Quem diria…

(Foto Staff Images / Flamengo)

Modéstia de lado, com todo respeito a todos os outros blogs, o nível dos nossos comentaristas, com ou sem corneta, é simplesmente espetacular. Aqui, aprendo muito, o que me dá a possibilidade de reciclar, além de me divertir sempre. Alguns companheiros, já não preciso nem ler o nome, pois conheço pelo texto e, diga-se de passagem, muitos são brilhantes.

Nos comentários após o jogo de ontem contra a Universidad Católica, ficou mais do que claro que, antes combatido, Márcio Araújo virou quase que uma unanimidade rubro-negra. Unanimidade positiva, com muitos companheiros chegando a afirmar que no atual elenco, Márcio Araújo é o único volante realmente combativo e com capacidade de saída de bola.

O lado positivo disto tudo, como no futebol a confiança é quase tudo, é que estamos assistindo à recuperação de um jogador que pode ainda ser de extrema utilidade, principalmente na disputa da Libertadores.

Outra quase unanimidade, só que pelo aspecto negativo, é Rômulo. Acho que estamos vendo os mesmos jogos e os mesmos jogadores. O problema de Rômulo, é que ele não é lá, nem cá. Não destrói e tão pouco ajuda na construção das jogadas. Pode ser que a falta de ritmo – pois andou parado um bom tempo – possa estar influenciando o desempenho ruim de Rômulo. Se é isto mesmo, só o futuro vai definir.

Ainda pelos comentários, há por parte de alguns uma preocupação com Rafael Vaz, que realmente ontem não foi bem. Particularmente, acho a nossa zaga boa. Tipo, queijo minas com goiabada. Os estilos de Réver e Vaz são diferentes e casam perfeitamente. Talvez Rafael Vaz esteja passando um pouquinho do ponto na sua própria auto análise. Aqui, neste caso, talvez seja confiança em excesso. Arriscar menos e diminuir os lançamentos, é o que aconselho.

Vou agora tocar em um ponto que reconheço ser delicado. Não concluí ainda um pensamento definitivo sobre Berrío, porém, até por uma questão de me sentir obrigado a ser sincero nesta tribuna democrática, confesso que estou com a pulga atrás da orelha. Talvez tenha eu, influenciado pelo noticiário otimista, imaginado um tamanho equivocado para o talento deste colombiano que tem cara boa, sorriso encantador, velocidade de gazela, mas que ainda me deixa meio desconfiado… Tomara que eu esteja errado e que esta confissão seja fruto da frustração pela derrota de ontem.

Agora, é sacudir a poeira e pensar no Resende, jogo marcado para sábado, em Volta Redonda, às 18h30. E, lembrar que no outro sábado, dia 25, já pegamos o Vasco.

Libertadores, só no mês que vem, onde os dois jogos em seguida, contra o Atlético Paranaense, o primeiro aqui, e o segundo lá, praticamente definirão se avançamos para as oitavas de final ou, se ficamos na fase de grupos. Ganhar, principalmente o jogo aqui em casa, será absolutamente fundamental. Qualquer outro resultado que não seja a vitória, o risco da vaca ir pro brejo será enorme.

Ainda bem que há tempo suficiente para Zé Ricardo arrumar a casa.

1 Comentário

  1. Libertadores só daqui a um mês é sofrido. Haja ansiedade.

    Zé tem um mês agora para testar alternativas, mexer e rodar o time, pois ninguém tem paciência para o estadual, exceto clássicos.

    Reply
  2. Outra unanimidade que vejo no blog é o Egon….o cara sabe. Tbem aprende todo dia com o professor teacher’s…
    Kleber e Nino, qdo crítico o Vaz, vou insistir, é que para o Flamengo, quero sempre O MELHOR.Claro que com relação ao wallace, ele é muito mais jogador é fazendo dupla com Rever, houve uma evolução. Mas é lento, se julga melhor que é é falha em momentos decisivos.
    Estaremos sempre sujeitos a deixar a “vaca ir para o brejo” como já foi no brasileiro passado.
    Pará tem jogado bem, mas quem não gostaria de ver Daniel Alves na lateral?
    Se não tivermos sempre os melhores em cada posição, vamos ficar nesse sofrimento eternamente, esperando Que, por um milagre, respitamos nossos times de 1981, 1987, 1995 é 2009.
    Os dirigentes tbem precisam nos explicar porque contratamos Mancuello, Donato, Cuellar e Rômulo, por tanto dinheiro, se não servem para Banco.
    Será cegueira, incompetência ou qualquer cosita mais. Outros clubes com muito menos investimento contratam sempre melhor.
    Que tal retornar a comandar nosso futebol Presidente. Com apoio de nosso Egon seriam favas contadas todos os campeonatos disputados, rsrsrs
    Srn

