Vitórias marcantes!!!

(Foto: Thiago Ribeiro/AGIF)

Quem estava ao meu lado, vendo a decisão do Campeonato Carioca, é testemunha de que, na hora do córner a favor do Vasco, faltando segundos para o final do jogo, fiz o seguinte comentário: “este córner tem cheiro de pênalti”. Desculpem, mas estava na cara…

As intuições fazem parte do mundo do futebol. Hoje, para mim, foi apenas mais uma. Sorte minha que, no meu mundo das intuições, ganhei muito mais do que perdi.

Este é o lado poético que, nós rubro-negros, encontramos para ver esta decisão entre Vasco e Botafogo, no mais fácil campeonato da história para ser conquistado.

Há vitórias e vitórias. Agora, convenhamos. Há vitória mais saborosa, do que a conquistada através de uma virada, sendo o gol decisivo marcado nos acréscimos?

Certamente, quem é torcedor do Vasco e, com justa razão, está viajando em cima de uma inacreditável nuvem de prazer.

Agora, atentem para o seguinte ponto. Estamos falando de um time que, jogando no campo do adversário, saindo perdendo, virou o jogo, conquistando a vitória no último fiapo de segundo.

Este time ou, este elenco, vive o drama da incerteza, com salários atrasados e com jogador não comemorando gol, em atitude de protesto. Mas…dentro das possibilidades técnicas de cada um, com uma união talvez alicerçada pelo sofrimento do dia a dia, a coisa vai caminhando…

Isto me remete ao fato de alguns companheiros entenderem que estrutura é tudo. Não é não!!!

Se assim fosse, o Botafogo em 95, que sequer tinha campo para treinar, não teria sido Campeão Brasileiro. Se assim fosse, o Atlético Paranaense seria, pelo menos uma vez, Campeão Brasileiro a cada década.

O futebol tem os seus caminhos e as suas magias que conduzem um time a uma conquista. Só não vê quem não é do ramo.

Por isso, o São Paulo, exemplo de administração e vanguarda não faz muito tempo, hoje, é a quarta força em São Paulo.

Quem imagina que o futebol seja algo simples, simplesmente não sabe nada. Como Paulo Pelaipe sabe das coisas no mundo do futebol, o Vasco, apesar de todos os problemas, vai aos trambolhões se virando e, se dando bem.

E, por favor, não me venham com esta história de que carioquinha não vale nada. Se olharmos com mais atenção para o que ocorre com os nossos vizinhos, quem sabe, com um pouco de humildade e inteligência, não comecemos a trilhar o caminho da vitória…

Só não vê quem não sabe nada de bola. Tudo é tão simples…

1 Comentário

      • E surge mais uma modalidade de torcedor. O torcedor de estrutura. Já tínhamos o torcedor de boleto, de banana, agora surge mais um tipo. Quem sabe o Globo Repórter faz uma reportagem sobre esse tipo de torcedor, algum dia. Eu continuo torcendo por títulos. E, nosso sucesso em títulos é inversamente proporcional ao nosso sucesso em estrutura.

        Reply
        • Sem estrutura, os títulos virão esporadicamente e ficaremos flertando com rebaixamento e sendo motivo de chacota.

          Todo domingo eu vejo o Resenha ESPN e constantemente ex-jogadores falam mal do Flamengo. Que não pagava, era bagunça, isso e aquilo. Ontem, o ex-zagueiro do Real Madrid, Júlio Cesar, disse que em 2009 tinha proposta do Flamengo e ligou para o Djalminha para saber se valia a pena. A resposta foi: não vale. Riram um monte. Aí o Djalminha justificou que o clube não pagava, que isso, que aquilo.

          No sábado, vi uma reportagem no Sportv com o Ronaldinho Gaúcho. Falou bem do Flamengo, da emoção de jogar lá, da torcida, etc. Aí disse que não pagava, que era bagunça, que a fila de credores era enorme, etc.

          Reply
  1. “Carioção 2018, a virada de mesa perfeita”

    Fico pensando aqui na minha ignorância: Como é que o Flamengo aprovou estas semi-finais esdruxulas desse ano?

