A zebra da Copa

(Foto: FIFA / Getty Images) Artigos de Kleber Leite

Que Copa!!! Que espetáculo!!! Tão fascinante que até a zebra foi para a Rússia.

O jogo entre Croácia e Inglaterra foi a partida da gangorra, onde em um momento uma das equipes dominava e martelava, e não demorava muito tempo para o panorama se modificar. Emoção do primeiro minuto de jogo até o último segundo da prorrogação.

Quando meteu o gol, logo no início da partida – e pelo volume de jogo -, a Inglaterra deu pinta de que seria uma barbada, e que no domingo teríamos a reedição da “guerra dos cem anos”.

A Croácia, com calma, alma e talento, conseguiu, pouco a pouco, ir revertendo a situação. Chegou ao empate no tempo normal e, quase vira o jogo. A sorte tinha ido tomar um cafezinho e, só por isso houve a prorrogação.

Curiosamente, nesta prorrogação, a Inglaterra começou mais inteira, dando a impressão de que poderia fazer o gol a qualquer momento, mas a exemplo do tempo normal, o vento mudou e a Croácia começou a retomar o domínio, até o gol da vitória chegar.

Jogo emocionante, corrido, disputado palmo a palmo, fato reconhecido por todos os torcedores, inclusive pelos ingleses.

Quem assistiu de camarote, tendo um dia a mais de descanso, foi a seleção francesa. E, deve ter torcido muito para o jogo ir para a prorrogação – e que a Croácia fosse a vencedora.

A torcida francesa pela Croácia tem duas explicações. A primeira, óbvia, evitar a Inglaterra, que tem mais tradição e, talvez o mais importante, pegar um time mais desgastado fisicamente que, pela terceira vez nesta Copa, estava decidindo o jogo na prorrogação.

Por tudo isso, não há como negar que a França seja a favorita para a decisão de domingo, mas é sempre bom lembrar que o tema em pauta é o futebol, esporte em que a zebra passeia, como em nenhum outro…

Que Copa espetacular!!!

Voltar para Kléber Leite