Só valeu a vitória

(Foto: Staff Images / Flamengo)

Jogo duro. De se ver…

Conforme anunciado, o time começou com Geuvânio no lugar de Diego. Conforme previsão geral, decisão equivocada, pois mais uma vez Geuvânio nada fez e, além disso, obrigou Éverton Ribeiro a compor o meio, quando no último jogo havia acertado quase tudo, jogando no ataque, pela direita.

O resultado foi justo, em função da disparidade técnica entre os times. É bom lembrar que este time da Ponte, sábado passado, perdeu para o Londrina e, em Campinas.

A jogada do gol, muito bonita, com Éverton Ribeiro e Paquetá contribuindo com o talento e, Ceifador, que talento não tem, mas neste jogo ceifou.

Dois jogadores destoaram. Léo Duarte e Renê quase entregam o ouro. Sorte nossa, e de Renê, o árbitro não ter marcado um pênalti, em que o jogador da Ponte estava de costas para o gol do Flamengo. E Léo Duarte, inseguro, perdeu tolamente uma bola na área que quase nos custou a vitória. A trave salvou no primeiro lance e Diego Alves, no segundo.

Cuellar, de novo, muito bem. Paquetá, a cada jogo, deixa claro que é o mais criativo jogador do Flamengo. Vinícius Júnior, mesmo sem ser brilhante, deu trabalho, pois sempre parte pra cima do marcador. Ceifador foi bem em um segundo. O do gol. No mais…

Os aqui não citados, não brilharam, mas não comprometeram. Valeu pela vitória. Time desarrumado e escalado de forma equivocada.

CADÊ O NOSSO TREINADOR?

1 Comentário

  1. Concordo Kleber com tudo o que você falou…sorte nossa que estamos encarando times muito fracos, precisamos de um treinador cascudo,é logo.

    Reply
  2. Jogo horroroso.Assusta a incapacidade do Flamengo em criar jogadas de ataque.
    Alem de Cuellar, Paqueta, VJ e do Ceifador, gostei do Jean Lucas. Sabe jogar, ocupa espaco, toca bem a bola, tem velocidade e se infiltra muitissimo bem. Falta aprender a chutar. Na minha opiniao, se o aluno do maternal que dirige o time lhe der uma chance em 5 jogos seguidos, ele rouba a vaga do Enganador Ribeiro. Mesmo sem ser atacante, faria bem aquele lado direito pois tem forca e velocidade.
    Eu perdi a paciencia com ER7, Geovanio, o tal do Marlos e um monte de nulidades que estao no elenco. Eu apostaria na garotada e mandaria essas malas embora.
    Inacreditável e ver um clube como o Flamengo sem tecnico. Parece piada. Como nao e , e tragico.

    Reply
  3. Qual a lógica de colocar dois laterais direito, sendo os dois ruins??? Se ainda fosse um Leandro e Jorginho, mas é Pará e Rodinei…

    Achei o Jean Lucas bem, mostra que sabe jogar futebol. Se tiver chances, em breve será titular.

    Reply
  4. Caro Kleber!
    Foi importante vencer. Era preciso vencer. Tivemos problemas, falhas, mas, nada que tenha causado turbulência. Nunca foi fácil jogar em Campinas. Hoje e mais uma vez, houve muita entrega e isso era muito cobrado pela torcida.
    A questão do Geuvanio é falta de confiança e ele tem a vantagem de não se esconder do jogo. Quanto ao Dourado é aquilo mesmo. É um jogador trombador e de poucos recursos. Ganhamos e isso vale uma vantagem.
    SRN

    Reply
  5. Impressionante a incapacidade do geovanio, o cara não da sequência a uma jogada. Um crime o menino Jean Lucas com uma vontade danada de jogar, e ficar no banco. O outro é o Renê, que jogador horroroso, como esse cara consegue ser titular em um clube com 650 milhões de receita, é de se pensar muito.