    Reply
    • Graaaaande Maurão!
      Muitos por aqui esquecem, que 3 dias antes de encarar o San Lorenzo, jogamos contra o Fluminense e perdemos a Taça Guanabara nos penaltis…
      O buraco de “homens Trabalhando” na frente da zaga, num jogo em que Abel anunciou que jogaria com 3 atacantes, foi determinante para o aprendizado do Zé Ricardo.
      3 dias após, vencemos os argentinos com a mesma formação, em que uma falta aos 2 minutos foi a nossa porta aberta para o sucesso. Como o San Lorenzo jogou o 1º tempo atrás da linha da bola, Rômulo controlou o buraco que deixou contra o Flu.
      Portanto, numa Libertadores, encarar o bi campeão chileno no campo deles, nada mais óbvio que colocar um cão de guarda na frente dos zagueiros.
      Rômulo, que está no mesmo folder que Carlos Eduardo, famoso Cadu, jogou quando mais novo, de 1º volante no Vasco e acabou na seleção. No shakhtar, revezava entre 1º e 2º volante com Polyanskiy. Após 5 anos ausente da terrinha e, sem transmissão da TV para o campeonato Russo, está mais que evidente que a figura do empresário foi determinante na sua contratação…
      No nosso elenco, temos Ronaldo, Cuellar e Marcio Araújo para proteger a zaga.
      Sem dúvida alguma, apesar dos preconceitos absurdos, MA é disparado o que mais se adéqua a esta posição. Nem mesmo, pelos fundamentos, tem concorrente.
      Por que mencionei Cadu?
      O Trio Parada Dura, Carlos Leite, Pelaipe e Mano, respaldado por Wallim como Vice de Futebol, contratou o jogador que se destacou muito na Libertadores de 2007. Não, o que estava se destacando em 2013…
      Acontece, assim como Rômulo, que a fila anda e Cadu nos últimos 2 anos no Rubin Kazan jogou apenas 6 jogos…
      Um histórico importante que foi descartado pela direção do clube.
      Na minha opinião, o time titular do Flamengo carece de 3 figurinhas fundamentais. Os que lá estão tapam buraco… apenas cumprem…
      GOLEIRO – Desde o dia que abandonei a chupeta, digo que um grande time começa por um grande goleiro. Não temos!!!
      Muralha no máximo pode ser um bom reserva. Precisamos de um Jefferson, Martin Silva ou, até mesmo um Victor…
      1º VOLANTE – Quem tem 1 não tem nenhum…
      Se esse 1 já é questionado pela MINORIA, é correr atrás de um Otávio, Rafael Carioca ou, porque não… um Willians…
      Os dois primeiros mais lapidados e habilidosos. Marcam e sabem sair jogando.
      Já Willians, mais transpiração que inspiração. Um carrapato…
      SEGUNDO ATACANTE – No elenco, só temos o recém contratado Berrío. Tanto Gabriel quanto Éverton, são formiguinhas que compõe o meio campo. Estilo Lico.
      São mais auxiliares de lateral que atacantes.
      Precisamos de um Bernard, Wellinton Silva ou Keno. Lembro que o ótimo segundo atacante Erick, ex Goiás, está encostado no Palmeiras, esperando senha para jogar.
      Dito isso, amigo Mauro, com essas 3 contratações nosso time vai ficar mais bonito que noiva no altar.
      Beijo no coração do amigo.

      Reply
  3. Kleber, futebol como diz na linguagem dos boleiros, é realmente muito dinâmico,um dos seus últimos comentários, vc citou a necessidade​dá entrada do Márcio Araujo,o q concordei, mas a maioria dos companheiros do Blog discordaram! Hj, depois do jogo de ontem, tenho certeza q a maioria já está pensando diferença,pois na minha opinião o M.Araujo foi o melhor jogador do Flamengo ontem, temos q aceitar e engolir o cara! Do Vaz eu acho q o Zé poderia antes de voltar à Libertadores fazer um teste com Donati pela direita e Rever pelo lado esquerdo. Caso Rômulo e Berrio temos q esperar mais um pouco, um porque ficou muito tempo sem jogar e no exterior e o outro pq vem de uma escola diferente, vamos fazer este julgamento um pouco mais na frente.Qt ao jogo de ontem,não acho q jogamos mal, o problema é q tivemos oportunidade de gol e não fizemos, e como diz o Muricy a bola pune!