    E pior aprovou em apenas um jogo! Sim, pq se fosse em dois jogos o quesito técnico falaria mais alto, nossa derrota contra o Botafogo poderia ser revertida em um 2o. jogo.

    A FFerj agiu prioritariamente contra o Flamengo. Imaginou que o Flamengo fosse a força predominante no campeonato, e o que fez?

    Primeiramente estipulou que mesmo ganhando os dois turnos o ganhador não seria o campeão, o que é um perfeito absurdo inaceitável, mas a diretoria rubro-negra aceitou.

    Em segundo lugar a FFerj imaginou estas estúpidas semi-finais contra os times que foram derrotados na decisão dos turnos (e olha que eu acho que nem Botafogo e nem Vasco formam vices em nenhum dos dois turnos, o que aumenta mais ainda o absurdo).

    Em terceiro a FFerj concluiu a forma mais letal seria de apenas 1 jogo, pois como já expliquei, em dois jogos uma primeira derrota poderia ser perfeitamente revertida.

    Que o Carioção não vale nada no quesito técnico, isso é pura verdade, mas acontece que a premiação do campeão desse ano é de 22mi, superior aos 19mi que o Corinthians levou em 2018 jogando 33 rodadas.

    Reply
    • Também questionei isso aqui Nino, mas os amigos nada comentaram a respeito. Esse carioca foi o campeonato com o regulamento mais ridiculo do Brasil. Flamengo e Fluminense, cada um ganhador de um turno e que deveriam fazer a final, tiveram de fazer outros jogos para ratificarem esse direito. Dançaram. Também fiquei sem entender por qual motivo os dirigentes do Flamengo e Fluminense concordaram com essa fórmula ridícula.

      Reply
      • Agora olha só o ridículo Helder:

        Decisão do 1o. turno: Flamengo campeão, Boa Vista vice campeão.

        Decisão do 2o. turno: Fluminense campeão, Flamengo vice campeão.

        Botafogo e Vasco portanto não foram sequer vice campeões de nenhum dos dois turnos. Entraram provavelmente pelo quesito técnico, somatória dos pontos.

        A gente não sabe se nessa bosta de Arbitral da FFerj o Flamengo tem poder de veto ou se é por maioria. Se for por maioria como eu acho que é, esta configurado a sacanagem!

        Reply
    • O Flamengo é amplamente prejudicado em todas as esferas, mas os antis só sabem dizer que nós somos beneficiados e, pior, que ainda somos iludidos… FERJ só nos ferra, CBF também, juizada erra muito contra nós, talvez mais do que a favor, basta ver os jogos. E tudo isso porque são ruins, não porque nos beneficiam.
      SRNs!

      Reply
      • Marcus meu caro,

        É sem dúvida o Carioção mais ridículo da história.

        A TV Globo estava até com dificuldades para mobilização do público para a final, uma promoção de difícil apego.

        Ontem no estádio, mais uma cena ridícula e deprimente! Nem a torcida do Botafogo foi, nem a torcida do Vasco foi.

        Acho que esta todo mundo meio assim sem jeito de torcer em cima de uma final como essa.

        DESMORALIZAÇÃO!

        Reply
    • Amigo Nino!
      Apesar desse samba do Crioulo Doido, que faria Sérgio Porto chorar, se os caras assinaram esse absurdo no arbitral, nada mais resta que seguir o enterro. O fato é quê, a maldita da matemática, matéria exata, não permite malcriação.
      Vamos aos fatos! O Botafogo nos seus últimos 4 jogos tomou 8 gols. O que dá a média de 2 gols por jogo.
      Nós, com a prepotência que nos é peculiar, com “cheirinho” e “deixou chegar”, não conseguimos fazer um mísero gol, que nos levaria a final.
      Assim foi na Libertadores do ano passado. Não conseguimos fazer um único gol fora de casa… e dançamos…
      Em outra análise, assustamos mas não fazemos mal.
      Somos lindos no porta-retrato, mas uma desgraça ao vivo.
      Culpar a Ferj, embora com toda razão, pois é realmente uma zona, não nos isenta da nossa total incapacidade em decidir.
      Devemos deixar de lado o chororo e o mimimi e, mais uma vez, aprender com os erros.
      O bonde do mal já partiu e agora, é juntar os cacos para a reconstrução.
      Pelo menos já temos um fósforo aceso no final do túnel.
      Vamos ver do que é feito o explosivo Lomba…