    Reply
  6. Valeu a vitória. Lembro que no jogo diante do Santa Fé no Maracanã, o Flamengo perdeu 8 gols feitos (3 tirados em cima da linha) e no final lamentamos. Hoje, celebramos a vitória. De resto, correremos atrás.

    Geovânio, Pará, Léo Duarte. Será que ninguém quer contratá-los? Seria um favor que nos fariam.

    Agora é descansar, pois a maratona de jogos e viagens está sufocante e preparar para o retorno do Guerrero.

    Reply
  7. Caro Kleber
    O causo do Flamengo é bem simples e citarei a seguir:
    . Urgente um Treinador;
    . urgente um lateral esquerdo;
    . Pra ontem um lateral direito;
    . urgentemente um centroavante que pelo menos saiba dominar a bola. Lembrando, a bola é Redonda;
    . urgente um atacante rápido, goleador e habilidoso que joga do lado direito;
    . urgentemente mudança de postura. Ou seja, parar com esse toca pra cá, toca pra lá.
    SRN

    Reply
  8. São Judas, escalado, impediu que o juiz marcasse um dos penaltis que o Renê cometeu.
    Como é que pode? Não é possível esse jogador no Flamengo. Não é que seja ruim. Ele é horrível!
    Rodinei carece de mais inteligência. Vai fazer falta tola desse tanto.
    Léo Duarte, Pará e Geuvãnio? Dêem de graça a quem quiser…
    Discordo das críticas a Everton Ribeiro. Escalado fora do lugar onde rende mais, ainda foi fundamental na tabela que resultou em nosso gol.
    Rever, Cuellar e Diego Alves foram bem.
    Jean Lucas deu esperança e Dourado mostrou raça tentando marcar e lutando muito.
    Que Arão continue fora até recuperar um mínimo de ritmo de bola. Se for possível isso!
    A sorte tem estado ao nosso lado. Até quando?
    SRN a todos!

    Reply
  9. Queria vê o Ederson fazendo a do Diego e colocando ER na dele ,hoje o estagiário perdeu uma bela oportunidade pra se fazer isso.

    Reply
    • Dawison, Éderson?

      Já não vimos o suficiente do futebol dele desde de 2015? Ele jogou com Alan Patrick, e foi banco, lembra?

      Já deu, bye bye no fim do ano…

      Reply
    • Só do Ederson estar correndo, jogando bola já é uma vitória. No entanto, ele ficou 1 ano parado e teve que enfrentar uma doença séria. Quando teve condições de jogar, vivia machucado. A menos que surpreenda a todos, eu não apostaria nele. Fico feliz por sua recuperação de uma doença séria, mas não renovaria com ele. O contrato termina mês que vem parece. Era mais apostar na base usando o camisa 10, Pepê.

      Reply
      • Henrique,

        O salário dele é relativamente baixo em comparação com outros nomes do elenco, consta que seja 200mil, sendo que o clube o tratou dignamente esse período de recuperação.

        E por falar em recuperação, o Éderson pouco jogou nesse tempo todo, jogou mesmo parte de 2015 e 2016 e só, exatamente como se previu na época.

        Reply
  10. Quando perde tá tudo errado, quando empata nada presta e quando vence tá ruim. Não dá para entender a torcida. O time fez o resultado e se poupou no 2 tempo, domingo tem jogo importante, a Ponte só assustou em 1 falha grostesca do Leo Duarte. Só não ganhamos de mais, pq faltou capricho ao Vincius jr em 2 lances.
    As substituições foram ruins, Jean Lucas deveria ter entrado mesmo, assim como o Marlos Moreno. Só que ele poderia ter mudado antes. Pará não existe!
    Time precisa de confiança! Corinthians foi campeão jogando feio!