    Reply
  4. Boa noite…na minha opiniao que para o jogo com o Atletico Paranaense temos que ter 2 mudanças…..a saida do romulo para entrada do M.araujo e a entrada do lucas paquetá…gabriel naoo…temos que ganhar no maracanã….e no jogo de volta no paraná…a volta do berrio….simples assim.

    Reply
    • Amigo, torço para que você esteja certo, mas parece que o gancho será maior, ele é reincidente … parece que o jurídico vai ter que trabalhar bem para não ficarmos sem o colombiano por mais tempo que o esperado.

      SRN

      Reply
  5. Muito boas algumas análises aqui postadas, porém, em minha opinião, nosso problema é outro que ninguém listou.
    o Flamengo não é e nem nunca foi um time copeiro. Toda vez que jogamos libertadores, até mesmo quando tínhamos o Zico, sofremos por não entender o espírito da competição.
    Vejam:
    Independiente – 7 títulos
    Boca – 6 títulos
    Penarol – 5 títulos
    Estudiantes – 4 títulos
    Enumerei os maiores vencedores para ilustrar que a história nos dá algumas lições.
    Já vi muitos desses times, com grandes jogadores, vencerem a liberta, assim como já vi esses mesmos times com equipes relativamente fracas vencerem ou chegarem nas fases mais agudas. E o que explica isso? Simples, eles sabem jogar a competição, colocam a alma em campo, usam de todas as artimanhas possíveis(deixando claro que não concordo com muitas delas), além de terem uma escola que alia isso tudo com a técnica. Essa é a combinação perfeita.
    Aí alguns darão exemplos de equipes que não eram tão copeiras e que venceram a Libertadores mesmo assim, o São Paulo de Telê foi um exemplo. Mas para mim fica claro que é exceção, a regra está aí ,exposta e límpida para todo mundo ver.
    Na prática, com o que temos hoje, apesar de amar o Maracanã, jogaria a primeira fase na Ilha, temos que criar uma identidade lá para que os adversários cheguem e tenham temor de jogar contra o Flamengo e sua torcida. E estes tem que fazer sua parte, não jogando coisas no campo e muito menos agredindo adversários ou a si mesmos.
    Tentaria uma escalação sacando o Vaz (apesar de gostar dele) e colocaria o Donatti para nos dar esse espírito mais aguerrido. Marcio Araújo (quem diria) deve seguir na equipe no lugar do Rômulo exatamente por sua garra.
    Meu time seria:
    Muralha
    Pará
    Rever
    Donatti
    Trauco
    M. Araújo
    Arão
    Diego
    Everton
    Berrio
    Guerrero

    Tomara que eles entendam isso enquanto há tempo!

    SRN

    Reply
  6. Sinceramente, respeito, mas achar que o Márcio Araújo é um jogador pra Flamengo é porque o Flamengo está pequeno, o que Zé Ricardo fez ontem foi tirar Rômulo da posição e realizar o sonho de ver Márcio Araújo de titular. Vou repetir meus comentários de outrora, NÃO se ganha campeonato de expressão com jogadores do nível de Pará, Rafael Vaz(que se voltar para o Vasco vai ser reserva), Márcio Araújo (não é nem reserva no Palmeiras) e Gabriel. Até parece que não assistiram o campeonato brasileiro do ano passado. Sem esquecer do treinador que continua escalando mal e substituindo pior ainda!
    Sem defesa boa e treinador inexperiente fica difícil continuar na Libertadores.

    Reply
    • Depois que Anderson Polga,Ronaldao e Viola foram campeões do mundo. …sei não se Para,Márcio Araújo e Vaz não podem ganhar libertadores. ….

      Reply
      • Duas linhas de sabedoria, amigo Vili…
        Vou um pouquinho mais longe! Craques como Leandro, Júnior, Cerezzo, Falcão, Zico, Éder e Sócrates, também não foram campeões do mundo…
        Já, Baldocchi, Dario, Joel, Fontana, Ado, Zé Maria, Roberto Boneca e Everaldo, foram campeões em 70

        Reply
        • Intrometendo-me aqui, caro Egon, não nos esqueçamos também que os dois maiores jogadores do mundo, Messi e Cristiano Ronaldo nunca ganharam uma Copa do Mundo, embora sejam vitoriosos em clubes. É muito relativo isso.