      Reply
      • É verdade, caro Egon, que não temos como escapar do fato que falhamos em não conseguir fazer um único gol que seria o sufuciente para nos colocar na final. Mas,sinceramente, alguém em sã consciência pode dizer que isso é regulamento que se preze? Como pode um campeonato privilegiar à final clubes que não ganharam nem o turno nem o returno? Esse regulamento foi tendencioso. Desde o inicio tinha o claro objetivo de dar a outros a chance de disputar uma final sem ganhar nenhum turno. É claro que poderíamos nos beneficiar disso também, mas, sinceramente, torna o espetáculo duvidoso.

        Reply
      • É chororô não Egon,

        Estamos analisando os culpados e os fatos que nos levaram a isso. Esse caso da FFerj é apenas uma ramo do problema.

        Concordo que o principal é que nosso time é uma bosta ofensiva e nossa direção de futebol é um caos.

        Reply
  2. Vergonha!!!Ser eliminado pelo o Botafogo!!!
    Quem manda hj no Flamengo são os jogadores!!!
    O cara que queria arrumar a bagunça era o Lomba,mas EBM mandou o Lomba pedir “perdão” aos jogadores ;assim sendo, que conclusão chegamos que manda no time são os jogadores.
    O ano vai ser ruim!!!

    Reply
    • Foi exatamente o que eu escrevi aqui em outro post: os jogadores é que deviam escolher o presidente, os diretores, gerentes e comissão técnica com quem eles querem trabalhar. Também poderiam escolher um técnico pra ser o fantoche, já que eles mesmos podem escalar o time que os “líderes” do time querem. É uma grande palhaçada o que acontece! Não há profissionalismo! Vejo que podemos até ter um elenco razoável, mas, em termos de organização, até o Atlético MG, Santos e Inter estão melhores do que nós… enquanto os jogadores não forem punidos pela diretoria por suas posturas e suas falhas, enquanto forem tratados como se fossem Messis e Ronaldos, o Flamengo não vai a lugar algum. Por isso, e só por isso, eu sou favorável à contratação do Felipão.
      Claro, eu prefiro Tite ou Renato Gaúcho, são os nomes ideais. Mas, sejamos realistas, não vai acontecer. Cuca é querer passar mais raiva e falar em nomes como Levir Culpi, Dunga, Luxemburgo e Dorival é brincadeira de péssimo gosto. Felipão neles para termos alguma chance nessa Libertadores e Copa do Brasil, porque Brasileirão não vai dar!
      SRNs!

      Reply
  3. Caro Kleber
    Enquanto no Flamengo, uma panela de jogadores está derrubando treinador e levando o Flamengo a mais um ano ao fracaaso. Infelizmente, o Sr. EBM é verdadeiro cacho de 🍌 banana. E o único que teve coragem para enfrentar essa turma de anti profissionais(Diego, Rever, Juan, Everton cardoso) está a mercê de sair. E a torcida….torcida? eles não estão nem aí. Lamentavel.

    Reply
    • E você acha certamente que o melhor seria termos o Cuca de técnico, não é? Ou só prefere nomes conhecidos? Dunga? Dorival? Levir Culpi? Celso Roth? E quem você quer pra diretor? Paulo Pelaipe? Isaías Tinoco? Anderson Barros? Ou peçam perdão e voltem com o Rodrigo Caetano?
      Todos para os botes!
      SRNs!

      Reply
  4. Com esses caras ai nao vai rolar nada.Temos e que esperar novembro e torcer para que alguem dinamico, vencedor e rubro-negro assuma a presidencia e toque com uma equipe um projeto vencedor, que englobe estrutura fisica e finaceira mais competencia e organizacao esportiva.
    Com EBM pilotando esse navio, nao naufragar na 2a divisao ja sera lucro.

