Pedido de desculpa

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Ontem, pelo sofrimento da derrota, acabei cometendo uma indelicadeza com um querido amigo. Cacau Barbosa foi funcionário do departamento de futebol do Flamengo, e hoje, cuida da carreira de vários jogadores de futebol, entre eles, Philippe Coutinho.

Ontem, com forte torção no tornozelo, não fui ao Maracanã e, vi o primeiro tempo do jogo em casa, indo no intervalo para o Flashback, onde Cacau recebia convidados para sua festa de aniversário. Lá, vi o segundo tempo, e quando o jogo terminou, não consegui reunir forças e humor para curtir a festa, mesmo tendo o maior carinho do mundo pelo aniversariante.

Aliás, até hoje não aprendi a perder e, se isto é defeito, vou morrer assim. Fui pra casa curtir a minha dor no silêncio da solidão.

Cacau, querido amigo, desculpe a minha falta de educação, mas se ficasse, o meu humor estragaria a sua linda festa.


Hora de usar a cabeça

O péssimo humor já passou. Nem quero falar sobre o jogo de ontem, e sim, tentar imaginar as saídas do que vem pela frente. Sei que o momento político, principalmente no Flamengo, tem enorme influência no futebol.

Agora mesmo, imagino que o pessoal responsável por algumas contratações que não deram – e provavelmente nunca darão – certo, esteja de certa forma tentando fazer ver ao treinador que tudo pode ser uma questão de adaptação e, quem sabe, no próximo jogo a coisa funcione…

A coisa não vai funcionar. O momento requer pragmatismo e ter o interesse do Flamengo como prioridade absoluta. Desta forma, quero aqui deixar o meu pitaco. Temos pouco tempo para ajeitar a casa, já que, no domingo, o time tem que entrar em campo para pegar novamente o Cruzeiro que, provavelmente, não deverá colocar em campo todos os seus titulares. Problema do Cruzeiro. O primeiro pitaco é conceitual. Temos que priorizar o Campeonato Brasileiro e colocar em campo o melhor time, doa a quem doer.

Não vejo como, não repetir, até a lateral esquerda, o time que vem jogando: Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê. Como nunca vi este paraguaio Piris jogar e, como não temos um centroavante à altura das necessidades do Flamengo, completaria o time da seguinte forma: Cuellar, William Arão, Diego e Paquetá; Éverton Ribeiro e Vitinho. E, seja o que Deus quiser…

Muito melhor do que ter um centroavante ineficiente, é dar liberdade ao nosso jogador mais criativo, que é Paquetá. Ele, mais próximo da área, causará mais estragos para os adversários do que todos os centroavantes, juntos, até agora escalados.

Não é hora de se justificar contratações. No futebol, se erra e se acerta. A hora é de usar a cabeça, colocando em campo o que temos de melhor e, definitivamente, Ceifador, Uribe e até mesmo o menino Lincoln, não fazem parte desta turma. Paquetá, livre para criar, pode ser a nossa saída.

EM TEMPO:

O sempre atento, grande rubro-negro, Fernando Versiani, popular Versi, lembra que para domingo o Flamengo não poderá contar com Renê e Cuellar, ambos suspensos.

O meu pitaco, em nada muda. No lugar de Renê, obviamente, Trauco. No lugar de Cuellar, Piris ou Jean Lucas. Desta forma, recapitulando, pitaco do time para domingo:

Diego Alves; Rodnei, Réver, Léo Duarte e Trauco; Piris (ou Jean Lucas), William Arão, Diego e Paquetá; Everton Ribeiro e Vitinho.

1 Comentário

  1. A direção tem que ligar agora para o Abel e oferecer o cargo de Supervisor ou Diretor Técnico.

    Depois contratar jogador! A diretoria já sabe pelo menos 4 posições estão carentes de jogadores que honrem o manto (lateral, atacante, zagueiro e meia atacante).

    Reply
    • Robson,
      Acho que não vem mais ninguém, a não ser que apareça uma “oportunidade de mercado” de algum atleta que tenha operado os dois joelhos… A última no´ticia de contratação foi do lateral Guga, mas parece que o menino vai para o futebol espanhol.

      É fechar esse grupo e ver o que é possível vencer. Eu optaria por focar no campeonato brasileiro, deixaria para poupar na Libertadores (que já era) e Copa BR. O EBM, se quiser ficar marcado na história do FUTEBOL, tem que pensar no título grande que resta.