          Reply
          • Meu amigo Helder!
            “Intrometendo-me aqui, caro Egon”…
            SEMPRE um grande prazer.
            Só acrescenta!!!
            Abraço amigo.

  7. Caro Kleber e amigos!
    Agora é retornar com as vitórias para que a confiança não fique ausente. No mais, o Rômulo está fora de forma e isso é uma unanimidade inteligente, pois, se fala que quando existe uma ela é burra.
    Quanto ao Márcio Araújo, gosto do seu futebol dedicado, aplicado e de muita cobertura. Nosso problema ontem foi longe de ser ele. Nós perdemos pelo que deixamos de fazer, porém, podemos considerar a produção boa. Faltou o capricho e como não tivemos, uma bola qualquer perturba nossa alma. Isso é o futebol.
    Quanto aos comentaristas deste espaço, leio a todos e gostos de todos. Turma muito boa e com credenciais de entendimento de futebol. As discordâncias são enriquecedoras e isso enobrece o debate, afinal, aqui a camisa é uma só, bem como, o pai do blog é rubro negro ainda quando estava na barriga da sua preciso mãe.
    Futebol tem disso e nem mesmo a eliminação do Vasco me fez esquecer de ontem.
    Vamos em frente. Esse Flamengo vez por outra prega uma peça. Que tenha sido somente ontem.
    SRN

    Reply
  8. BERRIO é o Cirino com sotaque espanhol…..só correria, caneludo e ainda mostrou ser irresponsavel. Volto a repetir, Flamengo esta mal servido de Atacantes…
    Juan não pode ficar no banco pro Rafael VAZCO…..

    Reply
  9. FRANCISCO CANINDÉ TARGINO, querido companheiro,
    Você é um craque na análise e, na elegância.
    Sabe aquela fase de vida em que você sabe valorizar tudo que é importante? Pois é, acho que estou nessa. E, fico feliz por termos este espaço onde a liberdade de expressão é a tônica e, principalmente, onde se aprende que discordar com educação e carinho, constrói…
    Forte abraço e, em nome de todos, muito obrigado pelo seu doce talento.

    Reply
    • Caro Kleber,
      Do fundo do meu coração e até mesmo em nome da minha família que vibrou de felicidade com o seu primeiro comentário a meu respeito, muitíssimo agradecido. É uma mensagem que vou guardar num quadro. É assim que fui construindo minha vida profissional, ou seja, administrando empresas pelos ouvidos. A escrita nada mais é do que a inspiração que vem da arte de escutar profundamente o nosso semelhante. No caso do seu blog, é diferente: eu assisto aulas.
      Muito obrigado mesmo, por tudo, pelo espaço e pela sua irretocável gentileza.
      Grande abraço a você e a todos!

      Reply
  10. Meu eterno presidente. toda unanimidade é burra. já está na hora de nosso treinador ze Ricardo acordar e ter mas atitude a falta de experiência dele me incomoda e muito ele sempre falha no momento decisivo isso pode nos custar uma eliminação e seu Rafael vaz não aprende uma lambança atrás da outra. sou otimista mas tá ficando difícil. eu tentaria trazer o cuca para ontem. outra coisa mandei um email para o senhor Kleber leite já leu o senhor viu.

    Reply
  11. Kleber,invocando o seu lado de jornalista e sabedor das ultimas noticias,com exclusividade como acontecia no tempo que vc. era reporter de campo,na Radio Globo,pergunto o que há de fato com relação ao Vinicius JR.,em que o assédio internacional é muito grande,(Barça,Real Madrid,talvez etc.),qual é a posição da diretoria do FLA,e se já firmaram posição.?
    Abraços.

    Reply
  12. Realmente o blog é muito bom, eu mesmo já citei em várias oportunidades os comentários de Diego S. Oliveira, Luiz Carlos Souza Nunes, e agora do grande Egon. Ontem senti falta da opinião do Daniel G.

    Kléber, também concordo que a dupla de zaga se entendeu, mas espero que isso não impeça do Flamengo de testar no carioca REVER e DONATTI, não aguardando um problema maior pra substituir um jogador.