    Reply
  5. Kleber, vi o jogo e achei fraquíssimo apesar de emocionante. Quando esses times jogam contra o Flamengo, é defesa, defesa e defesa. Quando jogam entre eles, a preocupação em defender é menor e o jogo fica aberto. Estou torcendo para o Botafogo, porém o Vasco tem melhor elenco com jovens valores e um treinador. Aliás, estranha a postura dos jogadores do Botafogo bradando contra suas substituições. Acho que o Alberto Valentim tem dias contados e o Botafogo vai brigar até o final para não cair.

    Falando em treinador, leio que o Flamengo pode efetivar o rapaz que está dando treinos agora. 36 anos, recém-chegado ao clube e com passagens em categorias de base e times pequenos de SP. Se isso realmente acontecer é um erro crasso da nossa diretoria e o sinal que o nosso amigo Marcos Santos está certíssimo: os jogadores é quem mandam no Flamengo.

    Essa semana será decisiva para o nosso futuro!

    Reply
  6. Já vimos durante a história o Flamengo ganhando varios cariocas,alguns inclusive invicto e brigando para não cair no Brasileiro seguinte.

    E já vi meu time ficar 17 anos em jejum para ganhar Brasileiro,e durante esse período sendo motivo de chacota,em âmbitos fora das 4 linhas,já vi nesse períodos jogadores chegando atrasado para treinar e mandando literalmente no clube e sinceramente não sinto falta desse Flamengo que não tinha estrutura e os títulos eram esporádicos e a fuga de rebaixamento era comemorada como título.

    Perguntem a qualquer torcedor de Vasco,Flu e Botafogo e expectativa deles para o Brasileiro,diferentemente do Flamenguista que mesmo perdendo um jogo para um time inferior sim,mais com tradição.

    O exemplo do São Paulo é ideal,pois durante o período que o clube foi gerido por pessoas sérias e investiu em estrutura ganhou tudo,e quando abriu mão disso está acontecendo o que vimos hoje.

    Qualquer Flamenguista sabe que temos chances real de sermos campeões em TODOS OS CAMPEONATOS que temos pela frente,isso se deve a estrutura que conseguimos ao longo dessa gestão sim.

    Meu desejo é que sejamos menos imediatistas e megalomaníacos e que tenhamos a consciência que estamos trilhando um caminho nunca antes imaginados.

    E o que vimos hoje no Engenhão foi um jogo de dois times fracos ,com nível técnico fraco,de um campeonato fraco,e que é nivelado por baixo e que fomos eliminados perdendo um jogo para um time fraco.

    Reply
  7. Precisamos de um tecnico experiente, estilo Abel, não sei se o Cuca seria um bom nome. Hoje vejo no país o Renato Gaucho que não deve deixar o Gremio por enquanto, como um grande nome. Não acredito que possamos brigar por titulo importante quer seja da libertadores, brasileiro ou copa do Brasil, em razão da constancia em mudança de comando tecnico. Que não venha estrangeito nesse momento, pois chegam sem conhecer nada e vão observando dentro das disputas.

    Reply
  8. Boa noite, amigos,
    Kléber, concordo com vc. Campeonato Carioca vale sim, pois tudo que o Flamengo disputa, para mim vale. Quero ganhar, e comemoro mesmo.
    Acabar com os estaduais, é tirar o prazer de gritar campeão. É tirar o prazer de sacanear o rival local ao ganhar uma final, pois é muito difícil acontecer uma final regional em uma competição nacional ou internacional.
    Não acho que os jogos nos quais o Flamengo está envolvido seja chato devido aos times ficarem apenas se defendendo. Acho apenas que são times com vontade de vencer. Coisa que não temos.
    Pelo que tenho lido, parece que os jogadores ganharam mais uma. Lomba foi até pedir desculpas. Vamos ter que aguentar o mesmo time sem alma rubro-negra. Triste!!
    SRN.

