto difícil do clube em campo. Os jogadores parecem jogar mais do que sem raça, sem sangue, sem vontade, como se perder ou ganhar fossem a mesma coisa. Parecem bater ponto como funcionários públicos. Parecem jogadores europeus. O problema não é serem comportadinhos, isso eles têm que ser, eles devem obediência ao empregador. O problema é não demonstrarem, sequer, personalidade. Isso incomoda demais.
      Eu assisti ao Flamengo x América MG. Infelizmente, como moro fora, não foi no Maraca, como certamente teria feito se no RJ estivesse. E o que eu vi está muito bem descrito no que o blogueiro Rica Perrone escreveu sobre o nosso genial Júlio César que, aliás, nos salvou novamente:

      “Em 14 minutos o Julio Cesar vibrou, chamou a torcida e gritou mais que o elenco todo do Flamengo nos ultimos 2 anos.”

      É basicamente isso que acontece. A “vibração” do atual elenco deve ficar nos treinos, em casa ou no vestiário. Em campo, ele só “vibram” de alívio quando o jogo acaba.
      SRNs!

      Reply
      • A nossa sociedade está levando tudo a ferro e fogo. E a nossa torcida está inclusa nisso. A do Palmeiras hoje pela manhã agrediu o Dudu, mas como a gente não os acompanha, deixa passar. No futebol brasileiro, 1 vence e 19 perdem.

        Reply
  9. Deixamos de ser chacota com relação as finanças, estrutura e viramos chacota a nível de futebol.
    Em cinco anos foram tantos vexames dentro do campo que já perdi a conta.
    O que esse seis torcedores fizeram hoje foi reflexo do que a maioria dos torcedores do futebol do Flamengo sente. Se foi política ou não , problema. Bandeira e seus comandados não.gostam do aerofla??
    Então, hoje teve um teco-tecofla as avesas e como sempre eles não souberam lidar com isso.
    O que me admira foi o estagiário, péssimo em todas os sentidos ter a arrogância de querer rebater um torcedor. Cara nunca foi nada, caiu de paraquedas graças a incompetência futebolistica de quem dirige o Flamengo e querer rebater cobrança???
    Pra terminar presidente, fluminense ontem deu exemplo, não só de vontade, mas de organização.
    Demonstrou a diferença de um time muito fraco tecnicamente, com um a menos e contra um time relativamente bom e que manteve a organização , graças a quem tem um técnico de verdade.

    Reply
  10. INDEPENDENTE DE RAZÃO OU NÃO,a meu ver vc perde a razão quando ofende alguem que nem lhe conhece, eu estava no aeroporto no instante do acontecido e “a torcida” era de meia duzia de bebados. Ridiculo e o portal globoesporte divulgou como se fosse algo grande e depois foi diminuindo para proximar-se da realidade. Sou favoravel às manifestações para quem for ao estadiuo, pagou pelo ingresso e não gosta do que está vendo. Se beber der cadeia, não ficava um pra contar o ocorrido. Tudo bebado repito.

    Reply
  11. Henrique, querido,
    Tudo isto a que você está assistindo, faz parte do processo. Concordo com você em quase tudo, até porque a sua alma é rubro-negra e, está na cara que você é um ser humano especial. Mesmo assim, como todo ser humano, às vezes, se equivocando…
    Mas, calma. Não se desiluda, não arranhe a sua paixão, por tão pouco. O Flamengo é muito maior do que tudo isso. E, o que é vida sem Flamengo?
    Respire fundo e vamos em frente.
    Forte abraço.

    Reply
  12. Caríssimo presidente,
    Não poderia deixar de repudiar com toda a veemência as cenas protagonizadas por verdadeiros marginais, travestidos de torcedores (aliás, não entendo a insistência em chamar bandido, de torcedor).
    É inadmissível que as autoridade local, federal, ou qualquer que seja a força policial, fique passiva diante da ameaça à integridade física e moral de um cidadão (não importando quem seja).
    Aliás, mesmo que o EBM fosse um fora-da-lei, não caberia aquele tipo de agressão.
    Se possível, coloquemos o futebol de lado para refletirmos um pouquinho. O que aconteceu hoje nada tem a ver com futebol e sim com a violação dos direitos básicos de um honrado cidadão e pai de família.
    No caso específico do ocorrido com EBM, toda essa agressividade cometida em nome da “paixão”, tem por raiz a campanha capitaneada por um indivíduo que se entitula um “profissional de imprensa” e que presta “serviços” à ESPN.
    Não entendo que jornalismo se faça assim, com casuísmos, vendettas, se utilizando dos microfones e das redes sociais para perseguir gratuitamente aqueles de quem simplesmente não se gosta.
    A isso chamo de falta de caráter e não jornalismo.

    SRN

    Reply
  13. A bem da verdade,o que se questiona de EBM é o futebol da divisão extra de futebol,o time de cima.Nas outras divisões atentem para os resultados e performances dos “sub-20,17,16,15”,inclusive para destaque de novos talentos surgindo.O remo está se recuperando,o basquete é motivo de orgulho e os demais esportes olímpicos vão bem.Finanças,administração,etc.,todos já sabem.
    Não tenho nenhuma posição política em relação ao quadro sucessório do clube,não sou contra e nem a favor de A ou B,sou apenas FLAMENGO!!!
    Abs.

    Reply
  14. Eu não Chamo esse Barbieri de estagiário por respeito aos estagiários, Ele é muito pior, esse cara não é treinador…
    O torcedor chamou ele de retranqueiro e ele ainda quis tirar satisfação?
    Nem xingado foi…
    KD o NOSSO TREINADOR???
    Vamos aguardar eliminação na libertadores para isso acontecer?