    Agora quanto o RÔMULO, ontem fui criticado por ser quase ou o único a defender a sua permanência, pelo menos, naquela partida. Veja:
    – quem desarmou aos 20min do primeiro tempo, por duas vezes, depois de uma jogada errada de um jogador nosso (que eu não tinha citado o nome, que foi o MA), foi ele.
    – quem marcava o ‘El Tanque’ era ele,
    – ARÃO entrou no segundo tempo não marcando ninguém, até DIEGO marcava, o time estava espaçado, e RÔMULO ao ser substituído, ‘El Tanque’ ficou livre, o meio ficou com menos um marcador, e DIEGO teve que recuar, ficando a ligação com o ataque sacrificada principalmente depois da expulsão.

    Seria ousado o ZE RICARDO tomar essa atitude e ter esse olhar, que poderia estar totalmente equivocada, mas ano passado contra o Macaé o técnico depois da expulsão (outra) de um jogador nosso, sacou DIEGO e todos na hora falaram que fazia besteiras, mas o time acabou se ajustando e vencendo, ganhando até mesmo ZE RICARDO, o respeito do DIEGO.

    Reply
    • Querido Robson!
      “Quanto o RÔMULO, ontem fui criticado por ser quase ou o único a defender a sua permanência, pelo menos, naquela partida.”
      Jamais te “criticaria”! Divergir é pra lá de saudável e, a meu ver, todas as opiniões devem ser respeitadas.
      Neste tema, penso diferente do amigo! Em nenhum momento acho que Rômulo é uma draga. Pelo contrário! Já foi até convocado.
      Como não vimos o que aconteceu na Rússia após sair do Vasco, vai que lá ele jogava mais adiantado. Habilidade existe!
      Lembra do Piazza? Sempre foi 1º volante no Cruzeiro. Na seleção, foi campeão do mundo em 70, como zagueiro ao lado do Brito…
      A vaga dele foi ocupada por Clodoaldo.
      O mesmo aconteceu com o paraguaio Reyes (67 a 73). Era 1º volante no Atlético de Madrid e se transformou num excepcional zagueiro no Flamengo…
      Portanto, após 5 anos fora do Brasil, e nós, carentes de informação, acho que Rômulo mudou de posição. 2º volante, reserva ou não de Arão…
      Em 2009, Aírton que sempre foi 1º volante, deu lugar ao Willians e jogou mais à frente.
      Grande abraço, amigo.

      Reply
      • Egon, amigo. Quando inclui o “quase único” estava incluindo eu e você, naquela citação que ambos (Rômulo/Arão) poderiam fazer a mesma função. Nada contra a sua palavra.
        O debate é enriquecedor quando nos respeitamos. E você é a prova disso.
        Depois que o Kléber falou do blog ja penso até em uma conflaternização pra conhecer o grupo. Quam sabe?!

        Reply
        • Concordo com cada virgula, meu amigo.
          Porém, com a entrada de Conca, Zé terá que optar.
          Espero que Rômulo volte a ser o volante do Vasco. Seria o ideal.
          Abraço

          Reply
  13. Bom dia a todos!
    É a primeira vez que comento, porém sempre leio. Muito bom o nível!
    Só pra concordar plenamente com o Nesti-Nasi: Não se ganha uma Libertadores, com jogadores do nível de Pará, Vaz, Márcio Araújo e Gabriel. Damião também é horroroso! Rodrigo Caetano e Bandeira,
    sabem rigorosamente nada de futebol, muito embora sejam ótimos nas finanças. Abraços a todos. Prazer comentar com vocês.

    Reply
    • Sidney, como é seu primeiro comentário, lá vai as boas vindas!
      O comentário do Nesti é errôneo, no sentido realista da coisa. Não adianta pregar um elitismo ufanista porque ele é impraticável. Nosso elenco é muito bom para os padrões brasileiros, eu diria talvez o segundo melhor elenco (perde no quesito ataque para o Palmeiras) e citado pela mídia sul-americana como elenco de “gigantes” ou seja, economicamente descomunal para os padrões da América do Sul.
      Assim, é bom saber que o Brasil não é a Espanha de Barcelona e Real Madri, onde 100% dos melhores jogadores do pais atuam por esses times, agradecemos a Deus por isso. SRN.