    Reply
  11. Senti um frio na barriga quando o Estagiário chamou os caras pra cima de vez tirando o Everton Ribeiro e colocando aquele rapaz que gosta de fazer gol contra em Fla-Flu. Vamos penar muito esse ano.
    Jean Lucas é a solução para as (muitas) ausências do Diego. Elegante como Andrade, driblador e jogando em direção ao gol como Adílio.
    Calma, pessoal! Não estou comparando, só associando o estilo de jogo. Até porque se já fosse isso tudo nosso EBM já o teria vendido como fez com o Vinicius Jr. e fará com o Paquetá pra fechar o balanço do mandato no azul, depois da série de desperdícios com jogadores medíocres e obras inúteis na Ilha.

    Reply
  12. Não foi pênalti. Renê tocou a bola. Houve contato, mas não o suficiente pra derrubar o jogador, que se jogou tentando cavar o pênalti

    Reply
  13. Amigos, quarta passada estávamos em Bogotá, domingo em Fortaleza e ontem em Campinas. Baita maratona e o time está evoluindo.
    Um colega do blog publicou com razão : se perdermos é o fim do mundo, se empatamos é péssimo e se ganhamos foi muito ruim. Vamos ser um pouco menos críticos.
    Apesar do Renê e Geuvânio o time se apresentou razoavelmente apesar da maratona.
    Soubemos administrar o jogo com inteligência e não fosse a trapalhada do Léo Duarte eles não chegaram perto do nosso gol.
    Ah ! se o nosso VJ caprichasse um pouco , o jogo de quarta que vem seria amistoso.
    Saudações otimistas

    Reply
    • Octacito, Octacito, Octacito mio, Octacido mio caro!

      Temos uma razão contida para otimismo sim! O time esta em uma sequência positiva de jogos, nosso querido Baby-eri anda acertando e errando na mesma medida e o time mudou de atitude.

      A ponderar realmente o fato de não termos pego um time cascudo até agora, o que vai acontecer domingo, ai veremos!

      Reply
      • Amigo Nino, não sei de vc, mas não compartilho dessa nuvem negra que alguns amigos do blog descrevem. Na realidade atualmente somente o Grêmio apresenta algo diferente. O resto é tudo japonês.
        abs

        Reply
        • Octacito mio!

          A nuvem negra existe, é factível e real.

          O ponto de equilíbrio é muito tênue. Qdo eu disse um “contido otimismo”, leia-se várias pulgas atrás da orelha.

          Minha crença obviamente migrou do pragmatismo para o imponderável!

          E o imponderável é isso, a despeito dessa nuvem negra que tudo venha a dar certo!

          Como diz o nosso querido e amado guru: “Tem tudo para dar errado, mas pode dar certo” (KL).

          Por hora o “Cadê o treinador” esta em stand by, é justo!

          Reply
  14. Imaginem se ontem fosse o time reserva?? Os dois únicos reservas que entraram foram tenebrosos ( geovanio e Leo Duarte). Sem contar a substituição absurda colocando dois laterais, na primeira jogada uma bela furada do craque Pará.
    Seria mais uma absurda derrota a escalação de um time reserva , prova de como o plantel do Flamengo é muito fraco.
    E como Rodrigo Caetano lesou o Flamengo. Geovanio vai custar ao Flamengo , no mínimo 18 milhões.
    De bom, apesar de ser caneludo, a garra e a luta que Dourado demonstrou e a entrada de Jean Lucas, um jogador para ser bem utilizado, pois demonstra ser muito bom. De resto continua o mesmo.
    Sem qualquer padrão, tenho que parar de ver o Grêmio jogar, pois assim poderei me conformar com esse futebolzinho que o Flamengo de Barbieri e do Bandeira joga.

    Reply
    • Liliano,

      Estamos literalmente a conta do chá de zagueiros:

      – Juan aquele problema da idade…

      – Réver, seguidas contusões

      – Rodolfo ainda no departamento médico.

      – Vaz emprestado, perseguido.

      – Léo Duarte não é confiável, lembrei-me da dupla de zaga que ele fez com o Wallace em 2016.

      Resumo, estamos ficando perigosamente literalmente a pé de zagueiros.