      Meu time para domingo seria parecido com o do Kleber: Diego A.; Pará, Léo Duarte, Thuller e Trauco; Piris da Motta, Arão, Paquetá, E.Ribeiro e Diego; Vitinho.

      Reply
      • “apareça uma “oportunidade de mercado” de algum atleta que tenha operado os dois joelhos…”

        Excelente. Esse tem o perfil da direção.

        Reply
        • Verdade, amigos, Rodrigo Caetano, no auge das suas contratações “pontuais” e “cirúrgicas” (leia-se cirurgias com pontos nos joelhos) trouxe Rhodolfo e Rômulo e devia etar prevendo a cirurgia do Berrío quando o contratou. Temos elenco? Claro que não.

          Reply
  2. Caro Kleber, nao fiz qualquer comentário à respeito do jogo de ontem, e continuo sem fazer, pelos mesmos motivos que fizeram você sair da festa do Cacau Barbosa.

    Reply
  3. Kleber queridíssimo,

    Existe sintonia entre todos que não só torcem mas pensam em Flamengo (inclui-se torcida e imprensa) são unânimes em que essa direção definitivamente não tem expertise para comandar o futebol do Flamengo, digo isso de cabo a rabo!

    O momento é sem dúvida de priorizar o Brasileirão, título mais desejado e de maior expressão junto a torcida.

    Libertadores tínhamos a seguinte leitura antes do jogo, quem faz o último jogo em casa teoricamente tem 60% de chances de passar. Agora levando ainda dois gols feitos na casa do adversário essas chances sobem para mais de 93%.

    A Copa do Brasil, a despeito de pagar a astronômica quantia de 50mi, é um torneio de menor expressão, título que o clube já levantou a poucos anos atrás.

    O Brasileirão sim, pela sua estrutura e perfil mais longo é o título a ser priorizado no momento.

    Foi muita inocência pensar em tríplice coroa, coisa que time nenhum do Brasil se propôs!

    Qto ao time, sou radicalmente a favor da volta dos laterais Pará e Trauco, por entenderem que eles dão mais opções ao ataque.

    Na frente Vitinho de centro avante é uma boa pedida, mas acho que dificilmente ocorrerá!

    Reply
  4. “Flashback”

    Belíssima dica Kleber, espero que eles tenham manobrista para estacionar a minha Kombi.

    Lembrou um pouco o Fasano (que é assumidamente sofisticado) em termos de bom gosto.

    Ambiente sofisticado com uma pitada de Hard Rock Cafe na decoração, o que certamente ajuda a quebrar o gelo com a casa.

    Eu teria ficado um pouco mais, principalmente tendo um grupo de amigos.

    Seja como for, particularmente nem consegui terminar a minha cerveja que bebia no bar, muita tristeza.

    Eu fui jogar um tennizinho para tentar me alienar um pouco da expectativa do jogo, quando vi já estava 0x1.

    Enfim, tive que recorrer ao meu racional, pq o emocional estava em cacos.

    Dias melhores virão..

    Reply
  5. Bom Pessoal, o dia tá tenso, aquele nó na garganta teima não passar, cenas do jogo na mente e inconformismo. Mas como diria o Rueda: o futebol te dá nova chance a cada três dias. Vamos pra cima, 1×0 domingo é goleada, E QUARTA eliminamos o grêmio e tudo muda novamente.

    Reply
  6. Eu tiraria 2 ou 3 jogadores que estão bem abaixo desde sábado.

    Diego Alves, Pará, Leo Duarte, Thuller e Trauco; Piris, Paquetá e Diego; Vitinho, Marlos e Lincoln.

    Reply
      • Bittencourt,

        Não esta faltando preparo físico de modo algum. Se estão se esgotando antes do tempo (não vejo isso) é muito em função de estarem jogando errado.

        O time se desgasta muito por não encontrar soluções de ataque.

        O problema começa com os nossos laterais e pelo inoperante função do nosso camisa 9.

        Existem ainda as questões da má fase do Paquetá, da inconstância do ER, que tem oscilado bastante de jogo para jogo.

        Minha visão de torcedor é que o time precisa de mais jogadas de fundo, mais passes em infiltração e mais chutes a gol de fora da área.