      Reply
    • Boas Vindas amigo Sidney!
      “Não se ganha uma Libertadores, com jogadores do nível de Pará, Vaz, Márcio Araújo e Gabriel.”
      Isso é tema para no mínimo um livro de 5.000 páginas…
      Lembra da LDU (2006), Once Caldas (2004), Olimpia (2002)… e, mais recentemente Atlético Nacional?
      Tudo muito relativo!!! O Corinthians em 2002 tinha um volante como craque do time. Mas um conjunto que jogava por música.
      Prova disso, é que apenas Paulinho era convocado pelo Mano Caetano…
      Alessandro, Chicão, Jorge Henrique e Alex, também não eram nenhuma Brastemp.
      O X do problema chama-se ENCAIXE…
      Grande abraço

      Reply
  14. Fala Fernando Calazans : ” não parece estranho vc modificar a estrutura de um time invicto e vencedor a 19 jogos ?” independente de jogadores , esse novo esquema sacrificou o Diego e o Guerrero. Observem como mesmo o Diego cometeu faltas , inclusive a que gerou o gol, desnecessárias.
    Colocar o Arão na direita e o Romulo na esquerda mudou completamente a estrutura de um time invicto a 19 jogos. Qua a lição tenha sido aprendida.
    Ah ! finalmente e provocando os irmãos de blog : foi ótimo o MA entrar como titular, entrou e o time perdeu.
    Saudações

    Reply
  15. “Protesto”
    Esta em curso em diversos blogs uma campanha anti-Rafael Vaz. Eu não sou advogado do jogador, mas considero exagerada essa corrente de intolerância ao jogador.
    Se fossemos fazer uma conta corrente entre os prós e contras, veríamos que o saldo do jogador esta extremamente positivo! No azul e em negrito!
    Que o jogador é ousado e por vezes (raras) descuidado, comente alguns erros de avaliação, mas tudo isso é perfeitamente normal em se tratando de futebol, não acham?
    Enfim, ainda é nítida a minha lembrança da zaga com o inconstante Samir, Juan se machucando toda hora, Wallace, Cezar Matins, e sinceramente, essa nossa zaga hoje se não é top, é uma zaga muito boa.
    Assim eu sinceramente não entendo as motivações futebolísticas para a perseguição para cima do jogador.
    Juan mesmo, não deu certo no inter na dupla com o Réver.
    Donatti, em que pese ter sido eleito um dos melhores zagueiros da Libertadores de 2016, por uma falha, foi responsável para eliminação do seu time na edição.
    Outra coisa, poucas pessoas sabem o que 3a zaga e 4a zaga, se um jogador joga pela direita ou pela esquerda, pedindo o Donatti no lugar do Vaz, sem notar que o Donatti joga na posição do Rérver, ou seja, pela direita, assim o reserva do Vaz é o Juan, cuja dupla com o Réver não deu certo no Inter.
    SRN.

    Reply
  16. Bom dia Kleber e galera do Blog.

    Time jogou muito bem, com a entrada do Marcio Araujo, deu uma liberdade pros outros dois volantes e aumentou consideravelmente o poder de combate do meio campo. Queria saber se alguém tem informações sobre quantos desarmes ele fez neste jogo. Só acho que ele não precise ser titular em todos os jogos, apenas nos jogos fora de casa, em que precisemos de maior combate ali no meio campo.

    Muitos criticando o Romulo, mas especificamente neste jogo contra a Catolica, eu achei que ele estava bem na marcação, achei até injusta sua substituição, tiraria o Everton que não bem jogado muito bem. Até porque não via muita necessidade de mudança no esquema, nosso time estava fazendo uma otima partida, faltando “só” o gol.

    Acho que esse esquema do com 3 volantes, vai ter que ser utilizado quando o Conca entrar no time, porque uma galera vai ter que marcar pra ter no mesmo time Conca, Diego e Guerrero.

    Acho desnecessária essa obrigação de colocar o Gabriel todo jogo, e pelo amor de deus, insistir em Damião ainda é maltratar o torcedor e a base. Tem que levar o Vizeu pro banco, não que ele seja a solução do time, mas é muito (infinitamente) mais útil que o Damião.

    Abraços à todos

    Reply
  17. Bom dia.É incrível este ser lúdico chamado torcedor,mudamos o tempo todo as nossas opiniões e convicções.
    Márcio Araújo é um jogador médio que desarma demais e toca na maioria das vezes para o lado.Mais porque precisamos ainda tanto dele.É porque o nosso calcanhar de Aquiles são os zagueiros que não conseguem nem sempre ter êxito no confronto direto com os atacantes por serem lentos.
    O Rômulo qdo saiu daqui era um bom jogador embora tenha ficado inativo bastante tempo e tem mais qualidade do que o M.A.
    O Casemiro titular da sel.Brasileira e do Real Madri e que no São Paulo foi “dado” para o Real por acharem que não tinha potencial de um grande jogador tem atrás dele Pepe e Sérgio Ramos.
    Contra jogos difíceis vamos precisar sempre de uma babá para os dois.