      Reply
  15. Kleber, permita-me respeitosamente discordar, mas há o que se observar (prós e contras) além da vitória que, claro, foi importantíssima, apesar da fragilidade do adversário permitir um placar mais elástico.
    Pontos pró:
    1-) Éverton Ribeiro participando muito mais do jogo do que vinha fazendo de costume.
    2-) Paquetá se mostrando cada vez mais essencial ao time.
    3-) Vinícius Jr tendo sequência e buscando o jogo. Pena ter perdido o gol quando saiu nas costas da marcação.
    4-) Cuellar também essencial ao time.
    5-) Jean Lucas tendo oportunidade de mostrar o bom potencial que tem. Deve ser mais bem aproveitado ao longo da temporada. Joga mais que Jonas, Romulo e Arão juntos!
    Pontos contra:
    1-) Geuvânio realmente não se acerta pelo Flamengo.
    2-) Léo Duarte, que é bom zagueiro, errando demais.
    3-) Renê sempre no limiar entre um desarme e uma falta/pênalti.
    4-) Pará no lugar do Éverton Ribeiro?????????
    5-) Réver muito inconstante ultimamente. Já teve melhores atuações.
    Claro que o time perdeu forma com a lesão do Diego e que o jogo era bom para testes, como centralizar o Éverton Ribeiro e ver como ele se saía na armação. Achei que foi bem. Não MUITO bem, mas bem. Passes como o dado ao Paquetá para o cruzamento do nosso gol é o que se espera de um verdadeiro armador, um camisa 10 produtivo. Também procurou o jogo e tentou alguns chutes. Porém, penso que seria uma boa hora para dar ritmo de jogo ao Éderson e também ao Marlos Moreno, pois certamente nos ajudarão nas ausências do Diego e na necessária saída do Geuvânio que, infelizmente, não deu certo assim como o Romulo. Se já desistiram desse, por que não daquele? Não tá dando certo. Fora isso, ainda temos a potencial volta do Guerrero ou teremos a necessidade de dar mais ritmo também ao Lincoln, pois o Dourado é bastante limitado. Fez o gol, mas não ajuda o time a ajudá-lo, não busca jogo, não tem categoria pra buscar uma tabela ou jogar como pivô, enfim, é estar na área pra botar a bola pra dentro e bater pênalti. Também é necessário dar mais oportunidades ao Jean Lucas e preparar melhor nossos zagueiros mais jovens para os casos em que precisem entrar no lugar de algum dos veteranos.
    Em tempo: não temos nenhum lateral direito E esquerdo provenientes da base para serem preparados para o futuro? Cadê o Klebinho? Pablo? Ramon? Michael? E porque será que o Trauco não tem jogado? Esse papo de não saber defender não convence, pois o Renê também não é nenhuma sumidade na função.
    O importante é o time pegar confiança e uma sequência de bons jogos para nos animar um pouco mais e para seguir adiante nas competições que disputamos. Temos um bom elenco, mas precisamos de mais jogadores em condições do que temos atualmente. Hoje, se o Flamengo quisesse escalar um time reserva, eu não teria confiança em pelo menos metade dele. Vejamos:
    César; Pará, Léo Duarte, Thuler e Trauco; Jonas, Jean Lucas e Éderson; Geuvânio, Marlos e Lincoln
    Dá pra confiar praticamente só no César, na verdade. Os demais precisam de ritmo, precisam ser mais testados para que correspondam no futuro e estejam preparados em caso de necessidade.
    SRNs!

    Reply
    • Amigo, assistindo a quarta de final entre Flamengo e Corinthians na qual fomos eliminados nos penaltis, te passo uma conclusão : Klebinho e Pablo não jogam absolutamente nada.

