Política x Futebol

(Reprodução da TV)

A mistura de sucesso no futebol, com eleições, nunca deu certo. O problema se agrava, na medida em que o presidente do futebol é candidato à presidência do clube.

Não bastasse, o atual presidente que estatutariamente é impedido de concorrer, ao invés de ser o apaziguador, foi se enfiar na política e, atualmente, é mais visto como papagaio de pirata da Marina do que no Ninho do Urubu.

Em seu recente depoimento à imprensa, Barbieri não negou que o agitado momento político tenha atrapalhado o desempenho do time. Acho que ele está coberto de razão, na medida em que o foco passa a ser outro.

Querem um exemplo claro? Deem uma olhadinha nos comentários do post anterior. A discussão maior não está dentro das quatro linhas, e sim fora delas. De qualquer forma, como não há solução, vida que segue…

Agora, caso haja a tal impugnação do candidato da Chapa Azul, por que não tentar uma chapa única, unindo o azul e o verde? Por exemplo: Landim como candidato único, com o vice saindo da Chapa Azul, que aliás, tem um vice geral que é uma bandeira rubro-negra. Refiro-me a Walter Oaquim, extraordinário rubro-negro, ser humano notável e, com o futebol nas veias.

Como há uma terceira chapa, por que não compor também com seus líderes. Afinal, não somos da mesma família?

Este sonho teria um ganho fantástico para o futebol, pois 2019 poderia começar de maneira imediata. Ganharíamos tempo e a paz voltaria a reinar.

Sonhar não custa nada…

Walter Oaquim (Reprodução da internet)

1 Comentário

  1. Esta e uma grande ideia realmente. Mas uma raposa felpuda da Gavea ( lembram deste termo?) me disse que EBM prefere morrer a compor chapa com Wallim e Bap, que como amplamente sabido, nao fazem a menor questao de que isso ocorra.
    Fato e que o Landim esta eleito. E espero que ele esteja se preparando, nomeando gente competente para cuidar do futebol, se reunindo com empresários, mapeando o mercado, enfim, planejanddo a imensa reformulação que esse elenco perdedor, frouxo , caríssimo e covarde tem que sofrer. EBM perdeu tudo que podia e ate o candidato dele vai morrer antes de disputar. A hora e do Landim. Espero q ele saiba o tamanho do desafio e da angustia de quem nao ganha pn ha seculos.

    Reply
  2. Kleber , Por isso te admiro pra caramba,o meu sonho é um Flamengo unido,seríamos uma verdadeira pedreira para todos os adversários. O Alexandre está com a razão , o Landim tem que ir planejando o futebol, mapeando o mercado, fazendo contatos com possíveis contratações , colocar um cara que conheça de futebol e de montagem de elenco . Kleber você pode dar ideias pra esses caras ,aliás ensinar !

    Reply
  3. Vou contar uma historinha aqui….

    Alguns amigos, que trabalhavam juntos na Av Chile, 100 e que vez ou outra se encontravam no famoso restaurante Brasserie Europara para apreciar a maravilhosa comida e falar do Flamengo. Vez ou outra era possível ver o mesmo grupo de amigos conversando sobre Flamengo nos corredores do edifício.

    Os anos se passaram e resolveram juntar a paixão em comum pelo Flamengo em política ativa dentro do clube. E, não demorou muito a ideia de concorrer à presidência do Flamengo passou a ser viável, uma vez que a política e as finanças do clube andavam nas trevas.

    Pois bem.

    Quem é que poderia imaginar que esse grupo oriundo de um banco de fomentos( BNDES ) e que nunca atuou em cargos majoritários dentro do clube poderia entender de futebol? Eu realmente me pergunto se alguém de fato imaginou que Bandeira de Melo, Wallin Vasconcelos e Rafael Strauss poderia fazer algo nunca antes feito no futebol capaz de revolucionar?

    Claro que não! O que essa boa turma tinha e tem a acrescentar ao Flamengo é justamente o que nenhum outro presidente fez pelo clube. AJUSTAR FINANÇAS E AJUSTAR ADMINISTRATIVAMENTE.

    Acontece que ainda que o grupo inicial tenha se dissolvido, Bandeira de Melo foi reeleito com um percentual de aprovação maior do que quando entrou na presidência do clube. Fato !

