Dois dias para não esquecer

(Foto: Staff Images / Flamengo) Arquivo de Kleber Leite

Quando alguma coisa ruim acontece, o normal é se dizer que “este é um dia para esquecer”. Proponho, visando não repetirmos os mesmos erros, que façamos exatamente o oposto, deixando claro que, o dia de ontem, não devemos esquecer!!!

Ontem, houve uma tragédia anunciada, potencializada pela extrema falta de bom senso, de um mínimo de experiência, e da constatação da absoluta falta de comando no futebol do Flamengo.

Na antevéspera do jogo, ou seja, na sexta-feira, o nosso estagiário anunciava que pouparia quatro jogadores para o jogo de domingo, contra a Chapecoense. Todos noticiaram que Diego Alves, Paquetá, Éverton Ribeiro e Réver seriam poupados.

Aqui no blog (ler aqui) reagindo a esta “barbaridade”, foi para o ar o post, cujo título era “DESCANSO PERIGOSO”. Nos comentários do blog, nos veículos de comunicação, nas redes sociais, a grita foi geral. Ao invés de, ante tanta reação contrária, ao menos refletir, o nosso estagiário pisou no acelerador e, além dos jogadores já citados, poupou também Cuellar, Renê e Vinícius Júnior, em clara demonstração de diarreia mental.

O pior de tudo é que não apareceu uma santa alma, com um mínimo de sensibilidade e conhecimento de causa, para receitar um “imosec mental”, ou seja, para mostrar ao inexperiente profissional que esta decisão comprometia os interesses primários do clube.

Não estou absolutamente pregando aqui, que deva haver interferência nas decisões de um trinador. O que entendo é que a filosofia pertence à diretoria, enquanto as decisões técnicas, aí sim, ficam por conta do treinador.

Se entrar em campo um time titular ou reserva, compete aos dirigentes decidirem. Se na lateral direita deve jogar Rodnei ou Pará, a decisão é do treinador. Portanto, esta aberração – que custou ao Flamengo três pontos preciosos no campeonato – deve ser dividida entre os dirigentes que comandam o futebol e o inexperiente treinador.

Já passei pelo mesmo problema e, já contei aqui. O treinador queria escalar um time reserva em um jogo importante e, foi demovido da infeliz ideia. Portanto, o dia de ontem, é um dia para NÃO ESQUECER. Se isto for feito, esta barbaridade não voltará a ser cometida.


(Foto: Staff Images Fernanda Tórtima/ Flamengo)

E, a notícia ruim do dia foi a pena de Guerrero aumentada, o que o afasta do Flamengo e o elimina da Copa do Mundo. Como o assunto está ultrapassado e, já lamentamos o suficiente, deixo aqui uma sugestão.

Como o Ceifador, pelo que demonstrou até aqui, não tem “Ceifado”, como Felipe Vizeu foi negociado para a Udinese, por favor, olhem com mais carinho para Vitor Gabriel, a meu conceito, o melhor centroavante disponível no nosso elenco.

Vitor Gabriel (Foto: Staff Images / Flamengo)

 

Voltar para Kleber Leite