      Reply
      • Então a crise é das brabas mesmo… atualmente não vejo um grande lateral direito que jogue no Brasil. Para a lateral esquerda, o Uendel do Inter poderia ser uma boa ou, melhor ainda, o Adriano, ex-Barcelona, que está no Besiktas e quer voltar ao Brasil. Precisamos de uns nomes experientes para essas posições.
        Hoje em dia chego a lamentar a saída do Léo Moura…
        SRNs!

        Reply
  16. Bom dia a todos, meus queridos, amigos e irmãos rubro-negros, saudações!!!!

    Não vi o jogo, não pude! Mas tirei algumas conclusões, sempre apressadas, equivocadas e impertinentes, rs.

    1o. já sabíamos desde o início de 2016 que Léo Duarte não era um zagueiro confiável.

    2o. que o Ceifador é perna de pau, mas que tbm é incontestável artilheiro, isso ninguém duvida.

    3o. e finalmente. O Jornal Lance de hoje faz uma reflexão sobre a mesmice tática do futebol brasileiro. Critica o Flamengo por engessamento tático e falta de opções táticas em jogo. Cita uma certa continuidade desde o ZR, Rueda, Carpegiani.

    Eu concordo e vou até mais longe, isso nasceu na Gávea com o Muricy Ramalho, de onde se conclui que é um certo modismo essa história de dois pontas aberto, ai o que vêm depois é consequência, seja 4 3 3, 4 1 4 1 e ai vai! E pior ainda, existe uma certa tendência de preferência de perfil de técnico do EBM nessa direção!

    O Jornal faz menção honrosa ao Grêmio de Renato Gaúcho como exceção!

    Reply
    • Nino,
      A mesmice tática nasceu com o Muricy mesmo, que embora nunca tenha sido um treinador tático (era da escola gaúcha de força defensiva), se animou com o que viu no estágio que fez em Barcelona.
      Após aquilo, todos os treinadores e jogadores tiveram que se adequar à formação tática do Flamengo…

      Reply
    • Meu amigo Nino,

      Essa rigidez tática foi imposta por Muricy quando quis adotar a mesma filosofia do Barcelona de Guardiola, ou seja, todas as equipes de todas as categorias jogariam com o mesmo padrão, para que em qualquer momento os jogadores se sentissem a vontade para atuar em divisões superiores.
      Mas o que vemos na realidade é uma equipe sem qualquer padrão tático desde então… Como viver tal filosofia sem que a equipe conte com atletas formados na base e vivendo esta realidade desde novos? Como aplicar esta ideia a jogadores experimentados, mimados e com sérios vícios adquiridos nas diversas equipes em que já atuaram? Estes querem que o clube e sua filosofia se ajustem a seus caprichos!!!!
      Para acreditarmos nesta realidade deveríamos ter a mesma equipe apenas com contratações pontuais por, pelo menos, 10 anos!
      Avaliar o time do Flamengo contra Santa Fé, Emelec e os brasileiros recém promovidos é dar murro em ponta de faca… As mazelas são as mesmas de sempre e apenas a diretoria pode utilizar estas partidas para dar sobrevida à suas convicções esdrúxulas.
      A diretoria comprou a ideia do Muricy e talvez isso justifique a insistência ou teimosia, como queiram, na manutenção dessas ínguas na beira do campo, contratar um treinador com “know how” vai deixá-los de bunda de fora… E isso é tudo o que eles não querem a essa altura do campeonato (mandato).
      Um forte abraço.
      SRN

      Reply
      • Eu me lembro meu caro Márcio! Na época dizíamos aqui que o Muricy era um churrasqueiro querendo fazer culinária francesa!

        Imaginávamos um 4 3 3 do Barcelona, mas a nossa versão saiu bem mais ensossa e sem sal, sem criatividade, sem variação!