    Reply
    • Mário Fernando de Oliveira, saudações!!!
      A que ponto chegamos! Depois de recuperarmos Pará, hj em dia MA é unanimidade! Pensando nessa linha, não acredito que Wallace tivesse salvação, mas PV sempre achei que seria o nosso goleiro!
      Para o ZR escalar o Rômulo como meia e MA como 1o. volante, Rômulo só volta aos titulares se o Rodrigo Caetano der uma carteirada na cara do treinador, só assim!
      SRN.

      Reply
  18. Coisas do futebol…
    Ironias e coisas do futebol! Com o suspensão do Bérrio quem decidira a classificação do Flamengo para libertadores será… Marcelo Cirino!!!kkkkk!! Jogador do Atlético PR, velocista e que foi execrado pela torcida!!kkk!! Outro pilar será o Márcio Araújo, cula história nem preciso escrever!!!

    Reply
  19. Alexandre Oliveira, qual a história de Márcio Araujo no futebol, ganhou quantos brasileiros, Libertadores, mundial?
    Quando uma torcida vem se ocupar em falar do futebol de Márcio Araujo, é porque o time do Flamengo não vai ganhar nada. Se ficarem como titulares Para, Rafael Vaz, Márcio Araujo e Gabriel duvido que o nosso mengao ganhe algum título de expressão!

    Reply
  20. Amigos …. nosso poder de finalização é fraco , e essa deficiência está custando caro . Criamos mas não matamos o jogo , pior finalizador que Guerreiro no Flamengo só o “inacreditável” Deivid , só pra lembrar ,se aquele time do Luxa tivesse um centro avante top teria sido campeão brasileiro!!! Enfim , o dia está pouco polêmico , será que não está na hora de virar o disco e buscar um outro atacante de referencia? Afinal de contas , o futebol de 1 milhão/mês do Guerreiro é só isso mesmo?

    Reply
    • Pedro, vc pega o próprio Guerrero que não é essa maravilha toda, pega a renovação do Leandro Damião e vc vai ver que o business esta predominando sobre o quesito técnico, eles estão de brincadeira!

      Reply
      • kkkkkk Pensei que você fosse dizer: “pega o próprio Guerrero, a renovação do Leandro Damião… e, despacha tudo pra FRIBOI”…
        Jogador de nome e caro, TEM que ser escalado. Ninguém é bobo pra deixar R$43 milhões num banco…

        Reply
  21. Desculpem a petulancia de afrontar tantas mentes iluminadas e versadas, em tåticas, gerenciamento de risco, estatísticas futebolisticas e o escambau de madureira, mas um time que tipos como Rafael Vaz, Pará, Damião, Massaraujo e Peteleko, jogam ou podem jogar, a chance de vencer uma Liberta é ZERO!!!

    Reply
  22. Nino , o ponto é esse , nosso ataque deixa a desejar, e em Libertadores jogamos por 1 , 2 bolas , tem que ser mortal. Confio muito nessa diretoria e acredito que você também , os caras são honestos , mas concordo que ainda pensamos muito em planilhas financeiras, futebol tem que ter um pouquinho de loucura, talvez isso que esteja faltando, um abraço !!!

    Reply
    • Pois é, meu amigo Pedro. Por causa dessas “loucuras”, Patrícia deixou uma pemba de R$750 milhões no vermelho…
      O que está faltando, e já faz tempo, é gastar um trocado pra comprar botinhas ortopédicas no Dr.Scholl’s.
      Não conheço time com tantos pés tortos como o nosso…
      Imagina um treino recreativo com aqueles golzinhos! 0x0 até 2035…

