Explicações e irresponsabilidade

Treino do Flamengo – 8/5/18 (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Em todas as rodas de conversa nos botecos, no rádio, na TV, na Internet, enfim, em tudo que é lugar, se discute a subida de produção do time do Flamengo e, curioso que, em cada local de “discussão” há um motivo colocado em destaque.

No Globo.com, a ascensão é atribuída, prioritariamente, ao posicionamento de Lucas Paquetá, jogando como segundo volante. Claro que, pela idade – e até pela característica de ter maior mobilidade do que Diego – estava na cara que, nesta função, Paquetá iria contribuir mais do que o nosso camisa 10.

Aliás, não é de hoje que estamos aqui no blog, eu e um mundo de companheiros, alertando que Diego estava jogando demasiadamente recuado, longe da área adversária e que, o ir e vir permanente, isto é, beijar o pé e o pescocinho da girafa várias vezes, não era compatível com a idade de Diego e que, mais próximo ao gol adversário renderia muito mais.

Dé, “o Aranha”, figura querida, atribui a subida de produção do time à saída de Éverton 22. Na opinião dele, os rubro-negros deveriam agradecer ao São Paulo, pois a saída de Éverton não deixou outra saída para o treinador (?), senão escalar o melhor time possível.

Anotei outras opiniões, como a de que Cuellar – para muitos, o melhor volante em atividade no Brasil – é o grande responsável, pois praticamente sozinho, segura a barra de uma defesa que tem seus pontos vulneráveis.

Há também quem não esqueça do goleiro Diego Alves que, finalmente, engrenou e passou a pegar as bolas possíveis e também as impossíveis. E, para finalizar, os mais pessimistas afirmando que até agora nada pode ser concluído, pois só pegamos “galinha morta”.

Resumo da ópera: Cada um com o seu enfoque, mas o mais próximo da realidade está na soma de tudo que foi comentado. Há pertinência em cada uma destas colocações.


O país está mergulhado em um mar de irresponsabilidade, onde a “delação” virou moda. E, esta não é a discussão. O que levanto aqui é que o “produto” de qualquer delator só deveria se tornar público a partir do momento em que provas irrefutáveis fossem confirmadas.

Na política, ou melhor, com uma política sendo a vítima num caso de polícia, um delator que sequer sabemos quem seja e, sem que qualquer prova tenha sido apresentada, já jogou às feras um outro político, também vereador – como era a vereadora covardemente assassinada. E se o cara que foi citado, com fotos em todos os jornais, não tiver nada com isto? Quem conserta esta execração pública?

Alexandre Campello, presidente do Vasco. (Foto: Agência O Globo)

No futebol, algo parecido. O presidente do Vasco é acusado de surrupiar a renda de um jogo e levar o dinheiro para casa, além de usar o dinheiro da venda de Paulinho em benefício próprio. Acho que a irresponsabilidade é algo contagioso, pois passou a fazer parte do nosso dia a dia, virando rotina e algo absolutamente comum.

Não conheço o presidente do Vasco. Custo a acreditar que o dirigente de um clube, com a grandeza do Vasco da Gama, tenha surrupiado a renda de um jogo e levado o dinheiro pra casa. Idem com relação aos recursos provenientes da venda do jovem Paulinho. Isto, é o que penso, eu e certamente mais algumas pessoas.

O problema, é que o momento que estamos vivendo leva muita gente a concluir, mesmo sem ter maiores informações ou qualquer prova apresentada, que o acusado do dia é mais um ladravaz. Quanta irresponsabilidade…

1 Comentário

  1. Kleber, o presidente do Vasco confirmou na coletiva de ontem que pegou o dinheiro da renda para botar no caixa do clube. Mas sobre o lado de lá, fizeram uma armação para o candidato mais votado perder e deu nisso. De longe, esse presidente do Vasco me parece uma boa pessoa. Pelo menos transparente ele tem sido.

    Sobre a boa fase do Flamengo, que está há 5 jogos sem levar gols se não me engano, passa por inúmeros fatores: adversários não tão fortes, Cuellar voando, Paquetá na posição certa, ressurgimento do Everton Ribeiro, Diego Alves em forma, confiança, torcida, etc. É o futebol e sua magia.

    O Carpegiani já tinha colocado o Paquetá naquela função e depois mudou com a entrada do Arão e saída do Everton Ribeiro. Não me recordo de como o Paquetá jogava com o Rueda, mas o colombiano fez bem ao Flamengo. Posicionou a defesa mais atrás, pois com o Zé estava levando bola nas costas direto. Botou Paquetá, Vinícius Jr e Cuellar pra jogar.