    Reply
    • Esse pedido de desculpas do Lomba foi a prova de que os jogadores devem ter metido um “ou pede desculpas, ou vamos cair na Libertadores na 1a fase de novo”. Porque, claro, quem vai ser xingado depois por isso serão os dirigentes. Os jogadores irão pra outros clubes, continuarão em seus casarões, andando com seus carrões e indo para as noitadas bancados também pelos seus empresários que os mimam de todas as formas. E o Flamengo é um playground pra esses caras. Já não era para ser, mas é!
      Quero muito morder a minha língua, mas acho que, esse ano, vamos sentir saudades de 2016 e 2017…
      SRNs!

      Reply
      • Marcus, moral da história:

        O Lomba botou o “pinto” na mesa e o EBM decepou-o na hora!
        Fred Luz esta usando as luvas antissépticas para recolher o que sobrou do membro!

        E o Lomba? Bem o Lomba aceitou ser eunuco, e convenhamos, como eunuco fica bem mais fácil ser passivo, como parece ser o seu perfil.

        Reply
  9. Víli, amigo,
    Se somos tudo isso que você apregoa e sequer consiguimos disputar a final deste campeonato carioca, que mágica negativa é esta? Por que não estamos onde deveríamos, segundo você, estar?
    Forte abraço.

    Reply
  10. Caro Kleber , quem fala de estrutura ou faz parte da “situação” do Flamengo ou está iludido com o discurso ( bem velho por sinal) da volta da credibilidade . Oras bolas , se campeonato carioca não valesse teria acontecido esse tisuname recente na Gávea ? O que falta no Flamengo é liderança , conhecimento de futebol e claro paixão , aquela que parece que não existe mais !!! Achar soberba num Flamengo vexatório desse ,que não tem pica pra ganhar do Borafogo depois de ficar rico é no mínimo conveniência ou loucura !!!! ALOOOOOOOOOOOOOOO

    Reply
  11. Flamengo com sua má administração no futebol é um caso a parte.. os outros 3 ditos grandes do Rio estão em situação lamentável, os jogos entre eles são até emocionantes, viradas e muitos gols..mas o nivel técnico é sofrível, falhas em cima de falhas… estrutura, comando, direção são fundamentais no futebol..pegar exemplos aleatórios são apenas excessões – e isso não é regra. Fora que uma coisa eram os campeonatos brasileiros até 2003, agora nos pontos corridos é só ver que o titulo fica entre os 4 de SP, o Cruzeiro, Flamengo (exceção 2009) e o Fluminense. Nenhum time do Sul, nada de Atletico, nenhum do Nordeste e muito menos Vasco ou Botafogo, que aliás nesse sistema tem 4 rebaixamentos somados! que sejam felizes comemorando o Me Engana Rubinho que eu Gosto no domingo que vem

    Reply
  12. Kleber,estrutura, bons campos,aparelhagens de primeira,fisioterapeutas,bons técnicos que realmente ajudam,mais não ganham jogos,quem ganha jogo é jogador.
    De nada adianta tudo isto quando não existe a vontade de vencer e pelo visão de alguns,se acharmos um grande técnico vamos ganhar tudo,acho muito lúdico tudo isto.
    Muralha,
    Maurinho,Washington,Wallace,Tinteiro
    Merica,Carlos Eduardo,Toró
    Buião,Michila e Caldeira
    Pergunto qual estrutura faria um time destes ganhar um Carioca,Brasileiro,Sul Americano…… e será que Guardiola considerado o melhor técnico do mundo atualmente seria campeão da Euroligue ou da Champions?
    O que precisamos é de um time comprometido,jogadorcom vontade de vencer,união……..

    Reply
  13. Caro Presidente, há quem goste, ainda, de estaduais e há quem não goste. Sou um dos que não aprecia mais esse tipo de campeonato pelo simples fato dos jogos serem de baixíssimo nível técnico, excetuando-se somente os clássicos.
    Os estaduais tiveram seu charme, sua fase áurea. Mas isso já deixou de existir há algum tempo. Se não existisse as cotas de TV dos estaduais eles simplesmente já teriam desaparececido, e o Senhor sabe muito bem disso. Esses campeonatos, na sua maioria, são deficitários. Diga-nos que jogo do Flamengo no estadual houve uma grande quantidade de presentes no jogo e qual foi a receita expressiva que o clube teve em algum desses jogos? Na maioria dos borderôs só constava prejuízos. Isso é realista hoje em dia?