    Reply
  15. Prezados,
    O tal do Barbieri se mostra um “treinador” sem qualquer visão de jogo, basta ver as absurdas substituições feitas no jogo contra o fraco América.
    Era tão claro que o W.Arão, MAIS UMA VEZ, estava completamente desligado e perdido em campo, sendo um dos motivos do time perder o meio. Tínhamos um bloco perdido na defesa, que chutava para o pequeno bloco perdido no ataque, resultando no bate e volta. Assustador ver um time ser dominado pelo América no segundo tempo, que se fosse um time com um pouquinho mais de qualidade teria feito os gols.

    De toda a forma, nos resta torcer pelo improvável…

    Reply
  16. @rodrigocapelo
    “Comparamos no @SporTV as finanças de Corinthians e Flamengo em 2017. Os paulistas venceram, mas foram mal em quase todos os indicadores econômicos: baixa na receita, alta na dívida, déficit. Os cariocas vivem situação “oposta” entre futebol e gestão”.

    Aí eu pergunto: qual torcida está feliz e qual xinga dirigente?

    Reply
    • Henrique,

      Eles erraram na mão com o estádio padrão Fifa!

      No resto todo eles acertaram!

      Essa é a grande diferença!

      Ai vc pergunta: Quem esta ganhando títulos? Qual a marca que esta se valorizando mais no pais?

      Reply
  17. Apesar do deselegante e fora de hora protesto ,fica aqui uma reflexão… será que se o nosso presidente tivesse a sabedoria de delegar e montar uma equipe pro futebol estaria ele passando por isso ? Na boa , é muita teimosia, omissão e vaidade do nosso Bandeira , meu Deus até minha filha de 3 anos sabe que ele é o homem certo no lugar errado !!!!
    Chega a ser patético essa insistência, parece que a ficha não cai !!!
    ALLLLLLLLLLLOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    Reply
  18. Claro que esse tipo de manifestação com ofensas e xingamentos, sobretudo no momento em que o time embarcava para uma partida importante e ridiculo e abominavel.
    Mas nao da para ignorar o fato de que ha muitas coisas erradas no clube.
    Muitos aqui enaltecem o EBM por ter livrado o clube das páginas policiais. Mas esquecem os mentores desta acao.EBM estaria em casa curtindo a aposentadoria se nao tivesse sido convidado pelos membros da chapa azul original. Estes nao merecem reverencia? Para muitos aqui nao e isso se deve ao culto personalista que temos no Brasil. As pessoas nao acreditam e nao apoiam projetos mas pessoas, sobretudo aquelas que lhes sao simpaticas.
    Mas, independentemente disso ou de ter gentr que acha que o Flamengo comecou em 2013 na gestao EBM, fato e que estamos sem treinador em uma competição importantissima, alias duas, bem como a Ilha, na qual se investiu cerca de 12 milhões, esta fora de cena e sem previsão de uso. Isso e culpa de quem? Quem decide e e responsavel por estas decisoes claramente equivocadas? Sera que sao os ladroes aos quais EBM se referiu outro dia ou aqueles que faziam o clube parar nas paginas policiais?
    Nao da para so considerar as coisas boas que alguem faz. Deve-se considerar o todo.
    O fato e que EBM nao teve maturidade politica para exercer o cargo que ocupa. Centralizou tudo, confiou num grupo seleto e as coisas não funcionaram.
    E gracas a Deus que a Fla-TT expulsou Gabriel, MA, Vaz , Muralha, Wallace e outros. Sao todos reservas em seus clubes e quando atuam, jogam mal. E so ver a furada do Gabriel no fds.
    Ouvir e sempre bom. Prna que nosso presidente tenha seus interlocutores particulares e nao ouca ninguem. Ha no clube pessoas de trajetória que poderiam ajudá-lo neste momento dificil.

    Reply
  19. Ir em aeroporto xingar, agredir…isso é totalmente fora de propósito. OU é maluco ou foi com objetivos que passam longe de um torcedor. Nem devemos dar ibope..
    Mas em relação ao legado EBM, a como ele ficará marcado na história do clube..se não der um jeito rapidamente desse time jogar bola em 2018, não ficará com boa imagem. Sabado no maracanã a vaia foi em peso! Ele junto com todo o grupo desde lá de 2013 tem muitos méritos em colocar a casa em ordem, mas isso tudo sem títulos no futebol perde muito do sentido.

    Reply
  20. Dudu foi agredido pela torcida do Palmeiras ?

    Talvez fosse hora dele mudar de ambiente e vir pro FLA. Saiu E. Cardoso caberia aí o Dudú ou não ?

    Reply
  21. Henrique , meu nobre, o Flamengo não é bolsa de valores, banco etc, vivemos de títulos, inclusive faz anos que os paulistas dão um banho na gente!!!

    Reply
  22. A ESCACEZ é do futebol CARIOCA e não do FLAMENGO.

    O futebol carioca já há décadas nâo possui mais o protagonismo de outrora, entretanto os ALGUNS torcedores INGENUAMENTE cobram iuma supremacia que já não existe mais e justamente por imcompetencia e ingerencia no PASSADO do futebol CARIOCA.
    A década de 80 passou.
    Não fosse esses grupo ter pego a administração do FLA estariamos ENTENDENDO de futebol da SEGUNDA DIVISãO.
    Nem na CBF o futebol carioca se impoe HÁ DECADAS. É uma DINASTIA paulista na CBF.

    Acordem para o presente.

    Reply

Comente.