    Além disso, o Renê quase não sobe e o Rodinei é 10x melhor que o Pará.

    Agora quero ver o time completo com Diego e Guerrero.

    Reply
  2. No Vasco nada me surpreenderia,

    depois de anos colhendo os frutos e mazelas do ciclo Eurico Miranda, que foi longuíssimo, agora os vascaínos colherão somente as mazelas, visto que seu quadro político é pobre, debilitado e altamente duvidoso.

    Reply
    • Estive lendo e vendo algumas entrevistas do atual presidente do Vasco e realmente foi de total irresponsabilidade e leviana as acusações imputadas.

      Mas como diz um ditado, em que vemos o mundo tal qual nós somos por dentro, não é de se espantar, pois no passado houve sim um certo presidente vascaíno que levou a renda do jogo para casa e sofreu um suposto e coincidente assalto a caminho de casa.

      Reply
  3. Kleber,
    Eu acrescento ainda o “técnico interino”, que para surpresa no momento de pressão, fez o time deixar de jogar somente com as bolas alçadas na área, passando a fazer triangulações, jogadas como por exemplo, o gol de Vinicius Jr. com o cruzamento de Rondinei.
    É cedo, mas o time mostra evolução, e Paquetá no meio foi a solução.

    SRN!

    Reply
  4. Presidente, nosso time com Paquetá, Guerrero, Diego, Everton Ribeiro, Vjunior torna-se poderoso. Finalmente o Diogo. Diferente do amigo Nino, se o Dé Aranha falou, eu não assino embaixo…Everton foi um bom jogador para nosso time e infelizmente resolveu sair, seja feliz no clube que estiver. Quanto aos delatores, para quem já morou em paises desenvolvidos, sabemos muito bem que não podemos dar depoimentos de presidiários como certo e liquido. Necessário total sigilo até que as provas sejam satisfeitas e não apenas em achismos.Sou contra.

    Reply
  5. Prezados,
    Falando em Paquetá, e considerando que o jovem foi muito mais eficiente que o Diego na posição de volante, posição esta que o Tite havia “escolhido” para nosso 10, teria o Paquetá vaga na Copa do Mundo???

    Reply
  6. Meu querido Kleber , todas as razões listadas são de fato justificativas para nossa evolução. Somente acho injusto que por menor que possa parecer , há sim o dedo do treinador também. Ele faz parte das razões do time estar evoluindo.

    Finalmente, somos um país que a versão vale mais que o fato. Qualquer um pode falar o que quiser, vira verdade. Ou seja o ônus é de quem é inocente e não do delator provar a delação. Triste país, triste cidade.
    Quero deixar claro que de forma alguma serei condescendente com o dolo. Mas bandidos, corruptos fazendo delações virarem verdade absoluta. De forma alguma compactuo.
    Saudações Barberianas

    Reply
  7. Prefiro esperar jogos contra grêmio, cruzeiro, palmeiras, Corinthians e até mesmo santos, São Paulo e atlético MG pra tirar minhas conclusões.
    Mas o time está um pouco melhor sim.

    Reply
  8. Boa noite , falando do nosso momento, acho que o ajudou foi a entrada do Leo Duarte, pois com um zagueiro mais rápido, o time pode ficar mais compacto … Gosto d+ do Juan e do Rever , mas eles não podem jogar juntos, pois o time tem que ficar maos espaçado pq eles tem jogar maos atrás, abraços .

    Reply
  9. Turma do Blog, acho q estamos deixando passar um lado muito interessante com o Barbieri , no futebol e muito comum os atletas de um time se dedicarem mais ou menos dentro do campo quando gostam ou nao do treinador. Ja foi demonstrado em entrevistas q os jogadpres do Mengao estao adorando o Barbieri e estao apoiando a permanencia do treinador. A pergunta e: sera q com a mudanca de comando com o time indo bem, nao havera insatisfacao dentro do grupp?