        Vitinho, ER, Diego, Paquetá e até mesmo Uribe e Renê (Trauco tbm) são bons finalizadores, é chutar minha gente, vamos chutar!!!!

        Saudações!!!

        Reply
  7. Marlos Moreno errou tudo que tentou ontem , terrível.
    Cuellar recentemente em entrevista ao canal do Zico disse que gosta de ir ao ataque, posição original dele era segundo volante na Colômbia , as vezes quase terceiro homem de meio.
    Eu povoaria o meio de campo num 4-4-2 bem básico :
    Diego Alves, Rodinei,Léo Duarte, Thuler e Renê ; Pires, Cuellar, Paquetá e Diego; Vitinho e Lincoln.
    Vitinho e Lincoln na frente , alternando entre falso nove e caindo pelas pontas para infiltração de Diego e Paquetá.
    Como Cuellar não joga apostaria em Arão no lugar dele.

    Reply
  8. Kleber até acho a formação sem centroavante colocando mais um volante uma boa sacada,agora pelo AMOR DE DEUS,JEAN LUCAS NÃOOOOOOOOOOOO!!!!!ELE É HORROROSO!!!!e discordo de voce no tocante a Rodnei….nem o emocional dele está em dia pra continuar na titularidade…eh hora sim de colocar o Pará no lugar…..de resto eh partir com tudo pra cima deles domingo e ver se esse time toma vergonha na cara…SRN

    Reply
  9. A questão é : Coloca se os titulares que temos disposição no domingo, e se não ganhar dos reservas do Cruzeiro ? Em seus reservas , os mineiros tem R.Sobis; Mancuello, Manoel,Ariel Cabral,Rafinha entre outros, ou seja , jogadores que devem complicar nossa trajetória.
    Na minha visão, para domingo devemos ir de reservas, é o momento de preservar fisicamente e moralmente esse time. Se jogarmos com reservas e não vencermos o prejuízo moral será menor…
    A questão principal é saber quando iremos contratar o Abel Braga?
    Rodolfo Landim lança candidatura a presidência do Flamengo, é um bom nome?

    Reply
  10. Leandro esse marlos é fraquíssimo, não é a toa que tem 2 anos que não faz gol. O cara não consegue acertar um chute, a Vinicius que saudade.

    Reply
  11. Caro kleber,
    Quem sou eu para discordar de vc. Mas vou deixar um pitaco, enquanto nosso time tiver com Paquetá, Diego e Everton Ribeiro não vamos a lugar algum. É muito toque de bola e pouca efetividade, só pode jogar dois. Ou seja, Paquetá e mais um. Temos que ganhar domingo. Meu time domingo:
    Diego alves
    Rodinei
    Leo duarte
    Thuller
    Trauco
    Pires
    Aräo
    Diego
    Paquetá
    Vitinho
    Lincoln

    SRN

    Reply
    • A ordem parece ser esvaziar os cofres!

      Como a eleição do Lomba contém um fator de risco, não querem deixar nada do que produziram (com competência, é bom que se diga) para a próxima gestão.

      É a leitura que eu faço, eles pensam: “Pegamos uma terra arrasada da administração Patricia Amorin, vamos entregar o clube saneado, com os recursos já totalmente investidos pela nossa gestão”.

      Quem poderá contraria-los?

      Reply
  12. Vou sair aqui em defesa de Jean Lucas e Everton Ribeiro.
    Será que vcs não perceberam que dirante todo o jogo os dois estavam sempre na direita?
    Como explicar isso? Claro que foi ordem do treinador. Povoamos a ponta direita e deixamos Cuellar sózinho para marcar os, muito acima da média, Thiago Neves, Robinho, Arrascaeta e Lucas Silva.
    Aos 20 minutos do primeiro tempo, 1 a 0 pra eles e Cuellar, morto.
    A culpa é do técnico!
    Vitinho acabou de chegar. Como iria estar entrosado?
    Diego correu como condenado. Como fazer mais que fez?
    Everton Ribeiro e Jean Lucas, como já disse, na extrema direita.
    Uribe e Marlos? Bem, esperar o que daí?
    Rodney e Renê? Esperar o que?
    O Barbieri demorou demais a substituir Marlos e Uribe.
    Quem ganhou o jogo foi Mano Menezes, quem perdeu? Barbieri.
    Ainda mto inexperiente para o tamanho do Flamengo.
    Pode ter futuro, mas ja foi mto dito aqui. Não podemos nos dar ao luxo de formar treinadores.
    Abelão, já!!!!
    SRN