    Agora, parte desse grupo dissidente capitaneado pelo Wallin, volta a concorrer à presidência, e a pergunta é: Esse grupo é tão diferente de Bandeira de Melo justamente no quesito onde se recebeu mais crítica….futebol? Claro que não !

    Será que o Bap entende muito mais de futebol que Wallin ou o Bandeira?

    Então até que se tenha um fato novo( leia-se um cardeal volte a assumir a presidência) a política atual do clube prefere desde de 2013 uma gestão que cuide mais do Dinheiro do que do futebol.

    Você amigo do Blog que está lendo esse post, não adianta me xingar ou se espernear. Adianta sim, ter você ativo no clube, pagando sua mensalidade em dia, e dando a sua contribuição e sua sugestão de mudança lá dentro das entranhas da Gávea, mostrando um norte diferente do que vivemos hoje.

    Nada impede de qualquer rubro negro contribuir e contribuir muito dentro do clube. Seja engajado. Seja ativo. Seja político dentro do nosso clube.

    Se você acha que o Futebol é o “tudo” do nosso Flamengo, então venha pra dentro do Flamengo e faça melhor. Traga ideias. Traga soluções. Mostre o caminho.

    Não espere do próximo presidente algo muto diferente da gestão atual.

    Reply
  4. Eita ferro!
    Enfim, um exemplo que pode perfeitamente acrescentar muito ao nosso futebol.
    “Refiro-me a Walter Oaquim, extraordinário rubro-negro, ser humano notável e, com o futebol nas veias.”
    Quanto ao tema do post, já passou a ser fato comum em relação aos presidentes e diretores de clubes, mesmo ferindo estatutos.
    No caso do Bandeira, para não dar impressão do “último a sair apaga a luz”, abriria mão da luta paralela, seguiria na campanha e, jogaria essa bomba no colo da SóFla.

    Reply
  5. Política e futebol não dão certo, mas o bandeira não é o único dirigente rubro-negro, que usou o clube como trampolim político, Márcio Braga, Michel Assef já fizeram isso, só que naquele tempo o futebol era super vitorioso. Não creio no sucesso da candidatura EBM na política partidária, ele fracassou no carro chefe do Flamengo o futebol. Eurico Miranda, Roberto Dinamite fracassaram na política partidária depois de fracassarem no vascu, idem para Pat Amorim que depois de sua desastrada passagem na presidência do Rubro-negro, não conseguiu de reeleger na vereança carioca. União de chapas a essa altura, não creio mesmo, os ânimos se acirraram no decorrer do tempo. Ingenuidade se pensar em uma reconciliação….

    Reply
  6. Kleber,o grande X é que todos sabemos que a direção que entrará dará o norte da grande paixão que nos move que é o futebol….concordo com o que o colega ali acima citou….os Verdes na verdade são os azuis magoados,um paralelo ao PT/PSOL;então tb não creio nessa capacidade de entenderem o futebol como foi a gestão anterior a não ser que tenham aprendido com o erro do ex-aliado atual rival e já estejam se cercando de pessoas do ramo…o problema todo é a porra do ego que é um grande mal do ser humano…Kleber em relação a pelada de hoje,esse elenco bunda mole terá brio de vencer esses gambás e se manter na briga vide que bambisx porcos acontecem amanha?se hoje não sair de lá com uma vitoria,acho que a torcida deveria comprar uma tonelada de calcinhas e bonecas e presentearem esses pipoqueiros na chegada ao Rio.

    Reply
  7. Caro Anderson, você infelizmente esta coberto de razão !!! Nesse pacote com Wallins, Baps, Tostes, Bandeiras,Landins, Lombas e demais penduricários não existe sequer um personagem que entenda de futebol e do mundo do futebol. Isso é um fato cristalino , tanto é que hoje com nosso Flamengo “rico” não conseguimos ganhar dos vizinhos cariocas, sendo que todos eles estão á beira da falência.
    Você só esta esquecendo de um pequeno detalhe, o Flamengo é uma Nação com 40 milhões de torcedores espalhados pelo Brasil, torcida esta que existe pelo amor a essa camisa e ao sucesso que já tivemos no FUTEBOL. Nós que garantimos todas as receitas desse clube, seja pela cota de TV, seja pelo ST, seja pela bilheteria ou pela aquisição de produtos. Os programas esportivos da TV viraram moda pela paixão do povo por esse esporte, essa é a realidade.
    O seu “puxão de orelha” soa fraco e arrogante por justamente desconsiderar todos os personagens que já passaram pelo comando do clube e o tornaram um dos times mais vitoriosos do Brasil e por praticamente limar a importância do torcedor “comum”. Ora bolas, o Flamengo tem um verdadeiro exército de ex- presidentes e colaboradores!!! .Temos a maior torcida do mundo !!!!
    O Flamengo não foi fundado por esse grupo de bem intencionados em 2013 !!! Sou grato a essa turma, mas esse papo já ta vencido e virou desculpa de perdedor faz tempo, chega !!!