    Reply
  10. Caro Kleber e amigos!
    Bons temas os de hoje, mas, prefiro falar do Flamengo e desejo sorte ao presidente do Vasco. Certamente a verdade será participada para todos e imagino que a politica conturbada do clube promova uma série de fofocas. Que as delações continuem e que sejam responsáveis no seu curso. O Brasil precisa.
    Quanto aos questões de melhora do Flamengo, hoje, enumero meus comentários:
    1) O Everton sempre corria muito e por incrível que pareça, era talvez o jogador que mais fazia o jogo voltar do ataque para defesa. Na verdade, era um matador de contra ataques.
    2) Com Vinicius Junior em campo, as defesas adversárias são obrigadas a marcar muito mais e a se preocupar muito mais. Ele é muito mais agudo e perigoso. Ele joga a defesa adversária para dentro do seu próprio gol. Falta ele ainda um pouco mais de experiência. Está indo no caminho certo.
    3) O Rever ainda joga bem e isso é fato. O Juan a mesma coisa (mesmo com a idade que tem) e o Rodinei melhorou muito com o Barbieri. O Renê, apesar de todas as criticas, vai continuar titular por uns bons tempos. Ele é quase um terceiro zagueiro e marca muito, mais muito melhor que o Trauco. Quem tem Vinicius Junior pelo lado esquerdo não pode ter um lateral que não saiba marcar.
    4) O Cuelar joga cada vez melhor e a saida de bola via Paquetá melhorou uma enormidade o time como todo, sem contar, que hoje no Brasil, o Pauqetá é um dos três melhores jogadores (com sobra).
    5) O Everton Ribeiro melhorou muito (com o Barbieri) e o próprio Diego mais adiantado também.
    6) O Diego Alves bem melhor e mais seguro. Apesar de todos os problemas como atacante, o Henrique Dourado tem sido muito combativo e participativo. Ainda vai fazer valer o investimento.
    7) Não esquecendo: o próprio Mauricio Barbieri não é tudo de ruim que se imagina. Treina jogadas, participa muito do jogo, canta as jogadas, tem a solidariedade dos jogadores, além de fazer esse time ser muito mais brigador, motivado, raçudo e principalmente, jogando com alegria. A prova para tudo isso é a volta da torcida aos estádios e lógico, ingresso mais em conta ajuda muito nisso.
    Era isso Kleber. Eu penso assim.
    SRN

    Reply
  11. Kleber,então o que vc comentou inicialmente sobre o posicionamento do Paquetá,que começou com Rueda,só que ele mantinha mais a posição de contenção com Cuellar e o Everton.
    Quanto ao Diego fui um deles que detectou nos tempos do Zé Ricardo que o jogador vinha pegar a bola do Márcio Araújo para iniciar a armação das jogadas e aí o time adversário já tinha se recomposto e virava um parto para furar o bloqueio e fazer gols.
    A meses atrás aqui neste blog comentei sobre o Everton e disse que o jogador embora combativo,e que eventualmente fazia seus gols,também era solidário com o timem, mas que atrapalhava o sistema ofensivo porque além de errar passes além do normal toda evolução do ataque e do contra ataque quando era pelo seu lado acabavam em impedimento e perdermos vários jogos por ele não entender o que é uma linha de impedimento.
    O Dé foi generoso com ele.
    Cuellar praticamente marca sozinho, mais na marcação com ele tem Everton Ribeiro,Paquetá e o Renê que também faz um terceiro zagueiro então Cuellar não joga tão sozinho assim.
    Como o tempo nos faz refletir que nossas vidas são feitos de padrões e repetições.O presidente atual do Vasco está sendo acusado de ter surrupiado o dinheiro e ter levado para casa kkk isto é sério,porque o presidente do Conselho Deliberativo do Vasco anos atrás também levou a renda do jogo para casa e tadinho foi roubado no meio do caminho rs
    E finalmente vc ser acusado sem provas e ter que provar,me faz voltar ao tempo da inquisição em que as mulheres (bruxas) eram amarradas em pedras e jogadas no rio, se vc conseguisse voltar seria inocentada se não vc seria considerada uma bruxa.
    Nada muda.

    Reply
    • Carlos Alberto,
      Vantagem + Maracanã cheio + time adversário fraco e com desfalques??? Que medo, meu amigo!!! Essas circunstâncias são favoráveis para vexames flamenguistas. Kkkkk

      Reply
  12. Bom dia Kleber

    Isso de levar dinheiro de renda p/ casa não é novidade no Vasco , Eurico ja fazia isso , uma vez ate pegaram ele entrando na garagem da casa dele com porta malas com dinheiro.
    E não esqueça que este presidente ai chegou ao poder pelas mutretagem do próprio Eurico Miranda , amigo de peixe peixinho é.
    Um abraço

    Um abraço.

    Reply
  13. Diego,não se trata de mêdo.Mas,as facilidades mencionadas por você,incidem na obrigação do time vencer.Minha pergunta acima,tem este espírito.(Mais “molezas”=compromisso de ganhar)…!!!
    Abs.

    Reply
  14. Kleber, a decisão do Conselho foi acertada. Me recuso a usar o termo absolvição pois nunca o entendi como culpado , meus sinceros parabéns. Quando for comemorar , beba uma em meu nome.

    Reply

Comente.