    Reply
    • Caro Mauro!
      Você está coberto de razão. O Cuellar ontem estava extremamente cansado. O pouco futebol dele nos prejudicou ontem. Já está na hora de saber se jogar com dois volantes. O Cruzeiro fechou o meio com Lucas Silva, Henrique e Robinho e deixava flutuando os dois melhores do time. Realmente ontem foi a Vitória de um técnico experiente contra um bom iniciante. Vamos a luta e tentar se salvar no brasileiro. No dia 29 é outra guerra.
      SRN

      Reply
  13. Estou vendo Palmeiras x Cerro. 2 gols de Borja, colombiano há 2 anos no Palmeiras e que ficou 1 ano no banco com o Cuca usando o tal do Deyverson, que ele mandou contratar. Borja, assim como os demais estrangeiros, demorou a se adaptar ao futebol brasileiro. Se fosse no Flamengo já teria sido execrado pela imprensa e torcida.

    Reply
  14. Duas pancadas de responsa, dois vexames pro humor ainda ficar em baixa. Brasileirão sim, já li por aí, que pensam num mistão pra domingo, rua pra quem insinuou uma barbaridade dessas. A verdade é que a gestão EBM fracassou redondamente no futebol, um horror, falta de comando e consequentemente de cobrança aos mimados jogadores. ESCALAÇÃO : Diego Alves, Rodinei, Léo Duarte, Rever ou Tuller e Pará, Piris que não conheço, mas que veio com boas referencias, Paquetá, E.Ribeiro, Vitinho, Diego ,se jogasse o Cuellar, Paquetá mais a frente e o protegido dos céus e da terra no banco e Marlos na falta de coisa melhor. Brasileirão prioridade máxima, depois Copa do Brasil e por último a já distante libertas.

    Reply
  15. Bom dia amigos,
    Demorei um pouco para digerir o que nossos “valorosos” atletas fizeram, ou deixaram de fazer, na quarta-feira! Mas vou tentar fazer algumas ponderações.
    Kleber, algumas contratações não deram certo e de alguma forma procuram justificativa? Coloca na conta do Rodrigo Caetano, ele já foi embora e não vai sequer tentar se defender! Vida que segue, a cagada já foi feita. Matar no peito é que não vão…
    Não faz muito tempo fizeram um carnaval, demitiram meio mundo do futebol com um espetáculo circense e os jogadores (verdadeiros culpados) passaram incólumes a tudo; mais uma vez trocaram as chuteiras pelo scarpin e mais uma vez não são chamados às suas responsabilidades!!
    A diretoria pode não saber escolher os melhores profissionais para executar determinada função, sejam dirigentes, comissão técnica ou atletas mas são OBRIGADOS a cobrar a execução com perfeição, uma vez que não se nega a pagar salários e prêmios faraônicos como se esses fossem os melhores do mercado!
    É amplamente divulgado que os dirigentes do Clube são empresários bem sucedidos. Premiam, eles, em seus negócios particulares os seus colaboradores por incapacidade e insucessos? Se não o fazem por que no clube sim?
    E por conta dos compromissos milionários assumidos praticam um tíquete médio de R$ 78,00 em uma partida em que o time precisava da massa apoiando e o resultado se viu nas arquibancadas torcida sufocada por 2 mil cruzeirenses…
    Desculpem-me se estou misturando os assuntos, mas minha indignação está extrapolando os limites. É duro ver e admitir que tanto dirigentes quanto comissão técnica e jogadores estão cagando um balde para o Flamengo e sua torcida.
    Agora pessoal, imagine o Paquetá representado pelo mesmo pessoal dos nossos laterais. Já estaria envergando a 10 do Barça!!!!!
    Um forte abraço a todos e que São Judas Tadeu não decida tirar férias…

    Reply
  16. Temos que ir com força total no brasileiro. Repararam que Palmeiras, Cruzeiro, grêmio estão focados nas copas e utilizando reservas, deixem se matarem e morrer numa semi ou final e abandonar o brasileiro. Temos que focar no brasileirão galera, como diria o filósofo Márcio Araújo menos uma competição pra descansar. Liberta ja era. São Paulo não tem gasolina pra segurar essa liderança, nem o inter. Então foco,essa é a palavra.