    Reply
    • Mas tudo isso também é por uma série de razões:
      1-) Indisponibilidade de estádio fixo para mandar os jogos.
      2-) Ingressos caros.
      3-) Plano de ST falho.
      4-) Torcida que diz que não dá importância ao Carioca porque tem Libertadores e outros e não vai aos jogos, mas depois reclama de não ter sido campeão.
      Se o modelo do estadual é falho e o clube discorda dele, que não jogue o campeonato então! Por que é que o Flamengo não levou a Primeira Liga a sério? Por que não rompeu de fato com a FERJ? Fatalmente tem algum “rabo preso” aí, nem que seja as cotas adiantadas da Globo, não sei, estou mencionando um exemplo apenas. Mas que tem alguma coisa errada, isso tem. O Flamengo tem aceitado isso e muito mais de uma forma extremamente passiva, destoante do discurso do próprio EBM lá atrás.
      SRNs!

      Reply
  14. Pois é, meu amigo Helder!
    Tanto nós quanto o Fluminense (apesar do campeonato lesado imposto e assinado por todos os clubes), não fizemos a nossa parte.
    Entraram os mortos porque os “favoritos” não confirmaram.
    Vasco e Botafogo não tem nada com isso. Caiu no colo deles, por incompetência dos papões.
    Pensando friamente, sem passionalismo, TODOS tinham chances e, estava escrito.
    Nós perdemos para o Botafogo e o Fluminense para o Vasco. Quando NÃO poderíamos perder.
    Assim como o Jogo do Bicho, vale o que está escrito.
    Jogamos no Leão, mas na verdade deu Burro…
    Só nos resta comprar um tubo se SuperBonder e tentar colar os caquinhos.
    Bj grande irmão

    Reply
    • Concordo com o amigo Egon. A culpa não é do regulamento, que poderia beneficiar qualquer um. A culpa é do time que não fez os gols na hora em que deveria. Aliás, o gol.

      Reply
      • Nada mais cristalino, meus irmãos Fernando e Marcus…
        Culpar o regulamento, que TODOS assinaram, pelo nosso fracasso, é igual brochar com a Nicole Bahls por causa da música sertaneja que está tocando.
        Chororo não pode ser nossa praia.

        Reply
  15. “Os técnicos”

    Renato Gaúcho: Quis vir na demissão do Rueda, adiou a renovação com o Grêmio, alguém do Flamengo o procurou? Ninguém! Agora ele não quer vir!

    Abel Braga: Não vem tbm por motivos semelhantes, esta sendo preterido pela direção rubro-negra desde 2016 qdo contrataram aquela maravilha do ZR.

    Luxemburgo: Não vem pq a diretoria não o atura, o profexô teceu umas máximas depreciativas da direção, e pior é que pegou! Não entendem nada de futebol! Melhor nome em minha opinião.

    Lourival: Não vêm pq esta em litígio com o clube. Não tem histórico de bons trabalhos com elenco de peso com jogadores famosos.

    Cuca: É o que tem! Se vier vai chegar dizendo que o time é uma bosta, vai rachar o grupo etc…Em campo aquele insuportável CucaBoll, igualzinho com o que estamos fazendo atualmente.

    Reply
    • O Cuca é extremamente limitado e não impõe moral. Ele tem cara de chorão desde o fatídico dia do chororô.
      Eu não gostaria do Felipão como treinador do Flamengo por uma série de razões. Porém, tenho pensado se não valeria à pena, já que queremos ir mais longe na Libertadores e o cara sabe unir um grupo em cima de uma Copa. Ele sabe jogar “mata-mata”. Não sei se daria certo, ninguém sabe, mas eu acho que poderia ser uma opção. Se não fosse o Felipão, eu só cogitaria o Tite ou o Renato Gaúcho. O resto, para mim, é tudo limitado, então, se a ideia é brigar para ficarmos com “mais do mesmo”, talvez seja mais correto apostar no Mauricinho. Vide os novos técnicos que vêm surgindo e fazendo bons trabalhos por aí. Cito especificamente, nesse momento, o Atlético MG.
      SRNs!