        Reply
  17. Um primeiro tempo bem razoável, e um segundo tempo pra esquecer, que tipo de orientação dá um treinador, que piora o time depois de seus pitacos no vestiário. CADÊ O NOSSO TREINADOR ? E o Giuvânio, muito ruim, o estagiário demorou uma eternidade para substituí-lo . O Léo Duarte fez um esforço hercúleo para entregar o ouro ao bandido, felizmente não conseguiu. O Paquetá foi o melhor, caiu no segundo tempo, assim como o time todo. O Ceifador fez o gol, é o ofício dele, o E.Ribeiro apareceu muito bem no gol. Classificação muito bem encaminhada…

    Reply
  18. Muito bem citado Nino, o engessamento tatico do flamengo é notório, desde a chega do Murici..o pai dessa criança feiosa.
    Zé Ricardo aperfeiçoou usando o 4.3.3 e não venha com essa de 4.2.3.1, é sem duvida um 4.3.3,Rueda manteve e conseguiu piorar o 4.3.3, pois com eles os ótimos laterais nao subiam mais; carpegiane tentou diferenciar mas nao durou muito tempo, ai vem o estagiário e mostra como se copia.
    Desde da época do Murici o esquema continua o mesmo, a base do time a mesma e a falta de titulos e atuações consistentes a mesma.

    Reply
    • Liliano, o sistema deu razoavelmente certo na era ZR com a gerencia do Godinho!

      Aquele time estava seguro na zaga, marcava bem e jogava compacto, com forte recomposição de espaços e marcação adiantada. Na frente criou-se tbm inúmeras oportunidades, é bom que se diga!

      O ataque posso dizer agora, foi o ponto falho daquele time! Guerrero perdendo gols e Gabriel e Fernandinho pouco efetivos no ataque.

      De lá para cá foi se modificando, com Rueda o time perdeu a ofensividade, a capacidade de criar. Com Carpegiani o ataque não melhorou e passamos a viver incertezas nas laterais, na cabeça de área tbm.

      Nesse aspecto o Barby-Eri não esta trazendo nada de diferente, esta dando absolutamente o mesmo tom de antes, obviamente sob sua interpretação.

      Dai é de onde reside as nossas preocupações! É pouco? É limitado? Sim, mas é o que temos.

      Reply
  19. Valeu mais que a vitoria.

    Não vi a pelada ( pelo que disseram), porem além da vitoria o Ceifador andou agindo e isso é bom pois como dizem CONFIANÇA é tudo no futebol e ter artilheiro em jejum não é bom.

    Reply
  20. Esquema TàTICO ADEQUADO.

    Eu costumo dizer que não existe esquema tático RUIM ou BOM. Existe sim esquema tático ADEQUADO ou INADEQUADO para os jogadores que se tem, e/ou para as necessisades do time.
    O técnico ACIMA da média è justamente aqueles que conseguem essa ADEQUAÇÃO TáTICA as caracteristicas do ELENCO DISPINIVEL.

    Reply
  21. E o baile de ontem e São januario .

    Vendo a transmissão da GOLEADA, que foi interrompida para a transmissão da BADERNA eu me questionei.
    Afinal de contas por que a emissora não INTERROMPE a transmissão e não passa a transmitir OUTRO JOGO enquanto durar a baderna ? Para que ficar mostrando a selvageria ao vivo ?

    Reply
  22. E os chutadores de PERNA PROFISSIONAL.

    O lance do jogador do SantosF.C. sendo atingido e a posterior declaração do adversario deixam claro que existe os jogadores profissionais e os CHUTADORES DE PERNA profissionais.

    Digamos que alguns são o BOLEIROs e outros os Caneleiros. Uns chutam bem a BOLA e outros chutam bem apenas as CANELAS.

    Reply
  23. De bom na quarta feira, apenas a goleada sofrida pelo outro time da camisa com cinto de segurança….
    A falta de confiança e de tato do nosso treineiro o fez escalar quase todo titulares , num joguinho que poderia ter poupado pelo menos uns 05 atletas, pois esse time de Campinas é o pior dos últimos 06 da Macaca…
    Pela fraca atuação e apatia do time , talvez o elenco esteja querendo outra “recepção calorosa” nos aeroportos…

    Reply

Comente.