    Reply
  17. Quando dizem que a direção não cuida da base, discordo. Há muitos anos abandonados, na gestão do atual presidente é que houve investimentos continuos. Quando dão como desculpas como Landim e Marcio Braga que o atual presidente faz um trabalho administrativo bom mas investe mal, tambem diuscordo: essa gente dirigiu o clube decadas e mais decadas, fizeram de tudo para quebrar o clube contratando para não pagar salarios, contratando para não pagar pelas compras, acumulando mais de 600 ações na justiça do trabalho sem serem responsabilizados e caiu tudo no colo da atual administração que não só quitou como negociou muito bem pelo clube. Minha decepção permanece sendo Zico nosso maior idolo, aquele que trabalhou por Patricia Amorim e com ela, aquele que politicamente colocava as mãos no fogo por Aecio Neves e agora vem novamente contra o clube usando seu prestigio de maior idolo contra a atual administração. A mim interessa é o clube e na outra chapa vejo o atual presidente do conselho, o mesmo Abranches que persegue nosso presidente Kleber e cada vez mais entendo o porque disso: afastar o nosso presidente da campanha eleitoral. Abranches vem a ser filho do presidente que deu Zico em sua melhor fase para a Udinese e depois foi escurraçado do clube. Falo aqui sabendo que Kleber é contrário à direção atual pelos seus post, não entendo apenas porque da perseguição ou melhor achando que o medo fosse que ele Kleber fosse o ungido à vice na chapa que se aproxima ou faria parte da atual que tenta eleger um nome de confiança. Estamos discutindo time e esquecendo o nosso clube. Querem um clube bem dirigido disputando titulos ou uma seleção de craques e de dividas? Prefiro a primeira opção.

    Reply
  18. Ainda é tempo de priorizar o Brasileiro, mesmo tendo jogador 8 pontos preciosos na lata de lixo contra SP, Gremio e Santos. Muito em função de não ter o entendimento que eram jogos decisivos. A escalação contra o SP com Romulo, Marlos e Guerrero foi piada.
    Para domingo, mesmo que detectem um desgaste fisico num ou noutro, ninguém vai assumir a responsa de tirar algum titular, a vitória é obrigação. Também não acho que seja o caso de barrar ninguém, e sim de passar tranquilidade , pq ficar contratando jogador em Agosto é fria, temos que ir com o elenco atual. O Dourado não prestava, tiraram, agora querem tirar o Uribe, daqui a pouco náo tem ninguem para escalar.
    Mesmo time que vem jogando, com Piris da Mota no lugar de Cuellar e Pará no lugar de Renê – com esse tanto de gol que estamos tomando pelo lado esquerdo, me parece arriscado ir com o Trauco por ali que esse ano mal entrou em campo.

    Reply
  19. time ideal pra domingo:
    Diego Alves;Pará;Juan;Thuler; Trauco; Piris; Arão; Paquetá;Geuvanio;Dourado; Vitinho
    Lembrando, o Cruzeiro estará com reservas também…
    Quando iremos contratar o ABel Braga?

    Reply
  20. Querido Kleber,
    Quero me ater, apenas, no time que joga neste domingo contra o Cruzeiro, que anuncia (?) poupar os titulares.
    Acho que o nosso treinador precisa buscar alternativas no tocante ao esquema tático, pois vejo o nosso atual bem previsível e os adversários já encontraram um jeito de anular.
    Dito isso, seria interessante o Barbieri se espelhar no nosso meio campo de 2001, quando o Velho Lobo Zagalo era o técnico e tinha no meio uma especie de LOSANGO, com Leandro Ávila à frente da defesa; Beto pela direita, fazendo dobradinha com Léo Moura e Rocha pela esquerda com Cássio (acho que era esse o lateral esquerdo) e o Pet flutuando por trás dos dois atacantes, Edílson e Reinaldo.
    Transportando para o jogo deste domingo, poderíamos ter Piris à frente dos dois zagueiros, com Arão pela direita com Rodinei, Paquetá pela esquerda com Trauco e Diego flutuando por trás de Everton Ribeiro e Vitinho (Uribe), os dois atacantes..
    É preciso tentar, para não ficar tão previsível…
    SRN!

    Reply

Comente.