      Reply
  23. Obrigado, Joaquim Almeida! O Flamengo chega na Libertadores com jogadores de defesa de baixo nível como Pará, Márcio Araújo e Rafael Vaz e um treinador inexperiente. Quem assistiu o jogo viu que Zé Ricardo fez de tudo pra “queimar” Rômulo e colocar Márcio Araújo(Não tem vaga nem de reserva no Palmeiras). Rafael Vaz se voltar pro Vasco, que tem hoje um time de terceira linha do futebol brasileiro, ainda é reserva de Luan e Rodrigo, e no Flamengo é titular. Márcio Araújo não é titular em uns dez times do futebol brasileiro, não é nem reserva do Palmeiras. Pará é um lateral de mediano pra baixo, quando não sobe nas bolas, vira de costas para o chute do atacante como fez contra o Palmeiras no gol de Gabriel Jesus. Já Gabriel, o técnico do Flamengo imagina que ele vai ser Gabriel Jesus, só pode ser! Naquele jogo do Palmeiras, pelo brasileiro, todo mundo viu que Márcio Araújo seria expulso, até o juiz deu uma segunda chance, mas Zé Ricardo não viu, realmente a paixão cega! Estes jogadores não deviam nem estar no elenco! Parabéns a Diretoria pela administração, mas formar time de futebol não sabem, parece que se “apaixonam” por determinados jogadores e esquecem o profissionalismo!

    Reply
    • Amigo Marcos! Tá faltando é Botinha Ortopédica do Dr. Scholl’s…
      Nada que 24 horas de finalizações durante 6 meses, não resolva.
      A mídia está pensando seriamente em dar nota para gandulas e operadores da Globo que ficam atrás do gol que atacamos…

      Reply
  24. É inexplicável colocar um time reserva hoje em campo. Um time com uma grande folha salarial, vai descansar de que ? Para que ? Libertadores só em Abril! Por mais fácil que seja o adversário, isso hoje, não se justifica.

    Reply
    • Bom dia Sérgio, saudações!!! Eu encontro um explicação, penso que depois da derrota de 4a feira no Chile, o psicológico do grupo tem que ser trabalhado.
      A derrota colocou o time na 3a posição da classificação da Libertadores, um resultado terrível, visto que não poderá ser revertido tão breve, pois o próximo jogo é em 1 mês.
      Penso que o grupo titular precisa de mais tempo, essa é a minha impressão! SRN.

      Reply
      • Mas Nino! Por isso mesmo eu concordo com Sérgio!!!
        Perdemos quando não merecíamos perder. Jogamos muito bem, mas não conseguimos enfiar a bolinha na casinha. Tivemos um cacho de oportunidades e nada.
        Até por castigo e, por tudo que nosso inquilino acima disse, é o momento perfeito para esquecer a derrapada no Chile…
        Depressão de jogador, é mês de 90 dias…
        Abraço do nórdico… kkkkkkkkkkkkk

        Reply
      • SRN Nino!!! Trabalhar psicológico meu amigo? Psicológico abalado só do Zé Ricardo… Maior folha do Brasil, se não for o elenco mais qualificado do BR, está entre os 3! CT, salário em dia… time “encaixando” faz 1 ano! Ganhar de time pequeno não dá título (vimos isso no brasileiro de 2016). Sinceramente, ou essa p**** para agora, ou vamos dar adeus para a Libertadores! Não encaixou até agora e se perdermos dia 12 as chances ficam mínimas… Se o Zé quer fazer testes, que se matricule numa escola de ciências, o futebol esxiste a mais de 100 anos, nào vai ser ele que vai revolucionar nada. Se botar “um bando” de atacantes desordenados no segundo tempo fosse a solução resolvesse o probela todos os times entravam com 10 atacantes! Abraço

        Reply
    • Detalhe, hoje novamente Zé Ricardo, o arregão, segue em seu plano de queimar o Vizeu, o escalando como ponta, já o INUTIL do damião, escalado com centro avante. Pergunto pra que isto? Quando o Flamengo jogará assim? Por que não escalar do meio pra frente assim: Ronaldo, Cuellar, M Sávio e Adryan, Paquetá e Vizeu?

      Reply
  25. Comemorar 1×0 no Resende nos acréscimos??????????? Zé Frango! Ganhar de pequeno não dá título! Não ganhamos jogo importante desde quando o Zé entrou, sempre essa ladainha que o time está no caminho… Maior folha do Brasil, ct de ponta, salário em dia… qual a desculpa??? É fraco mesmo, tem nivel para treinar Chapecó, Paraná Clube, Juventude… Queremos um “macho” para treinar nosso time, não um nutella! Filosofia e Religião são para maconheiro e Comunista, Flamenguista quer bola na rede e comemorar titulo!

    Reply
    • Gustavo, “queremos uma macho” não!!! Pera lá! Mas se vc quer um macho, nesse blog, eu lhe recomendo Carlos Egon Prates, um belíssimo loiro nórdico de olhos azuis, inteligente carinhoso no trato, uma dica. SRN.

      Reply

Comente.