    Reply
    • Apenas a título de informação para quem não assistiu a última entrevista do Landim, no Urubucam.
      Segundo ele, a filosofia utilizada pelo São Paulo merece atenção e elogios. Ou seja, trazer profissionais ligados ao Clube para ajudar na administração do futebol, como foram os casos de Raí, Ricardo Rocha e Lugano, entre outros.
      No caso do Flamengo, sem afirmar que já está negociando, citou os casos de Pet e Leonardo, com os quais mantém relações amistosas.
      Em suma, deixou claro que pretende trazer para o Clube profissionais do nível dos citados para cuidar do futebol. SRN

      Reply
    • Amigo Pedro, sinto muito em informá-lo, mas a Nação de 40 milhões a que se refere, é comandada, ou ao menos representada, pela vontade de não mais que 2800 votantes.

      Creio que o amigo, possa não ter entendido o meu post.

      Esse embate de idéias que fazemos aqui, poderia ser feito nas entranhas da Gávea. Esse é o ponto!

      Mas só podemos fazer, se estivermos engajados….concorda!?

      Reply
  8. Primeiro a lamentar essa postura de papagaio de pirata numa candidatura que simplesmente desidratou. Típico de um perdedor nato.

    Segundo, que fantástico ver o grande Walter Oaquim, ilustre rubro negro de volta ao clube. Que o bom senso prevaleça, que todos calcem as sandálias da humildade e juntem forças para novas conquistas. Precisamos recuperar nossa estima.

    saudações

    Reply
  9. Pedrão meu irmão!
    Teu texto está absolutamente compatível com TUDO que penso.
    A única diferença – longe de ser uma divergência – é que já penso nisso faz tempo. Antes até, que muitos do blog. Você como meu irmão, sabe disso.
    Acompanho cada vírgula do amigo!
    Não são nomes novos, muito menos ligados ao futebol. Justamente o mais do mesmo, sendo que esse mesmo, nos trouxe um rosário de decepções.
    São 18 eliminações, meu amigo.
    Isso é estatística de América Mineiro…
    Só nos resta rezar, e tentar entender, que o novo com cara de velho, requer aprendizado.
    Não é apenas varrer a SóFla da Gávea. Isso é muito pouco pela história que temos.
    Se montar um puxadinho no canto da sede, colocar uma placa escrito “Departamento de Futebol” e, esse for cuidado com mãos jardineiras, voltatemos a sorrir.
    É apenas isso que desejamos, com dívida ou não…
    Queremos voltar a sorrir…
    Beijo no teu coração, meu irmão.
    Texto irretocável.

    Reply
  10. Essa imagem do papagaio de pirata eu cansei de ver na TV. Sempre que a Marina coloca os pés no Rio lá tá ele pendurado no ombro dela. Parece até que o partido da Marina (que nem sei qual é) só tem um candidato a deputado federal no Rio de Janeiro. Devem tá achando que ele vai ser puxador da legenda, mas acho que estão profundamente enganados.

    Reply
  11. Precisamos de lateral? Se a gente for comparar com a seleção brasileira, sim. Comparando com os demais time, eu não sei se os nossos laterais são os piores (Como alguns torcedores acreditam).”
    -LOMBA

    Senhor, livrai nos desse mal, amém.

    Reply
  12. Caro Kleber
    Eis que hoje o ex jogador e comentarista juninho voltou à tona. Juninho afirmou que Vitinho terá dificuldade de se adaptar ao Flamengo por ser preto. Afirmou, ainda, que nossa torcida só pega no pé de rodinei, pará, rener, marcio araujo por serem preto e da região norte e nordeste. Tem.hora que é melhor ficar calado.
    Quanto a politica do clube, foi, é e sempre será assim, só visam o interesse próprio. Todos.
    SRN

    Reply

Comente.