      Reply
      • Marcus, tá limitado!

        Abel, Renato, Felipão, Cuca (assinou com TV para Copa) não vêem.

        Luxa a diretoria não quer, e tbm acho que não viria nesse momento faltando pouco mais de 7 meses para fim de mandato do EBM.

        As outras alternativas são Levir e Marcelo de Oliveira…

        Partindo de um processo de eliminação por diversas razões o nome mais viável seria do do Lourival, mas ai tem-se que entrar em acordo com o litigio que ele move contra o clube.

        Reply
  16. Uma reedição do Rio São Paulo substituindo o estadual seria incrível. A nível estadual poderia haver um torneio classificatório para o Rio São Paulo.

    Reply
  17. Estamos tão bem de estrutura caro Henrique que não temos onde jogar no RIO . Lembra da queda do holofote no nosso acanhado estádio ? Uma bela obra de estrutura foi feita pelo jeito, ou escolhido profissionais inadequados ou apenas mais um azar do todo poderoso Banana pé frio . Por favor , me respondam , vcs não estão sofrendo com o que estamos passando ?

    Reply
  18. No balanço de 2017 me chamou a atenção a redução dos valores referentes a direitos de transmissão de 299 para 197 milhões. Alguém saberia
    explicar ?

    Reply
  19. Futebol não é somente estrutura, é ARBITRAGEM, artimanhas, é algunas vezes engenharia do CAOS (como o CAIrioca) a serviço de ALGUNS.

    Por não ser somente estrutura que jamais esse foi o carioca mais facill de ganhar em NENHUM tempo.

    Temos no NEW FLA uma organização primoroza, ética como lastro, respeito aos profissionais que LÁ trabalhão e aos SóCIOS igualmente, respeito as REGRAS e as LEIS. Mas o problema é justamente esse, quem se propoe a fazer o CORRETO costuma SOFRE MUITO MAIS onde os atalhos são arquitetados para favorecer os incorretos.

    O NEW FLA tem pago o duro preço que se cobra aos CORRETOS no Brasil.

    Temos pago o preço para ser ÉTICOS.

    Me orgulho do que o FLA representa atualmente.

    Fazemos o FAIR PLAY dentro e fora de campo.

    O Urubú-Rei tem suas plumas brilhantes e sem manchas. Cada dia mais MAJESTOSO.
    .

    Reply
  20. Ficamos fora da final, apesar de termos sido CAMPEAO do primeiro turno, apesar dos salários em dia aos JOGADORES, apesar da bela ESTRUTURA para os jogadores, sem temos quebrado perna de nenhum jogador .

    Só acho que o atual campeonato devia ter mais umas 6 SEMI finais e ais umas 10 taças em disputa.

    Aqueles que dizem que as POLEMICAS são a alma e o sucesso do futebol devem achar esse regulamento do CAIrioca uma obra-prima, uma verdadeira avenida para o sucesso.

    Será mesmo que o melhor são as polemicas e não as jogadas de craque e os gols ?

    Reply
  21. Vitória Marcante

    Pra quem ainda acha que o Flamengo tem uma boa gestão, eu gostaria de lembrar que se o Vasco for campeão estadual domingo ele terá, nos últimos quatro anos, conquistado mais títulos que o Flamengo gastando MUITO MENOS.

    O rebaixamento deles só aumenta a nossa vergonha pela pobreza de resultados.

    Para mim a tradução é a falta de ‘pulso, tato e comando’ no futebol que antes tínhamos com outros Presidentes, ao qual se tivéssemos a estrutura de hoje seríamos uma provável potência na América.

    Concordo com o KL, estrutura não é tudo (vide SP, Atl PR, MG, entre outros), mais é necessária, porém deve existir uma combinação de fatores para tornar-se um clube campeão.

    Reply

Comente.